MONTE VERDE

Membro
  • Total de itens

    266
  • Registro em

  • Última visita

Sobre MONTE VERDE

  • Rank
    Categoria Profissional
  • Data de Nascimento 14-09-1967

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gênero
    Male

Últimos Visitantes

2.453 visualizações
  1. Essa data é sempre muito especial. Vivi aquele 12/6/93 intensamente. Tinha 25 anos, ja tinha visto o time ser campeão, mas tinha 11 anos, então nem conta muito. Para quem passou o periodo de colegial e a faculdade inteira sendo zuado sabe bem o que foi essa fila. Sempre que vem essa data gosto de falar um pouco sobre esse dia que na verdade começou 6 meses antes quando perdemos a final do Paulista para o São Paulo no Morumbi. 1992 foi o ultimo ano que o Paulista foi disputado no segundo semestre. Então foram praticamente 2 Paulistas disputados um em seguida do outro. Saí daquela final muito triste, cansado, suado. Um put.a calor dos infernos. Estava subindo aquela avenida que dá para o Palacio do Governo com meu amigo e comentei. Não é possivel que tudo de tão errado para o Palmeiras. Será que não tem alguma coisa boa guardada pra gente no ano que vem ? Pois é. 6 meses depois estavamos nós 2 subindo a mesma rua, só que comemorando demais muito o titulo e lembramos daquela frase. Sei lá, dificil explicar em palavras, mas isso me marcou demais. Outra cena que marcou demais, foi quando chegamos na Paulista e eu vi aquele mar de bandeiras verde e branco. Para quem só via pela TV a festa dos rivais na Paulista, foi um momento especial. Nessa hora confesso que chorei.
  2. Jogo muito bom de assistir. Lembrou um pouco jogos da decada de 80 e primeira metade da decada de 90 quando os times jogavam pra frente, sem essas bostas de times retranqueiros ( Gambas e Cruzeiro do Mano ). Jogo eletrizante que a qualquer momento podia sair um gol para qualquer um dos lados. Tipo do jogo que se o Palmeiras perde, fico chateado mas não put.o da vida como acontece quando perdeu do Cruzeiro semana passada. Lembrou aquela semi-final do brasileiro de 93 contra o São Paulo, aquele golaço do C.Sampaio. Os 2 times buscando o gol o tempo todo.
  3. Amigo, algum link para acompanhar pela internet ?
  4. Gambas só na final.
  5. Lembro bem dessa época. Como ainda não existia internet, acompanhava essas negociações pelo jornal e pelo radio. Teve uma certa novela para a contratação do Edmundo, então todo dia de manhã, ia correndo pegar o caderno de esportes da Folha para ver se tinham contratado. Até que um dia abri o jornal e tava lá. "Palmeiras contrata Edilson". Fiquei super feliz, mas pensei "Bom , esquece o Edmundo agora". E não é que no dia seguinte "Palmeiras traz Edmundo". Porra, que timaço. E já tinha acertado com R.Carlos e A.Carlos no final de 92. Além de já ter Evair ( esse já estava desde 91 ), Zinho e Mazinho. A diferença nem era só do valor investido pela Parmalat, comparando com a Crefisa, mas também é que os grandes craques, ainda estavam jogando no Brasil. Então erá mais fácil. Hoje os poucos 'craques' já estão jogando fora ou ja estão vendidos para times de fora. Aí, só sobra os 'bons' jogadores que não fazem uma grande diferença, quando jogam contra um time com um bom esquema tático, e que acaba igualando também com a vontade.
  6. Se for verdade, acho lametável. Imaginava o Mattos como um cara diferenciado, mas pelo jeito me enganei.
  7. Acho que o sucesso do Palmeiras esse ano passa pela recuperação do Moises. Faço uma analogia com o time de 93/94 ( Não estou comparando qualidade do elenco ). Naquele time tinhamos os jogadores mais agudos, definidores, como Edmundo, Edilson e Evair, assim como tempo hoje Dudu, Keno e Borja ( de novo, pelo amor de Deus, não estou comparando qualidade dos jogadores ). No time de 93/94 tinhamos o Zinho, que não era o maior craque do time, assim como não era o definidor. Porém era o jogador que dava equilibrio ao time, chamava a responsabilidade em jogos grandes. Sabiamos que o time não ia amarelar, porque tinha a liderança dele. Nem lembro se era o capitão ou não, mas pra mim isso é bobagem. Acho que o Moisés tem mais ou menos o mesmo papel do Zinho. Não vai ser o craque do time, não vai ser o artilheiro do time, mas é o cara que da equilibrio, chama a responsa, e claro também tem a qualidade técnica. Torcendo muito para sua recuperação.
  8. Alguém mencionou sobre bolas levantadas na área para o Deyverson e lembrei de uma coisa. O Palmeiras não leva mais perigo nenhum nas bolas aéreas. É impressionante. Quando tem escanteio, ou uma falta lateral próximo a área eu nem me empolgo mais porque sei que não vai dar nada. Que saudades do VH e Mina
  9. Na época que saiu a liminar dizendo que ele não podia jogar mais pelo Palmeiras, tiveram coragem de dizer, naquele programa da CBN ( Quatro em Campo), que isso sirva de lição para os outros jogadores. Dando razão ao Fluminense.
  10. Poxa, que pena. Gosto muito do futebol dele. 2017 não pode ser parâmetro para nada. Time inteiro muito mal, 3 técnicos diferentes. Enfim, boa sorte para ele e como foi dito, que volte um dia.
  11. Chico Langui Viaaaado ... Chico Langui Viaaaado
  12. É que eu sou um pouco mais velho kkk. Eu acho que o Leão foi mais goleiro na primeira passagem. Não quando ele voltou em 1984 ou 1985 . Aí já estava em decadencia. Mas na boa. Gosto do Marcos e tudo mais. Só não considero como meu ídolo.
  13. Sou muito tranquilo para falar sobre o Marcos, pois não tenho essa idolatria por ele que a maioria dos palmeirenses tem. Claro que gosto muito dele como jogador, mas nem o considero como o maior goleiro do Palmeiras. Porém nesse episódio especifico, não acho que ele tenha falado nada que muitos de nós não falamos o tempo todo. Mas como já foi dito aqui, ele é idolo de 99% dos palmeirenses, não tem jeito. Por causa disso, ele deveria se policiar um pouco mais. Sobre esse assunto do Arsenal, como já falaram, ele não devia nem comentar mais isso, pois já esta ficando chato
  14. Tem como voce passar o link onde voce tirou esse grafico. Tenho que mandar para um amigo Gamba