Eguren

Debate PTD
  • Total de itens

    4.299
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Eguren

  • Rank
    Opinem!
  • Data de Nascimento 10-04-1994

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Localização
    Garanhuns-PE
  • Interesses
    PALMEIRAS

Últimos Visitantes

12.058 visualizações
  1. Se o Borja tivesse jogando como o William nesse ano, choveria elogios. William é de longe a nossa melhor opção de atacante para gol.
  2. Para, só analisei o desempenho dele nos jogos anteriores e o mesmo foi mal, diferente da partida de ontem. O problema é, dependendo do jogador as críticas são aceitas ou não. O Egídio mesmo, muitos dos questionamentos são exagerados, mas é o Egídio. Já se falar mal do Prass é questionar um ídolo do clube e por isso vira proibido. Ter pena, desrespeito no caso, seria eu chegar aqui e falar vários palavrões para o Prass e de fato falar que ele não representa nada ao clube. Agora falar mal do desempenho dele é errado? é uma maldade? para com isso! Infelizmente, certas pessoas se fecham no mundinho para se acharem superiores umas às outras e esquece que estamos vivendo uma depressão no clube, tentando agir racionalmente diante todo esse cenário. Apesar disso, o pessoal prefere tretar ao invés de comentar amigavelmente. obs: pena eu tenho de um trabalhador da roça, que vive o dia inteiro no sol para ganhar esmolas para sustentar a sua família. Agora o Prass, recebendo em dia no clube e com um bom salário ter pena? e sem eu ter xingado ele e só criticado o desempenho? conta outra! obs2: pena digo no post anterior por conta da infelicidade no atual histórico de partida, mas só nisso.
  3. Fico com pena do Prass, pois nem jogando bem o time vence. Está com uma zica terrível esse ano.
  4. Ele é um maldito, mas o próprio Nobre precisou se aliar com ele para ser eleito. Pena do Gru não ter moral como o Nobre para se impor contra o Mumu.
  5. O problema é se o Cuca vai querer permanecer e se tem motivação para isso. Acredito de fato que o Cuca não queria treinar o clube esse ano.
  6. Tem algo estranho acontecendo e não sei explicar. Uns vão falar para o Prass começar a jogar com trevo, outros para o time acordar, mas estou achando cada vez mais que o Cuca não queria estar treinando e veio ou pela grana oferecida, ou para satisfazer a torcida. Não me surpreenderia se ele pedisse demissão, mas desta vez sair de verdade.
  7. Você acompanhou o ano do Palmeiras ou está pensando no lado da idolatria? Pelo que eu vi, o pessoal a favor de uma permanência maior só vejo justificar a sua manutenção no time pelo fato do Prass ser ídolo e subestima seu mau desempenho nesse ano. Ele está indo para os 40 anos e normal acabar se aposentando, eu mesmo renovaria pensando no Prass trabalhando em outra função no clube e não como goleiro. Até São Marcos virou reserva numa época e precisou emcerrar a carreira, por que não o Prass seguir o mesmo desfino.. São ciclos acabando e não será isso para acabar a nossa admiração pelo Ptass, mas não é ofensa dizer não ser recomendável a renovação.
  8. Se o Palmeiras tivesse atrasando os salários tudo bem( apesar que os gambás atrasaram e são líderes), mas recebendo em dia e bem não faz sentido tal desmotivação, até por ele ser ídolo do clube. A verdade é que o Prass está mal, não vêm justificando o porque de renovar e se não fosse ídolo, nem teria esse debate.
  9. A grande verdade é se o Prass não fosse ídolo, nem seria cogitado uma renovação de contrato pelo desempenho no ano aliado ao salário. Por isso se for para renovar, só com um salário bem inferior e caso pretenda assumir alguma função no clube, porque se não, é inviável a renovação.
  10. Falar sobre torcedor é complicado, principalmente por envolver paixão e outros fatores, afinal, ninguém fica feliz com uma eliminação como a de ontem. Acontece, isso incrivelmente muito pouco aqui no fórum (algo positivo) da torcida do Palmeiras, ou uma boa parcela, da torcida exagerar em certos pontos de desde cobrança com atletas até em questão de contratação e isso me faz levar a crer da nossa própria torcida ser sim um dos pontos a serem criticados nesses anos de 2017 e venho aqui criar esse tópico para fazer esse tipo de debate. O lado positivo ainda continua a questão da bilheteria e dos sócios torcedores, mantendo os melhores números nesse setor. Acontece que a pressão por grande parte da mesma exagerou demais do ponto, principalmente da questão de obsessão, criando um ambiente de um clube desesperado pelo título, sendo vitorioso em grandes conquistas recentemente. A grande questão da torcida Palmeirense, normalmente quando começa a voltar a ganhar habitualmente, ficou com um exagero para levantar mais canecos, mas aqui foi muito pior. Olha só mesmo o exemplo com o Egídio, longe de ser sido o pior jogador na partida, mas por conta de ter perdido um pênalti, surgem pessoas até ameaçando o cara, é sério isso? Pois para mim isso não é torcedor, mas sim bandidos transvestidos de torcedores. Não coloco a culpa total na torcida do Palmeiras por 2017, longe disso, mas em vários pontos, tivemos culpa nessa atual situação. Qual a sua opinião sobre o tema? Opinem
  11. Um time como a Sociedade Esportiva Palmeiras sempre irá ter pressão, mas nesse ano em específico subiu do tom e para um time recente campeão brasileiro, não fazia tanto sentido. Também estou chateado, mas sei como nesse ano a torcida também influenciou em algumas decisões erradas, como a pressão para contratar o Borja e a própria questão da obsessão. Torcida é paixão e normal cobrar, mas não pode exceder um limite razoável.
  12. Ratificando, acredito que colocamos uma pressão acima do normal nesse ano. Obviamente a expectativa era alta pelo investimento, mas mesmo assim a obsessão foi tão grande que podemos ao invés de concertar os erros, aumenta-los pelo emocional.
  13. Infelizmente, não foi dessa vez que o Palmeiras conseguiu o bi campeonato da libertadores. Agora, não é hora de pânico e nem arrumar culpados, mas sim usar 2017 como base para em 2018 obtivermos o sucesso no campeonato, principalmente na liberta. Por isso, pergunto de quais serem as lições de 2017 para ajudar em 2018? Algumas rápidas: - Diminuir a alta expectativa antes de começar o campeonato. - Evitar caça as bruxas. - Investir sem ser pela empolgação ou nome. - Insistir no técnico até o fim. - Mais atuação da diretoria no comando. E qual a sua opinião? Opinem!
  14. Hoje o Prass foi o menos culpado pela derrota, mas ainda assim mostrou o porque do Jaílson ter virado o titular.
  15. Nos últimos 5 jogos com o Prass: 4 derrotas e uma vitória( em três deles no Allianz). Nos últimos jogos com o Jaílson: 3 vitórias e 2 empates( em quatro deles fora de casa). Ainda bem que já definimos o titular.