Verdissimo

User
  • Content count

    918
  • Joined

  • Last visited

About Verdissimo

  • Rank
    Sub-17

Profile Information

  • Gender
    Masculino

Recent Profile Visitors

1,225 profile views
  1. Esse goleiro do Cruzeiro é uma mentira nos pênaltis, saia muito antes das cobranças, qualquer um fazia ali.
  2. Poxa fui entrar na página das categorias de base, olha essa notícia: https://www.basepalmeiras.com.br/2019/04/15/fabio-mondoni-promessa-base-palmeiras-italia/ No clube desde os 06 anos de idade, quando ainda atuava pelo Futsal, o destino de Fabio Mondoni na Academia de Futebol pode ser encerrado precocemente. O Base Palmeiras apurou que o jogador não está mais cumprindo o vínculo com o clube. Com cidadania italiana, o jovem se mudou com a família para a Itália no começo do ano e deve seguir a carreira no exterior. A FIFA proíbe a transferência internacional de jogadores menores de 18 anos. Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid foram alguns dos clubes que sofreram sanções dessa prática ao tentar burlar este tipo de ação. No entanto, o cenário pode não ser tão complicado para Fábio Mondoni seguir a carreira na Europa, justamente por já ter o passaporte europeu e a mudança, a princípio, não estar diretamente ligada à razões esportivas. Como o contrato ainda está vigente até o fim do ano, é possível que ainda haja algumas consequências jurídicas no assunto. Pessoas ligadas ao gerenciamento da carreira do atleta confirmaram ao Base Palmeiras que a família, com a facilidade da cidadania italiana, “resolveu mudar de vida”, o que não resultaria em necessidade de ressarcimento ao Palmeiras ou possível punição ao seu futuro clube por aliciamento. A equipe alviverde, por sua vez, não se manifesta oficialmente sobre o assunto.
  3. Sub-20 -- 2018 Campeonato Brasileiro Campeonato Paulista Copa Santiago de Futebol Juvenil (Sub-18) Terborg Toernooi- Holanda CEE Cup – Republica Tcheca (Invicto) Copa Ipiranga Sub-20 (Invicto)
  4. Esse é o grande problema de 90% dos times nacionais. Fazem do clube até mesmo profissão, são verdadeiras sangue-sugas. E o fato do clube social ter o mesmo CNPJ do futebol é muito bizarro também.
  5. Mas o grosso da grana tá no premiere e não na aberta. Mas já é uma compensação.
  6. Muito bom, como sempre. Para mim 80% de tudo esse lenga lenga foi causado pelo Mauro Cezar (que na minha opinião deveria ser fonte proibida aqui). Tem muita gente do forum que comprou esse discurso, eu já levei tantas aqui por defender a diretoria, jogadores e comissão técnica, que esse ano evito ao máximo postar para evitar embates, mas as vezes o sangue italiano fala mais alto. Acrescentaria no texto até mesmo o fato da soberba estar tomando conta da torcida, como foi com os bambis e vejam no que deu.
  7. Posicionamento do Presidente, parece que não ta perto de fechar não.
  8. until

    Imagina a grana que o Melo vai pedir na renovação. Cara está na melhor fase dele no Palmeiras.
  9. until

    Meus amigos, 12 anos sem ganhar do Galo em minas, essa fase de jogar feio do Verdão me agrada demais kkkkk.
  10. until

    Bandeirantes com o gordinho do jogo aberto, Ulisses Costa https://www.youtube.com/watch?v=9fjgvH2lDoo
  11. Gómez e Luan já ultrapassaram Antônio Carlos e Cléber no Palmeiras Os zagueiros Gustavo Gómez e Luan vivem ótima fase com a camisa do Palmeiras. Com a dupla em campo, o Verdão não sofre gols há 788 minutos (incluindo os acréscimos, e descontando eventuais substituições). A última vez em que uma dupla ficou por tanto tempo sem sofrer gol foi em 1994: à época, Cléber e Antônio Carlos ficaram sem ser vazados por, pelo menos, 540 minutos (sem acréscimos). Naquele ano, o Verdão conquistou o Campeonato Brasileiro. O recorde de uma dupla de zaga na história palestrina sem ser vazado pertence a Marcio e Vágner Bacharel que, em 1987, ficaram por pelo menos 1080 minutos sem deixar o time sofrer gol. Para alcançar os números, Luan e Gómez precisariam de mais três jogos completos e quase metade de outro tempo. https://www.gazetaesportiva.com/times/palmeiras/gomez-e-luan-ja-ultrapassaram-antonio-carlos-e-cleber-no-palmeiras/