Jump to content

YuriPR

Moderador
  • Content Count

    6,555
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    23

YuriPR last won the day on February 23

YuriPR had the most liked content!

About YuriPR

  • Rank
    Craque

Profile Information

  • Gender
    Masculino

Recent Profile Visitors

10,155 profile views
  1. Trazer ele no fim do contrato seria uma jogada de mestre.
  2. Tudo depende do contexto. A base de comparação do Palmeiras não deve ser o Corinthians ou o Santos. Tem que ser o Flamengo, que é o outro grande com dívidas controladas. A nossa arrecadação tem que estar ali, no máximo uns 150 milhões abaixo da deles. Hoje estamos arrecadando 500 milhões a menos por ano. É um abismo, é um Grêmio de distância e mais um pouco.
  3. Não, pq boa parte da premiação vai pra mão dos jogadores. Mas gastamos muito e a arrecadação não aumenta. Deveria ser um motivo de grande preocupação para a diretoria.
  4. O que é um completo absurdo. Tudo bem que nesse ano a meta disparou por conta da venda do Endrick que já tinha sido realizada, mas não dá pra contar com vendas pra fechar o caixa. Porque se as vendas não ocorrerem por qualquer motivo, você fica com as calças na mão. O que dá pra aceitar é condicionar as contratações à quantidade de dinheiro arrecadado nas vendas. Aí eu concordo. E mesmo assim, o correto seria ter um valor já previsto no começo do ano mesmo se não ocorresse nenhuma venda. Poderia ser um valor pequeno. Ou trabalhar com uma defasagem. Por ex, dependendo do que vendeu em 22 tem pra gastar em 23, e assim por diante.
  5. Com a Crefisa está em pouco mais de 20 milhões. Provável que essa merda acabe ainda em 2024. O que eu faria se fosse a Leila era tentar um acordo com a Samsung, baixar esse valor o máximo que der, tentar estreitar laços com a empresa novamente, talvez reverter parte da dívida em ações de marketing. Fizemos, como clube, a cagada, temos que assumir. Olhando para essa quebra de contrato, é uma das coisas mais burras que eu já vi algum dirigente fazer. Destruiu uma boa relação com uma das maiores empresas do mundo a troco de migalhas, e ainda por cima gerou uma dívida 10x maior pra ser paga. Fora a perda de credibilidade. Lembrem-se que pouco depois ficamos 2 anos sem patrocinador algum! Essa atitude do Belluzzo foi responsável por um prejuízo bem superior a 100 milhões de reais, podem ter certeza disso.
  6. Os olheiros da Inglaterra o acompanham desde 2020, 2021...
  7. Perfeito. Fabinho é bem mais jogador que Danilo Barbosa e Thiago Santos, que foram os caras que antecederam ele nessa função no elenco (camisa 5 reserva). É essa a comparação a ser feita. Vanderlan é muito superior a Egídio, Diogo Barbosa, Jorge.... Reclamam do Jhon Jhon, ok, o jogador ainda está se desenvolvendo. E a diretoria sabe disso, acabaram de contratar o Rômulo pra ser mais uma alternativa na posição dele. Trouxeram um ponta-esquerda. Se lesionou, trouxeram outro. De verdade, a janela do clube tem sido boa. Só que tínhamos várias carências no elenco. Dessa janela em específico não vou reclamar não.
  8. A democracia é tão boa que entre o Tirone e o Nobre, escolheram o Tirone. A Samsung pagava 16 milhões por ano ao Palmeiras. A Fiat veio propondo pagar 25. Ele rasgou o contrato com a Samsung, cuspindo na cara da maior empresa coreana, e fechou com a Fiat, que ficou menos de 2 anos como patrocinadora. E não pagou a multa por quebra de contrato. Se isso não for uma cagada monstruosa, não sei mais o que é. Sobre trazer Kleber e Valdivia, foi uma maravilha, que gerou logo em seguida nosso rebaixamento e uma falência. O que aconteceria com o clube se o Paulo Nobre não tivesse assumido? Alguém já pensou nisso? Não existia ainda a lei da SAF pra salvar clube falido.
  9. Especialista em Keynes e Marx, enfim... Gastou o que dava, jogou a bomba pra frente. Mandou embora o Luxa por birra, disse que tinha que "matar os bambis", mandou 2 jogadores embora com o time brigando pelo título, contratou o Muricy a peso de ouro. Trouxe Love, Kleber e Valdivia gastando o que não tinha. A lista de cagadas é grande. Sobre o contrato com a Wtorre, ele era o presidente na época, não tem como eu falar qual o nível de mérito dele pq eu não tenho ideia. Só sei que agora pouco tempo atrás ficou do lado da Wtorre na questão da arbitragem, sabe-se lá o porquê.
  10. E só mais um detalhe. Quando nos tornamos um clube formador, significa que se o trabalho for muito bem feito, vem um europeu e leva embora seu jogador, seu trabalho de anos. Fica um buraco no elenco, e abre espaço pra mais um jovem. Mais um cara que não vai estar pronto, que vai precisar de tempo pra se desenvolver. O ciclo recomeça. Então sempre teremos o mesmo ciclo: jovem cru - jovem se desenvolvendo e fazendo merda em campo - jovem começando a dar algum resultado - jovem jogando muita bola - jovem vendido. Ou a gente aceita, ou vai ficar reclamando ad eternum dos jovens que não estão jogando do jeito que imaginamos que deveriam jogar.
  11. Não imagino que alguém esperasse que Estêvão e/ou Luis Guilheme devessem ser titulares. O processo é o que você colocou na última linha. Vai entrando no decorrer dos jogos, vai se adaptando ao tipo de jogo, à pressão, aos companheiros, dando tempo do treinamento físico dar resultado, refina o gesto técnico, acelera a capacidade de decisão... Lá atrás, a diretoria do Nobre decidiu que o Palmeiras seria um clube formador, e as diretorias seguintes continuaram com a mesma política. Sendo realmente implantado, isso significa que: - Precisamos abrir espaço no elenco para jovens que NÃO CHEGARÃO PRONTOS. - Precisamos ter em mente que levará tempo até que estes jogadores estejam prontos. E que faz parte do processo cometer erros, jogar mal, sentir a pressão. E só entendendo que os erros fazem parte é que conseguiremos que estes jogadores estejam prontos nas próximas temporadas. -Vai dar muito dinheiro. -Vamos ter jogadores com uma capacidade técnica muito acima do que poderíamos conseguir no mercado. Só que o bônus não pode esconder o ônus. Não existe um time formador que não sofra com a inexperiência dos jovens em algum momento. É responsabilidade da diretoria montar um elenco capaz de atenuar esse problema e é responsabilidade do treinador saber a hora certa de utilizar os jovens para que eles estejam prontos o mais rápido possível e seu período de adaptação não prejudique a capacidade do clube de brigar por títulos.
  12. Os caras tem o jogador mapeado desde o sub 13, sub 15, viram inúmeros jogos, viram vários campeonatos com a seleção brasileira. Analisam capacidade técnica, altura, força, velocidade. Quem só viu o LG no time principal acha que ele finaliza mal, o que é um completo absurdo. É um excelente finalizador, e era o cobrador de pênaltis da seleção sub 17, não o Endrick. Fato é que ele ainda está se adaptando fisicamente ao jogo com profissionais, também com a parte tática e a diminuição de espaços. Ele jogava numa situação em que tinha muito mais espaço e ele precisava correr muito menos. Então calma. O garoto é extremamente talentoso. 1 ano atrás tinha gente falando que o Endrick não era lá essas coisas por uma fase de grupos do paulista ruim.
  13. Se for parar pra analisar a diretoria realmente tem esse discurso, porém na prática, vem segurando os principais jogadores, na medida do possível. Não sou contra contratar aposta. É sempre melhor trazer o novo [insira aqui qualquer ex jogador de seleção em decadência] do que o próprio jogador famoso em decadência. Moreno tinha algum nome no Brasil, mas poucos diriam que era um camarão. Rios veio como aposta. Aliás, praticamente todo o time titular veio assim. Jogador pra time grande BR ou é destaque em ligas inferiores sul-americanas, ou destaque em times menores ou flop europeu. Pode ser também jogador em baixa em outro time grande. Apostas. O que se espera, é que o clube faça BOAS apostas. A meu ver, nessa última janela tivemos várias boas apostas. Com certeza alguns vão dar errado, mas é assim que funciona.
  14. Panela = quem eu não gosto. Chato pra caramba.
  15. Nesse esquema os volantes, tirando o Aníbal, tem que apoiar a subida dos laterais. Ou fica um sistema meio híbrido, com o Endrick caindo pela direita de vez em quando, Flaco caindo pela esquerda. O ponto bom é que como a ocupação da ponta sempre muda, o time fica menos previsível. O ponto ruim é que é provável que em vários momentos uma ou ambas as pontas fiquem despovoadas, principalmente quando somos mais pressionados. Acho que dá pra usar tranquilamente, é uma boa alternativa. Gostaria também de testar o Lázaro num trio ofensivo com Endrick e Flaco, pelo menos algumas situações até começar o mata-mata.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.