Conde Verde

Debate PTD
  • Total de itens

    9.866
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Conde Verde

  • Rank
    Categoria Master

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Localização
    Brasília - DF

Últimos Visitantes

14.145 visualizações
  1. Falar de arbitragem e Palmeiras é "chover no molhado". Infelizmente, temos que jogar para não dependermos de eventuais "erros" de arbitragem, assim como em 2016. É triste constatar isso, mas é a realidade. Nesse quesito, parabéns à diretoria por manifestar-se contra as falhas frequentes. Não podemos não nos pronunciarmos... e mesmo diante das vitórias (como tem acontecido).
  2. Vitória maiúscula a desse fim de semana, time sóbrio, maduro, dominou a partida, foi cirúrgico, eficiente e de quebra mais um tabu a menos. No mais, precisamos continuar a toada e conseguir ao menos 7 pontos nos próximos 9 pontos em jogo (Grêmio em casa, Ceará em casa e Flamengo fora). Encaro essa como uma sequência, em tese, complicada. Passando bem por ela, não podemos abaixar a guarda, mas sim manter o futebol efetivo. Cada jogo tem que ser pensado como uma final de campeonato, assim como fizemos em 2016. Avante, Palestra!
  3. Felipão precisa chamar muito a atenção para esse tipo de conduta. Não é a primeira vez que o Deyverson perde o controle, ele tem que entender que isso não tem a menor necessidade, não agrega e pode, inclusive, prejudicar a equipe. Ele pode ajudar muito mais jogando bola e se doando em campo. Inclusive ontem senti falta da entrega usual dele, perdeu um gol, mas graças a Deus não fez falta. Segue sendo um jogador importante pro grupo, vale a chamada do comandante Scolari. Deyverson e Felipe Melo são dois atletas que têm futebol, contudo que precisam desse acompanhamento de perto. Já deram mostras na temporada do quão isso é necessário.
  4. Sendo sincero, acho complicado revertermos o placar. Porém, não seria de todo ruim cairmos na competição. Segue sendo muito importante (como sempre foi), sobremaneira pelo aporte financeiro dessa ano, contudo é a menos importante dentre as 3 que disputamos. Enfim, gostaria muito de levar a CdB, que o time jogue com raça desde o primeiro minuto e tente a vitória, mas uma eventual queda não será nenhuma tragédia. Seguimos fortes na Liberta e no Brasileiro... e, se Deus permitir, na CdB também.
  5. até

    Time aceitou o empate como bom resultado. Só tenho a lamentar. Faltou qualidade e faltou vontade de ganhar. Resultado não foi ruim para as circunstâncias da partida, mas para o campeonato não é um bom resultado. Infelizmente, o jogo de hoje me lembrou a equipe do Roger. Em especial, a falta de gana pela vitória.
  6. até

    Se o time tiver um pouco mais de vontade, dá para virar...
  7. até

    Gooool
  8. até

    Jean e Hyoran... Que partida dos dois.
  9. até

    Errando vários botes.
  10. até

    Time está uma preguiça.
  11. Fiz esse mesmo questionamento ontem "Pra que serve o VAR?" Após algumas análises, eu mesmo me respondo. Em suma, o VAR serve para minimizar erros de arbitragem e definir, por meio de imagens, o que de fato houve em situações polêmicas de jogo. Ou seja, ele tem - E MUITA - utilidade. No lance de ontem, o VAR sequer foi acionado, mesmo diante da situação polêmica. Por quê? Porque, por precipitação do apitador, não podia ser acionado. Não bastasse a marcação ser equivocada, o árbitro errou até nisso, dado que descartou a possibilidade de utilizar o recurso ao apitar a falta inexistente. Enfim, não houve falta, contudo, na situação apresentada, ainda que o árbitro tivesse achado falta, mesmo assim o lance deveria ter seguido e aí ter sido acionado o árbitro de vídeo, de forma a respaldá-lo na decisão. Conclusão: fomos prejudicados não só por um, mas por dois erros. Lamentável.
  12. Procurei, procurei... e não achei falta nenhuma no lance. Disputa de bola normal de jogo. O goleiro não vive numa bolha em que é intocável dentro da área. O Fábio sai mal, o Dracena objetiva a bola, faz o salto vertical e o goleiro vai ao encontro do nosso jogador (contato natural). O Dracena não tem nenhuma ação faltosa na jogada. Juiz nos prejudicou demais nesse lance capital da partida.
  13. Weverton; Mayke, A. Carlos, Dracena e Diogo Barbosa; T. Santos, B. Henrique e Moisés; Dudu, Willian e Borja. Observações: - Felipe Melo e Deyverson estão suspensos. Borja e Bruno Henrique "machucados", porém acho que jogam (conhecendo o Felipão, experiente e vencedor como é, talvez seja estratégia para "esconder o jogo para quarta"); - Se o B. Henrique não tiver condições de fato, recuaria o Moisés e colocaria o Lucas Lima na armação; e, - Caso o Borja não tenha condições mesmo, entraria com Willian mais à frente e Dudu e Hyoran pelas pontas.
  14. O Felipão encontrou não somente duas duplas seguras de zaga, mas dois sistemas defensivos sólidos. Referente às zagas, recuperou um jogador que estava quase escorraçado por más atuações (Luan), agregou o Gustavo Gómez muito bem ao plantel e deu maior liga à dupla que vinha atuando com frequência (Antônio Carlos e Dracena). Hoje, não mudaria o que está dando muito certo. Temos duas duplas muito boas atuando da forma que têm atuado e nas competições devidas. Porém, no futuro, acredito que eventualmente o Gustavo Gómez possa fazer dupla com o Antônio Carlos, isso sem prejuízo dos outros beques, os quais vêm jogando bem também. Pra mim, as atuações do paraguaio, desde que chegou, foram praticamente irretocáveis. Muita força física, antecipação e raça, sem perder a qualidade no jogo. Parabéns ao Felipão e aos envolvidos! Avanti, Palestra!