YuriPR

Moderador
  • Content count

    3,024
  • Joined

  • Last visited

About YuriPR

  • Rank
    Profissional

Recent Profile Visitors

3,394 profile views
  1. Não tem jeito, o Carlos Eduardo vai ter que ser emprestado e tentar se destacar noutro lugar. Aqui ele jamais terá tranquilidade pra trabalhar. Que vá para o Bahia enquanto o Artur volta pra cá, em 2020.
  2. Calma, o Fabrício ainda nem pegou a titularidade do sub 20.
  3. Duvido muito, mas seria uma grande venda. Nem se o Vitão chegar à seleção antes dos 23 ele pega esse valor aí.
  4. Prefiro imaginar que pode ser que tenhamos pensado grande, digamos assim. Deixamos de ganhar, 5, 6 milhões a mais agora, pra melhorar nosso relacionamento com os outros times, e talvez tentar liderar uma frente a favor de cotas iguais no futuro. E isso seria muito, muito bom para o Palmeiras e para o futebol brasileiro como um todo. Subindo o nível técnico do torneio em geral, seria muito mais fácil fortalecer o nosso próprio time. Ficaria mais difícil ganhar o Brasileirão, mas bem mais fácil faturar a libertadores, e quem sabe, brigar com os europeus. Com o nível subindo, a chance de atrair mais investimentos é maior. E tem um outro grande fator. Somos, disparado, o time que mais arrecada sem contar as cotas de TV. Igualando as cotas, certos times aí ficariam no cheirinho até na questão financeira.
  5. É verdade, mas vamos com calma. O Fabrício, por exemplo, ainda nem titular do sub 20 é. Provavelmente é o 9 mais talentoso desde o Gabriel, mas ainda tá crescendo. O Alan vai precisar de um trabalho físico impecável pra conseguir jogar no meio dos profissionais, o Vitão também. Agora, Gabriel Menino e Patrick de Paula já estão fazendo hora extra na base.
  6. Patrick de Paula e Fabrício. De novo.
  7. Palmeiras não é parque industrial pra ter Fábregas.
  8. Sempre pareceu um bom menino, que tenha sequência. Vi o compacto do jogo. A defesa que ele faz aos 45 do segundo tempo é sensacional.
  9. Uma das maiores vergonhas que senti como torcedor do Palmeiras. Rebaixamento não é nada perto de ser "representado" por isso. Desde a orelha ensanguentada do Prass no aeroporto não sentia tanta vergonha.
  10. Mas, por exemplo, e em uma situação em que temos uma lacuna clara no elenco, dificuldade de achar jogador com o perfil no mercado e um jovem muito promissor com essas características? Difícil? Bem, vejamos: 1 - Não temos um goleiro jovem com potencial no elenco. Nosso titular está no auge, mas os dois reservas são veteranos com no máximo mais 2 temporadas como profissional. (Anderson vem brilhando no Santa, a torcida o adora. Tem 21 anos de idade e já pode assinar pré-contrato com outros times. E já tem interessados da série A.) 2 - Tivemos grande dificuldade de achar um ponta de velocidade no mercado. Trouxemos dois que não vingaram. Se nada mudar até o final do ano, pode ser que sejamos obrigados a procurar outro jogador no mercado, mesmo tendo gastado muito dinheiro nesse ano. (Ivan Angulo foi um dos maiores destaques dos torneios sub-20 que disputou, Artur vem sendo um dos destaques do campeonato brasileiro desse ano jogando no Bahia) Fora esses dois casos que vejo que o jogador pode tranquilamente ocupar uma vaga e ir ganhando espaço aos poucos, temos alguns jogadores que talvez com pouco tempo de profissional já possam ajudar, pela seu extremo talento, como o Patrick de Paula e Gabriel Menino. E não acabaria com a política de empréstimos, de modo algum.
  11. Deixa o garoto no banco e coloca com 10, 15 minutos faltando, quando o jogo está resolvido ou não é importante. À medida que ele começar a ajudar, dê mais tempo a ele até ele se tornar um jogador titular ou de rotação normal. O problema disso é que hoje existe uma hierarquia no elenco. Tem 30 caras de bom nível, que se sentiriam desprestigiados se isso ocorresse, pq tiraria ainda mais o tempo de jogo dos caras. Acho que teria que diminuir um pouco o numero de jogadores "nivel titular" do elenco.
  12. Tô falando isso desde o começo do ano, o moleque já destruiu no pernambucano. Tem que renovar pra anteontem!
  13. Bruno e Deola fizeram isso antes, né? Mas o Fábio foi o pior.
  14. O time A não tomava gol, fazia. O time B tem que propôr o jogo pq toma gol e precisa correr atrás. O time B perdeu preparo físico, concentração e confiança. Número sozinho não significa porcaria nenhuma.
  15. Fabio, Lucio com uma bigorna na perna, Nathan e Tobio. Esses eram os zagueiros disponíveis e o Goleiro. Valdívia foi pra Arábia ser negociado e voltou, logo contundiu, como sempre. Diogo na ponta, Wesley armando... Contra o Avaí: A tendência é o Palmeiras ser escalado com: Fábio, Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira (Tobio) e Victor Luis; Renato e Wesley; Allione, Felipe Menezes e Leandro (Mouche); Henrique.