Jump to content

T-R3X

Debate PTD
  • Content Count

    14,196
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    51

T-R3X last won the day on September 27

T-R3X had the most liked content!

About T-R3X

  • Rank
    Decacampeão - O Maior Campeão Nacional
  • Birthday 08/12/1987

Contact Methods

  • Website URL
    http://https://www.facebook.com/palmeirasarena
  • Facebook
    https://www.facebook.com/alexandreieva

Profile Information

  • Gender
    Masculino
  • Location
    Verde É a Cor Da Inveja
  • Interests
    Sociedade Esportiva Palmeiras

Recent Profile Visitors

11,499 profile views
  1. Não é "não querer" o Hulk, é que realmente, o cara não tem destaque há algum tempo já, está em "fim de carreira" (quase 35 anos), tem a vida financeira resolvida... Eu não acredito que o Hulk seja um cara que muda um jogo sozinho e eu acho que é esse tipo de jogador que o Palmeiras deveria investir se for pra gastar essa bala toda, pq o Hulk não viria por caridade. Esse negócio dele ser palmeirense não vai encher os bolsos dele.
  2. 1 - Todos esses jogadores citados tem contrato, a dispensa antes do final do vínculo gera multa. 2 - Não adianta só fazer conta de salário, tem que ver qual o valor de mercado, quanto vale, quanto seria vendido... A vida real não é igual video game cara, se tudo fosse simples assim...
  3. Rafael, Talisca e Hulk. Vamos vender o Allianz pra pagar eles...
  4. Palmeiras estuda migração para S/A e condiciona a abertura de empresa a benefício fiscal Clube contratou a consultoria EY e destacou seu diretor jurídico, André Sica, para estudar o modelo empresarial. Mudança só deve ocorrer se houver facilidades em relação a impostos Por Martin Fernandez e Rodrigo Capelo — São Paulo 18/10/2019 13h01 Atualizado há 58 minutos Mauricio Galiotte, presidente do Palmeiras — Foto: Marcos Ribolli Enquanto o Congresso brasileiro discute estímulos para que clubes de futebol migrem para o modelo empresarial – atualmente entre propostas diferentes apresentadas pelo deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ) e pelo senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) –, o Palmeiras acompanha atentamente a tramitação dos projetos de lei e prepara a sua migração para a sociedade anônima. O assunto tem sido tratado internamente por André Sica, diretor jurídico palmeirense. No planejamento estratégico montado pela administração do presidente Maurício Galiotte, documento apresentado ao blog, uma das atribuições do advogado é "estudar a SAF" – em referência à Sociedade Anônima do Futebol. A auditoria e consultoria EY também foi contratada, já em 2018, para dar suporte nesse estudo. A migração do Palmeiras da atual associação civil sem fins lucrativos para uma estrutura societária empresarial, como limitada (Ltda) ou sociedade anônima (S/A), está condicionada a eventual benefício fiscal. Caso o clube decida fazer a mudança sem esse incentivo, passaria a pagar impostos dos quais hoje está isento. – Neste momento o plano do Palmeiras é de profissionalização total, levando o clube para o modelo mais próximo do empresarial possível, com gestão e governança. Vale ressaltar que, hoje, contabilmente, o social e o futebol já são separados, com seus centros de custos específicos. Migrar para um tipo societário empresarial definitivamente dependerá de um eventual benefício fiscal que se venha a ter com as novas leis – afirma o clube em nota à reportagem. – O clube também está trabalhando em um novo código de ética, com a previsão de uma comissão de ética independente, que será colocado para aprovação em assembleia oportunamente. Além disso, no planejamento de 2019, colocou-se como prioridade o estudo de novos tipos societários e formas empresariais disponíveis ou que poderão ser implementadas por novas leis, para que, havendo um modelo mais atrativo, o clube esteja pronto para fazer a transição, se assim entender que é a melhor solução – complementa o Palmeiras no comunicado. Leila Pereira O Palmeiras informou que nunca houve conversas com Leila Pereira, dona das patrocinadoras Crefisa e Faculdade das Américas (FAM), no sentido de a empresária se tornar proprietária de parte do clube em eventual sociedade anônima. Procurada pela reportagem, Leila afirmou que está atenta ao que acontece no mercado. Leila Pereira, dona da Crefisa e da FAM — Foto: Felipe Zito – Todos devemos estar muito atentos com a evolução do mundo. O futebol virou um negócio de muito dinheiro e muitas decisões importantes, por isso deve ser tratado com enorme responsabilidade e acredito que deve ser profissionalizado. O amor é fundamental no futebol, porém as decisões devem ser de pessoas que saibam que não podem contratar sem ter o recurso e não podem simplesmente endividar as equipes e sair do clube como se nada tivesse acontecido – diz a empresária em nota enviada ao GloboEsporte.com. Perguntada pelo blog sobre a possibilidade de se tornar proprietária de parte do Palmeiras, Leila respondeu, em nota, mas não disse especificamente se toparia ou negaria entrar nesse tipo de negociação. – Toda pessoa ou empresa séria que esteja disposta a respeitar as tradições de um determinado clube e passando por todas as análises que sejam necessárias, para proteger o futebol de aproveitadores e gente que apenas queira tirar benefícios particulares, pode ajudar muito o futebol a evoluir como negócio, mas quero deixar claro, tem que ser gente com muita responsabilidade e transparente em suas decisões.
  5. Foi o que eu havia comentado, vai dar pra fazer uma "limpa", mas vai ter mto jogador que vai sair por valor inferior ao esperado...
  6. Vai seguir o padrão dessa diretoria, depois do meio do ano eles trocam de treinador.
  7. Texto muito bom, mostra hj boa parte do reflexo da torcida... Só não concordei com o "quer ver o time jogar igual ao videogame" pq eu acho que o Palmeiras pode ter um futebol muito melhor. A incrível história de Kaduzera Show PUBLICADO EM 17/10/2019 por Verdazzo Kaduzera Show é um cara legal. Bem nascido, sua família tem um patrimônio que lhe permite ter a melhor educação, um carro top e um Iphone topzera. Nascido Carlos Eduardo, logo virou Kadu, com K mesmo. Cresceu, e do alto de seus 20 anos acrescentou o essencial sufixo “zera” em seu próprio nome do Whatsapp. Ele é o Kaduzera. – E aíííí, como vai essa kaduzera? Mas o apelido logo ficou pequeno. Um nome que se preza precisa de um sobrenome. Com a auto-estima sempre em alta – pelo menos aparentemente – anexou um singelo “Show” à sua alcunha whatsappiana. Assim surgiu “Kaduzera Show”. Tudo dá certo para Kaduzera Show. Em sua facu top, está sempre cercado pela galera top. E fatura umas minas muito top entre uma viagem ou outra. Sempre para lugares top, claro. Topzera! Ele não joga bola, não leva jeito. Ou talvez nunca tenha tentado. Mas no videogame, detona. Conhece todos os truques e combinações de botões possíveis. – Como você acha que ele faz isso? – Não sei! – O que faz ele ser tão bom??? Na vida real, seu time é uma beleza. Vem ganhando vários campeonatos importantes e está sempre disputando títulos. A política do clube está meio bagunçada e disseram pra ele que é assim mesmo há mais de cem anos. Mas ele não se importa muito com essas coisas. Top mesmo é ir ao estádio. Descobriu essa paixão há alguns anos, depois da reforma. Já tinha ido antes, mas não gostou muito do velho estádio. Agora, tudo mudou. Aprendeu que se ficar atrás do gol, pode ser focalizado pelas câmeras da TV, principalmente na hora dos gols. Muito top! Muitas vezes Kaduzera Show prefere comprar o ingresso mais caro, só pra ficar atrás do banco de reservas do seu time. Exigente, quer o time jogando como em seu videogame. Se não joga, xinga. Xinga muito! Xinga o técnico, os jogadores, até o médico. E mostra para eles, aos berros, como o time deveria estar jogando, lembrando de suas incríveis peripécias com o joystick na mão. Kaduzera Show se sente muito bem nesses momentos, mas ele não entende muito bem por quê. Ontem, seu time teve muitas dificuldades no campo. Jogando contra o lanterna do campeonato, a bola não entrava. O adversário, a exemplo do jogo anterior no mesmo estádio, veio com um esquema ultradefensivo que não usou contra ninguém em todo o campeonato. Mas para ele, isso não interessa: se todos ganham desse timeco, o dele tem obrigação de ganhar. No jogo anterior, não ganhou. Kaduzera Show ficou muito bravo. No grupo de whats, arrepiou. Mostrou toda sua indignação, xingando muito. Mas ontem, foi diferente. Depois de uma pressão insaaaaana, o gol saiu aos 54 minutos do segundo tempo, no último lance. Kaduzera Show foi ao delírio. Afinal, seu time venceu. Logo, ele venceu! Mas a euforia passou rápido. Enquanto dirigia de volta para casa, já digitava em seu Iphone os maiores impropérios contra o time, que sofreu demais para ganhar do lanterninha. Inadmissível, era jogo para ganhar, no mínimo, de 4 a 0! *** Enquanto isso, ainda nos arredores do estádio, alguns grupos ainda comemoravam a vitória épica, bebendo cerveja nos botequinhos do entorno. Já passava de meia-noite e os lances mágicos daquela pressão final ainda eram lembrados pelos beberrões, com direito a vários exageros, gritos exultantes e risos. Nem queriam saber do campeonato, da tabela, de nada. Só importava saborear o momento. A TV começou a passar os lances da partida, todos se aproximaram. Cantaram e vibraram, como se o jogo estivesse acontecendo de novo. O trabalho no dia seguinte ia ter que esperar um pouco, porque a noite ia ser um pouco mais longa. Na sequência, o noticiário cortou para um acidente de trânsito, feio, no cruzamento da Henrique Schaumann com a Rebouças. Um carro cruzou o farol vermelho e acabou debaixo de um ônibus. O motorista estava distraído, no celular. Uma tragédia. Vieram os comerciais e os amigos, no bar, voltaram a beber e rir, lembrando da partida. *esta é uma história de ficção. Qualquer semelhança com nomes ou fatos terá sido mera coincidência.
  8. Cara, não é corpo mole, nem acho que estão fazendo algo pra derrubar treinador... Eu acho que os caras já chegaram no limite do seu futebol e hj já não conseguem mais... Eu acredito que tenha muito psicológico e preparação física nisso tudo.
  9. Também acho difícil, mas que o perfil de contratações pro ano que vem irá mudar, não tenho duvidas...
  10. Uma coisa que eu lembrei agora e pouca gente está lembrando é que ano que vem nós vamos participar da grandiosa Copa Mickey, ou seja: - Se reformular o elenco, não vamos ter tempo pra treinar - Se trocar o técnico, não vamos ter tempo pra mudar filosofia
  11. Falei isso ontem no estádio, se o Palmeiras não tivesse o Dudu, estaria brigando pelo G6.
  12. Não acho que seja o técnico. Não é o técnico que vai deixar o FM veloz. Não é o técnico que vai fazer ciclano chutar mais no gol. Não é o técnico que vai dar um passe em profundidade. Mas eu acho que é o técnico por ex escalando Zé Rafael de titular, tirando um meia e colocando outro qdo a gente podia tirar um volante... Não estou isentando ele, mas acho q é o "menos pior" ali.
  13. Cara, eu não gosto do futebol do time, mas eu AINDA não acho que a culpa é do treinador. Os jogadores do Palmeiras não tem criatividade alguma, ousadia... Ngm tem culhão pra chutar uma bola no gol, quem tenta é sempre o BH ou Scarpa, e olhe lá! Não tem um jogador que faça jogada individual tirando o Dudu, ngm no time dribla, dá passe em profundidade... Eu acho que a culpa é da diretoria que reforçou muito mal o elenco, talvez fosse o elenco necessário para jogar da forma que o Felipão jogava, mas hj em dia é fácil de ver que o time precisa de mais protagonistas e menos carregadores de pianos, que no nosso caso nem isso tem. Bruno Henrique e Felipe Melo por mais que tenham vontade são regulares. FM é forte nas jogadas aéreas e BH no chute, mas só isso... Nenhum deles tem velocidade. Scarpa é uma inhaca, sempre tentando as mesmas jogadas... Os laterais tbm são fracos. Eu acho que mesmo se trouxesse um estrangeiro pra treinar o time, não ia ser o suficiente. Acredito que precisamos mudar a espinha dorsal desse time, dar uma rejuvenescida no elenco e deixar os caras da base jogarem mais. Os mulambos tem os caras da base jogando no time principal, pq a gente não pode ter? Pra jogar esse futebolzinho que vem jogando, não teria problema algum.
  14. E ainda ousam criticar esse cara ou dizer que ele precisa sair do clube. LOUCURA!
  15. O time tem uma jogada: rodar a bola de um lado pro outro até ela chegar no Dudu e seja o que Deus quiser. Eu acredito que haja culpa do técnico sim, mas ninguém vai mudar como esses jogadores são CUZÕES... Nenhum tem peito pra chutar a bola no gol, tentar um passe, um drible... Todos NO MÁXIMO dão um passe de lado ou um cruzamento e SÓ. Parece que os caras não tem CULHÕES.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.