SKull

Debate PTD
  • Total de itens

    32.138
  • Registro em

  • Última visita

Sobre SKull

  • Rank
    Green Side Of The Force
  • Data de Nascimento 24-01-1994

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Localização
    Jundiaí - SP

Últimos Visitantes

31.131 visualizações
  1. Queria propor uma análise antes do derby, pois o resultado pode mudar muito a maneira de pensarmos essa equipe. Vamos lá? 2018 para o Palmeiras. Pontos positivos: Melhor posicionamento defensivo. Laterais protegidas e rendendo mais ofensivamente. Borja jogando de forma correta, conseguindo produzir para a equipe. Saída de bola melhor, principalmente pelo Lucas Lima voltar para conduzir a bola. Pontos negativos: Desarmes inexistentes no meio de campo. Apatia do time em diversos momentos das partidas (por vezes, nos jogos inteiros). Insistência em determinados jogadores, alterações controversas e falta de "alternativas". Vejo uma melhora defensiva passando pela qualidade de nossos jogadores nas laterais: Marcos Rocha é um "Daniel Alves" perto da avenida que estava o ano passado, inclusive o time melhorou quando Mayke chegou no meio do Brasileiro. O mesmo aconteceu no lado esquerdo, Victor Luis é muito superior ao Egídio e o menino que veio do Cruzeiro certamente vai ajudar muito. Questão é a insistência tola no Michel Bastos que não consegue render bem, foi terrível no último jogo e hoje foi necessário "queimar" uma alteração para tirá-lo do campo. Méritos do Roger em mudar o posicionamento defensivo e colocar Antonio Carlos e Thiago Martins em campo, mas eu não tenho tanta confiança nessa dupla de zaga. O derby deve ser um bom teste para os dois garotos. No ataque, outro acerto do Roger. Colocar o Borja para jogar de frente para o gol e fazendo o facão está melhorando o rendimento do colombiano (condicionado ao esforço próprio do jogador) e o time vem fluindo melhor pelas pontas, talvez falte Dudu engrenar e alguém tomar a posição do Willian de ponta direita. Tenho gostado do Guerra por lá, mas ele não parece conseguir jogar os 90 minutos, Keno oscila demais desde que chegou no Palmeiras, faz ótimos jogos e, na sequência, partidas tenebrosas - vale lembrar que o menino Arthur se machucou. Minha maior aposta para o lado direito é a "alternância" entre Scarpa e Lucas Lima, com os dois de titulares do Palmeiras. Aí vem o meu maior medo: nosso meio de campo. É notório que deixamos de controlar os jogos por falta de posse de bola, principalmente quando não temos o Felipe Melo. Melo sabe tocar bem, possuí qualidade no lançamento, mas não tem físico para ser o "motor" do time, fica sobrando essa função para quem jogar ao seu lado e Tchê Tchê vem deixando a desejar. Lucas Lima recua e conduz a bola ao ataque, mas os pontas pouco auxiliam nessa construção de jogada (mais uma vez, interessante a entrada de Scarpa para a ponta direita nessa alternância com L. Lima) e o time fica refém de jogadas em profundidade. Continuando no meio de campo, o time pouco desarma. Apenas o primeiro volante tem essa função na nossa equipe e isso é muito pouco, principalmente por que Melo não tem fôlego para estar em todos os lugares do campo. Se ficar com Melo, o time fica mais "travado" no miolo central e se entrar com T. Santos o time perde muita qualidade de passe. Questão é que quem estiver ao lado desses dois jogadores tem que estar "comendo a bola". Moisés está pesado e não sei se ele voltará a ser sombra do jogador de 2016, Tchê Tchê vem bem abaixo e Bruno Henrique é uma decepção dentro do Palmeiras. De qualquer forma, o time tem o craque decisivo (Dudu), tem o maestro (Lucas Lima), tem o cão de guarda (F. Melo), mas falta um líder, falta um motor dentro de campo... Falta um xerife na defesa que não deixe o adversário ter confiança de forçar jogadas, falta um líder para cobrar maior seriedade da equipe nos momentos de desconcentração durante o jogo, falta o motor do meio central para fazer com que as demais engrenagens consigam fluir... Na minha modesta opinião, o Palmeiras possuí sombras desses dois jogadores no no Departamento Médico: Moisés e Edu Dracena. Se ambos voltarem ao time titular em alto nível, dificilmente o Palmeiras será parado nessa temporada, mas quem tem que entrar nesse time são Moisés e Dracena de 2016 e não a sombra que jogou com seus nomes em 2017.
  2. zdi\asuidhAUdhA Tá de zoeira né Green hahaha ---------- Sério que estão conseguindo criticar o cara? ok, né...
  3. Vamos esperar, mas qualquer valor acima disso o lucro vai todo pro Palmeiras. Essa diferença de 12 pra 15, por exemplo, já renderia mais 12 milhões de reais diretos ao clube.
  4. Santa Fé tem direito a 20% dos 9 milhões de euros, fica com 1,8 milhões de euros. Palmeiras ficará com 7,2 milhões de euros e mais 3 milhões de euros pela liberação antecipada. Totalizando 10,2 milhões de euros ou 39,8 milhões de reais. Paulo Nobre pagou 11,5 milhões pela chegada do Mina, será descontado do valor final e pago ao ex-presidente. Ao todo, a negociação custará 12 milhões de euros ao Barcelona. Após debitar os valores do Santa Fé e do Paulo Nobre, Palmeiras ficará com 28,3 milhões de reais.
  5. Não acho o Antonio Carlos desacredito, gostei de quando ele entrou, até por que é uma opção de elenco e não titular. Fora isso, Luan pode ser um bom zagueiro caso a defesa tenha uma proteção legal. Não tínhamos laterais e nossa defesa foi mal montada. Espero algo ainda do Bruno Henrique, impossível ter desaprendido a jogar bola.
  6. Velho, eu falei uma opinião sobre o Weverton, disse que não gosto do jogador, mas elogiei a postura dele em trabalhar forte nas férias... Chega um maluco que eu nunca vi dizendo que eu sou "daqueles que compara Dudu com Maykon leite"... Meu amigo, que tristeza.
  7. Caramba, não sei se você tem algum problema ou gosta tanto assim de latir... Eu jamais comparei Dudu com Maikon Leite, apenas dei a minha opinião sobre o nível do Weverton, além de considerar o Prass um goleiro muito melhor, mesmo em má fase... Realmente, essa seção do PTD está dando nojo. Você nem me conhece, nem sabe a minha história no fórum, minhas opiniões e meus comentários e vem acusando... É a primeira vez nesse ano que posto nesse tópico... Meu deus, que tristeza.
  8. Cara que tristeza... Eu não teria trazido o Weverton, acho ele um péssimo goleiro, mas muita gente desmerecendo o maluco que está treinando nas férias falando que ele é um goleiro de várzea (por causa do local onde está treinando). É osso... Enfim, já que veio que tenha sucesso e buscar trabalhar forte é o caminho.
  9. E o que foi criticado por ser abastado foi quem reergueu esse clube rs...
  10. Pessoal viaja... Em casa pode ser o time titular, fora tem que ser o time reserva com garotos da base, dar chances e rodagem para elenco, é o único benefício que um campeonato estadual tem... 2 anos seguidos com lesões graves no Moisés, nos anos anteriores lesões graves em outros jogadores importantes, mas pelo visto algumas pessoas não "entendem" a real importância desse campeonato... Espero que a diretoria planeje o estudual de forma correta pela primeira vez.