Jump to content

Silva

Moderador
  • Content Count

    15,722
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    117

Silva last won the day on June 23

Silva had the most liked content!

1 Follower

About Silva

  • Rank
    ~ running free ~

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gender
    Masculino

Recent Profile Visitors

25,356 profile views
  1. O pé-bola é feito de ciclos. E o "virtuoso" dos mulambos pode ser mais curto do que se imagina. E sobre Libertadores, vale lembrar que vários times já foram campeões com campanhas bem sofridas e esquadrões de jogadores questionáveis. Parafraseando John Connor, "o futuro não está definido".
  2. É uma pena que Palmeiras e Dudu não tenham conquistado juntos a Libertadores. Mas quem sabe se o futuro não reserva um melhor desfecho para essa história. Obrigado Dudu, honrou muito o manto.
  3. Depende de quanto custar esse chapéu. A estadia de Mattos no Palmeiras, e mais importante, sua saída, provou que "dar chapéus" custa caro, muito caro.
  4. A FIFA já endossou as cinco substituições, considerando o contexto sanitário e de calendário sul-americano, não acredito que seja seja improvável aprovarem uma demanda da CBF, ou mesmo em bloco, com todas as federações sob a Conmebol, para permitir as três substituições por tempo de jogo, ao menos por uma ou duas temporadas.
  5. A CBF poderia permitir (ou obrigar) três substituições por tempo de jogo, assim aumentaria o rodízio de atletas e reduziria a probabilidade de lesões; além de reduzir a necessidade elencos numerosos.
  6. Se for isso, terrível. Se for para o tal "alívio da folha", sem trazer ninguém, também acredito que haveria opções melhores para a finalidade no grupo, como o próprio Sr. Responsabilidade. Eu conversaria com o jogador, negociá-lo nessas circunstâncias, sem jogos, num pessismo geral, além do aspecto técnico, é também um erro de mercado. Não sei se o Palmeiras é péssimo comprador, ou pior como vendedor. Dificilmente acertamos o timing pra negociar saídas de nossos jogadores, incrível.
  7. Vender o Dudu, para comprar uma bacia de jogadores inferiores, e ter impacto semelhante na folha salarial... Grande negócio.
  8. Atenção! Por favor foquem na discussão sobre a negociação do jogador, o tópico é para falar de Palmeiras e não da vida passional do jogador.
  9. Não, o "deprimente" vem da percepção sobre meu histórico de jogos assistidos, e não da percepção média sobre matérias editadas dos dias seguintes aos jogos. E tenho certeza que assisti mais jogos do Palmeiras na temporada em questão do que senão todos, da maioria dos jornalistas que votaram naquela edição do Bola de Prata. Mas enfim, vamos ficar no impasse "Passagem do Gamarra no Palmeiras foi deprimente x Primeira temporada do Gamarra no Palmeiras foi boa".
  10. E o nome dele e recortes de bons lances da temporada não influenciaram na escolha? Quem assiste todos os jogos do clube é o torcedor. Por exemplo, até jogar no Flamídia, muito especialista da imprensa não entendia a bronca do palmeirense com Marcio Araújo, para muitos ele era um bom volante, "disciplinado taticamente". Nesses casos específicos, confio mais na minha percepção do que na análise do terceiro. P.s.: Só para finalizar, lembro que nos primeiros meses, sim, primeiros meses e não temporada, daquela passagem, Gamarra chegou a me empolgar em algumas ocasiões, mas depois era apenas "deprimente", não por falta de compretimento do jogador ou coisa do tipo, mas por testemunhar aquele que havia sido um dos melhores defensores da década passada e o Palmeiras que havia sido um melhores clubes, sobrevivendo de lampejos de alguns poucos bons momentos. Lamento aquela passagem justamente porque o contexto foi um dos piores, eu sempre desejei vê-lo atuar pelo Alviverde, mas num cenário mais digno da história vitoriosa de ambos.
  11. Cara, se não peneirar apenas as boas situações do primeiro ano, segue na média de "deprimente", é claro que tecnicamente ele ainda sabia jogar, mas a parte física contou muito, vê-lo "saliente", comendo poeira da maioria dos atacantes era triste, o que compensava um pouco é que ele parecia esforçar-se sempre.
  12. Sejamos sinceros, a passagem de Gamarra pelo Palmeiras foi deprimente, pois ambos, clube e jogador, estavam em fase decadente. Gamarra foi contratado apenas pelo nome que tinha, às vezes ainda demonstrava sua perícia em desarmes, mas dificilmente chegava em condições para realizá-los.
  13. Entrei pra citar justamente esse. Foi um dos jogos que mais lavaram minha alma, ver o Palmeiras naquela draga enfiando uma senhora virada pra cima de umas equipes mais badaladas da década.
  14. Vestiu a fantasia de Little Napoleon e não tirou mais.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.