T-R3X

Membro
  • Total de itens

    12.984
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que T-R3X postou

  1. Vou ficar MUITO triste de não poder assistir vários jogos do Palmeiras na TV, mas ao mesmo tempo estarei MUITO orgulhoso do meu clube. Imagina só nós sendo campeões novamente e a merda de emissora não poder transmitir? Tenho certeza que ano que vem irá vir correndo e oferecendo o mesmo valor de mulambos e gambás... Será o maior "FAIL" da história, só tenho medo de por isso beneficiarem demais os mulambos e gambás nesse campeonato.
  2. Bruno Henrique detalha "fico" e vê Palmeiras como "exemplo contra chineses" 19/03/2019 04h00 A permanência de Bruno Henrique no Palmeiras foi celebrada por torcedores como uma batalha vencida contra os chineses, mais precisamente como uma demonstração de força frente a um modelo de futebol que há anos assusta times brasileiros por seu poderio financeiro. Em entrevista exclusiva para o UOL Esporte, o meio-campista explica os motivos de ter ficado, conta como foi sua tomada de decisão e exalta o Alviverde como exemplo a ser seguido por rivais. O volante não mostra qualquer desconforto em falar sobre a proposta que negou e a opção por ficar; pelo contrário. Apesar de a oferta do Tianjin Teda ter sido "financeiramente muito vantajosa", como ele próprio disse em entrevista coletiva recente, não foi suficiente para convencê-lo a trocar o ambiente do Palmeiras. "O Palmeiras é um exemplo; deveria ser um exemplo para todos os clubes do futebol brasileiro. O clube já vem há algum tempo com este projeto de gerência muito boa, que arrecada muito dinheiro, investe bem em jogadores importantes e ganha títulos. É uma atmosfera difícil de se ver no futebol brasileiro", exalta Bruno Henrique, que só não foi à China porque o ambiente na Academia de Futebol lhe parece o ideal para manter o alto nível. Ao invés de perder jogadores para a China, como é comum no futebol brasileiro, na última janela de transferências o Palmeiras conseguiu fazer o contrário: manter o elenco e ainda trazer um reforço do Oriente: Ricardo Goulart. Além de Bruno Henrique, o clube conseguiu segurar Dudu, outro que estava na mira dos chineses. Deyverson também teve tudo para ser vendido, mas preferiu ficar. Para que o elenco campeão brasileiro fosse mantido, a folha salarial alviverde cresceu cerca de R$ 1 milhão em relação a 2018. "O que o Palmeiras criou é uma coisa fantástica, e isso com certeza segura jogador: parte financeira, estrutura, torcida, planejamento de carreira, briga por título. É um todo que te faz não pensar somente em dinheiro", explica Bruno Henrique, que deixou de receber salário mensal de R$ 1,7 milhão na China e por isso teve aumento na renovação com o Palmeiras até 2023. Capitão e responsável por levantar a taça do decacampeonato em 2018, Bruno Henrique ganhou ainda mais moral com a permanência no clube. Trata-se do volante com maior média de gols da história do Palmeiras, tendo balançado a rede 16 vezes em 95 partidas disputadas (um a cada 5,9 jogos). Agora ele planeja um 2019 de sucesso e a partir daí prefere não fazer muitos planos. "Não tem como planejar o futuro muito distante. Claro que minha vontade é a permanência: fiz o contrato de cinco anos para jogar no Palmeiras, tenho um planejamento de carreira junto ao clube, com a minha família. O que vai acontecer no ano que vem a gente não sabe, mas eu tenho a ideia de permanecer, cumprir meu contrato", pondera o meio-campista, que só quer tranquilidade e foco após uma janela de transferências tão agitada. "Minha meta neste ano é desempenhar bem meu papel e ganhar títulos. A gente nunca sabe o que vai acontecer lá na frente, mas faz só um mês e meio que assinei a renovação, e o meu foco é ficar aqui", completa. Corrida por fora por vaga na seleção Imagem: Marcello Zambrana/AGIF O sonho de estar na seleção brasileira foi um dos motivos que fez Bruno Henrique negar a ida à China. Julgando que teria menor visibilidade se trocasse de clube, decidiu tentar impressionar Tite no time em que teve maior destaque na carreira. A princípio, no entanto, o treinador dá preferência a nomes que estão na Europa: Arthur (Barcelona-ESP), Fabinho (Liverpool-ING) e Lucas Paquetá (Milan-ITA) foram os escolhidos da posição para os amistosos contra Panamá e República Tcheca. "Meu foco total é no Palmeiras. Quero fazer bem meu trabalho aqui e, consequentemente, isso pode me dar a possibilidade de estar na seleção. Não foi desta vez, mas vou continuar trabalhando como sempre. Um dos objetivos da minha permanência era buscar uma oportunidade, e vou continuar buscando", afirma Bruno Henrique, que enxerga certo desequilíbrio na disputa entre quem joga no Brasil e quem joga no futebol europeu. "É algo até natural, mas ao mesmo tempo há alguns jogadores que estão sendo convocados jogando no Brasil, o que demonstra a força do nosso futebol. É muito legal que a CBF esteja olhando os jogadores daqui. Quando [o Tite] leva jogadores que estão atuando aqui, também motiva os demais jogadores a desempenhar bem seu papel, nos incentiva", revela o meio-campista, que tem no goleiro Weverton um exemplo próximo de que é possível alcançar a amarelinha estando em terras nacionais.
  3. Infelizmente... Não sou 'hater' do Borja, mas acho que o tempo dele já acabou por aqui, não só pela falta de paciência da maior parte da torcida como ele mesmo, esse negócio de jogar ser sentimental demais (precisar de 'tratamento especial' para render) é algo que me incomoda, futebol e qualquer outro tipo de esporte de alto rendimento não favorece pessoas que não saibam lidar com pressão.
  4. Eu tbm acho, acredito que uma negociação que ocorreria seria somente se chegasse uma proposta mto boa pro Borja, aí o Palmeiras iria atrás de um atacante, mas tbm chuto q não teremos mais mudanças até o meio do ano (talvez alguns jogadores sejam emprestados após o Paulista)
  5. Bom, prefiro que o tópico fique assim, nessa fase de 'brincar de Master League" doq pessoal reclamando do Borja e Cadu.
  6. Perfil totalmente diferente do Pato, Goulart nunca teve problemas com motivação nem nada... Goulart além de perfil diferente, ainda sonha em jogar na Europa, chegar a seleção... Nada a ver um com outro.
  7. Foi o que eu falei ontem, o sonho do Pato era ser ator, mas infelizmente ele nasceu com o dom de ser jogador de futebol. Se não comesse a bola aqui nos primeiros jogos, seria tão massacrado quanto o Borja.
  8. Eu tbm não acredito nisso, mas foi um dos fatores que eu pensei... Copa América ele já perdeu. Copa do Mundo ainda está bem longe... Sinceramente, não sei qual seria a motivação dele. Vai ficar mais perto da namorada, ok! Mas é oq falei antes, pra mim o Pato não gosta mais de jogar futebol, joga pq é o talento q ele tem... Não sei se daria certo aqui pela sua personalidade, não deu certo nos gambás que gostam de jogador parecido com oq gostamos, o único time q aceita o brio dele é os bambis mesmo Que fique claro que acho um excelente jogador (quando joga oq realmente sabe)
  9. O problema do Pato é a motivação... Qual seria a motivação dele jogando aqui no Palmeiras? Dinheiro ele já tem. Títulos também. Única coisa que consigo pensar em motivação pra ele seria voltar a seleção brasileira...
  10. Esse sim é o verdadeiro MITO.
  11. Eu cancelarei e não jogarei o Cartola. Gosto de futebol, mas só assisto os jogos do Palmeiras.. E o Cartola tbm jogo pq gosto de escalar mais jogadores do Palmeiras.
  12. Acho que traria o Pato após uma conversa sincera e perguntando qual seria seu objetivo no futebol, se fosse ganhar uma Copa do Mundo pela seleção, apostaria nele... Se fosse qualquer coisa diferente, não sei se vale.. Não sei se ele quer voltar ao Brasil só para estar do lado da namorada... Uma vez me falaram uma coisa que marcou demais e não consigo esquecer: "O sonho do Pato era ser ator, mas infelizmente ele tem talento pro futebol e não pra TV"
  13. até

    <3
  14. A recente cobrança para que o Palmeiras jogue bem, mesmo em resultados importantes como estrear na Libertadores vencendo o Junior Barranquilla por 2 a 0, na Colômbia, não surpreendem Alexandre Mattos. O diretor executivo de futebol chega a classificar a pressão como 'insana" diante dos investimentos feitos nos últimos anos no clube que ganhou recentemente os Campeonatos Brasileiros de 2016 e 2018 e a Copa do Brasil de 2015. "Se o Palmeiras empata, falam que precisa tirar 30 jogadores de lá. Se perde, é Segunda Guerra Mundial. Se ganhar dando espetáculo, é obrigação. A cobrança é insana. Qual é o limite? Só a Libertadores serve? O problema é que só um ganha", comentou o dirigente ao STV. "O Palmeiras deve ser um dos protagonistas, que é o que temos feito nos últimos anos. É isso que exigimos. Quando você faz o seu melhor e enxerga que todos estão fazendo o seu melhor, chega em casa, coloca a cabeça no travesseiro e pensa: perdemos, mas fizemos o nosso melhor", completou. O Palmeiras lidera o seu grupo no Campeonato Paulista, só precisa de dois pontos nas duas últimas rodadas para se garantir nas quartas de final da competição e, na Libertadores, acumula 100% de aproveitamento, já que venceu o Melgar, do Peru, na terça-feira, por 3 a 0. Para Mattos, uma indicação de que o trabalho tem sido bem feito. "Se fiz todo o possível e, mesmo assim, não aconteceu, fico pê da vida pelo resultado que não veio e procuro melhorar para que venha. Mas sei que foi feito todo o possível dentro do que podia", explicou o diretor. "Existe um futebol interno e externo, que avalia de acordo com resultado ou produção. O que fazemos internamente mesmo as pessoas que entendem de futebol não veem porque não estão lá dentro. E não são todos os jogadores que darão certo", finalizou. https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2019/03/14/mattos-fala-em-pressao-insana-no-palmeiras-se-perde-e-guerra-mundial.htm
  15. O Guerra foi o único jogador que ainda não jogou esse ano?
  16. Tinha mais 1 ano de contrato.
  17. O que vocês esquecem de avaliar é que o mlk tinha mais 1 ano de contrato somente e se o Palmeiras não igualasse qualquer proposta de fora, no qual um salário de 20mil euros por exemplo é quase 100mil, o mlk ia sair de graça... Fora q ngm sabe a vontade do jogador tbm, ngm sabe se ele está pedindo para ser negociado e etc...
  18. Se nós tivéssemos atletas da base que saíram do Palmeiras sem receber oportunidade no time titular e viraram destaques em outros lugares, eu concordaria com o discurso seu e da maioria, mas não é o caso... Fernando, Papagaio, agora o Luan... Com exceção do Jesus, nenhum demonstrou ter o potencial pra se quer ser titular do Palmeiras... Por isso acho exagero achar que foi um "péssimo" negócio quase 40mi de reais num jogador que nunca fez um jogo profissionalmente.
  19. E nesse tempo que trouxemos todos esses jogadores deixamos de ser a piada dos rivais, conquistamos o deca brasileiro e o tri da Copa do Brasil, nos tornado o maior campeão nacional e o maior time do país em evidência, ao lado do Flamengo. Que saudades de você, Mustafá!
  20. Mas como vc sabe quanto o cara vale sendo que ele nunca jogou um jogo profissionalmente????????????? Vamos mudar a visão: Palmeiras contrata lateral esquerdo de 18 anos do Dortmund, que tinha alguns passagens pela seleção de base, porém nunca jogou pelos profissionais e pagou 34,6 milhões de reais nele + aditivos futuros. Foi bom negócio que o Palmeiras fez??
  21. Eram pessoas que pensavam como você que estavam no poder até 2012 e vimos bem aonde o clube chegou. Que Deus nos ajude e não deixe nunca mais essas pessoas voltarem.
  22. Exatamente! Falam q não vale nada, pra testar jogador da base no Paulista, mas não aceitam nem testar jogadores contratados pra essa temporada...
  23. Ou será que pra garantir a contratação de grandes jogadores como o Goulart ele precisa fechar negócios menores? Já pensou nisso tbm? E que outros grandes jogadores vc traria com o valor pago no Carlos Eduardo? E antes que fale do Felipe Pires, não gastamos nada, ele está emprestado.
  24. Se as diretorias anteriores não tivessem feito negociações absurdas, do tipo pagar 40 milhões de reais no WESLEY, vendas como essa não precisariam acontecer. Exemplos não faltam... Agora falar que vai ter que vender toda hora pq comprou o Carlos Eduardo é de doer.
  25. É oq eu coloquei no textão que eu fiz, tirando o Jesus, qual jogador da base do Palmeiras que virou um craque? Diogo Barbosa qdo estava no Cruzeiro e foi anunciado q havia sido contratado foi só comemoração, hj já virou pior q o Luan Cândido que SE QUER jogou pelo profissional! Vou pegar um exemplo da nossa zaga que vivem enchendo o saco que tem q contratar alguém, imagina só se resolvem apostar em um zagueiro da base e ele não dá conta e entrega um jogo importante? Nossa, acabam com a carreira do jogador e ainda colocam a culpa no Mattos por não ter gastado milhões em um zagueiro...