Jump to content

SuperGeo

User
  • Content Count

    175
  • Joined

  • Last visited

About SuperGeo

  • Rank
    Sub-10

Profile Information

  • Gender
    Masculino

Recent Profile Visitors

1,387 profile views
  1. Faço parte do grupo que não viu a bola bater na mão do William em momento algum, mas sim no tronco e queixo. Ou no mínimo seria uma condição na qual não se pode concluir se houve toque de mão ou não. Nesse caso, alguém sabe se a regra diz algo?
  2. Hahaha sem Zika galera! Longe de mim achar que nós vamos ganhar com certeza. É só uma situação hipotética pelo fato de, com a saída do Felipão agora, não ser possível novamente um técnico no Palmeiras ganhar dois títulos.
  3. Teremos quatro técnicos diferentes nos últimos quatro títulos de nossa história recente: Copa do Brasil 2015: Marcelo Oliveira Brasileiro 2016: Cuca Brasileiro 2018: Felipão Brasileiro 2019: Mano Sempre se prega pela importância da continuidade, inclusive citando alguns técnicos mais longevos na Europa, mas caso o time arranque e fature o título, não há como discutir com o fato que as trocas de técnico tem dado certo. Fica a pergunta, qual seria o motivo? Falta de repertório dos próprios técnicos (o que leva a diretoria a ter que trocá-los para ter esta mudança tática)? Jogadores que naturalmente se acomodam e precisam de motivação extra? Pressão exagerada no Palmeiras? Apenas uma coincidência? Não consigo lembrar se é a mesma coisa em outros times campeões aqui no Brasil.
  4. Alecsandro tava certo sobre Borja, lembram http://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/2017/02/alecsandro-diz-que-borja-esta-na-moda-eu-teria-muita-cautela.html
  5. Se comparar com os gols dele pelo Palmeiras, não é muito diferente, nem da pra dizer que ele ta numa fase ruim:
  6. Tem também o jogador de um gol só, nosso saudoso Lenny
  7. Vou enfatizar novamente o que varios já comentaram. Ela fala como se o Palmeiras não fosse nada antes da chegada dela. Como se o Palmeiras não tivesse feito um grande, difícil trabalho de reestruturação da qual o desempenho em 2014 foi um remédio amargo mas necessário. O Palmeiras já era um clube dirigido de forma profissional e responsável independentemente de qualquer patrocinador - alias o patrocinador veio por conta da gestão profissional e não o contrário. O fato de ela DESCONSIDERAR COMPLETAMENTE o que o Palmeiras fez para se reerguer já mostra que o objetivo dela não é a instituição.
  8. A manobra pra tornar a Leila eleita por si só já deveria ser motivo para não reeleger o atual presidente. Isto representa os valores da instituição - jogo limpo, honestidade. Dado que o único ponto a favor da Leila é dinheiro, a questão literalmente se torna: Até que ponto estamos dispostos a abrir mão de nossos valores por causa de um patrocínio.
  9. Ele tem que se manifestar antes das eleições pra conseguir mudar alguma coisa. O problema está em as eleições serem realizadas junto ao término de campeonato, tem que mudar essa data. Sobre não enviar antes, a explicação tá na carta.
  10. CAM, contando com essa rodada, tem 4 derrotas e 1 empate nos últimos 5 jogos. O único outro time com tal desempenho é o lanterna Paraná (que ainda vai jogar amanhã). Deve ser o pior momento do clube no campeonato.
  11. Eu encararia agora o campeonato brasileiro como mata-mata estilo copa do mundo, de 1 jogo, tem que ganhar Pra ser campeão tem que ganhar de Flamengo, Santos e Atlético-MG. Adversários complicados mas dos quais podemos perfeitamente ganhar. Virou nossa nova Copa do Brasil. Porque caso contrário existe a possibilidade de outro time assumir a liderança, e isso muda tudo, o moral dos jogadores, influencia diretamente no aproveitamento. Não pode dar bobeira.
  12. Tem como fazer essa análise com os pontos apenas do returno? Acho que captura melhor o momento atual dos times.
  13. Galera, o mais importante não é ganhar ou não essa batalha. É que com certeza depois disso tudo alguém vai pensar 2x antes de fazer algo igual daqui pra frente.
  14. Depois de pensar um pouco sobre tudo isso, eu chego a conclusão que o Belluzzo deixou uma péssima herança pro Palmeiras. E é só ver que tipo de política econômica ele, como economista, apoia pro Brasil: Expansão de crédito e mais consumo, sem qualquer compromisso fiscal. Qual a consequência desse tipo de política? Vôos de galinha na economia, tal como no futebol (vide 2009), situação que no longo prazo pode somente dar errado. Estamos bem de ter tido o Nobre como presidente do Palmeiras, mas a solução pro país ainda está muito longe de aparecer...
  15. Moderadores por favor criem um FAQ e coloquem respostas como essa para que todo mundo possa ler!
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.