Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Barnei

Treinador de futebol: Motivador/disciplinador ou estrategista? Qual o melhor?

33 posts neste tópico

No Palmeiras recentemente o que mais passou foi professor pardal, ou seja cheios de bom portugues, pranchetas e outras coisinhas digitais, e nada deu certo, títulos vieram com Marcelo Oliveira e Cuca, pra mim nenhum dos dois são estrategistas, são mais motivadores e bons de grupo, sei lá posso estar errado....no caso do Felipão além de ser bom de grupo, ter moral é disciplinador coisa que nosso elenco está precisando haja visto a bagunça no time, todo mundo manda, todo mundo faz beicinho e correr que é bom nada. Felipão tem cacife para por exemplo se precisar barrar Felipe Mello e Dudu, coisa que os outros que passaram não tinha...Cuca tentou, mas não conseguiu...com esse elenco de pseudas estrelas acho que o bigode vai implacar...e que São Genaro esteja de nosso lado.

herick1987 curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

EB e RM são treinadores metidos à especialistas. Falam, falam e falam mas no final das contas não conseguem aplicar nada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa analise, o Felipão tem algo que os outros tecnicos não podiam dar, até mesmo o Cuca. Esse algo é o tempo de trabalho, Felipão pode ser esculachado esse ano, mas vai resistir, ao contrario dos outros que em caso de dois resultados negativos ja ficam pra ser demitidos. Temos de ter paciencia com o Felipão e esperar algo de positivo apenas no final de 2019, o que vier de agora em diante vai ser lucro. Felipão tem por caracteristica chegar perto do ideal no primeiro ano de trabalho e atinge o apice entre o segundo e terceiro anos de trabalho, ou seja, ele merece tempo, espero que a torcida não bote uma pilha errada e de um jeito de mandar o Felipão pra rua, ele precisa ter a chance de fazer algo até o fim de 2019 ao menos. Fico satisfeito do Felipão estar treinando novamente o Verdão, ele é cabra macho mesmo, aqueles veião chatão, precisamos disso! ja os outros pareciam criados em apartamento, a leite com pera, se o Felipão desse um grito em qualquer um deles iam chamar a mamãe pra defender.

Caiser Soze curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acredito que o melhor conceito é do técnico motivador que saiba gerenciar em excelência os egos inflados dentro do vestiário, combinando com assistentes técnicos experts em tática, preferencialmente setorizados, isso é, tática de defesa, de controle de bola/transição, e de ataque, sem esquecer de grande ênfase na bola parada. O técnico é a voz final, mas a tática empregada deveria partir de gente especializada no assunto. Quando técnico foca muita na tática acaba se enfraquecendo no gerenciamento de vestiário.

Outro detalhe que o técnico principal deve ter na cartilha na minha opinião refere-se ao treinamento de fundamentos, pois acho impressionante como o Palmeiras é mal treinado nesse quesito, jogadores com bons fundamentos vão quase que na maioria perdendo a qualidade nos fundamentos básicos através do tempo enquanto estão no clube, só ficam treinando tática + tática e + tática, chega no jogo não conseguem trocar 3 passes em velocidade, não batem uma falta ou escanteio com veneno, finalizam sempre no meio do gol etc..

Andespsan, Barros. e Caiser Soze curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende muito do contexto. 

Existem elencos que apenas um "bom gerenciador" é o suficiente pro time dar certo. Outros, que boas peças precisam de alguém que saiba a hora certa de fazer as coisas.

O ideal seria um treinador que tivesse duas ou mais dessas qualidades. 

Eu sempre vou dar mais valor ao estrategista. Motivação e gerenciamento são importantíssimos, mas acho muito foda quando um técnico entra em  campo com uma formação diferente e da certo, quando percebe-se que estudou o adversário ou quando faz uma substituição que muda a cara do time.

Discordo que o Cuca não seja estrategista, basta ver o tanto de jogada ensaiada que tínhamos... Era um verdadeiro repertório.

Felipão também teve seus bons momentos, o deslocamento que ele fez jogando o Henrique de volante(e deu muito certo) também foi muito bacana.

 

Barros. e Arthur Palestra curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um bom treinador precisa ter todos esses adjetivos em seu estilo. Ainda mais pra ser tecnico de um clube tão grande como o Palmeiras. Infelizmente estamos com um treinador reconhecido pelo potencial motivador e disciplinar, no meu ponto de vista este estilo ficou pra trás faz tempo. Quanto mais completo for o coach maior será seu potencial de engajamento do elenco/torcida!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
26 minutos atrás, Henrique- disse:

Depende muito do contexto. 

Existem elencos que apenas um "bom gerenciador" é o suficiente pro time dar certo. Outros, que boas peças precisam de alguém que saiba a hora certa de fazer as coisas.

O ideal seria um treinador que tivesse duas ou mais dessas qualidades. 

Eu sempre vou dar mais valor ao estrategista. Motivação e gerenciamento são importantíssimos, mas acho muito foda quando um técnico entra em  campo com uma formação diferente e da certo, quando percebe-se que estudou o adversário ou quando faz uma substituição que muda a cara do time.

Discordo que o Cuca não seja estrategista, basta ver o tanto de jogada ensaiada que tínhamos... Era um verdadeiro repertório.

Felipão também teve seus bons momentos, o deslocamento que ele fez jogando o Henrique de volante(e deu muito certo) também foi muito bacana.

 

mas no caso  especificamente do Palmeiras, onde claramente temos um bom elenco, mas nao temos um bom time, determinados jogos fica claro a falta de vontade de determinados jogadores, não seria esse o caso de um técnico como o Felipão? Quanto eles estar ultrapassado e coisas do tipo o tempo dirá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

Porra, o Cuca é muito estrategista. Ganhamos o BR 2016 não pq ele é motivador, mas pq ele sabia armar o time de acordo com cada adversário que iria enfrentar, e pra jogar dentro e fora de casa, fora as jogadas ensaiadas. Ele é um dos poucos técnicos BR atuais que consegue aliar as duas qualidades que vc citou, e acho que isso seja o ideal, pena que no caso dele essas boas qualidades vêm acompanhadas de problemas.

Editado por Arthur Palestra
Barros. curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 minutos atrás, Arthur Palestra disse:

Porra, o Cuca é muito estrategista. Ganhamos o BR 2016 não pq ele é motivador, mas pq ele sabia armar o time de acordo com cada adversário que iria enfrentar, e pra jogar dentro e fora de casa, fora as jogadas ensaiadas. Ele é um dos poucos técnicos BR atuais que consegue aliar as duas qualidades que vc citou, e acho que isso seja o ideal, pena que no caso dele essas boas qualidades vêm acompanhadas de problemas.

Concordo em tudo... o Cuca é um estrategista, um motivador (do jeito dele, mas é...), mas esses "problemas" faz com que por hora, eu não o queira no Palmeiras.

Sinceramente, eu sou a favor do Palmeiras começar a tentar formar técnicos na academia, técnicos que tenham a filosofia do clube, que sejam treinados para ter em mente que eles são "os donos" do vestiário, isso quer dizer, que podem barrar e bater de frente com quem acharem necessário e mesmo assim terão o respaldo da diretoria... Mas isso no momento parece utopia.

Arthur Palestra curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

52 minutos atrás, Barnei disse:

mas no caso  especificamente do Palmeiras, onde claramente temos um bom elenco, mas nao temos um bom time, determinados jogos fica claro a falta de vontade de determinados jogadores, não seria esse o caso de um técnico como o Felipão? Quanto eles estar ultrapassado e coisas do tipo o tempo dirá.

Sim, mas eu concordo com vc. 

Eu me referi ao proposto do topico: qual o melhor tipo de treinador: motivador ou estrategista. 

No caso especificamente do Palmeiras, sim... Estava faltando alguém que mexesse com o brio dos jogadores, por isso iniciei meu texto dizendo que depende do contexto. 

Só discordei apenas quanto aos rótulos... Pra mim, o Cuca é sim um estrategista, assim como não vejo o Felipão apenas um motivador. 

Ser estrategista não significa ser estudioso, moderno. Muricy Ramalho nunca foi um técnico moderno na sua época, mas conseguia entender o elenco que tinha, fechava a casinha como ninguem e fazia o time jogar no famoso "chuveirinho". Isso é um tipo de estratégia. 

Cuca sempre gostou de marcação individual, recriminado por muitos aqui. Mas sabia as peças que tinha e conseguia fazer os jogadores jogarem daquela forma, ou seja, saiam do sendo comum. E deu certo. Isso é estratégia. 

Enfim, até o Roger tinha seu estilo de fazer o time jogar. Víamos que titulares e reservasbentravam numa sintonia parecida. Ao que parece pra ele, faltou justamente essa parte de fazer os jogadores comprarem sua ideia, além de pecar no feeling das substituições. 

Editado por Henrique-

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Henrique- disse:

Sim, mas eu concordo com vc. 

Eu me referi ao proposto do topico: qual o melhor tipo de treinador: motivador ou estrategista. 

No caso especificamente do Palmeiras, sim... Estava faltando alguém que mexesse com o brio dos jogadores, por isso iniciei meu texto dizendo que depende do contexto. 

Só discordei apenas quanto aos rótulos... Pra mim, o Cuca é sim um estrategista, assim como não vejo o Felipão apenas um motivador. 

Ser estrategista não significa ser estudioso, moderno. Muricy Ramalho nunca foi um técnico moderno na sua época, mas conseguia entender o elenco que tinha, fechava a casinha como ninguem e fazia o time jogar no famoso "chuveirinho". Isso é um tipo de estratégia. 

Cuca sempre gostou de marcação individual, recriminado por muitos aqui. Mas sabia as peças que tinha e conseguia fazer os jogadores jogarem daquela forma, ou seja, saiam do sendo comum. E deu certo. Isso é estratégia. 

Enfim, até o Roger tinha seu estilo de fazer o time jogar. Víamos que titulares e reservasbentravam numa sintonia parecida. Ao que parece pra ele, faltou justamente essa parte de fazer os jogadores comprarem sua ideia, além de pecar no feeling das substituições. 

entendi...vamos torcer pra alguém dar um jeito neste time...que seja o Felipão com seu estilo sargentão ou um da nova safra!...o que eu, vc e toda comunidade Palestrina quer é ver no final do ano: PALMEIRAS CAMPEÃO!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

EB e RM entendem de tática assim como eu domino o mandarim,ou seja,nada, aliás,o profe Roger Machado é um misto de Rolando Lero e João Plenário da Praça é Nossa:fala,fala,fala e não fala NADA!

Editado por luciano massari

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Apesar de que achei EB muito melhor que RM

guih_sep curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, herick1987 disse:

Boa analise, o Felipão tem algo que os outros tecnicos não podiam dar, até mesmo o Cuca. Esse algo é o tempo de trabalho, Felipão pode ser esculachado esse ano, mas vai resistir, ao contrario dos outros que em caso de dois resultados negativos ja ficam pra ser demitidos. Temos de ter paciencia com o Felipão e esperar algo de positivo apenas no final de 2019, o que vier de agora em diante vai ser lucro. Felipão tem por caracteristica chegar perto do ideal no primeiro ano de trabalho e atinge o apice entre o segundo e terceiro anos de trabalho, ou seja, ele merece tempo, espero que a torcida não bote uma pilha errada e de um jeito de mandar o Felipão pra rua, ele precisa ter a chance de fazer algo até o fim de 2019 ao menos. Fico satisfeito do Felipão estar treinando novamente o Verdão, ele é cabra macho mesmo, aqueles veião chatão, precisamos disso! ja os outros pareciam criados em apartamento, a leite com pera, se o Felipão desse um grito em qualquer um deles iam chamar a mamãe pra defender.

               Kkkk, concordo com tudo. 

 

2 horas atrás, Furbo disse:

Acredito que o melhor conceito é do técnico motivador que saiba gerenciar em excelência os egos inflados dentro do vestiário, combinando com assistentes técnicos experts em tática, preferencialmente setorizados, isso é, tática de defesa, de controle de bola/transição, e de ataque, sem esquecer de grande ênfase na bola parada. O técnico é a voz final, mas a tática empregada deveria partir de gente especializada no assunto. Quando técnico foca muita na tática acaba se enfraquecendo no gerenciamento de vestiário.

Outro detalhe que o técnico principal deve ter na cartilha na minha opinião refere-se ao treinamento de fundamentos, pois acho impressionante como o Palmeiras é mal treinado nesse quesito, jogadores com bons fundamentos vão quase que na maioria perdendo a qualidade nos fundamentos básicos através do tempo enquanto estão no clube, só ficam treinando tática + tática e + tática, chega no jogo não conseguem trocar 3 passes em velocidade, não batem uma falta ou escanteio com veneno, finalizam sempre no meio do gol etc..

                 Concordo com todo o texto e principalmente com o negritado, pensei que só eu achava isso, mas parece mesmo que os caras vão desaprendendo a jogar bola, tem gente que desaprende a chutar, a passar, a cruzar, finalizações então, nem precisa falar, parece que ninguém mais sabe fazer gol nesse time.  Não entendo essa história de que profissional do último nível não treina fundamento, tem que treinar até mais, tem que chegar à excelência, CR não seria o que é se não treinasse à exaustão, no último jogo fatídico  contra os gambás, eu lembro que o time deles finalizou muitas vezes de fora da área, vários jogadores diferentes finalizando, a maioria ia no gol ou levava algum perigo, enquanto dos nossos jogadores os chutes eram ridículos, dava vergonha. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Taticamente não existe nada de novo há muito tempo, hoje um treinador que saiba corrigir os pontos fracos do seu time no decorrer do jogo já tem meio caminho andado para dar certo. Ou até mesmo, criar as opções na sua escalação inicial para utilizar em determinado momento da partida. Não adianta substituir 6 por meia dúzia. Improvisar atacante de meia, zagueiro de volante etc.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, el_mago_Show disse:

Apesar de que achei EB muito melhor que RM

Pelo menos E.B tinha algum sangue na veia... R.M podia cair o mundo e estaria dando explicações estupidas.

 

el_mago_Show e Caiser Soze curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Analisando cruamente por cima, prefiro o motivador.

Porém depende muito dos próprios jogadores. Quando os jogadores resolvem fechar com o técnico, o cara não precisar ser motivador pro trabalho dar certo, os caras se motivarão sozinhos só por estarem trabalhando ali.
Mas aqui no Brasil treinador "especialista" em tática, tende a dar errado. Os jogadores Br não possuem tanta inteligência tática como os Europeus hoje em dia, então se o técnico chega colocando vários conceitos, palavras bonitas, coisas muito técnicas, vai ter jogador pensando: "o que esse mané ta dizendo?", e aí não vai rolar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.