T-R3X

Juíza atende pedido do Flu e determina bloqueio de R$ 200 milhões - 09/08: Desembargadora derrubou o bloqueio

165 posts neste tópico

A briga tem que continuar, só pra colocar o fluC no lugar deles e mostrar o que a justiça carioca vem fazendo.

Bauer curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hour ago, luciano massari said:

Devolve logo, não vai jogar com o Felipão mesmo...

 

Não adianta devolver, o Flor - C não quer o jogador quer o dinheiro.

Eu já tinha falado que o palmeiras corria o risco de ser considerado devedor solidário, não importa que tenha feito um contrato a parte com o Scarpa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

12 minutos atrás, mau-z/s disse:

Não adianta devolver, o Flor - C não quer o jogador quer o dinheiro.

Eu já tinha falado que o palmeiras corria o risco de ser considerado devedor solidário, não importa que tenha feito um contrato a parte com o Scarpa.

Eu sei disso, só estou sendo irônico.

Editado por luciano massari

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, thiagoliveiraq disse:

Agora o Palmeiras é o errado por contratar o jogador ... É cada comentário, infelizmente não tem a opção desler.

Ou prestar atenção no que leu...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não entendo porra nenhuma de direito, mas entendo que o Palmeiras não é obrigado a disponibilizar 200 milhões em espécie e sim apresentar algum bem que valha 200 milhões (que pode ser usado como garantia em caso de perda do processo).

Então que seja apresentado o passe do Deyverson.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, thiagoliveiraq disse:

Agora o Palmeiras é o errado por contratar o jogador ... É cada comentário, infelizmente não tem a opção desler.

?

Li todos os comentários e não vi ninguém dizer isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

Ta ficando perigosa essa história, muito valor envolvido.

Não tem alguma via onde possamos ajeitar essa situação em definitivo? Só na última instancia mesmo?

Que pedra chata no sapato.

Editado por Felipão SEP

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Palestrino Pira disse:

Eu não entendo porra nenhuma de direito, mas entendo que o Palmeiras não é obrigado a disponibilizar 200 milhões em espécie e sim apresentar algum bem que valha 200 milhões (que pode ser usado como garantia em caso de perda do processo).

Então que seja apresentado o passe do Deyverson.

Exatamente!!

Se eles acham que o Scarpa vale isso sem base, nós achamos o mesmo do Deyverson!!

Devolver a piada na mesma moeda!! (Estou falando serio), tem que fazer isso mesmo)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Palmeiras soltou uma nota oficial dizendo que a decisão é abusiva e que não faz parte do processo 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Palmeiras nem é parte legal do processo, que absurdo. Caberia ao Palmeiras processar a juiza e o Flu 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A decisão da juíza é insustentável, pois ela usou como argumento o arresto para garantia de futura execução, contudo ela não fundamentou nos requisitos básicos para a antecipação da tutela, o periculum in mora (perigo da demora) e fumus boni uiris (fumaça do bom direito/probabilidade do direito).

A decisão é nula por total ausência de fundamentação jurídica, inexiste o perigo da demora. Ela deveria ter fundamentado muito bem, mas não o fez.

Evidente que há algo estranho. Ademais, tenho dúvidas se o Palmeiras figura no polo da demanda como terceiro interessado ou se foi incluído somente agora. De qualquer forma, é uma decisão surpresa, pois não oportunizou a apresentação de defesa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como eu disse acima, o Palmeiras não é parte do processo. 

Isso que está ocorrendo é uma vergonha, o judiciário brasileiro está agonizando.

Aos que entendem que o Scarpa não vale o trabalho ou o inconveniente , eu digo que precisamos lutar para que arbitrariedades como essa não ocorram. Aceitar essa situação, sob qualquer pretexto, é passar recibo de derrotado e dar força a tudo que tornou a nossa sociedade o lixo que ela é hoje.

Essa bosta desse time do Tapetense está hoje na primeira divisão por conta de maracutaias. A portuguesa hoje está em total bancarrota por conta de maracutaias. O tapetense tem um poder inexplicável, mas o Scarpa e o Palmeiras tem que usar de todos os meios possíveis para barrar esse poderio escuso.

Temos que por fim a tudo isso, a sociedade tem que se moralizar. Veja o absurdo dessa decisão, o clube deixa de pagar salários e ainda tenta lucrar 200mi.

Não dá para acreditar, sinceramente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
30 minutos atrás, Palestrino Pira disse:

Eu não entendo porra nenhuma de direito, mas entendo que o Palmeiras não é obrigado a disponibilizar 200 milhões em espécie e sim apresentar algum bem que valha 200 milhões (que pode ser usado como garantia em caso de perda do processo).

Então que seja apresentado o passe do Deyverson.

É o que entendo tbm....

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutes ago, RafaRangel said:

Como eu disse acima, o Palmeiras não é parte do processo. 

Isso que está ocorrendo é uma vergonha, o judiciário brasileiro está agonizando.

Aos que entendem que o Scarpa não vale o trabalho ou o inconveniente , eu digo que precisamos lutar para que arbitrariedades como essa não ocorram. Aceitar essa situação, sob qualquer pretexto, é passar recibo de derrotado e dar força a tudo que tornou a nossa sociedade o lixo que ela é hoje.

Essa bosta desse time do Tapetense está hoje na primeira divisão por conta de maracutaias. A portuguesa hoje está em total bancarrota por conta de maracutaias. O tapetense tem um poder inexplicável, mas o Scarpa e o Palmeiras tem que usar de todos os meios possíveis para barrar esse poderio escuso.

Temos que por fim a tudo isso, a sociedade tem que se moralizar. Veja o absurdo dessa decisão, o clube deixa de pagar salários e ainda tenta lucrar 200mi.

Não dá para acreditar, sinceramente.

Como eu falei meses atrás, o problema é o artigo 28 da Lei Pelé:  "o clube que se acertar com o jogador é devedor solidário em caso de rescisão ", más o Palmeiras sabia disso quando fechou com o Scarpa, então não tem nada de novo.

Concordo com vc, o Palmeiras não é parte do processo, más a juíza é quem decide, e todos sabem que ela está a favor do tapetense, na teoria o Palmeiras está precavido por ter feito um contrato com o Scarpa (cláusula de proteção pela qual pode entrar com uma cobrança contra o jogador caso seja acionado na Justiça). A teoria é linda, más espero que o Palmeiras ganhe sem precisar usar essa cláusula (eu não quero imaginar na prática como conseguir 200 milhões do jogador)

O judiciário é uma vergonha, más isso não nos ajuda em nada, infelizmente quem decide são eles.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, joaokleber77 disse:

O que diz na matéria da RGT é que vale o que está escrito por extenso. O Palmeiras e Scarpa têm 5 dias pra apresentar onde eles têm esses 200 milhões. 

Agora, eu queria saber de onde surgiu esse número. De onde ela tirou que Scarpa vale mais que jogador de copa do mundo... 

Não desanimo porque são sempre os mesmos... mal educados, amargos e com uma construção lógica, via de regra, mais falha que asfalto de rua em SP.

Metade do Cristiano Ronaldo !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 minutos atrás, RafaRangel disse:

A decisão da juíza é insustentável, pois ela usou como argumento o arresto para garantia de futura execução, contudo ela não fundamentou nos requisitos básicos para a antecipação da tutela, o periculum in mora (perigo da demora) e fumus boni uiris (fumaça do bom direito/probabilidade do direito).

A decisão é nula por total ausência de fundamentação jurídica, inexiste o perigo da demora. Ela deveria ter fundamentado muito bem, mas não o fez.

Evidente que há algo estranho. Ademais, tenho dúvidas se o Palmeiras figura no polo da demanda como terceiro interessado ou se foi incluído somente agora. De qualquer forma, é uma decisão surpresa, pois não oportunizou a apresentação de defesa.

Vc acha que corre o risco dela tomar outra tapa da instância superior?

É comum esse tipo de sequência de decisões tão desequilibradas? Falo desequilíbrio no sentido de sempre pender pro mesmo lado...?

Já ouvi de um advogado - palmeirense, por sinal - que corrupção de magistrados é mais comum quando uma das partes é o estado (varas criminais, etc). Eu não vou saber usar a terminologia jurídica que ele me explicou, mas em resumo, o que ele queria dizer é que entre partes privadas, os dois lados sempre são profundamente interessados, enquanto que o Estado, nem sempre os responsáveis estão tão preocupados com as consequências de uma má decisão. 

Você concorda com essa afirmação?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Carlos Jr. disse:

Já começou a Soaaaar As trombetas do Apocalipse...

O que tem de gente pra gorar aqui é um absurdo.

Da desanimo dessa torcida....

 

O cenário que se desenvolve aqui é que seremos rebaixados

É patético! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, joaokleber77 disse:

Vc acha que corre o risco dela tomar outra tapa da instância superior?

É comum esse tipo de sequência de decisões tão desequilibradas? Falo desequilíbrio no sentido de sempre pender pro mesmo lado...?

Já ouvi de um advogado - palmeirense, por sinal - que corrupção de magistrados é mais comum quando uma das partes é o estado (varas criminais, etc). Eu não vou saber usar a terminologia jurídica que ele me explicou, mas em resumo, o que ele queria dizer é que entre partes privadas, os dois lados sempre são profundamente interessados, enquanto que o Estado, nem sempre os responsáveis estão tão preocupados com as consequências de uma má decisão. 

Você concorda com essa afirmação?

Eu acredito em uma reversão da decisão, pois o palmeiras sequer é parte do processo. Infelizmente o processo tramita em segredo de justiça, mas a decisão de primeira instância é de reintegração do atleta e não para que seja foi o pagamento da multa rescisória com a consequente liberação do jogador.

Ademais, para que haja uma decisão com solidariedade na obrigação para pagamento, o devedor solidário deve figurar no polo passivo do processo, sob pena dele não poder ser atingido por tal decisão.

O juiz é, em tese, imparcial, mas julga com base em suas convicções. No caso do Scarpa, prefiro acreditar que as decisões foram proferidas com base no entendimento jurídico e não por qualquer influência externa.

Não era para acontecer esse tipo de decisão tendenciosa, mas podemos utilizar como exemplo a decisão do Favreto x Moro no caso do habeas corpus do Lula, que se tornou uma guerra entre decisões judiciais (ambas equivocadas no meu entender, que não vale nada).

Quanto às questões de processos que envolvem o Estado, depende muito da situação (em corrupção prefino não falar), em causas de maior repercussão, principalmente quando envolve pecúnia, eu acho que o judiciário dá uma colher de chá, visando não prejudicar muito o estado.

joaokleber77 curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.