Heisenberg

Membro
  • Total de itens

    266
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Heisenberg

  • Rank
    Categoria Profissional

Profile Information

  • Gênero
    Masculino
  • Localização
    Gama, Distrito Federal

Últimos Visitantes

1.583 visualizações
  1. Tem que passar o carro em cima dessa corja imunda e calar a boca dessa torcida de merda deles e das entidades nefastas por trás desses malditos
  2. qSe não poupamos no segundo jogo contra o Novorizontino, neste é que não vai acontecer. Vamos com os titulares até o time ganhar padrão ou lesionar alguém importante*, o que acontecer primeiro. *Claro que o clube monitora a fisiologia dos atletas e com certeza aqueles que tiverem um desgaste mais acentuado serão poupados, mas todo mundo sabe que atletas de alto rendimento estão susceptíveis à lesões, especialmente por impacto, considerando que o futebol é um esporte de contato.
  3. Promover a estreia do Hyoran, na temporada, durante a Libertadores e contra o Boca fora de casa é no mínimo imprudente. Mas o cara entrou bem, ajudou a dar combate e dobrar a marcação no nosso lado direito, onde o Marcos Rocha passou a maior parte do jogo correndo atrás do Pavón. Mesmo "errando" foi uma escolha feliz, na minha opinião.
  4. Roger está seguindo o roteiro de quase todos os últimos treinadores do Palmeiras: começa promissor, joga mal alguns jogos mas continua ganhando. Tem uma sequência ruim, normalmente em fases decisivas ou contra times grandes. Se apega a um único esquema tático enquanto mantém no time jogadores que claramente não estão rendendo, até que decide mudar tudo às vésperas de ser demitido, o que, obviamente, não funciona pela falta de treinamento. E por fim acaba na rua.
  5. Eu substituiria, mais por desgaste,Victor Luís, Bruno Henrique, Lucas Lima e Dudu contra o Alianza. Três dos quatro tiveram problemas físicos no último jogo e o Lucas Lima caiu muito no segundo tempo. Entrariam Diogo Barbosa (precisa de ritmo), Keno (não jogou o Dérbi), Moisés e Guerra (bons jogadores que precisam de minutos). Talvez uma entrada do Tchê Tchê no lugar do Marcos Rocha, dependendo do físico também. E tudo isso sem mudar a disposição tática do time.
  6. Precisa ter raiva dessa porra de curintia.
  7. Incrível como nos últimos 5 anos as primeiras camisas mais bonitas foram as mais simples (2013 e 2018). Já os segundos uniformes, com exceção de 2014, foram sempre acertados.
  8. As regras da arbitragem br permitem isso?
  9. Não adianta a gente escolher escalação, Roger deve entrar com: Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins, Michel Bastos, Felipe Melo, Tchê Tchê, Lucas Lima, Willian, Dudu e Borja Embora eu quisesse ver VL na esquerda e Thiago Santos no lugar do 2Tchê, liberando o Felipe Melo pra sair mais um pouco e aproveitar seu passe, além de Keno no Willian. Eu até gostaria de outro zagueiro no lugar do TM, mas o Roger conseguiu não testar outra zaga em 10 jogos, então ele é o único com ritmo além do AC.
  10. Roger praticamente confirmando Michel Bastos faz a minha mão de segurar a corneta tremer.
  11. Não consigo chutar um placar pra sábado, quero goleada e clássico é imprevisível, mas acredito na vitória, pra não dar moral pros lixos esse ano de novo. E tem que entrar com o Keno, a mina de ouro é pelo lado esquerdo deles com o Capixaba (nome que me dá calafrios, ao lembrar do Capixaba que jogou por aqui) e Henrique
  12. Exatamente, algumas pessoas têm memória curta e esquecem de toda raiva que passamos no primeiro semestre de 2017 com o Eduardo Baptista precisamente por este motivo.
  13. Fez um começo de jogo excelente, mas depois de fazer o gol recuou e entregou a bola pro pior time do campeonato, que conseguiu criar muito e poderia até mesmo ter saído com a vitória. É uma postura perigosa que vem se repetindo em todos os jogos depois que o time constrói uma pequena vantagem. Me deixa puto, se quer administrar o resultado, segura a bola, troca passes com calma no ataque e tenta agredir os espaços que forem se abrindo.
  14. Passou por Bahia e Atl. Goianiense entre 2012/13 depois de passar 4 anos no Eintracht Frankfurt e antes de ir pra Suíça