Yesterceptor

Membro
  • Total de itens

    468
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Yesterceptor

  • Rank
    Categoria Profissional

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Localização
    SÃO PAULO

Últimos Visitantes

2.903 visualizações
  1. É tudo lindo, tudo maravilhoso nas finanças, estrutura, time, elenco, arena, etc, mas senão ganhar nada de novo esse ano, será um fiasco. Prioridade é manter uma filosofia e e tática de jogoe todos os jogos e SER CAMPEÃO
  2. Lembrando que o Palmeiras foi vice-campeão da Libertadores em 1961, 1968, 2000.... Vice-campeão da Mercosul em 1999 e 2000 (no fatídico jogo contra o Vasco).... nós vacilamos na década de 90 pq em alguns momentos decisivos poderíamos ter sido os maiores campeões da década até em competições internacionais...
  3. Lembrando que em finais e em mata-mata temos vantagem sobre eles, ou seja, eles (ainda) são fregueses...
  4. Olá, caros palestrinos e palestrinas! Agora a moda é alterar temas nas fotos de perfil do Facebook e querendo eu alterar o meu, vi vários do Palmeiras, mas não encontrei nenhum sobre o tema "Primeiro Campeão Mundial" Torcedores rivais (provavelmente) tiveram a pachorra de criar dois temas com "Palmeiras não tem mundial". Então fiz o favor de criar e o Facebook aprovar, o tema "Palmeiras Primeiro Campeão Mundial". Agora vc, palestrino, fique à vontade de mudar seu perfil no Face com o tema que faltava do Palmeiras... Que com muito orgulho e prazer, eu fiz e para deixar os antis P´s da vida mesmo kkkkkkk Um grande abraço a todos... e bom divertimento rs...
  5. Resumindo e atualizando a notícia do dia 18/10, a verdade é que os 2 últimos pênaltis perdidos (Deyverson e William contra o Atlético-MG no 1º e 2º turno) e o cometido pelo sr. Roger Guedes contra o Bahia, nos tirou 6 pontos, que nos fariam estar na mesma pontuação do curintia: 59 PONTOS. Isso sem contar os dois desperdiçados pelo Bruno Henrique e Egídio que nos tiraram a classificação pras quartas-de-finais da Libertadores. Enfim, hoje é secar a galinhada... "A história de que pênalti é loteria está no folclore do futebol. Já a máxima de que ele é tão importante que deveria ser cobrado pelo presidente faz todo o sentido. Afinal, a responsabilidade para fazer o gol da marca da cal é gigante, e perder uma penalidade máxima pode custar muito caro. No atual Campeonato Brasileiro, por exemplo, foram 91 pênaltis até agora e 59 gols. Ou seja: 65% deles vão para o fundo da rede, mas o número de cobranças desperdiçadas é alto, e alguns times têm bastante a lamentar com isso na classificação. Dos 20 times que disputam a Série A, 11 deixaram de ganhar ponto(s) por erros. Aqui, leva-se em conta os pontos que cada equipe poderia ter a mais caso tivesse convertido os pênaltis a seu favor em jogos que, no final, terminaram empatados ou com derrota por só um gol de diferença. O caso mais complicado é o do Atlético-MG, que deixou de ganhar cinco pontos por causa de erros nas cobranças, o que o levaria a 43, empatado com Botafogo (sexto) e Flamengo (sétimo). Na sequência aparecem a dupla Atle-Tiba e Palmeiras, que poderiam ter quatro pontos a mais se não fossem os pênaltis perdidos. Atlético-PR e Coritiba subiriam respectivamente para 39 e 32, com os coxa-brancas empatados com Chapecoense e Coritiba, em melhor posição na luta contra o rebaixamento. Já o alviverde paulista estaria com 51 pontos, na segunda colocação e sete pontos atrás do líder do Brasileirão, o arquirrival Corinthians. Botafogo, Flamengo e Grêmio deixaram de levar dois pontos cada um com os desperdícios, fazendo com que eles subissem a 45, 45 e 51 pontos, respectivamente." "Penaltis perdidos 2017" ESPN no placar final dos jogos.
  6. ARRANCADA COMEÇA DOMINGO!!! AVANTI, PALESTRA!!!!!!!!!!!
  7. Pelo futebol apresentado, sim... é chegar aos 43 pontos, necessários pra se livrar de vez do perigo de rebaixamento...
  8. Assim como nos últimos campeonatos, principalmente depois do angustiante Brasileirão de 2014, é ATINGIR A PONTUAÇÃO NECESSÁRIA PRA SAIR TOTALMENTE DA ZONA DE REBAIXAMENTO.... Acho que com 43 pontos já evitamos isso, então não está difícil... mas pelo futebol apresentado, é sim preocupante... Atingindo isso, é permanecer no G4 ou até G6 (o 5º e 6º disputam a pré-Libertadores)
  9. Palmeirense virou muito soberbo depois do título do ano passado... (eu fui um deles)... e pra mim essas eliminações desse ano é UM GRANDE APRENDIZADO!
  10. É o que eu digo, não temos que reclamar de nada.... lamentar, claro, não ter sido campeão esse ano.... mas logo no primeiro ano de injeção de grana (vindo do Nobre), já fomos campeão da Copa do Brasil.... na sequencia, ano passado, do Brasileirão depois de 22 anos... RECLAMAR DO QUE??? PÁRA! kkkkk
  11. É isso aí, o pior é ficar década sem títulos...
  12. Amigos, foristas. Só vai ler esse meu depoimento quem viveu a época. E tem um amadurecimento sobre o futebol e o Palmeiras. Identidade e personalidade se cria nas perdas. Acompanhei de perto os anos 90. A última grande tristeza que me recordo foi ter perdido o Paulistão de 1992 pro SP, antes disso a lamentável invasão da torcida à sala de troféus quebrando tudo depois de uma eliminação dolorosa num empate em casa diante da Ferroviária em 1990, onde com a vitória poderíamos ter ido à final. E foi uma época de libertação para nós jovens palmeirenses. Fui gritar campeão só com 15 anos, em 1993. A tiração de sarro da fila de títulos ardia a alma de um jovem torcedor, principalmente pra quem ainda não havia gritado "É Campeão!". Haviam aqueles que tinham visto o último título no longíquo 1976, um paulistão, na época super valorizado, sobre um XV de Piracicaba. E descreviam, como meu próprio pai falava, que a alegria de ser campeão era única. Então quando eu ia num clássico e dividíamos um Morumbi contra o SP ou Corinthians era algo fascinante pra mim. Ali duelávamos em músicas, bandeiras, bandeirões, divisão de presença de torcidas. Era uma guerra sadia, de espaço, territorial, de presença e ostentação. Mas nada era tão cruel e humilhante pra mim (e pra nossa torcida) quando começavam a contagem de 1 a 16 seguido de um "parabéns pra você". Aquilo me enraivecia, entristecia, mas aumentava ainda mais minha torcida e minha paixão pelo Palmeiras. Não sei porque. Hoje vejo que era uma maneira de ajudar o time e também a criar minha identidade de palmeirense pra sempre. Atualmente tira-se sarro (sem motivo pra mim) que o "Palmeiras não tem Mundial" ou "Ganhou por fax". Prontamente respondido e muito bem argumentado por mim à todos que tentam diminuir a nossa história e nossas glórias. Você hoje em dia está bravo, emputecido por termos saído da Libertadores ou da Copa do Brasil???? Não sabe realmente o que é sofrer pelo Palmeiras! Sofrimento igual ou parecido de ter ficado sem gritar campeão durante toda sua infância e parte da mocidade foi ter rebaixado em 2002 e 2012. Mas mesmo assim em 2002 já havíamos sido campeões dois anos antes da Copa dos Campeões e do Rio-SP, alçando a alcunha de CAMPEÃO DO SÉCULO por toda mídia brasileira e CBF. E também em 2012 quando fomos rebaixados novamente, pra mim muito bem amenizado pelo Bi da Copa do Brasil, alçando a alcunha, agora, de MAIOR CAMPEÃO DO BRASIL. Hoje em dia voltamos a ser protagonistas do futebol brasileiro. E tenho certeza absoluta que coisas grandes, muito grandes virão, depois de uma eliminação tão significativa, mas não traumatizante pra mim. Os traumas pra mim já se foram em 1993. A dor já se foi e cicatrizou nos rebaixamentos e no quase rebaixamento em 2014. Pensar que não teremos mais que se preocupar com isso é um grande alívio e uma evolução tremenda. O que nos espera de hoje em diante é lutar como protagonistas por todos os títulos que disputarmos. Perder, faz parte. Mas sempre na parte de cima, lutando para ser campeão. A MAIOR IMAGEM DA HISTÓRIA DO PALMEIRAS FICA COM NOSSO ETERNO MATADOR, EVAIR. NOS TIRANDO DE UMA FILA DE QUASE 17 ANOS SEM TÍTULOS. Pense nisso, palmeirense. Grande abraço á todos.
  13. Foi como eu disse e volto a repetir. Palmeirense em sua maioria é extremamente emocional e inconsequente nas suas palavras. Perder faz parte. Saímos da fila do Brasileirão depois de 22 anos. Com o título do ano passado consolidamos a hegemonia de #maiorcampeaodobrasil e isso, senhores, desperta uma inveja, um ódio muito grande tanto de torcedores rivais, mas imprensa com torcedores rivais à beça.
  14. Pode até aumentar, mas eu acho que se o Cuca permanecer e seus jogadores de confiança ficarem e ele conseguir dar um padrão pra esse time, acho que valeu o aprendizado desse trauma dessa desclassificação... Realmente não há comparação de peso de títulos de nós pra outros, o Palmeiras é um dos top 4 do país, assim como SP, Corinthians e Flamengo hoje em dia... a pressão por títulos pra esses times sempre serão maior do que os outros...
  15. Muito bom, sergião!!! Vc soube por notícia, jornal isso ou viu pessoalmente?