mpanfilo

Membro
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Sobre mpanfilo

  • Rank
    Categoria Iniciante

Últimos Visitantes

719 visualizações
  1. E o Emerson Santos?
  2. Pode sofrer mais um pouco jovem. Tem o Eric também
  3. Sem tratar como obsessão estaremos tirando um peso enorme de jogadores e comissão. O título virá naturalmente e com mais facilidade ao encararmos dessa forma.
  4. Caio Ribeiro aos 33 do 2° tempo: "O Palmeiras conquista hoje uma vitória maiúscula. Não só pela vitória, mas pelo futebol apresentado, o Palmeiras se credencia como um dos favoritos da Libertadores. Elenco o Palmeiras já tinha, mas hoje o Marcelo fez com esse elenco o que se esperava desde o início do ano: Boas trocas de passe, velocidade e controle do jogo."
  5. Fantástico. Como é bom ver o profissionalismo em cada ação dessa gestão. Me faz crer, cada vez mais, que esse será um ano excepcional.
  6. Creio que estamos mirando no alvo errado. Ao invés de brigar com a RGT, deveríamos mirar os seus patrocinadores. Ambev, Itaú, Johnson & Johnson, Magazine Luiza, Vivo e Volkswagen são as 6 empresas que adquiriram cotas de patrocínio para as transmissões do futebol em 2015. Cada uma delas desembolsou R$ 225 milhões, totalizando uma arrecadação de R$ 1,35 bilhão. Se passarmos a boicotar os produtos dessas empresas como forma de pressão, as próprias empresas irão pressionar a RGT. De verdade, a emissora não está nem aí para o torcedor palmeirense, mas certamente está preocupada com a sua relação com os patrocinadores. Se vocês tivessem uma empresa, gostariam de ver um segmento importante da sociedade fazendo campanha de boicote aos seus produtos? Creio que não. Então, que tal comprarmos uma escova de dentes da Oral B ao invés da Johnson's? Que tal considerar fazer investimentos ou empréstimos em outro banco que não o Itaú? Que tal desconsiderar a Magazine Luiza no momento de realizar uma compra online? Ou ainda, que tal começar a olhar com outros olhos para carros da GM ou da Hyundai, em detrimento dos da Volks? Quando as empresas derem conta que está ocorrendo tal movimento, certamente pressionarão a emissora de alguma forma. Acho uma boa briga para comprar.
  7. Texto sensacional! Fico aqui pensando no belo documentário que o Palmeiras poderia fazer: imaginem o time em uma decisão de campeonato. Enviam-se umas 15 equipes de filmagem para cada canto do país a fim de acompanhar como o palmeirense de cada um desses lugares vive esse dia decisivo. Daria para filmar o cara no interior da Amazônia que acorda cedo pra pegar o barco e navegar 50 km pra assistir o jogo junto a uma turma de 30 pessoas no meio da mata. O cara lá no cantão do Rio Grande do Sul que, de tão fanático, convenceu meia dúzia de uruguaios para juntar-se a ele e torcer pelo 'verdon'. O fanático palmeirense que vive do outro lado do mundo e tem que acordar de madrugada para assistir o jogo, e depois ainda trabalhar o dia todo 'virado'. Enfim, seria um jeito maravilhoso de entender o que é, de verdade, a nossa torcida. O que representa, de verdade, essa paixão que não tem limites, muito menos geográficos. Enfim, um jeito de homenagear os palmeirenses de todo canto!
  8. Com o Valdívia em boa fase, atacante médio vira craque.
  9. Respeito quem pensa o contrário, mas eu vou colocar minha camisa, vou ficar feliz pra caramba e vou comemorar sim. Sem recalques. O fato de comemorar não minimiza a história e a grandeza do Palmeiras. Na vida ou no esporte, vitorioso não é aquele que nunca caiu, mas aquele que sempre soube se reerguer da queda. Em outras palavras, se estamos na bosta, vou comemorar o fato de sair da bosta.
  10. Eu estava lá também (e com a camisa do Verdão). Incrível como tinha palmeirense lá. Sem brincadeira, de cada 30 pessoas, uma estava com o manto. Só perdíamos pro Flamengo. Foi coisa linda.