Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Eduardo Luiz

Os principais fatos do primeiro ano do mandato do Nobre

100 posts neste tópico

Antes de começar aviso que a intenção do tópico não é criar polêmica, mas sim avaliar o que de fato foi positivo e negativo no primeiro ano da gestão do Nobre, um presidente desejado por 90% da torcida, e que em função da expectativa criada, merece sim uma avaliação.

 

Abaixo faço as minhas observações e convido a todos que façam o mesmo. Isso é um Fórum para discussões. Vamos lembrar disso na hora de debater!

 

- Veto a Riquelme

Fez bem. Jogador velho, caro e descompromissado.

 

- Contratação do Brunoro

Todos apostavam que daria certo, mas até agora os resultados provam o contrário. Talvez até o suficiente para decidir pelo seu desligamento.

 

- Contratação do Omar Feitosa

Um erro. O elenco não gosta do cara, que é omisso e despreparado.

 

- Contratação de profissionais do marketing

Até agora nada. Temos gente ganhando muito para pouco retorno (muita gente atribui o sucesso das lojas oficiais ao mkt atual, mas o setor não tem nada a ver, pois a adminstração é da Meltex, contrato assinado pelo Tirone).

 

- Reformulação da base

Em termos de resultados, razoável, mas muitos contestam os métodos dessa reformulação.

 

- Novidades no Avanti

Com a prioridade a sócios na venda de ingressos e com os novos planos, o programa deu um upgrade, mas ainda não atingiu o que a maioria esperava. A meta de 40 mil sócios até dezembro já não foi atingida. Dá pra melhorar.

 

- Negociação do Barcos

Nebulosa, mal explicada e polêmica.

 

- Negociação do Luan

Na época trocamos um titular contestado por dois encostados. Deu relativamente certo, mas os dois que vieram não tinham credenciais nenhuma para serem contratados.

 

- Negociação do Souza

Mal conduzida. Poderiam ter tentado resolver logo que assumiram.

 

- Caso Luis Felipe

Outro caso muito mal conduzido. Isso sem contar o erro grosseiro da falha no contrato.

 

- Contratações modestas (Kléber, Ronny, Serginho, André Luiz)

Não é necessário comentar.

 

- Contratações mal explicadas (Welder, Vilson)

Por que 4 anos de contrato para o quarto reserva do Corinthians, que logo depois foi negociado?

O Vilson veio com pré-contrato assinado e vamos perdê-lo? Quais condições desse negócio?

 

- Perda de promessas da base (Sabiá, Fernando, João Pedro)

Alguns sairam por puro corte de despesas. Não houve critério técnico, e ainda os perdemos para rivais.

 

- Renovação do Kleina

Um erro. Treinador fraco, inexperiente, sem indentidade com o clube e que conseguiu perder 7 jogos na Série-B.

 

- Imbróglio com WTorre

A impressão que dá é que poderiam tentar um acordo, negociar com mais agilidade... Enfim. Foi pra Justiça e ficaremos mais um ano sem casa.

 

- Falta de patrocínio

Pra que contrataram profissionais de mkt? E aquele papo de que as empresas definiriam investimento entre setembro e novembro? Desde maio ouvimos que havia empresas próximas de um acordo. Qual critério de "próximo"?

 

- Título da Série-B

Obrigação.

 

Se esqueci algum fato importante, favor citem nas respostas que atualizo

 

============

 

Passando a régua, se pudesse definir em uma palavra esse primeiro ano de mandato do Nobre, classificaria como decepcionante. Acho que qualquer um poderia ter feito o que ele fez.

 

Torço para que ele vire o jogo no segundo ano de mandato, mas pelo que vi no primeiro, tanto em atitudes, decisões, critérios, falta de transparência e resultados, temo que não consiga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo, classifico o trabalho até agora como regular, o que para mim está sendo decepcionante. Aguardo o trabalho nessa janela de transferências para uma melhor avaliação, já que a diretoria atual assumiu com o grupo praticamente montado para esta temporada.

 

Acrescento como positivo o pagamento regular dos salários dos funcionários, e negativos a ausência de uma auditoria, e pouca coisa em direção a uma reforma estatutária.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Minha avaliação é similar a sua mas eu dou um peso maior a alguns fatores positivos que vão ajudar muito no longo prazo

 

 

Antes de começar aviso que a intenção do tópico não é criar polêmica, mas sim avaliar o que de fato foi positivo e negativo no primeiro ano da gestão do Nobre, um presidente desejado por 90% da torcida, e que em função da expectativa criada, merece sim uma avaliação.

 

Abaixo faço as minhas observações e convido a todos que façam o mesmo. Isso é um Fórum para discussões. Vamos lembrar disso na hora de debater!

 

- Veto a Riquelme

Fez bem. Jogador velho, caro e descompromissado.

 

- Contratação do Brunoro

Todos apostavam que daria certo, mas até agora os resultados provam o contrário. Talvez até o suficiente para decidir pelo seu desligamento.

 

Não mandaria Brunoro embora, deixaria ele ainda para finalizar o trabalho. Acho que no geral poderia ter sido melhor sim, principalmente no quesito da comunicação. Vejo que ele ficou perdido em muitos assuntos ao tratar com a mídia.

 

- Contratação do Omar Feitosa

Um erro. O elenco não gosta do cara, que é omisso e despreparado.

 

Não sei como funciona. Vi o Henrique elogiando ele uma vez, mas foi só um jogador. Estou com vc que deve conhecer mais nesse quesito

- Contratação de profissionais do marketing

 

Até agora nada. Temos gente ganhando muito para pouco retorno (muita gente atribui o sucesso das lojas oficiais ao mkt atual, mas o setor não tem nada a ver, pois a adminstração é da Meltex, contrato assinado pelo Tirone).

 

Não vejo isso tão ruim. ELes reformularam o Avanti todo, criando novos planos, adaptando operações eetc. Além disso, tiveram a formulação do clube de vantagens, com diversas parcerias. Não é fácil montar essa estrutura. Fomo de 5mil sócio a 37mil sócio. Existe uma receita recorrente de 1milhão e pouco por mês (12milhões ano) por causa deles

 

Fizeram TV Palmeiras, revista, ajudaram na divulgação das lojas envolvendo idolos, fizeram a Casa Palmeiras e etc. Acho o trabalho deles razoável até agora. Incomoda a falta de patrocínio mas que se trata de algo difícil para todos os clubes

 

- Reformulação da base

Em termos de resultados, razoável, mas muitos contestam os métodos dessa reformulação.

 

Gostei daquele negócio das %

 

- Novidades no Avanti

Com a prioridade a sócios na venda de ingressos e com os novos planos, o programa deu um upgrade, mas ainda não atingiu o que a maioria esperava. A meta de 40 mil sócios até dezembro já não foi atingida. Dá pra melhorar.

 

A meta anual não foi atingida, mas quase foi....faltaram 3 mil apenas. MAs já falei disso na parte do MKT

 

 

- Negociação do Barcos

Nebulosa, mal explicada e polêmica.

 

parte da comunicação foi ruim mesmo. Brunoro errou feio nessa

- Negociação do Luan

Na época trocamos um titular contestado por dois encostados. Deu relativamente certo, mas os dois que vieram não tinham credenciais nenhuma para serem contratados.

 

gostei da troca. EU ainda acho o Charles util

- Negociação do Souza

Mal conduzida. Poderiam ter tentado resolver logo que assumiram.

 

Tinhamos apenas 20% do atleta e ainda tinhamos que pagar 1,5milhões de reais para a DIS. Ananias a parte, eu acho que 1,5mi de reais por 20% do Souza é justo. Faz sentido considerar que ele custa 6milhões de reais

 

- Caso Luis Felipe

Outro caso muito mal conduzido. Isso sem contar o erro grosseiro da falha no contrato.

 

- Contratações modestas (Kléber, Ronny, Serginho, André Luiz)

Não é necessário comentar.

 

Acho que o Andre Luiz e o Thiago Avez eram necessários pois não tinhamos zagueiros para a reserva. Serginho foi útil vindo do banco. Kléber foi uma decepção, mas todos esperavam um bom futebol dele. Um erro justo...

 

De resto, Felipe Menezes, Ronny, Rondinelly, Ananias e etc. Realmente não era necessário. Gastos a mais de salário

 

 

- Contratações mal explicadas (Welder, Vilson)

Por que 4 anos de contrato para o quarto reserva do Corinthians, que logo depois foi negociado?

O Vilson veio com pré-contrato assinado e vamos perdê-lo? Quais condições desse negócio?

 

Weldinho não precisava desse contrato

 

Vilson não sabia que ele tinha pré-contrato. Mas depois do que ele pediu, da quantidade de jogos que ele jogou, do que ele fez com os alemães, eu acho que não vale a pena mante-lo

 

 

- Perda de promessas da base (Sabiá, Fernando, o atacante que foi artilheiro na Copa SP)

Alguns sairam por puro corte de despesas. Não houve critério técnico, e ainda os perdemos para rivais.

 

- Renovação do Kleina

Um erro. Treinador fraco, inexperiente, sem indentidade com o clube e que conseguiu perder 7 jogos na Série-B.

 

- Imbróglio com WTorre

A impressão que dá é que poderiam tentar um acordo, negociar com mais agilidade... Enfim. Foi pra Justiça e ficaremos mais um ano sem casa.

 

Pelo que li Eduardo, a Arena pode ser usada independente disso. Basta ela ser concluida. O prazo atual é junho.

 

SObre a Wtorre atrasar as obras, ela não vai querer fazer mais isso pois ela precisa de retornos. Empresa ta mal.... Devem vender o shopping agora e voltar a tocar a obra

 

- Falta de patrocínio

Pra que contrataram profissionais de mkt? E aquele papo de que as empresas definiriam investimento entre setembro e novembro? Desde maio ouvimos que havia empresas próximas de um acordo. Qual critério de "próximo"?

 

 

- Título da Série-B

Obrigação.

 

Se esqueci algum fato importante, favor citem nas respostas que atualizo

 

============

 

Passando a régua, se pudesse definir em uma palavra esse primeiro ano de mandato do Nobre, classificaria como decepcionante. Acho que qualquer um poderia ter feito o que ele fez.

 

Torço para que ele vire o jogo no segundo ano de mandato, mas pelo que vi no primeiro, tanto em atitudes, decisões, critérios, falta de transparência e resultados, temo que não consiga.

 

 

Assim, feitos os meus ajustes, classifico a gestão como razoável e dentro do esperado.

 

Qualquer um poderia ter feito o que ele fez? Não concordo...acho que houveram situações que ele foi fundamental que diversos que passaram não fizeram. Mesmo assim, também não fez nada de absurdo. Por isso a classificação de razoável e dentro do esperado.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só discordo em relação ao Omar Feitosa, por não ter condições de fazer qualquer julgamento. Não sei em que ponto ele "se esconder" é algo positivo ou negativo.

De resto foi o que eu reclamei o ano todo.

Erros são comuns, mas fica o aprendizado, já não dá pra repeti-los.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gestao razoavel ate o momento. Concordo com os 3 acima.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho a opinião bem próxima do Betinho...

 

Entendo que pegar um clube pós-Tirone, do jeito que o Nobre pegou, seja muito difícil. Tive algumas decepções, Brunoro foi uma delas, principalmente pela falta de comprometimento com as palavras frente às cameras. Sou o tipo de pessoa que gosta de receber a informação direta, do jeito que ela é, e é muito chato perceber que algumas coisas faladas não foram o que de fato ocorreu.

 

No mais, foi uma gestão com erros e acertos, beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeem melhor do que a gestão passada, mas que ainda precisa fazer pra mostrar que é de fato, diferente.

 

Tivemos alguns acertos bem pontuais, contratações "ousadas" que deram certo, fim do Palmeiras B, etc. Como erro, a falta de patrocinio master e principalmente a transparência. Pouco me importa se foi o Barcos que forçou sua saída, ou se vendemos para aliviar a situação financeira do clube, desde que viessem a público e falassem na cara do torcedor palmeirense o que realmente estava ocorrendo. Não precisamos que divulguem alguns possível reforço, até para evitar concorrencia, mas temos o direito de saber a verdade do pq de algumas mudanças no time.

 

Considero esse ano de gestão como razoável. Tem que melhorar consideravelmente pra se tornar digna de um time grande como o Palmeiras. Mas nem de longe eu senti aquela vergonha alheia que estava sentindo nos últimos anos.

 

E realmente não acredito que com as gestões passadas que tivemos, qualquer um que entrasse no cargo pudesse fazer muito melhor do que foi feito em 1 ano.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com tudo menos a opinião quanto a reformulação da base pois pra mim teve uma piorada significativa, até agora não vejo valores efetivos nesse sub-20, muito aquém de times de anos anteriores e com muitos poucos destaques que valham a apostar no profissional, especialmente dos jogadores que chegaram agora. Ainda há a chance de desenvolverem, talvez mudem radicalmente, é uma opinião de momento.

 

 

Agora, gostaria de adicionar alguns pontos que acho que foram esquecidos, não detalhados ou não foram considerados relevantes mas acho que vale a pena citá-los pra ver se são fatos significativos o bastante.

 

-Restauração de símbolos, distintivos do clube e organização do social

Algo bobinho mas que inacreditavelmente estavam abandonados com o Tirone, com direito a estrela de David no simbolo do Palmeiras. Reformaram os símbolos com problema e apagaram os erros na maior velocidade possível além de tentar manter uma organização no clube social, especialmente nas áreas que estavam abandonadas e foram pelo menos ordenadas.

 

-Reformulação da Assessoria de Imprensa

Pelos resultados positivos nos anos anteriores, aparentemente foi motivada mesmo por reclamação do aliado político (mustafá). Só isso já seria lamentável mas o problema mesmo é que o nível do trabalho não melhorou, não ficou ruim mas não valeu a mudança, além do "detalhe gambá" que pra muitos é insignificante mas torcedor é torcedor.

Aliais, de certo ponto eu até imagino que piorou um pouco pois agora as ações ficaram BEM mais politizadas, muito esforço e motivação pra encher a bola de diretores e do presidente.

 

-Fim do Palmeiras B

Na minha avaliação não foi algo bom não. De certo modo é uma economia instantânea, o Palmeiras B não funcionava mesmo mas ignoraram a utilidade desse instrumento. Não é porque a saúde pública não funciona que você vai acabar com ela. O Palmeiras B é a mesma coisa, o ideal sera reformulá-lo com procedimentos que façam cumprir sua função e ajudem no desenvolvimento de atletas. Emprestar atletas tem igual valor mas é difícil achar vaga pra jogadores o que acaba empurrando jogadores pra ligas de pouca importância e utilidade pra sua carreira. Talvez ainda façam uma reformulação mas pelo silêncio é capaz que esteja morto pra sempre.

 

-Aumento da mensalidade do clube

Cedeu aos pedidos do COF. Clube social é um modelo ultrapassado, vão caindo aos montes pelo país. Pro clube social sobreviver é preciso investir e se repaginar... só que não querem pagar por essa mudança. Agora que o sócio vai votar, vai piorar mais ainda, além de não quererem aumentos ainda vão exigir investimentos com um clube que não faz sentido restaurar pois não atrai mais gente como antigamente.

 

-Reforma estatutária

Pra mim também vai mal pois vai deixar na mão dos lobos e sapos decidir qual será a renovação para o clube. Contando que a renovação do clube passa pela eliminação dos poderes do conselho, dá pra se imaginar o que virá. Pra piorar, o presidente é a favor de filtro de conselho, é a favor de voto censitário (voto pra quem pagar acima de valor X) e não é a favor de dar direitos políticos plenos ao torcedor. Resultado será uma democracia com candidatos arranjados pelo conselho, sem direito de participação e só pra quem pagar valores comparáveis ao clube social (mas sem direito a usar a enorme infraestrutura do clube).

 

-Fim dos esportes olímpicos

Muitos atletas deixaram o clube, alguns conseguiram parcerias, outros não. Futsal fechou, basquete conseguiu patrocínio por enquanto. O fim dos esportes olímpicos é chato mas faz parte, dá pra compreender parte do discurso. O que preocupa mesmo é a falta de projeto para sua reativação. Se o problema é a falta de recursos para eles, que arranjem. Brunoro foi contratado para cuidar disso também, entretanto nunca mais falaram em obter recursos para mantê-los. Parece que estão deixando correr, deixando o pessoal esquecer e no final vai ficar por isso mesmo.

 

-Política de preços de ingressos

No começo confusão, preços altos em momento errado fizeram termos jogos com prejuízo. Então anunciaram uma redução em alguns jogos. A média de público foi bem baixa, acho que até mais baixa que 2003. Mas parece que anunciaram que a receita de bilheteria esse ano foi maior que a do ano passado. Esse ano teve um número igual de partidas mas teve também a libertadores onde mais receita foi coletada. Difícil dizer se ganhou mais por causa da política de ingresso ou por causa da libertadores (renda média superior a 1 mi por jogo), mas é certo que foi prejudicial o baixo comparecimento de torcedores (preço não é o único fator pra atrair torcedor mas ajuda).

 

-Posição com Torcidas Organizadas

Tudo começou naquela briga no aeroporto lá na Argentina. Valdívia aparentemente fez algumas provocações a torcida que o xingava, foram tirar satisfações após a derrota pro Tigres e aí voou xícara pra todo lado, uma acertou o Prass. Foi culpa da organizada, dá pra entender que sim. Daí Paulo Nobre disse que rompeu com organizada e começou a usá-los em discurso de força dizendo que cortaria regalias e etc. Nesse ponto foi mal pois começou a usar a organizada como bode expiatório, começou a jogar a torcida comum contra a organizada, torcedor contra torcedor, e nem esclareciam que regalias eram que no final por pressão disseram que era apenas uma bilheteria antecipada, só isso.

 

-Vazamento de informações

Até poderia considerar essa parte juntamente a da Assessoria mas isso é ligado mais aos dirigentes. Tinham conseguido evitar vazamento de informações mas não totalmente, especialmente em matérias de interesse da diretoria. Lembro até de quando comecei a ver questionamento quanto a renovação do Fabinho Capixaba, perguntei aqui no PTD e uma meia hora depois a "notícia" surge na mão de um jornalista explicando a renovação. Bom, se fosse apenas pra esclarecer tudo bem mas começaram a usar a imprensa pra fazer matéria encomendadas atacando o Barcos, a WTorre, ex-presidentes, vazar informações de postura de jogadores que queriam fora e etc.

Agora então voltaram os vazamentos, talvez porque "favores" tem que ser cobrados uma hora ou outra. Na minha opinião, relação de clubes com jornalistas é tão saudável quanto relação com torcida organizada.

 

-Postura com a imprensa

Paulo Nobre tem uma postura excelente com a imprensa, péssima pro torcedor, ele é saboneteiro e consegue falar muito sem falar nada. Apesar de se sair muito bem na enrolação e conseguir deixar a imprensa catando cavaco, de vez em quando gosta de jogar na mídia certas brigas. Até aí dá pra entender pois certas coisas no futebol são assim mesmo, como a questão do Luis Felipe. Mas outras são desnecessárias como aquela coletiva pós eliminação pro Atlético-PR.

 

-Postura dos profissionais

Qualquer funcionário que exerça uma função pública tem que tomar cuidado com certas posturas, com certas palavras. Isso deve ser deixado claro por quem o emprega. Em alguns momentos entretanto houveram provocações do Brunoro a torcedores e uma discussão (com xingamentos) do Fernando Melo com torcedores (que depois falaram que é fake mas ficou esquisito o tanto de provas que era mesmo sua conta).

Além desses problemas teve falhas de funcionários como o caso Luis Felipe onde não ficou claro que tipo de punição o funcionário que errou acabou tomando, nem ficou claro como isso foi definido pela diretoria, se há algum tipo de norma interna pra isso.

 

-Ajuda Financeira do Presidente

Errado, compreensível mas errado. O problema é imaginar o que aconteceria se um pobre estivesse na presidência. É direito de todos assumir esse cargo independente de situação financeira. Nesse caso ficariam sem pagar salários, não teriam reforçado o elenco e etc. e as consequências disso quais seriam? Ficar na série B? Talvez com a corda no pescoço tomassem decisões diferentes quanto a patrocínios e adiantamentos, fazendo a diretoria repensar certas decisões de planejamento anteriormente propaladas na época de eleição. Talvez não. Ótimo que não precisaram mudar nada mas deixa a dúvida se mudariam o rumo face ao precipício ou seguiriam em frente para não danificar o ego.

 

Acho que há mais pontos mas lembrei disso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com a avaliação do Eduardo, principalmente na questão do Brunoro, esse mentiroso já deveria ter sido demitido no episodio do Vilson, aquilo foi a gota d‘agua depois de várias negociações ruins.

 

De fato tambem espero que 2014 seja bem diferente, mas até o momento o sentimento que fica é de decepção.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma correção ao Betinho.

O AVANTI não foi reformulado.

A essência continua nos planos de 19, 69 e 139.

Ha erros grosseiros nos planos novos que foram criados e ninguém até hoje resolveu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como torcedor, vendo de longe. O ponto positivo da gestão do Nobre é recolocar as contas em dia. Não atrasar mais salários de jogadores e a dívida voltar a ficar sobre controle.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

dentro de campo?

 

identico o mustafa final de 2003 inicio de 2004 o mesmo discurso....qdo eu leio ou vejo ele falar algo sobre o time eu me vejo naquela epoca

 

só que ele tem simpatia e fala bem

 

 

fora de campo

 

dentro das proporções melhorou bem o avanti- bom

 

acabou com o palmeiras B-bom

 

encheu de cacique pra pouco indio-ruim e estranho

 

por enquanto fraco em negociações me da medo depois do barcos de ver eles agindo...principalmente qdo vão falar com o gremio

 

na briga da arena ele ta certo....só que isso ai que ja não tinha uma velocidade boa nas obras vai atrasar bem mais,pra mim,na minhas opinião essa obra ai vai se arrastar até 2016,17 o estadio ta no esqueleto ainda.

 

patrocinio..encheu de cacique e nada até agora.

 

fraco,igual o tirone quase...só que o tirone não tinha simpatia d eninguem e ele tem

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Uma correção ao Betinho.

O AVANTI não foi reformulado.

A essência continua nos planos de 19, 69 e 139.

Ha erros grosseiros nos planos novos que foram criados e ninguém até hoje resolveu.

 

quais erros?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A gestão e os resultados esportivos de 2013, tenho fé, vamos esquecer para sempre!

 

Mas, 2014 pode ser diferente.

 

Para que as coisas deem certo torço para o Nobre agir com segurança e contar com uma colaboração verdadeira, e menos retórica, de muitos que estão com ele.

 

Como diria um politico famoso, "Que Deus me proteja dos meus amigos! Dos meus inimigos cuido eu."

 

 

 

 

Luiz Gonzaga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só para completar, para mim, os erros do avanti são muito da parte operacional, mas eu não sei dizer como está atualmente. O meu esá funcionando bem, mas é uma amostra pequena

 

Mas isso valem para todos os planos, não só par aos novos

 

e Roberto....não acho que de para dizer que não foi reformulado. O serviço é outro... Não tinha sitema de pontos, você tem o dobro de planos. POdem existir pontos a melhorar, mas foi reformulado sim

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meus amigos, vocês falam que deviam ter demitido o Brunoro pra botar outro.. Se fosse outro, teria feito a MESMA COISA. Essa venda do barcos, renegociação com o Vilson, não são feitas pelo Brunoro porque o nobre falou "faz do jeito que quiser". Se foi feito assim, é porque toda a diretoria, incluindo o Nobre, concordou.

 

Não adianta querer culpar só uma pessoa. Assim como não foi só o Felipão o culpado pelo rebaixamento, nem só o Kleina pela subida, nem só o Mustafá pela draga de anos. Parem de querer simplificar as coisas acusando uma pessoa e malhando ela. Nada é simples assim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acredito que falte um pouco de ousadia da atual administração...

Do jeito que o Palmeiras gastava a austeridade se faz importante...

O Marcio Araujo, só vai embora por causa dessa austeridade....

Ouvi que o Muricy qdo chegou ao Palmeiras ficou abismado com os altos salários pagos....

O Belluzzo gastava com jogador bom, muito é verdade, mas eram pelo menos quem a maioria queria...

Se ganhassemos o Brasileiro de 2009 a administração seria totalmente produtiva e elogiada, mas o se não entra em campo e depois daquele fracasso e da Sulamericana o Palmeiras só foi despencando, graças a uma gestão horrorosa da antiga administração.

Tão horrorosa que deixou a atual diretoria com o pires na mão no caso do Barcos....

Precisamos de um pouco de ousadia, mas de forma inteligente...

Acho que a contratação mais cara foi o Mendieta, para série B, até vai...

Outra ousadia foi desistir de vender o Wesley...

Mas para 2014 precisamos gastar melhor....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu fui um cara que acreditei muito na famosa reformulação proposta pelo Nobre. Confesso que meu nível de aceitação caiu pela metade.

 

Tenho 50% de esperança que, ano que vem teremos um time forte e um centenário digno da história do Palmeiras.

 

Pena que os outros 50%, eu sinto que teremos uma festa sem bexigas, musica e docinhos, para comemorar a data mais importante da vida do palmeirense.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho o topico valido e democratico. Vejo que de fato as opinioes estao sendo ponderadas e objetivas/positivas.

Mas, particularmente, eu ainda deixarei meu julgamento para daqui a 12 meses, mesmo porque o tamanho do coco que o Nobre herdou era (e ainda e') suficiente para encher varias privadas.

(E digo isso num contexto de alta exigencia da minha parte, mesmo assim)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A administração, de longe, é a melhor entre as últimas, mas isso não significa que o menos pior é o melhor para o clube. O torcedor tem que parar com essa síndrome de criança abandonada e se contentar com pouco! Estão colocando a casa em ordem, ótimo! O tamanho da bucha já era conhecida e isso não impediu ninguém de concorrer a eleição. Abraçaram a causa, que saibam administrar os problemas. Foram contratados grandes nomes do mercado para tal, só que parecem estar acomodados. Quero algo além do óbvio. Cortar custos qualquer um faz, quero ver gerarem novas receitas! Quero transparência com a grana do torcedor e muito trabalho!

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As últimas duas gestões foram catastróficas, sendo que a do Tirone conseguiu ser a pior das piores. O Nobre pegou um clube arrebentado financeiramente e apesar das dificuldades para mim decepcionou. Concordo com a análise do Edu exceto qto a confusão com a WTorre que pelo que vi começou com o Belluzzo. O Nobre está tentando um acordo que seja melhor para o Palmeiras (segundo o que eu li). O Avanti se tem erros é possível consertá-los, basta vontade e competência. O resto assino em baixo Edu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.