Eguren

Debate PTD
  • Total de itens

    4.307
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Eguren

  • Rank
    Opinem!
  • Data de Nascimento 10-04-1994

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Localização
    Garanhuns-PE
  • Interesses
    PALMEIRAS

Últimos Visitantes

12.318 visualizações
  1. Caráter é algo subjetivo em algumas situações, apesar que certos sujeitos mostram o mesmo em determinadas situações. Agora, estamos discutindo personalidade ou o planejamento para a próxima temporada, no caso de quem será o treinador? Se for por questão de caráter, já tivemos vários jogadores e treinadores de índole duvidosa( na época ou atualmente), desde do Luxemburgo até o Edmundo, que no final ninguém pouco importava pelo fato deles cumprirem o seu papel em campo: vencer e ganhar títulos. Se ele, o Mano, chegar e for campeão aqui será algo para ser comemorado como qualquer outro treinador. Se ele não infringir as leis, estou pouco me importando se ele curte ajudar os mais necessitados ou não , só quero ver o meu Palmeiras campeão. Além do mais, isso de gente boa está longe de ser solução.
  2. Respondi no tópico debatendo sobre a sua permanência sendo a favor de sua manutenção como treinador do Palmeiras, mas caso quisesse de fato se manter no clube e a sua demissão não me zoa estranho, até por um lado demorou a acontecer mais pelo respeito nosso ao Cuca do que pelo trabalho esse ano. Podem responder o que quiserem, mas o trabalho neste ano do Cuca foi de ruim para péssimo. A questão é por ser complicado falar isso do treinador campeão brasileiro após 23 anos, mas foi o ocorrido. Quem defende o atual trabalho dele é mais pelo passado vitorioso e não pelo presente ruim na equipe, ou por acaso o Palmeiras vem jogando bem ? Não! Até uns falaram que se ele tivesse no super elenco do galo, disputando para não cair desde do começo do ano, estaria disputando o título. Primeiro o Atlético tem muito mais problemas, mas a grama do vizinho é sempre mais agradável, mesmo para um time que há duas estava perto da zona de rebaixamento. Segundo, o nosso time e elenco são bons demais para o nível do brasileiro, não a toa estamos em quinto ainda jogando pouco. Terceiro, se o Cuca tretou aqui com poucas "estrelas", imagina no Atlético. Cuca sempre será ídolo aqui do Palmeiras, mas a passagem dele foi uma passagem ruim e o mesmo não tinha muito interesse de permanecer, então é melhor seguir outros rumos, para o bem do treinador e do verdão.
  3. Atualmente, a permanência do Cuca é mais por conta da falta de opção disponível no mercado do que pelo trabalho realizado até agora, fora as polêmicas. Só digo sim por, novamente, as opções são ruins( se for para demitir, coloca o Alberto) e pegou o time no meio da temporada. Agora, não for ser cego para não dizer o péssimo futebol apresentado pelo clube com o Cuca, além das polêmicas envolvidas desse do Felipe Melo até a susposta falta de motivação de um cara recebendo uma bolada no país que ainda está se recuperando de uma grave crise. Então, Cuca, larga de frescura e decida se quer ou não treinar a sociedade esportiva Palmeiras. Com isso, fuja de polêmicas e foque no futebol.
  4. De fato este não é o ano imaginado lá no começo de Janeiro por nós torcedores do maior campeão nacional do Brasil. A expectativa pelos títulos foi alta, só ver os investimentos, mas acabou que não ocorreu o esperado e certamente ficaremos com uma vaga na libertadores só. Isso se agrava por conta do retorno do treinador Cuca, aquele mesmo que vez o Palmeiras retornar a conquista de um campeonato brasileiro após 22(vinte e dois) anos. Agora, se você tivesse a chance de falar com o Cuca, dar um conselho apenas para o mesmo e ele de fato cumpriria o dito, qual seria? Poderia falar de questões táticas, relacionamento com os atletas, até famigerada calça vinho usada para questão de sorte, mas o meu conselho para o Cuca seria: pergunte para você mesmo ( ou por seu coração para tornar um pouco clichê) e diga se de fato você quer permanecer no Palmeiras até o final de 2018 ou não. Minha resposta pode ser algo banal, mas acredito ser a mais necessária. Desde sua volta, o Cuca aparenta não está confortável ( só lembra da entrevista do seu retorno) e ainda a questão do retorno ter ocorrido não curto espaço de tempo, algo até ‘estranho’ para um treinador que decidiu sair, mesmo campeão, e retornar ao clube. Por mais questionável sejam as suas escolhas táticas e os jogadores escolhidos, acredito do principal ponto é do Cuca de fato não quisesse está no atual momento no clube e só voltou ou por questão de grana ou pelo carinho da torcida. Basta lembrar que o mesmo pegou a equipe toda bagunçado (tinha o Gabriel, mas atualmente ele está superior) e conseguiu dar um padrão rápido e com um elenco inferior. Hoje, com mais atletas, não lembra muito o Palmeiras do ano passado e parece que ainda estamos numa boa posição no brasileiro por conta da qualidade da equipe e do nivelamento por baixo da competição do que por mérito do treinador. Quero acreditar na permanência do Cuca, principalmente por não haver opção melhor no mercado e as questionáveis são arriscadas, tipo o Jair Ventura. Agora, precisa se decidir querer ou não treinar o clube, se não melhor investir no Valentim para o próximo ano mesmo. Qual a sua opinião sobre o tema? Opinem
  5. Se o Borja tivesse jogando como o William nesse ano, choveria elogios. William é de longe a nossa melhor opção de atacante para gol.
  6. Para, só analisei o desempenho dele nos jogos anteriores e o mesmo foi mal, diferente da partida de ontem. O problema é, dependendo do jogador as críticas são aceitas ou não. O Egídio mesmo, muitos dos questionamentos são exagerados, mas é o Egídio. Já se falar mal do Prass é questionar um ídolo do clube e por isso vira proibido. Ter pena, desrespeito no caso, seria eu chegar aqui e falar vários palavrões para o Prass e de fato falar que ele não representa nada ao clube. Agora falar mal do desempenho dele é errado? é uma maldade? para com isso! Infelizmente, certas pessoas se fecham no mundinho para se acharem superiores umas às outras e esquece que estamos vivendo uma depressão no clube, tentando agir racionalmente diante todo esse cenário. Apesar disso, o pessoal prefere tretar ao invés de comentar amigavelmente. obs: pena eu tenho de um trabalhador da roça, que vive o dia inteiro no sol para ganhar esmolas para sustentar a sua família. Agora o Prass, recebendo em dia no clube e com um bom salário ter pena? e sem eu ter xingado ele e só criticado o desempenho? conta outra! obs2: pena digo no post anterior por conta da infelicidade no atual histórico de partida, mas só nisso.
  7. Fico com pena do Prass, pois nem jogando bem o time vence. Está com uma zica terrível esse ano.
  8. Ele é um maldito, mas o próprio Nobre precisou se aliar com ele para ser eleito. Pena do Gru não ter moral como o Nobre para se impor contra o Mumu.
  9. O problema é se o Cuca vai querer permanecer e se tem motivação para isso. Acredito de fato que o Cuca não queria treinar o clube esse ano.
  10. Tem algo estranho acontecendo e não sei explicar. Uns vão falar para o Prass começar a jogar com trevo, outros para o time acordar, mas estou achando cada vez mais que o Cuca não queria estar treinando e veio ou pela grana oferecida, ou para satisfazer a torcida. Não me surpreenderia se ele pedisse demissão, mas desta vez sair de verdade.
  11. Você acompanhou o ano do Palmeiras ou está pensando no lado da idolatria? Pelo que eu vi, o pessoal a favor de uma permanência maior só vejo justificar a sua manutenção no time pelo fato do Prass ser ídolo e subestima seu mau desempenho nesse ano. Ele está indo para os 40 anos e normal acabar se aposentando, eu mesmo renovaria pensando no Prass trabalhando em outra função no clube e não como goleiro. Até São Marcos virou reserva numa época e precisou emcerrar a carreira, por que não o Prass seguir o mesmo desfino.. São ciclos acabando e não será isso para acabar a nossa admiração pelo Ptass, mas não é ofensa dizer não ser recomendável a renovação.
  12. Se o Palmeiras tivesse atrasando os salários tudo bem( apesar que os gambás atrasaram e são líderes), mas recebendo em dia e bem não faz sentido tal desmotivação, até por ele ser ídolo do clube. A verdade é que o Prass está mal, não vêm justificando o porque de renovar e se não fosse ídolo, nem teria esse debate.
  13. A grande verdade é se o Prass não fosse ídolo, nem seria cogitado uma renovação de contrato pelo desempenho no ano aliado ao salário. Por isso se for para renovar, só com um salário bem inferior e caso pretenda assumir alguma função no clube, porque se não, é inviável a renovação.
  14. Falar sobre torcedor é complicado, principalmente por envolver paixão e outros fatores, afinal, ninguém fica feliz com uma eliminação como a de ontem. Acontece, isso incrivelmente muito pouco aqui no fórum (algo positivo) da torcida do Palmeiras, ou uma boa parcela, da torcida exagerar em certos pontos de desde cobrança com atletas até em questão de contratação e isso me faz levar a crer da nossa própria torcida ser sim um dos pontos a serem criticados nesses anos de 2017 e venho aqui criar esse tópico para fazer esse tipo de debate. O lado positivo ainda continua a questão da bilheteria e dos sócios torcedores, mantendo os melhores números nesse setor. Acontece que a pressão por grande parte da mesma exagerou demais do ponto, principalmente da questão de obsessão, criando um ambiente de um clube desesperado pelo título, sendo vitorioso em grandes conquistas recentemente. A grande questão da torcida Palmeirense, normalmente quando começa a voltar a ganhar habitualmente, ficou com um exagero para levantar mais canecos, mas aqui foi muito pior. Olha só mesmo o exemplo com o Egídio, longe de ser sido o pior jogador na partida, mas por conta de ter perdido um pênalti, surgem pessoas até ameaçando o cara, é sério isso? Pois para mim isso não é torcedor, mas sim bandidos transvestidos de torcedores. Não coloco a culpa total na torcida do Palmeiras por 2017, longe disso, mas em vários pontos, tivemos culpa nessa atual situação. Qual a sua opinião sobre o tema? Opinem
  15. Um time como a Sociedade Esportiva Palmeiras sempre irá ter pressão, mas nesse ano em específico subiu do tom e para um time recente campeão brasileiro, não fazia tanto sentido. Também estou chateado, mas sei como nesse ano a torcida também influenciou em algumas decisões erradas, como a pressão para contratar o Borja e a própria questão da obsessão. Torcida é paixão e normal cobrar, mas não pode exceder um limite razoável.