IPB

Bem-vindo, visitante ( Entrar | Registrar )

Perfil
Foto do membro
Avaliação
 
Opções
Opções
Quem sou eu
palmeirense de coraçao e mineiro de criaçao
Informações pessoais
Fabricio MG
Categoria Profissional
27 anos
Masculino
Belo Horizonte - MG
Nascido em: Set-13-1989
Interesses
Sem informação
Estatísticas
Cadastrado em: 17-June 10
Visualizações: 5,123*
Última atividade: Hoje, 10:00 PM
Horário local: Jan 21 2017, 12:16 AM
9,728 posts (4 posts por dia)
Contatos
AIM Sem informação
Yahoo Sem informação
ICQ Sem informação
MSN fabriciocdmg@hotmail.com
* As visualizações do perfil são atualizadas de hora em hora

Fabricio MG

Membros

******


Tópicos
Posts
Comentários
Amigos
Meu Conteúdo
20 Jan 2017
Eles disseram . Mas está sendo paga

Palmeiras reduzirá R$ 45 milhões da dívida com Paulo Nobre
Com receitas que receberá em janeiro, Palmeiras reduzirá consideravelmente a dívida com seu ex-presidente, que está totalmente afastado do dia a dia do clube

A dívida do Palmeiras com Paulo Nobre será reduzida de forma considerável nos próximos dias. Com as receitas que tem para receber em janeiro, relativas à assinatura com o Esporte Interativo e à venda de Gabriel Jesus, o clube vai repassar cerca de R$ 45 milhões para seu ex-presidente.

O Palmeiras está devolvendo o dinheiro aportado por Paulo Nobre em dois fundos criados especificamente para isso.

A primeira parte da dívida começou em R$ 103 milhões e já foi reduzida para aproximadamente R$ 66 milhões. Neste caso, o clube repassa mensalmente 10% de sua renda bruta - fontes de receita que surgiram depois de setembro de 2014, quando esse modelo de pagamento foi aprovado, não entram na conta.

A segunda parte da dívida é de aproximadamente R$ 45 milhões e será totalmente quitada agora. Neste caso, o clube começou pagando parcelas mensais de R$ 800 mil e depois reduziu o valor para R$ 400 mil, o que praticamente só quitava os juros da operação.


A dívida com Paulo Nobre, então, ficará restrita aos R$ 66 milhões do primeiro fundo. Isso sem contar a construção do centro de excelência na Academia de Futebol, que ele ajudou a se tornar realidade como "presente" para o clube, e ao aporte que fez diretamente na contratação de jogadores.

Também são dois "pacotes". O primeiro tinha o valor de R$ 43 milhões, dinheiro investido nas contratações de Leandro, Mendieta, Cristaldo, Allione, Mouche e Tobio. Os direitos dos jogadores foram registrados em nome de uma empresa parceira de Paulo Nobre e o ex-mandatário vai recuperando o que investiu na medida em que eles são negociados. Se a quantia total das vendas superar R$ 43 milhões, o excedente fica com o Palmeiras.

Mais recentemente, Nobre pagou R$ 2,5 milhões por Róger Guedes e R$ 12 milhões por Yerry Mina (este valor ainda não está quitado, restando duas parcelas). Como não é mais permitido registrar jogadores em nome de empresas, esses R$ 14,5 milhões são documentados como dívida do Palmeiras, mas a devolução do dinheiro deve ocorrer no mesmo modelo do pacote anterior, só quando os jogadores forem vendidos e com lucro, se houver, para o clube.

Ao longo de seus dois mandatos (entre 2013 e 2016), Paulo Nobre colocou dinheiro do próprio bolso para "a roda não parar de rodar". Apesar de apresentar ótimos resultados do ponto de vista contábil - as contas do ano passado foram fechadas com superávit de quase R$ 90 milhões -, o Verdão segue enfrentando problemas com o fluxo de caixa. Isso acontece porque nem todo o valor que é considerado superávit está à disposição para uso imediato.

No fim do ano passado, Nobre fez de Maurício Galiotte o seu sucessor. Hoje, porém, os dois já não mantêm relação por desavenças ligadas à candidatura de Leila Pereira, dona da Crefisa, a um lugar no Conselho. Nobre está totalmente afastado do dia a dia.
17 Jan 2017
Os valores da franquia variam entre R$ 150 mil (quiosque), até R$ 300 mil (loja). O capital de giro é de R$ 50 mil, e o prazo de retorno de 24 a 36 meses.

Rede de lojas oficiais do Palmeiras desde o início de 2013, a Academia Store acredita que chegou o momento de expandir seus serviços para a região Nordeste. A capital escolhida é Fortaleza, no Ceará, considerada um dos locais com maior concentração de palmeirenses em todo país, além da enorme participação junto às redes sociais do clube.

“Não abrimos lojas só para fazer número. Realizamos um minucioso estudo, baseado em projetos e pesquisas, que indicam se determinado local será rentável para todas as partes envolvidas, incluindo franqueado e clube. A região Nordeste já carecia de uma loja oficial do Palmeiras há algum tempo, e agora chegamos à conclusão que era o momento. Por isso, estamos prospectando investidores que queiram iniciar essa operação”, explica o gerente de expansão da Meltex Franchising, Danilo Verrillo, responsável pela administração das lojas oficiais do Verdão.

Clube e empresa possuem algumas cartas na manga como atrativos para os franqueados e interessados em conquistar uma loja física ou quiosque. Um deles está no fanatismo do torcedor. De acordo com pesquisas internas realizadas pelo Palmeiras, a torcida está entre as mais engajadas do país. Além disso, de acordo com dados do IBGE, a renda média brasileira é de R$ 960, enquanto a renda média do torcedor palmeirense é de R$ 1.092. Não à toa, a rede Academia Store aumentou em 30% suas vendas entre novembro e dezembro, meses em que o Verdão ratificou a liderança do Campeonato Brasileiro e conquistou o título.

Além disso, diferente de outras franquias, a Academia Store costuma levar quase que quinzenalmente ídolos do passado e atletas do atual elenco para sessões de autógrafos nas lojas. Desde 2014, quando completou 100 anos, foram promovidos mais de 150 eventos nas unidades espalhadas pelo Brasil. Isso aproxima o público da marca, além, claro, de gerar mais receita.

Também é oferecido total apoio na avaliação do ponto comercial, acompanhamento e treinamento operacional e administrativo, conveniência logística por meio da central de pedidos, condições especiais com fornecedores parceiros, consultoria de campo e suporte em comunicação e marketing, o que acabam se tornando diferenciais.

Atualmente, a Academia Store conta com 35 lojas/quiosques em todo o Brasil, sendo três fora do estado, em Londrina e Maringá, no Paraná, e Brasília-DF. Para abrir um estabelecimento, os valores variam entre R$ 150 mil, para um quiosque, até R$ 300 mil, para uma loja física. O capital de giro é de R$ 50 mil, e o prazo de retorno de 24 a 36 meses. As franquias oferecem mais de 500 itens oficiais e coleções do Palmeiras. Além de se deparar com um ambiente totalmente alviverde, o torcedor encontra, entre outros produtos, linhas casuais masculinas e femininas, acessórios e souvenires.

http://exame.abril.com.br/blog/esporte-exe...as-ao-nordeste/
13 Jan 2017
Será o número 28

Facebook , TV palmeiras e site RGT esporte transmitindo
10 Jan 2017
Fellipe Lucena ‏@fellucena 1 minHá 1 minuto
Keno será apresentado pelo Palmeiras em cerca de dez minutos. #trPAL




TV Palmeiras transmitirá

https://www.youtube.com/watch?v=QdsMHY65K18
8 Jan 2017


jovens - intermediários - experientes




tirando o João Pedro ali , que acho que foi emprestado. O que acham desse perfil de elenco , tipo zagueiro jovem , zagueiro intermediário , zagueiro experiente ?
Últimos visitantes


Hoje, 08:11 PM


17 Jan 2017 - 20:11


14 Jan 2017 - 3:01


8 Jan 2017 - 17:11


7 Jan 2017 - 12:55

Comentários
Outros usuários não deixaram comentários para Fabricio MG.

Amigos

5159 posts
Hoje, 12:02 AM

5013 posts
Hoje, 02:44 PM
Ver todos os amigos
 
Versão Simples Horário: 20th January 2017 - 11:16 PM
Fórum Palmeiras Todo Dia - Design by: IPB Skin & Free Proxy