IPB

Bem-vindo, visitante ( Entrar | Registrar )

Perfil
Foto do membro
Avaliação
 
Opções
Opções
Quem sou eu
H-verde não escreveu sobre ele(a).
Informações pessoais
H-verde
Categoria Estrela
Idade não informada
Masculino
Localização não informada
Nascimento não informado
Interesses
Sem informação
Estatísticas
Cadastrado em: 17-January 08
Visualizações: 3,769*
Última atividade: Hoje, 02:02 PM
Horário local: Jan 19 2017, 05:15 PM
3,976 posts (1 posts por dia)
Contatos
AIM Sem informação
Yahoo Sem informação
ICQ Sem informação
MSN Sem informação
Contact Privado
* As visualizações do perfil são atualizadas de hora em hora

H-verde

Debate PTD

*****


Tópicos
Posts
Comentários
Amigos
Meu Conteúdo
12 Nov 2016
Maior artilheiro do Palmeiras, Heitor estreou pelo clube há exatos 100 anos. Nascido em 1898 no Brás, tradicional reduto italiano em São Paulo, Heitor começou a carreira no extinto Sport Club Americano e, embora fosse filho de espanhóis, migrou para o Palestra Itália. Ele estreou pelo novo clube contra o Guarani, em 12 de novembro de 1916. O primeiro gol foi marcado no dia 03 de dezembro do mesmo ano, na goleada por 4 a 1 sobre a A. A. das Palmeiras.


Heitor participou da conquista do primeiro título do Palestra, o Campeonato Paulista de 1920.

Ao lado de Neco e Friedenreich, Heitor participou da conquista do histórico Sul-americano de 1919, primeiro título da Seleção Brasileira e embrião da Copa América. Em um confronto dramático no Estádio das Laranjeiras, o Brasil venceu o Uruguai por 1 a 0 - Fried marcou o gol da vitória na segunda prorrogação em uma jogada com os outros dois astros do futebol paulista.


O maior artilheiro da história do Palmeiras é o mesmo desde 1931, ano em que Heitor Marcelino Domingues se despediu do Palestra Itália com 327 gols em 358 partidas - César Maluco é o segundo colocado no quesito com 180 tentos. Ele é dono de um recorde que dificilmente será batido.
8 Sep 2014
Dorival Júnior, o novo técnico do Palmeiras, é o convidado do "Bem, Amigos!" desta segunda-feira. Não gosto muito deste programa, mas hoje irei assistir.
5 Mar 2014
Saiu um novo livro sobre o Verdão:


Palmeiras - Seus Heróis e Suas Glórias de Luciano Ubirajara Nassar (Ícone Editora)

Sinopse: Do Brasil para o mundo. O Palmeiras é centenário, é tradicional, mas continua tendo o ardor da juventude. Um clube que formou milhões de apaixonados torcedores das mais diversas raças, etnias e credos, criando laços de amizade e de sentimento em todas as cidades do Brasil. Sua fibra na origem, na continuidade e no presente, demonstram um grau elevadíssimo de amor e de adaptabilidade encontradas ao longo da história. Na sua trajetória formou heróis, mitos e lendas, mas acima de tudo transpirou e sangrou pela verdade e pela dignidade. A composição de sua história com lutas, quedas, atos heroicos e superações das mais diversas formas e categorias comprovam o seu destino universalista.

O Palmeiras viverá eternamente no coração da nação brasileira. Perfis marcantes, gols mais belos, partidas mais importantes, títulos incontestáveis e muito mais. Este livro, composto por amor e cientificidade, coloca o Palmeiras no seu devido lugar; o maior entre os maiores. O Palmeiras, popular Verdão, abraçou o mundo e fez mais um gol de ouro.
Gigante pela confirmação de suas proezas e pela história fortalecida com o tempo, o Palmeiras abraçou o Brasil, e compôs poesias de tenacidade, abnegação e amor.

Alguem já adquiriu esse livro? Saberia dar mais alguma informação a respeito? Fiquei muito interessado em comprá-lo.
19 Jan 2014
Gostaria de saber por que o lateral-direito Ayrton, que estava emprestado ao Vitória (BA) não retornou ao Palmeiras? Principalmente pela falta de jogador para esta posição, tendo que improvisar Serginho ou Wendell.

O Ayrton não é um jogador brilhante, mas creio que neste momento seria a melhor opção para a lateral direita, além de ser um bom cobrador de falta.
12 Nov 2013
Saiu no site da UOL:

Camisa amarela do Palmeiras gera saia justa, e Nike cobra ação da CBF

Pedro Lopes
Do Uol, em São Paulo


O uniforme comemorativo do Palmeiras lançado no último dia 26, em alusão à equipe do clube que representou o Brasil na inauguração do Mineirão em 1965, colocou em rota de colisão dois dos maiores fornecedores de material esportivo do mundo: Nike e Adidas.

O conjunto, desenvolvido pela empresa alemã e utilizado na partida contra São Caetano, inclui camisa verde e amarela, calção azul e meias brancas, fazendo clara referência ao uniforme de jogo da seleção brasileira. A evidente semelhança gerou insatisfação na Nike, patrocinadora e fornecedora da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), e que detém exclusividade sobre a camisa de jogo utilizada pelo Brasil.

O acordo entre a confederação e a empresa norte-americana prevê que a CBF deve zelar pelo respeito aos contratos de uso da marca da seleção. Com base nisso, a patrocinadora acionou a entidade e pediu providências quanto ao material, o qual considerou praticamente uma réplica. O UOL Esporte apurou que a confederação, por meio de seu vice-presidente Marco Polo Del Nero, que também é conselheiro do Palmeiras, entrou em contato com a diretoria do clube na última quinta-feira para revelar o problema e solicitar a suspensão das vendas da camisa amarela.

O Palmeiras, por sua vez, levou a questão para a Adidas. A empresa, entretanto, não tem qualquer intenção de abrir mão do produto. Os resultados da pré-venda foram considerados extremamente satisfatórios. Além disso, a relação entre o clube e a patrocinadora já não é mais a mesma desde que ela assinou com o Flamengo por valores substancialmente superiores, e foi ainda mais abalada por divergências durante a gestão do ex-presidente Arnaldo Tirone.

A Nike planeja lançar em 2014 um terceiro uniforme do Corinthians, na cor amarela, também em homenagem à seleção brasileira e aproveitando o ano de Copa do Mundo. O lançamento de material similar, utilizando exatamente as cores que o Brasil tradicionalmente leva a campo, por um clube rival e pela principal concorrente no mercado do futebol acabaram agravando ainda mais o conflito.

Procurada pela reportagem, a Adidas, por meio de sua assessoria, afirmou que não comentará o assunto. Já a Nike disse apenas que "a responsabilidade por zelar pelas parcerias, contratos e direitos de propriedade intelectual relacionados com a seleção brasileira é da CBF". O Palmeiras e a CBF não responderam até a publicação da reportagem.
Últimos visitantes


27 Sep 2015 - 20:45


14 Mar 2015 - 9:10


6 May 2014 - 13:37


6 May 2014 - 10:05


2 Apr 2014 - 12:35

Comentários
Outros usuários não deixaram comentários para H-verde.

Amigos
Não há amigos para mostrar.
 
Versão Simples Horário: 19th January 2017 - 04:15 PM
Fórum Palmeiras Todo Dia - Design by: IPB Skin & Free Proxy