IPB

Bem-vindo, visitante ( Entrar | Registrar )

3 Páginas V   1 2 3 >  
Reply to this topicStart new topic
> O futebol brasileiro perdeu faz tempo
SKull
post Jul 9 2014, 04:29 AM
Post #1


Green Side Of The Force
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 55,771
Registrado: 14-March 08
De: Jundiaí - SP
Membro N°: 802



Já passaram das quatro da manhã e ainda estou incrédulo com o resultado, fui atrás de vídeos de comentaristas, textos e até de mídias internacionais tentando entender o que aconteceu no Mineirão. A seleção brasileira, talvez o time mais respeitado e poderoso do mundo, foi esmagada pela revolução alemã que não precisou de Götze, Reus e Gundogan para vencer o Brasil. Trio que seria titular absoluto nesta seleção canária.

A busca incansável de culpados chega aos jogadores, porém é óbvio que para nós que gostamos de futebol sabemos quem são os verdadeiros culpados... Não é o garoto que saiu do Atlético-MG, muito menos o baiano que joga na Alemanha ou o atacante do clube carioca. Os problemas vêm de muito antes, mais precisamente após a vitória sobre esta mesma Alemanha em 2002. Os alemães perceberam seus erros e investiram em seu futebol, modernizaram a estrutura de base de forma impressionante, fiscalizando a base de seus clubes e hoje todos os jogadores alemães – exceto Klose – passaram por essa estrutura. Além disso, os estádios, a Liga e a forma de se produzir e consumir o futebol na Alemanha foi modificado.

Outro exemplo é o treinador L. Van Gaal, da Holanda, dizendo que o horário do jogo para os europeus é muito tarde, pois as partidas serão televisionadas às 22h, horário considerado nobre para o futebol nacional. A estrutura arcaica, com uma mídia totalmente parcial e uma administração corrupta conduziram o futebol brasileiro ao precipício, a Alemanha só deu um sopro para que tudo desabasse.

O futebol brasileiro acabou taticamente, pois o jogador para se desenvolver precisa ir para a Europa, enquanto que no Brasil, treinadores como Muricy Ramalho, Mano Menezes e Tite são “recompensados” pelo jogo sujo, parando o adversário na falta, utilizando de artifícios benéficos aos seus clubes. No Brasil, é aceitável e até encorajado a forma de se posicionar de um técnico como Luiz Felipe Scolari. No Brasil paga-se muito caro por muito pouco.

Como bem lembrou o “amigo” Mauro Cezar Pereira na ESPN, quem resolverá os problemas do futebol brasileiro? Muricy Ramalho? Vanderlei Luxemburgo? Felipão? Tite? Mano Menezes? Parreira? – O futebol nacional acabou. Jogadores que não pensam, não sabem se posicionar, brigam e tem problemas por qualquer motivo e recebem milhões. Treinadores que apenas tem resultados por que o time está unido, mas que não tem coragem de mudar um esquema tático com o jogo em andamento por que simplesmente não há esquema tático.

Se não bastasse, a lei que vigora relacionada ao futebol tira toda a segurança dos clubes e coloca os jogadores nas mãos dos empresários, que saqueiam as bases e os valores promissores dos clubes, destruindo os clubes pequenos que, para se sustentarem e terem atletas, filiam-se a grupos de empresários e ficam responsáveis por salários e comissões e como não conseguem fazer caixa – pois faziam isso apenas com a venda de atletas – afundam-se em dívidas e caem para divisões muito inferiores ao que os torcedores estão acostumados (isso se não fecharem as portas!).

Mas, tudo isso é fruto da administração corrupta, de um grupo de velhos que não entendem futebol como um esporte ou uma paixão, como os torcedores. Entendem futebol como um negócio e lucram fortunas com algo chamado “Seleção Brasileira”. Utilizam de suas influências políticas para livrarem qualquer crítica que possa ser feita a eles. Escondem-se atrás de câmeras e fogem quando algo de ruim acontece. Além disso, a conivente mídia “Globo” que comanda o futebol e fecha os olhos para os problemas ou dificuldades e sonha com uma Liga onde só jogue Flamengo e Corinthians.

Esses ingredientes entregaram o que foi o jogo hoje, uma vitória da organização política, do planejamento, da evolução tática e da priorização da técnica sobre uma estrutura maquiada, ultrapassada e criminosa. E o pior de tudo é que a perspectiva de mudança cai por terra quando vemos um criminoso sair do comando da CBF e assume Marin e quando o mesmo sai assume Marco Polo Del Nero que deve ser investigado pela máfia dos ingressos na Copa.

É inacreditável o quão podre é o futebol no Brasil graças a corrupção, ao rabo preso dos dirigentes dos clubes e até mesmo os erros cometidos por ignorância ou inocência. O futebol brasileiro simplesmente acabou faz tempo... Hoje percebemos que não só o futebol brasileiro acabou, como a qualidade e técnica do jogador brasileiro também não existe mais.

Enquanto isso, o principal produto da Rede Globo apodrece enquanto eles querem pagar o dobro do que pagam aos grandes clubes para urubus e gambás, a CBF não investe no futebol e não tem padrões de qualidade para estádios, contas e contabilidade dos clubes, categorias de base... E a FIFA mostra-se tão corrupta e perdida quanto a CBF. Talvez estejamos chegando muito perto do dia em que os garotos de 10~11 anos no Brasil vão discutir qual rival é mais forte: Manchester United ou Manchester City?


--------------------


Go to the top of the page
 
+Quote Post
stefanoo
post Jul 9 2014, 09:26 AM
Post #2


Categoria Master
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 6,768
Registrado: 20-December 08
De: Curitiba - PR
Membro N°: 3,889



o problema é que era uma tragédia anunciada... o poder da Alemanha se conhecia fazia tempo, a falta de padrão tático (e portanto a dificuldade em expor sua qualidade, que está ali individualmente mas não funciona como coletivo) do Brasil também, mas essa ficava sempre mascarada por trás do oba oba com os jogos fáceis sendo ganhos e o avanço fase à fase

o problema tá na CBF, claro, a raiz de tudo, mas também é parcela dos dirigentes, técnicos e jogadores que entram na dança de total acordo... nossos técnicos são ultrapassados, mas isso nunca impediu alguém desatualizado de ir atrás de evoluir, de chegar no mesmo patamar que os tops atuais, o problema maior tá na teimosia
e bem por essa limitação estar dentro da cabeça de cada parte envolvida que é tão difícil de mudar.. precisaria de uma reforma de uns 20/30 anos pra chegar no nível perto do que vemos numa Alemanha, por exemplo, de profissionalismo e eficiência no que tange ao futebol moderno

mas porque precisaríamos disso se somos o país do futebol? se os jogadores mais talentosos por natureza são nossos? afinal só perdemos de 7x1 porque o thiago silva não tava em campo e aquele assassino do zuñiga tirou o Neymar de combate, se não seria diferente..
pior do que sofrer uma derrota dessas é a perspectiva de que dificilmente alguma coisa vai mudar
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Eduardo Lucas
post Jul 9 2014, 11:29 AM
Post #3


Edu
*****

Grupo: Membros
Posts: 1,290
Registrado: 25-January 14
Membro N°: 416,193



Eu acreditava em uma Vitoria da Alemanha. Percebi que eram favoritos, pelos problemas taticos e tecnicos. embora nao imaginasse que fosse acontecer um massacre como esse. A Realidade é que a camisa nao pesou, a Selecao que o PVC pintou e bordou que pipocaria, entraria com medo (isso antes do jogo, ouvi ele dizer esse absurdo, para ver como falta preparo emocional no nosso pais), veio com Sangue nos Olhos, frieza, preparada, treinada, com consciencia estratégica, tatica maxima, escalacao pensada em favor dos Jogadores, com instrucoes perfeitas para anular o Adversario. Tudo feito impecavelmente, sem algumas Peças chaves. Deu no que deu. Mas o que mais me impressionou, foi a total vulnerabilidade sentimental dos jogadores. Sem ofender, pareciam, no minimo, moleques. Mas nao veria problema em descrever todos como MOÇAS. DUVIDO que RIVALDO, RONALDO, RONALDINHO, ROBERTO CARLOS agiriam assim. Choradeira disseminada, ao inves de lamentarem e levantarem a cabeça... David Luiz é um exemplo disso, mais idolatrado pelo apelo feminino e o carisma do que pela qualidade de zagueiro (A maioria dos especialistas consideram ele primeiro volante) foi o que mais pipocou, raça no hino, fragilidade no Jogo. Sem Thiago Silva, sumiu. E ainda comparavam ele com Lucio... Hora das podres CBF, Globo, acordarem pra vida.
Go to the top of the page
 
+Quote Post
SKull
post Jul 9 2014, 12:55 PM
Post #4


Green Side Of The Force
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 55,771
Registrado: 14-March 08
De: Jundiaí - SP
Membro N°: 802



@Stefano - Esse é o maior problema e é o que eu coloquei no texto citando o Mauro César Pereira: qual treinador no futebol brasileiro vai ir atrás para evoluir? Aliás, é até engraçado que quando um treinador faz isso vai para a Itália, outro lugar que o futebol está destruído e os times não possuem padrão tático algum.

@Eduardo Lucas - Faltou os jogadores terem mais "garra", faltou terem mais experiência. O problema é que não poderia acontecer o que aconteceu quando tínhamos uma zaga que um joga no Chelsea (foi para o PSG) e o outro no Bayern de Munique, com a proteção sendo feita por um volante do Chelsea... Enfim, foi um desastre generalizado pelo emocional. Pela falta de organização tática. O David Luiz é muito bom zagueiro - não sei até qual ponto você acompanha futebol internacional - e como você disse, ele jogou essa última temporada de primeiro volante. Seria uma opção interessante mudar o esquema tático e colocá-lo nessa função, mas não vão fazer isso...

Cada dia mais dou graças a deus que nosso treinador é argentino.


--------------------


Go to the top of the page
 
+Quote Post
Eduardo Lucas
post Jul 9 2014, 01:08 PM
Post #5


Edu
*****

Grupo: Membros
Posts: 1,290
Registrado: 25-January 14
Membro N°: 416,193



Eu nao discordo que ele é um Zagueiro Bom/Muito bom. Mas ele nao é natural. Isso faz muita diferença. Ele nao conseguiria resistir a pressao de uma semifinal de copa, sem Thiago Silva. alem que, possui a constancia de avancar demais, nao possui posicionamento adequado pra funcao. Mas como 1 Volante, ele é fora de serie, um dos melhores do mundo facilmente. As partidas em que ele atuou melhor na posicao de Zagueiro foi na base da Raça. Mas esqueci de citar Maicon, apesar de melhor que Daniel Alves, ele conseguiu ser o pior. Concordo com todas as suas opinioes. Assisti o Chelsea (que considero meu segundo time, com uma paixao somente inferior a que tenho pelo PALMEIRAS.) frequentemente esse ano, respondendo sua pergunta rs
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Giubin
post Jul 9 2014, 01:42 PM
Post #6


Categoria Estrela
*****

Grupo: Membros
Posts: 2,079
Registrado: 16-May 13
De: Caraguatatuba-SP
Membro N°: 313,564



Isso foi um choque para que o futebol brasileiro acorde, mas será que isso vai acontecer?

A seleção brasileira parou no tempo, não somos a muito tempo aquela seleção que quando entrava em campo já poderia considerar que estava ganhando de 1x0, os outros evoluiram o seu jeito de jogar, veja por exemplo o Chile, Colômbia nessa Copa.. a evolução de Alemanha, Espanha nos últimos 20 anos.

Fomos o país do futebol por por 50 anos, até pararmos e vermos os outros nos ultrapassar.


--------------------
Sócio Torcedor Avanti


POR NOSSO ALVIVERDE INTEIRO


"Não nos querem Palestra, pois seremos Palmeiras e nascemos para ser campeões"
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Yusuke
post Jul 9 2014, 02:08 PM
Post #7



******

Grupo: Membros
Posts: 11,650
Registrado: 13-June 10
De: Ilhabela-sp
Membro N°: 38,460



O grande problema é a máfia CBF e a rede BOBO, se conseguir dar um basta nestes dois já será um começo, mas tem tanta gente dos clubes com rabo preso que a revolução precisa ser profunda, não adianta mais ficar maquiando, ficar jogando a sujeira pra de baixo do tapete, ou dessa vez vai ou racha, eu vejo pouca vontade do povo e das partes do futebol fazerem mudanças pois estão pouco se lixando, o futebol corrupto já está no mesmo nível da política ou pior, estamos mais sem rumo do que nunca.


--------------------
" Palmeiras minha vida é você !!!!!! "
Go to the top of the page
 
+Quote Post
rod.sbc
post Jul 9 2014, 04:02 PM
Post #8


Categoria Estrela
*****

Grupo: Membros
Posts: 3,798
Registrado: 12-April 13
De: São Berrrnarrrdo!
Membro N°: 303,432



Bem por ai Skull...

Essa é a primeira geração 'Lei Pelé', que se não me engando entrou em vigor em meados da década de 90 e começou a ser 'usada' contra os clubes e à favor dos empresários no inicio dos anos 2000...
A aplicação da 'Lei Pelé', com a conivência total da corrupta CBF vem acabando com a descoberta de valores no Brasil: os clubes não têm mais os atletas na mão que saem pra jogar em ligas menores e por isso os clubes que ainda formam não vêem motivo de fazer uma capacitação técnica na base.

A escola de técnicos brasileiros é muito ruim: desde que perdemos em 82 chegou-se a conclusão que o que vale é resultado, então Tite, Parreira, Muricy, Felipão passaram a ser casos de sucesso jogando feio e vencendo. Infelizmente os dois últimos adeptos da escola tradicional brasileira, Luxemburgo e Tele, não conseguiram provar o contrários com o S. Paulo de 91-93 e Palmeiras de 93-96.

Só que é fácil vencer quando se têm Ronaldo, Rivaldo, Romário, Bebeto, Cafu, R. Carlos, esses sim membros da última geração que foi formado antes da Lei Pelé... ou no caso de Tite e Muricy , é fácil vencer jogando feio contra um futebol empobrecido, como é o futebol Sulamericano dos anos 2000

Se nossa escola de técnicos fosse boa, teríamos profissionais em destaque na Europa

O difícil é vencer quando se tem uma geração mal formada taticamente, tecnicamente e emocionalmente como é essa... Essa é de longe a pior geração, pelo menos desde 1990,, talvez a de 1990 seja melhor: hoje com um futebol tão globalizado (o que não era em 1990) não temos nenhum protagonista em um grande clube europeu, nossos jogadores mais valiosos são dois zagueiros e o Neymar, o resto é reserva ou coadjuvante

Nossa liga nacional é fraca e esvaziada graças a Lei Pelé, CBF e Rede Globo: ainda nem começamos a sentir os efeitos da polarização proposta, então podemos esperar que o buraco é mais fundo do que se apresenta. Como dizemos várias vezes ao assistir campeonatos europeus: ' O que jogamos no Brasil não é o mesmo esporte'

Referente a campanha do Brasil: é sim motivo de comemoração pra qualquer país atingir uma semi-final de Copa do Mundo, pra mim mérito em grande parte do Felipão, outro técnico teria parado antes. O problema foi a derrota como foi

A derrota foi sim culpa da teimosia e falta de reciclagem dele, ele parou no tempo em 2006, não teve inteligência pra ver que não seríamos capazes de vencer uma seleção européia na base da 'superação' e não foi capaz de mudar o time quando teve a oportunidade.

O culpado dos 7x1: a soma de tudo que citei acima.

Temos dois caminhos a seguir agora: a Alemanha de 2002 ou o Uruguai dos anos 70. Tenho quase certeza que seguiremos o segundo.


--------------------

Go to the top of the page
 
+Quote Post
Allan2M
post Jul 9 2014, 04:59 PM
Post #9


Categoria Estrela
*****

Grupo: Membros
Posts: 1,209
Registrado: 14-January 10
De: Sorocaba - SP
Membro N°: 27,358



Romário solta verbo contra tudo e todos depois de "luto"

https://www.facebook.com/romariodesouzafari...657070444387930

Galera,

passado o luto das primeiras horas seguidas da derrota, vamos ao que verdadeiramente interessa! Quem tem boa memória, vai lembrar da minha frase: Fora de campo, já perdemos a Copa de goleada!

Infelizmente, dentro de campo, não foi diferente.

Ontem foi um dia muito triste para nosso futebol. Venceu o melhor e ninguém há de questionar a superioridade do futebol alemão já há alguns anos. Ainda assim, o mundo assistiu com perplexidade esta derrota, porque nem a Alemanha, no seu melhor otimismo, deve ter imaginado essa vitória histórica.

Porém, se puxarmos da memória, vamos lembrar que nossa seleção já não vinha apresentando nosso melhor futebol há muito tempo. Jogamos muito mal. Infelizmente, levamos sete e, por mais que isso cause mal-estar, devemos admitir que a chuva de gols foi apenas reflexo do pânico, da incapacidade de reação dos nossos jogadores e da falta de atitude do treinador de mudar o time.

Vivemos uma crise no nosso esporte mais amado, chegamos ao auge dela. Acha que isso é problema só dos jogadores ou do Felipão? Nem de longe.

Nosso futebol vem se deteriorando há anos, sendo sugado por cartolas que não têm talento para fazer sequer uma embaixadinha. Ficam dos seus camarotes de luxo nos estádios brindando os milhões que entram em suas contas. Um bando de ladrões, corruptos e quadrilheiros!

O meu sentimento é de revolta.

Estou há quatro anos pregando no deserto sobre os problemas da Confederação Brasileira de Futebol, uma instituição corrupta gerindo um patrimônio de altíssimo valor de mercado, usando nosso hino, nossa bandeira, nossas cores e, o mais importante, nosso material humano, nossos jogadores. Porque não se iludam, futebol é negócio, business, entretenimento e move rios de dinheiro. Nunca tive o apoio da presidenta do País, Dilma Rousseff, ou do ministro do Esporte, Aldo Rebelo. Que todos saibam: já pedi várias vezes uma intervenção política do Governo Federal no nosso futebol.

Em 2012, eu apresentei um pedido de CPI da CBF, baseado em um série de escândalos envolvendo a entidade, como o enriquecimento ilícito de dirigentes, corrupção, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e desvio de verba do patrocínio da empresa área TAM. O pedido está parado em alguma gaveta em Brasília há dois anos. Em questionamento ao presidente da Câmara dos Deputados, sr. Henrique Eduardo Alves, mas ouvi como resposta que este não era o melhor momento para se instalar esta CPI. Não concordei, mas respeitei a decisão. E agora, presidente, está na hora?

Exceto por um vexame como o de ontem, o Brasil não precisaria se envergonhar de uma derrota em campo, afinal, derrotas fazem parte do esporte. Mas vergonha mesmo devemos sentir de ter uma das gestões de futebol mais corruptas do mundo. A arrogância dessa entidade é tão grande que até o chefe da assessoria de imprensa chega ao absurdo de bater em um atleta de outra seleção, como fez o Rodrigo Paiva contra um jogador do Chile Pinilla. Paiva pegou quatro jogos de suspensão e foi proibido de acessar o vestiário dos jogadores. Este ato foi muito simbólico e diz muito sobre eles. O presidente da entidade, José Maria Marin, é ladrão de medalha, de energia, de terreno público e apoiador da ditadura. Marco Polo Del Nero, seu atual vice, recentemente foi detido, investigado e indiciado pela Polícia Federal por possíveis crimes contra o sistema financeiro, corrupção e formação de quadrilha. São esses que comandam o nosso futebol. Querem vergonha maior que essa?

Marin e Del Nero tinham que estar era na cadeia! Bando de vagabundos!!!

A corrupção da CBF tem raízes em todos os clubes brasileiros, vale lembrar que são as federações e clubes que elegem há anos o mesmo grupo de cartolas, com os mesmos métodos de gestão arcaicos e corruptos implementados por João Havelange e Ricardo Teixeira e mantidos por Marin e Del Nero. Vale lembrar, que estes dois últimos mudaram o estatuto da entidade e anteciparam a eleição da CBF para antes da Copa. Já prevendo uma possível derrota e a dificuldade que eles teriam de se manter no poder com um quadro desfavorável.

E os clubes? Sim, eles também são responsáveis por essa crise. Gestões fraudulentas, falta de investimento na base, na formação de atletas. Grandes clubes brasileiros estão falindo afogados em dívidas bilionárias com bancos e não pagamentos de impostos como INSS, FGTS e Receita Federal.

E toda essa má gestão que tem destruído o nosso futebol, infelizmente, tem sido respaldada há anos pelo Congresso Nacional com anistias e mais anistia destes débitos. Este ano tivemos mais um projeto desses vexatórios para salvar os clubes. Um projeto que previa que clubes pagassem apenas 10% de suas dívidas e investissem 90% restante em formação de atletas. Parece até deboche. Uma soma de aproximadamente R$ 4 bilhões ou muito mais, não se sabe ao certo. Corajosamente, o deputado Otávio Leite, reconstruiu o texto e apresentou uma proposta honesta estruturada em responsabilidade fiscal, parcelamento de dívidas e a criação de um fundo de iniciação esportiva, com obrigações claras para clubes e CBF.

Em resumo, a nova proposta além de constituir a Seleção Brasileira de Futebol e o Futebol Brasileiro como Patrimônio Cultural Imaterial – obrigava a CBF a contribuir com alíquota de 5% sobre as receitas de comercialização de produtos e serviços proveniente da atividade de Representação do Futebol Brasileiro nos âmbitos nacional e internacional. O tributo também incidiria sobre patrocínio, venda de direitos de transmissão de imagens dos jogos da seleção brasileira, vendas de apresentação em amistosos ou torneios para terceiros, bilheterias das partidas amistosas e royalties sobre produtos licenciados. O valor seria destinado a um fundo de iniciação esportiva para crianças e jovens de todo o Brasil. Esses e outros artigos dariam responsabilidade à CBF, punição à entidades e outros gestores do futebol, a CBF estaria sujeita a fiscalização do TCU e obrigada a ter participação de um conselho de atletas nas decisões.

Mas este texto infelizmente não foi para a frente. Sete deputados alemães fizeram os gols que desclassificaram nosso futebol e nos tirou a chance de moralizar nosso esporte. Estes deputados, como todos sabem, fazem parte da Bancada da CBF, mudei o nome porque Bancada da Bola é muito pejorativo para algo que amamos tanto. Gosto de dar os nomes: Rodrigo Maia (DEM -RJ), Guilherme Campos (PSD-SP), Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), José Rocha (PR-BA) , Vicente Cândido (PT-SP), Jovair Arantes (PTB-GO) e Valdivino de Oliveira (PSDB-GO).

Essa partida ainda pode ser revertida com a votação do projeto no Plenário da Câmara. Será que esses sete deputados voltarão a prejudicar o nosso futebol?

O futebol brasileiro tomou uma goleada e a derrota retumbante, infelizmente, não foi só em campo. Nem sequer tivemos o prazer de jogar no Maracanã, um templo do futebol mundial, reformado ao custo de mais de R$ 1 bilhão. Acha que foi porque não chegamos a final? Não. Poderíamos ter jogado qualquer outro jogo lá. A resposta disso é ganância e arrogância. É a CBF que escolhe onde o Brasil vai jogar, mas, obviamente, poderia ter tido interferência do Ministério do Esporte e da presidência da República, mas nenhum destes se manifestou. Quem levou com essas escolhas?

Para fechar com chave de ouro, a CBF expulsou do vestiário Cafú, capitão de seleção do pentacampeaonato. Cafú foi expulso do vestiário enquanto cumprimentava os jogadores ontem. Este é o retrato do nosso futebol hoje, não honramos a nossa história.

Dilma tem sim que entregar a taça para outra seleção. Este gesto será o retrato do valor que ela deu ao nosso futebol nos últimos anos! Eles levarão a taça e nós ficaremos com nossos estádios superfaturados e nenhum legado material, porque imaterial, mostramos para o mundo que com toda nossa dificuldade, somos um povo feliz.

Essa será a taça da vergonha.


--------------------
Go to the top of the page
 
+Quote Post
stefanoo
post Jul 9 2014, 05:37 PM
Post #10


Categoria Master
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 6,768
Registrado: 20-December 08
De: Curitiba - PR
Membro N°: 3,889



esse desabafo do Romário é foda.. falando verdades sem medo algum, apontando mesmo, na caruda..
confesso que não gostava tanto dele quando jogador, qualidade indiscutível mas muita, muita marra.. mas como deputado o cara tá sendo foda

não vejo esse problema em chorar não.. somente isso não é sinal de instabilidade emocional, ao meu ver isso mostra mais que o cara se importa com aquilo que tá rolando em campo.. pelo menos um choro sincero como o David Luiz e do J.Cesar no jogo do Chile, da pra sentir que os caras dariam a vida pra terem ganho aquele jogo
sinal da instabilidade emocional é o time sentir o primeiro gol como sentiu, dormir por uns instantes e tomar um segundo, depois desligar de vez e tomar um 3º, 4º, etc.. não culpo o David Luiz, ele foi fácil o melhor jogador da seleção até aqui na Copa, falhou no 1º gol sim (pelo que dizem, não parei pra analisar se era dele a marcação do Muller) mas falhas acontecem, ao meu ver isso não crucifica o cara
o problema é que o Brasil não tinha meio, tomou um vareio naquele setor.. aliás, foi NULO naquele setor, principalmente diante de uma Alemanha que tem um meio campo de tanta qualidade, em todos os sentidos... e aí fica fácil criticar zagueiro, mas qualquer um que já jogou futebol nas posições de marcação sabe como é foda quando você tem 3, 4 adversários vindo pra cima abertos como opção de passe e você lá correndo de costas tentando adivinhar quem você deve marcar

e aí voltando pra tal instabilidade emocional, principalmente depois do baque da perda do Neymar.. o time desabando, felipão dizendo que psicóloga iria conversar com o grupo e tal
sinceramente, acho isso ridículo.. são todos jogadores profissionais, jogam em times grandes, times que disputam ano após ano o campeonato nacional, a champions league, pressão é coisa corriqueira, não devia ter esse impacto em jogadores desse nível
tem impacto, óbvio, mas não devia atingir de tal maneira.. é insegurança em jogadores dos quais se espera exatamente o contrário
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Jhonny_Tatuí
post Jul 9 2014, 05:52 PM
Post #11


Categoria Master
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 5,570
Registrado: 10-January 13
Membro N°: 273,350



Excelente os textos do Skull, do rod.sbc e de algum assessor do Romário!!!!!
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Eduardo Lucas
post Jul 9 2014, 05:52 PM
Post #12


Edu
*****

Grupo: Membros
Posts: 1,290
Registrado: 25-January 14
Membro N°: 416,193



QUOTE(rod.sbc @ Jul 9 2014, 06:02 PM) *
Bem por ai Skull...

Essa é a primeira geração 'Lei Pelé', que se não me engando entrou em vigor em meados da década de 90 e começou a ser 'usada' contra os clubes e à favor dos empresários no inicio dos anos 2000...
A aplicação da 'Lei Pelé', com a conivência total da corrupta CBF vem acabando com a descoberta de valores no Brasil: os clubes não têm mais os atletas na mão que saem pra jogar em ligas menores e por isso os clubes que ainda formam não vêem motivo de fazer uma capacitação técnica na base.

A escola de técnicos brasileiros é muito ruim: desde que perdemos em 82 chegou-se a conclusão que o que vale é resultado, então Tite, Parreira, Muricy, Felipão passaram a ser casos de sucesso jogando feio e vencendo. Infelizmente os dois últimos adeptos da escola tradicional brasileira, Luxemburgo e Tele, não conseguiram provar o contrários com o S. Paulo de 91-93 e Palmeiras de 93-96.

Só que é fácil vencer quando se têm Ronaldo, Rivaldo, Romário, Bebeto, Cafu, R. Carlos, esses sim membros da última geração que foi formado antes da Lei Pelé... ou no caso de Tite e Muricy , é fácil vencer jogando feio contra um futebol empobrecido, como é o futebol Sulamericano dos anos 2000

Se nossa escola de técnicos fosse boa, teríamos profissionais em destaque na Europa

O difícil é vencer quando se tem uma geração mal formada taticamente, tecnicamente e emocionalmente como é essa... Essa é de longe a pior geração, pelo menos desde 1990,, talvez a de 1990 seja melhor: hoje com um futebol tão globalizado (o que não era em 1990) não temos nenhum protagonista em um grande clube europeu, nossos jogadores mais valiosos são dois zagueiros e o Neymar, o resto é reserva ou coadjuvante

Nossa liga nacional é fraca e esvaziada graças a Lei Pelé, CBF e Rede Globo: ainda nem começamos a sentir os efeitos da polarização proposta, então podemos esperar que o buraco é mais fundo do que se apresenta. Como dizemos várias vezes ao assistir campeonatos europeus: ' O que jogamos no Brasil não é o mesmo esporte'

Referente a campanha do Brasil: é sim motivo de comemoração pra qualquer país atingir uma semi-final de Copa do Mundo, pra mim mérito em grande parte do Felipão, outro técnico teria parado antes. O problema foi a derrota como foi

A derrota foi sim culpa da teimosia e falta de reciclagem dele, ele parou no tempo em 2006, não teve inteligência pra ver que não seríamos capazes de vencer uma seleção européia na base da 'superação' e não foi capaz de mudar o time quando teve a oportunidade.

O culpado dos 7x1: a soma de tudo que citei acima.

Temos dois caminhos a seguir agora: a Alemanha de 2002 ou o Uruguai dos anos 70. Tenho quase certeza que seguiremos o segundo.


Magnífico! Gostaria de pedir para que voce me permita repassar seu texto pelos Facebooks da vida, para que os mais leigos se informem.
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Alexgava
post Jul 9 2014, 05:53 PM
Post #13


Categoria Jedi
******

Grupo: Membros
Posts: 13,316
Registrado: 16-January 08
De: Atibaia
Membro N°: 39



As palavras do Romario são muito fortes e verdadeiras.

Pena que a mídia que abraça a vértebra quebrada do Neymar, não abraça a causa das pessoas que ainda tentam salvar o futebol.

Lutar sozinho contra a corrupção, os bandidos, e o poder do inimigo é muito dificil.

Isso que aconteceu com o Cafu é muito triste, ridiculo a atitude desse ser desprezivel mandar retirar um pentacampeão dos vestiários, sendo que ele foi lá apenas para dar um abraço, e deixar uma frase de conforto aos jogadores.

A CBF, o STJD e certos cartolas estão acabando com o futebol.

Eu falo em mídia, mas hoje os unicos que podem cobrar forte e bater de frente contra esse poder corrupto, são a Globo e a Band... apenas elas podem fazer barulho suficiente para que alguma mudança aconteça no futebol, afinal o povo alienado e burro vai entender como funciona todo o esquema sujo no Brasil.


--------------------
Vamos dar apoio àqueles que nos apóiam! Valeu Patrocinadores e Parceiros !

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quer expulsar as ratazanas do Palmeiras, e ajudar o clube a ser o grande Campeão que sempre foi?
Seja sócio torcedor AVANTI ou sócio do Palmeiras e saiba como ajudar!

Go to the top of the page
 
+Quote Post
Eduardo Lucas
post Jul 9 2014, 06:06 PM
Post #14


Edu
*****

Grupo: Membros
Posts: 1,290
Registrado: 25-January 14
Membro N°: 416,193



Romario precisa tomar cuidado, falou demais.

EDIT: Acho que no trecho "estão falindo afogados em dívidas bilionárias com bancos", senti que ele falou do Palmeiras.
Go to the top of the page
 
+Quote Post
rod.sbc
post Jul 9 2014, 06:39 PM
Post #15


Categoria Estrela
*****

Grupo: Membros
Posts: 3,798
Registrado: 12-April 13
De: São Berrrnarrrdo!
Membro N°: 303,432



QUOTE(Eduardo Lucas @ Jul 9 2014, 07:52 PM) *
Magnífico! Gostaria de pedir para que voce me permita repassar seu texto pelos Facebooks da vida, para que os mais leigos se informem.

Hahaha q nada... é só um apanhado de tudo de relevante que vem sendo falado desde ontem...

Mas esteja a vontade pra compartilhar


--------------------

Go to the top of the page
 
+Quote Post
Guest_Felli_*
post Jul 9 2014, 07:35 PM
Post #16





Guests






Tirando todos esses problemas que já conhecemos (categorias de base, corrupção no futebol br, falta de investimento, treinadores arcaicos, etc), não dá pra ignorar a situação de jogo, o que foi feito nas quatro linhas sob a batuta do Scolari. Seleções mais limitadas que a nossa conseguiram jogar em um bom nivel contra a Alemanha em fases passadas da copa, como Gana e Argelia. O Felipão foi suicida, escalou errado. Jogou aberto contra um adversário muito superior. Lembrou Barcelona x Santos no mundial. Era realista imaginar vencer a Alemanha jogando com três atacantes e apenas um primeiro volante? Foi muito estranho. Qualquer doidinho com uma prancheta na mão, como um Joel Santana da vida, retrancaria o time, jogaria com humildade. Felipão tentou ser ousado, tentou impor a seleção na marra. E deu nisso.
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Maurizio
post Jul 9 2014, 09:03 PM
Post #17


Somos todos Enéas!
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 18,230
Registrado: 2-May 08
Membro N°: 1,081



QUOTE(Jhonny_Tatuí @ Jul 9 2014, 05:52 PM) *
Excelente os textos do Skull, do rod.sbc e de algum assessor do Romário!!!!!

Excelentes mesmo.

Eu fico feliz ao ver que não estamos caindo no velho hábito de não culpar este ou aquele bode expiatório com um Barbosa ou a meia do roberto Carlos, e estamos passando a ver problemas estruturais, de bastidores. São coisas que nós palmeirenses estamos até acostumados pela profundidade e constância da nossa autocrítica, especialmente os que frequentam este espaço, mas numa escala nacional é meio raro (felizmente, cada vez menos) ver isso acontecer.

Triste é ver alguns jornalistas defendendo as agendas de seus empregadores, chamando o que aconteceu de mero acidente, dizendo que um modelo como o alemão não deve servir de inspiração pois são culturas muito diferentes e outras asneiras.

Sem contar a suprema ironia de ver o Parreira, ao lado do Felipão, falando um monte sobre como os técnicos brasileiros são ultrapassados e do que tem sido feito pra modernizar visões e dividir conhecimento.
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Silva
post Jul 9 2014, 09:17 PM
Post #18


Família, Liberdade, e Paz
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 5,457
Registrado: 19-December 12
Membro N°: 264,954



QUOTE(Maurizio @ Jul 9 2014, 11:03 PM) *
Excelentes mesmo.

Eu fico feliz ao ver que não estamos caindo no velho hábito de não culpar este ou aquele bode expiatório com um Barbosa ou a meia do roberto Carlos, e estamos passando a ver problemas estruturais, de bastidores. São coisas que nós palmeirenses estamos até acostumados pela profundidade e constância da nossa autocrítica, especialmente os que frequentam este espaço, mas numa escala nacional é meio raro (felizmente, cada vez menos) ver isso acontecer.

Triste é ver alguns jornalistas defendendo as agendas de seus empregadores, chamando o que aconteceu de mero acidente, dizendo que um modelo como o alemão não deve servir de inspiração pois são culturas muito diferentes e outras asneiras.

Sem contar a suprema ironia de ver o Parreira, ao lado do Felipão, falando um monte sobre como os técnicos brasileiros são ultrapassados e do que tem sido feito pra modernizar visões e dividir conhecimento.


Exatamente. E Felipão e sua trupe (Parreira, Murtosa) foram os idiotas perfeitos para essa ocasião, cumpriram a risca os propósitos dos dirigentes corruptos do futebol brasileiro, testa de ferro melhor não poderia haver, agora toda metralhadora se direciona para o técnico gaúcho, enquanto os dirigentes sairão de fininho, se esconderão de fininho e esperarão a poeira baixar.

Felipão e alguns idiotas de plantão (principalmente setores influentes como a imprensa coxinha) passarão a eternidade discutindo os tais "6 minutos de pane", enquanto a verdadeira causa do vexame de ontem na verdade são anos de negócios escusos/negociatas, corrupção, descasos, imoralidade generalizada e descarada. Se dizem que a "Seleção" é a Pátria de chuteiras, está aí, é mesmo. E quem quiser dissociar os rumos do futebol brasileiro da decadência político-moral desse país ou é burro, ou é mal-intencionado.


--------------------
Scoppia che la vittoria è nostra!


Muitíssimo obrigado Cuca, e até logo, jamais lhe esqueceremos.
Go to the top of the page
 
+Quote Post
Maurizio
post Jul 9 2014, 09:53 PM
Post #19


Somos todos Enéas!
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 18,230
Registrado: 2-May 08
Membro N°: 1,081



QUOTE(Silva @ Jul 9 2014, 09:17 PM) *
Exatamente. E Felipão e sua trupe (Parreira, Murtosa) foram os idiotas perfeitos para essa ocasião, cumpriram a risca os propósitos dos dirigentes corruptos do futebol brasileiro, testa de ferro melhor não poderia haver, agora toda metralhadora se direciona para o técnico gaúcho, enquanto os dirigentes sairão de fininho, se esconderão de fininho e esperarão a poeira baixar.

Felipão e alguns idiotas de plantão (principalmente setores influentes como a imprensa coxinha) passarão a eternidade discutindo os tais "6 minutos de pane", enquanto a verdadeira causa do vexame de ontem na verdade são anos de negócios escusos/negociatas, corrupção, descasos, imoralidade generalizada e descarada. Se dizem que a "Seleção" é a Pátria de chuteiras, está aí, é mesmo. E quem quiser dissociar os rumos do futebol brasileiro da decadência político-moral desse país ou é burro, ou é mal-intencionado.

Concordo plenamente contigo.

Quem diria, talvez tenha pesado pro Felipão ser chamado o excelente trabalho que ele fez blindando o Tirone.
Go to the top of the page
 
+Quote Post
SKull
post Jul 9 2014, 10:04 PM
Post #20


Green Side Of The Force
******

Grupo: Debate PTD
Posts: 55,771
Registrado: 14-March 08
De: Jundiaí - SP
Membro N°: 802



Obrigado pelos elogios... Mas quanto aos testas de ferro sendo o Felipão e o Parreira, amigos, no Palmeiras faz muito tempo que é Luxemburgo e Felipão ganham títulos no Palmeiras. A verdade todos nós sabemos e a questão é se ela vai mudar. Vou dar um exemplo aqui:

Sei que muitos odeiam futebol internacional ou algum clube, mas às vezes refletindo futebol acredito que meu filho possa torcer (quando digo meu filho me refiro a uma geração que ainda vai vir daqui 5~6 anos) para o Manchester United, City, Juventus, Real Madrid, Barcelona... Do que os nossos clubes... P... eu cresci indo no cimento ver o Paulista jogar contra o Mogi Mirim e adorava aquilo e isso não faz mais que 15 anos... O Futebol brasileiro, a beleza do esporte, deixou de existir. Hoje é muito mais comodo e prático assistir um jogo de alto nível às 10h da manhã do sábado ou às 14h do domingo na sua casa, com a TV em HD, com o Home Theater e com Cristiano Ronaldo, Messi, Robben etc. em campo...

É triste.


--------------------


Go to the top of the page
 
+Quote Post

3 Páginas V   1 2 3 >
Reply to this topicStart new topic
1 usuário(s) está(ão) lendo este tópico (1 visitantes e 0 usuários anônimos)
0 membros:

 

Modos de Exibição: Padrão · Mudar para: Linear+ · Mudar para: Outline


 
Versão Simples Horário: 20th January 2017 - 01:04 AM
Fórum Palmeiras Todo Dia - Design by: IPB Skin & Free Proxy