Marcos 12 Palmeiras

Palmeiras faz proposta oficial por Diogo Barbosa; Cruzeiro aceitou

297 posts neste tópico

2 horas atrás, Anderson Moreira disse:

O pessoal não quer apenas que contrate jogador bom para posições carentes.

Tem que ser craque, resolver nossos problemas e custar menos de 1 milhão em um mercado inflacionado.

Tá fácil.

E não pode mais ser do Cruzeiro 

João Vitor P.D. curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Anderson Moreira disse:

O pessoal não quer apenas que contrate jogador bom para posições carentes.

Tem que ser craque, resolver nossos problemas e custar menos de 1 milhão em um mercado inflacionado.

Tá fácil.

Na verdade tem gente que acha que temos que “fazer um acordo” com times “médios” como Santos, Cruzeiro, Fluminense.... explico....

Pra parte da torcida, é um absurdo contratamos o Richarlison do América MG, o Lucas Lima do Sport, Bruno Henrique do Goiás... pq são jogadores de times pequenos, que não se provaram e que vão sentir o peso de nossa camisa. Ai... passam-se 2 anos, esses jogadores se firmam em clubes como Santos, Fluminense... e os mesmos torcedores acham um absurdo “gastarmos tudo isso” com um único jogador.

Logo... qual seria a saída?? Fazemos um acordo com esses times.... Eles contraram os jogadores de clubes minúsculos como Sport, Goiás.... Se os jogadores floparem esses clubes “médios” ficam com o mico, amargam o prejuízo.... se eles vingarem, os clubes são obrigados a nos venderem pelo preço que pagaram.

Pronto.... resolvido o problema. Como o Mattos não pensou nisso antes??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Guaraná disse:

Na verdade tem gente que acha que temos que “fazer um acordo” com times “médios” como Santos, Cruzeiro, Fluminense.... explico....

Pra parte da torcida, é um absurdo contratamos o Richarlison do América MG, o Lucas Lima do Sport, Bruno Henrique do Goiás... pq são jogadores de times pequenos, que não se provaram e que vão sentir o peso de nossa camisa. Ai... passam-se 2 anos, esses jogadores se firmam em clubes como Santos, Fluminense... e os mesmos torcedores acham um absurdo “gastarmos tudo isso” com um único jogador.

Logo... qual seria a saída?? Fazemos um acordo com esses times.... Eles contraram os jogadores de clubes minúsculos como Sport, Goiás.... Se os jogadores floparem esses clubes “médios” ficam com o mico, amargam o prejuízo.... se eles vingarem, os clubes são obrigados a nos venderem pelo preço que pagaram.

Pronto.... resolvido o problema. Como o Mattos não pensou nisso antes??

Há também a possibilidade de carregar um save da temporada anterior e contratar só os caras que sabidamente vingaram. Fica a dica pro Mattos!

Caiser Soze e Biel_Beltrão curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
56 minutos atrás, Tulio_SEP disse:

Olha o Spfw comprando o goleirinho do Bahia por 4 milhões ‎€, qualquer jogador de time pequeno vale seus 4 milhas de Euros hoje, impressionante.

Fala, Túlio! Beleza?

As consequências da venda do Neymar para o PSG começa a surgir aos poucos. O Mourinho em uma entrevista, falou que o problema não é o Neymar, e sim, as consequências do alto valor na contratação de um jogador, inflacionando o mercado. 

Qualquer jogador meia-boca está custando hoje 10 milhões de reais, no mínimo.

E o Palmeiras e sua diretoria tem uma certa culpa nessa inflação no nosso país.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, ricardo_sep disse:

É muito cômodo usar o discurso de "não temos ninguém melhor na base?" e "não tem ninguém melhor pela metade do preço?" agora, não?

A verdade é que temos uma necessidade imediata na lateral-esquerda, Zé Roberto irá se aposentar ao fim da temporada e Egídio é detestado por boa parte da torcida, inclusive a ponto de levantar dúvida sobre a renovação de seu contrato. Esse foi, inclusive, o setor mais questionado do time em 2017, e choveram críticas ao Mattos por não apostar em um investimento mais robusto pra ele. Esse parece um cenário saudável pra tentar lançar alguém da base? O próprio V. Luís foi lançado em condições semelhantes em 2014, ainda carecendo de amadurecimento, e o resultado foi uma torrente de críticas da torcida a ele e três empréstimos seguidos.

Todo clube tem uma obrigação esportiva e social de olhar pras suas categorias de base e desenvolver jogadores dentro dela, mas não há obrigação alguma de produzir soluções a curto prazo pra problemas estruturais do time profissional. Muitas vezes essas soluções aparecem naturalmente, frutos de um longo trabalho anterior à promoção do rapaz pro profissional, mas isso não significa que é proveitoso jogar o discurso de "se não tiver ninguém igual na nossa base, fecha as portas" toda vez que uma carência no time aparecer. Isso apressa um processo que já é feito nas coxas muitas vezes no Brasil (formação de atletas) e, pior, isso supõe que um rapaz de 18 ou 19 anos tem que estar capacitado pra subir, pegar a camisa e resolver o problema como se já tivesse 25. O fato é que não, não necessariamente sempre vai ter alguém melhor e preparado na base, e essa mentalidade de forjar jogador a ferro e fogo não vai ajudar em muita coisa.

Posto isso, o que falar do mercado de transferências? Palmeiras não é a palmatória do mundo e não inflacionou o mercado sozinho, é apenas mais um agente envolvido em um contexto muito maior, que precisa jogar as regras do jogo pra fazer valer seu interesse dentro dele. É verdade que clubes brasileiros compram um monte de enganação por valores acima do normal, mas infelizmente, essa rotina também vai afetar as negociações por bons jogadores. Estamos falando de uma negociação envolvendo outro grande clube do Brasil e um caminhão de empresários e há quem espere que a gente leve o possível Bola de Prata da LE em 2017 a preço de banana? Não existe isso.

Pra não falar nas críticas prontas que aguardam a diretoria caso a gente minimize o investimento no setor e não resolva o problema, né? "Tá vendo, não quiseram abrir a carteira pra trazer fulano e a gente vai passar outro ano sem lateral", "erro de planejamento achar que V. Luís e Zeca/outro coitado qualquer segurariam a bronca", "economia porca" etc.

Estamos falando de um jogador que foi destaque em um Goiás rebaixado à Série B em 2015, destaque no Botafogo em 2016 e que vem sendo um dos melhores jogadores do Cruzeiro em 2017. Estamos falando de 2 anos e meio de bom desempenho em nível doméstico e de um jogador com características muito interessantes pro time atual. Estamos falando de uma solução pra um setor que deve fechar 2017 extremamente carente. 4,5 milhões de euros por isso é um valor bem razoável, especialmente considerando que não deve ser necessário fazer investimentos maiores em outros setores e que devemos ter receita com venda de jogador e alívio na folha salarial em 2018.

Eu considero uma ótima tentativa, inclusive sugeri o Diogo aqui nos tópicos de especulações em 2016. Se não vier e acabarmos com Zeca e V. Luís, também considero ótimas medidas pra lateral-esquerda, mas desde quando estamos proibidos de fazer investimentos que caibam no nosso bolso? Os investimentos errados de 2017 estão aí pra nos ensinar lições, não pra evitar que a gente vá ao mercado.

Se o Mattos mantiver seu índice de acertos, a chance desse cara dar certo é de cerca de 10%.

Com relação ao Bola de Prata, ele está em quinto lugar, praticamente com a mesma pontuação do Vitor Luis e muita atrás de Carleto e Reinaldo.

Jogador Clube Pontuação
1º Thiago Carleto Coritiba 6,05
2º Fábio Santos  Atlético-MG 5,75
3º Guilherme Arana Corinthians 5,73
4º Reinaldo Chapecoense 5,72
5º Diogo Barbosa Cruzeiro 5,33
6º Ramon Vasco 5,33
7º Victor Luis Botafogo 5,28
8º Mena Sport 5,25
9º Bruno Cortez Grêmio 5,12
10º Egídio Palmeiras 5,08
Editado por victorguiguet

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Guaraná disse:

Na verdade tem gente que acha que temos que “fazer um acordo” com times “médios” como Santos, Cruzeiro, Fluminense.... explico....

Pra parte da torcida, é um absurdo contratamos o Richarlison do América MG, o Lucas Lima do Sport, Bruno Henrique do Goiás... pq são jogadores de times pequenos, que não se provaram e que vão sentir o peso de nossa camisa. Ai... passam-se 2 anos, esses jogadores se firmam em clubes como Santos, Fluminense... e os mesmos torcedores acham um absurdo “gastarmos tudo isso” com um único jogador.

Logo... qual seria a saída?? Fazemos um acordo com esses times.... Eles contraram os jogadores de clubes minúsculos como Sport, Goiás.... Se os jogadores floparem esses clubes “médios” ficam com o mico, amargam o prejuízo.... se eles vingarem, os clubes são obrigados a nos venderem pelo preço que pagaram.

Pronto.... resolvido o problema. Como o Mattos não pensou nisso antes??

É que está cheio de torcedor de videogame, engenheiro de obra pronta e "j"ênio da lâmpada, para os quais tudo é uma questão de força de vontade. Nada custa dinheiro, nada pode dar errado e tudo é muito simples. Muita gente precisa agir assim para se sentir importante, alguém no mundo, e descontar a frustração com mulher, contas e a tiração de sarro dos outros no trabalho por causa de uma temporada de fracasso no futebol. Eu ainda me lembro lá atrás, quando o Nobre estava começando a tentar colocar ordem no "pardieiro" em que tinham transformado o Palmeiras, e precisava tomar medidas duras. O que tinha de gente batendo forte, achando que tudo estava sendo feito do jeito errado, que não precisava de equilíbrio - foi quando começou a a história de "agiota" e "o Palmeiras não é Banco" - pois bem, quando alguém com um pouco mais de bom senso perguntava "mas, como faremos se estamos quebrados?", esses mesmos "ç"abios viravam e falavam "sei lá, o Nobre que se vire, eu só sou torcedor". Ou seja, é tudo na base do "bumba meu boi", "casados contra solteiros", pelada de fim de de semana, sem compromisso com a realidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Penso que jogador médio por jogador médio, nós já temos um lateral nessas circunstâncias que é o Vitor Luiz. Não é nenhum craque, mas a nível de Brasil é muito bom.

Já que vai contratar e gastar dinheiro, tem ir atrás de algo acima da média, não faz sentido gastar uma bala dessas com algo semelhante ao que você já tem.

É a mesma coisa de eu ter um Gol e comprar um Ônix ou um HB20. Vou ficar na mesma, só vou gastar dinheiro atoa.

Se vamos ao mercado para contratar, tem que ser algo grande, com uma probabilidade de acerto grande, o que não me parece ser o caso do Diogo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A análise sobre o Mattos precisa ser feita de modo muito mais abrangente.
O Mattos não é um contratador e sim o responsável pelos rumos do futebol.
Não é analisar somente " contratação X deu certo, contratação Y deu errado. "

Também consideremos : Somos torcedores amadores.
O fato de todos os torcedores apoiarem a contratação X, não significa que se ela não vingar, ninguém no clube tenha cometido um erro.
Eu e qualquer torcedor aqui, posso aplaudir todas as contratações e no fim do ano cornetar todo mundo. Eu sou um torcedor, não sou profissional da área e não sou o mais bem pago do país - merecidamente - na função.

O índice de erros nas contratações foi alarmante. Diria que foi 100%. Nenhum contratado conseguiu se firmar como titular indiscutível.
E porque isso aconteceu ?

Por causa da má gestão técnica do departamento de futebol.

E isso pode ocorrer novamente.

Estamos negociando - até onde se sabe - com dois laterais de características ultra ofensivas. Zeca e Diogo Barbosa.
Quem será o treinador ? Vão manter o Valentim ?
Valentim joga com a linha defensiva lá em cima. Logo o Mina irá embora.
Vamos jogar com linha alta, Edu Dracena e Juninho (ou Luan ) lentos na zaga, e dois laterais que se mandam e não sabem marcar ?

Se isso acontecer, em março estaremos pedindo a cabeça de todo mundo novamente.

Se vc tá negociando com Zeca e Diogo Barbosa, vc precisa definir um modelo de jogo com linha defensiva fechada e compactada, uma marcação forte de cobertura vinda do meio e um time que reaja com velocidade pelos lados.

Aqui vc já descarta Roger e Alberto Valentim.

O que não podemos é novamente ficarmos flutuando entre contratações e forma de jogar.
Contrata todo mundo pra um modelo de jogo, em 3 meses fracassa, muda o modelo, encosta todo mundo, contrata outros....
Isso acabou com 2017.

PorcoVoador curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Gabriel.SRamos disse:

Penso que jogador médio por jogador médio, nós já temos um lateral nessas circunstâncias que é o Vitor Luiz. Não é nenhum craque, mas a nível de Brasil é muito bom.

Já que vai contratar e gastar dinheiro, tem ir atrás de algo acima da média, não faz sentido gastar uma bala dessas com algo semelhante ao que você já tem.

É a mesma coisa de eu ter um Gol e comprar um Ônix ou um HB20. Vou ficar na mesma, só vou gastar dinheiro atoa.

Se vamos ao mercado para contratar, tem que ser algo grande, com uma probabilidade de acerto grande, o que não me parece ser o caso do Diogo.

Gastar com quem? O colombiano do Boca Juniors, duvido que presidente e patrocinadora queiram dar dinheiro pra outro colombiano que nunca jogou no Brasil, ou qualquer estrangeiro visto os micos recentes em todos os clubes, Buffarini, Trauco foram laterais que a mídia elogiou no início superconcentrado deles, Buffa até antes de vir como lateral que daria certo, melhor do seu país etc. Se f0d&ram.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Tulio_SEP disse:

Gastar com quem? O colombiano do Boca Juniors, duvido que presidente e patrocinadora queiram dar dinheiro pra outro colombiano que nunca jogou no Brasil, ou qualquer estrangeiro visto os micos recentes em todos os clubes, Buffarini, Trauco foram laterais que a mídia elogiou no início superconcentrado deles, Buffa até antes de vir como lateral que daria certo, melhor do seu país etc. Se f0d&ram.

Fabra viria no estilo Mina.. O cara já tem mercado na Europa, seria uma ponte.
Excelente contratação, eu tentaria.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com ele e a  volta do VL resolvemos o problema da lateral esquerda.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, Tulio_SEP disse:

Gastar com quem? O colombiano do Boca Juniors, duvido que presidente e patrocinadora queiram dar dinheiro pra outro colombiano que nunca jogou no Brasil, ou qualquer estrangeiro visto os micos recentes em todos os clubes, Buffarini, Trauco foram laterais que a mídia elogiou no início superconcentrado deles, Buffa até antes de vir como lateral que daria certo, melhor do seu país etc. Se f0d&ram.

Eu sugiro uma pesquisa mais bem feita.

O Mattos, logo que começou aqui, aparentemente trabalhava muito a questão estatística, o scout dos jogadores. Tanto que o nível de acerto em 2015 foi muito maior do que esse ano e com um aporte financeiro muito menor naquela época.

Ao que me parece, o Mattos "deslumbrou" um pouco com o aporte financeiro que vem recebendo para trabalhar e passou a procurar mais "grife" do que qualidade em si.

O primeiro passo é definir quem vai ficar no banco de reservas na próxima temporada. Não adianta você contratar laterais muito ofensivos, para um treinador que prefere uma linha defensiva mais bem postada, sem deixar muito espaço, por exemplo.

A partir daí, você trabalha em cima do modelo de jogo da equipe. Aliás, acredito que o modelo de jogo da equipe deve ser definido até pela própria diretoria de futebol, e aí contratar treinadores de acordo com essa filosofia, para que não ocorra a quebra de filosofia como foi no começo do ano.

Mas voltando aos laterais, acredito que sim, que o Fabra é mais jogador do que o Diogo; que o Zeca é mais jogador do que o Diogo; que o Tagliafico é mais jogador do que o Diogo; que o Guilherme Siqueira é mais jogador do que o Diogo; que o Casco é mais jogador do que o Diogo...

Só que isso é uma questão de opinião. Você pode não concordar comigo e eu respeito isso, mas pelo o que já vi e li sobre esses nomes que citei, todos eles tinham valores abaixo do que o Palmeiras está se propondo a pagar pelo Diogo. E quanto a adaptação, isso é imprevisível. O Mina chegou e jogou. O Pratto, quando chegou ao CAM, jogou. O Conca, quando chegou ao Vasco, já se destacou logo de cara. Assim como tiveram os que não deram certo também, como os casos do Buffarini e do Trauco que você bem citou.

Editado por Gabriel.SRamos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
57 minutos atrás, Dinizz disse:

É que está cheio de torcedor de videogame, engenheiro de obra pronta e "j"ênio da lâmpada, para os quais tudo é uma questão de força de vontade. Nada custa dinheiro, nada pode dar errado e tudo é muito simples. Muita gente precisa agir assim para se sentir importante, alguém no mundo, e descontar a frustração com mulher, contas e a tiração de sarro dos outros no trabalho por causa de uma temporada de fracasso no futebol. Eu ainda me lembro lá atrás, quando o Nobre estava começando a tentar colocar ordem no "pardieiro" em que tinham transformado o Palmeiras, e precisava tomar medidas duras. O que tinha de gente batendo forte, achando que tudo estava sendo feito do jeito errado, que não precisava de equilíbrio - foi quando começou a a história de "agiota" e "o Palmeiras não é Banco" - pois bem, quando alguém com um pouco mais de bom senso perguntava "mas, como faremos se estamos quebrados?", esses mesmos "ç"abios viravam e falavam "sei lá, o Nobre que se vire, eu só sou torcedor". Ou seja, é tudo na base do "bumba meu boi", "casados contra solteiros", pelada de fim de de semana, sem compromisso com a realidade.

                         Muito bem lembrado. Nessa época eu frequentava outro fórum e ouvia sandices do tipo: "não é possível que uma instituição gigante e centenária como o Palmeiras não tenha crédito", como se ser gigante e/ou centenário cria automaticamente um "salvo conduto" para contrair dívidas sem fim, kkkkkkk, era muito engraçado e difícil explicar a situação para aquelas criaturas.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
38 minutos atrás, Gabriel.SRamos disse:

 

Ao que me parece, o Mattos "deslumbrou" um pouco com o aporte financeiro que vem recebendo para trabalhar e passou a procurar mais "grife" do que qualidade em si.

 

                Olha, to acreditando nisso também, acho que ele nunca teve tanto para gastar, aliado a uma coisa que um colega daqui falou, que pode ter influencia da patrocinadora para trazer nomes "grandes" também, assim chama mais a atenção. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depois de Egidio, Mayke, Fabrício e Fabiano vocês ainda querem laterais do Cruzeiro?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cheio de filósofos no tópico, Jesus...

 

Sobre o jogador em questão, depois de 3 anos de Egídio, qualquer um serve.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Bernardo Pires disse:

Resultado de imagem para diego barbosa footstats

Isso aqui é de semanas atrás.

faz um desse ai do vitor luiz pra ver logo a diferenca

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Guaraná disse:

Na verdade tem gente que acha que temos que “fazer um acordo” com times “médios” como Santos, Cruzeiro, Fluminense.... explico....

Pra parte da torcida, é um absurdo contratamos o Richarlison do América MG, o Lucas Lima do Sport, Bruno Henrique do Goiás... pq são jogadores de times pequenos, que não se provaram e que vão sentir o peso de nossa camisa. Ai... passam-se 2 anos, esses jogadores se firmam em clubes como Santos, Fluminense... e os mesmos torcedores acham um absurdo “gastarmos tudo isso” com um único jogador.

Logo... qual seria a saída?? Fazemos um acordo com esses times.... Eles contraram os jogadores de clubes minúsculos como Sport, Goiás.... Se os jogadores floparem esses clubes “médios” ficam com o mico, amargam o prejuízo.... se eles vingarem, os clubes são obrigados a nos venderem pelo preço que pagaram.

Pronto.... resolvido o problema. Como o Mattos não pensou nisso antes??

Seu raciocínio foi excelente na parte em negrito....

Soh q a saida nao é um acordo com esses times e sim se espelhar nesses times...ter profissionais capacitados a pagar o justo por im jogador com o minimo de talento...

Ja foram oferecidos grandes talentos e nossos profissionais envolvidos nao tiveram capacidade de observar se era ou nao uma boa promessa...vide o propio Lucas Lima q foi oferecido ao Palmeiras antes de ir ao Santos...Lucas Barrios foi oferecido qdo marcou gols pelo ColoColo contra a gente antes de ir para a Alemanha e estourar....James Rodrigues foi oferecido e nao wuiseram...fora os q passaram pela base e nem observados foram...

Porque nao oferecem 15mi no Mateusinho do America Mg....vao esperar o Inter oferecer...o Cruzeiro?

Esse sim eh tiro certo e vale o investimento....

Diferente de Diogo Barbosa...q nao eh ruim...nao eh pior do q os q temos...mas eh bem comum para valer tudo isso...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.