croket

Membro
  • Total de itens

    1.112
  • Registro em

  • Última visita

Sobre croket

  • Rank
    Categoria Estrela

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Localização
    São Paulo - SP
  1. Incrível que não se pode ter bom humor no futebol. O cara é dono de uma loja que vende produtos do Palmeiras que fica do lado do Allianz Parque e não pode com bom humor colocar na VITRINE camisas com o nome do Gabriel Jesus ou do Neymar ???? Temos um jogo da Seleção no Estádio e, simplesmente, as pessoas da loja quiseram "brincar" com as notícias que mais ganharam repercussão na última semana: "Neymar assume ser torcedor do Palmeiras na infância", "Neymar veste a camisa do Palmeiras", "Neymar afirma que seria um prazer jogar no Palmeiras". Volto a repetir, tinha uma camisa na vitrine, e não uma pilha de camisas com o nome Neymar Jr. prontas para serem vendidas. Agora, se o cara quiser comprar uma camisa e colocar o nome dele, o do Mustafá, o do PN, o do Mattos, o do Borja, o do Felipe Melo ou o do Neymar, o problema é unicamente do consumidor. Só faltava essa agora, torcedor querendo determinar que nome será ou não colocado na camisa que outra pessoa comprar.
  2. Apesar de achar que eles não vão implementar o jogo único, acho difícil de se chegar a qualquer conclusão sem fazer o teste. Pelo que conheço de torcedores sul-americanos,eles viajam muito para acompanhar eventos internacionais de futebol e outros esportes. Aquele papo de realidade econômica ser um impendimento para lotar estádios é algo questionável, torcedores brasileiros, levando em consideração o tamanho da população, talvez sejam os que menos frequentam tais eventos, então não são o melhor dos parâmetros. Me baseio nas competições de seleções (óbvio que essas possuem muito mais atrativos, como jogadores de alto nível, periodicidade, qualidade dos eventos, experiência e etc), e na própria libertadores, sempre vi bastante torcedores de outros clubes grandes nos jogos de liberta que fui e nos jogos decisivos. Fiquei impressionado com a presença de latinos nas copas da África do Sul e do Brasil e pelo número massivo de Chilenos na Copa das Confederações. Em relação ao Brasil, teve um estudo que vi em algum programa da ESPN nesta semana que falava do perfil de torcedor que estava frequentando o Gambazão, um número significativo de torcedores com renda extremamente alta. Com certeza,no Allianz, a situação não deve ser diferente. De qualquer forma, não sou a favor da mudança. Com tantas coisas que precisam ser melhoradas no futebol do Continente, a questão da final deveria ser a menor das prioridades.
  3. O Deyverson virou o símbolo desse momento do time do Palmeiras, mas, convenhamos, o problema vai muito além dele ou de Borja ou de qualquer outro centroavante. O time está esta draga lascada porque os goleiros não fazem os milagres que faziam ano passado, os laterais estão uma inhaca (além de comprometerem defensivamente, ofensivamente não compensam), os meias não jogam 1/3 do que jogaram e não apresentam a mesma intensidade, a zaga, que defensivamente beirava a perfeição, era uma arma ofensiva importantíssima (não fazemos um gol de cabeça) e, no ataque, não temos mais a maior revelação da História do clube, e Dudu está longe de seus momentos mais inspirados. Soma-se ao imprevisível (dificuldade de prever que o elenco do ano passado ia cair tanto de produção), as contratações, em regra, não acrescentaram nada ao elenco, salvo o Bigode (mais da metade desse fórum era contra sua contratação). Resumindo, as coisas não ocorreram conforme o esperado. Não tem que ter desespero, mudar tudo e etc. O Cuca fala as besteiras dele, mas deve ser mantido (o problema está longe de ser treinador). Agora, é observável que esse elenco tem que ter algumas alterações pontuais, jogadores inegociáveis anteriormente, passam a ser negociáveis, jogadores emprestados que se destacaram devem retornar.
  4. e cadê o meia do Santos entregando a bola próximo a área e o Deyverson recebendo um cruzamento na medida só para empurrar para dentro ?
  5. E a defesa do Prass no primeiro tempo ???? O Pastor na pequena área e ele mostrou reflexo e defendeu. Enquanto isso fingimos que Guerra, Borja, Luan, Juninho, Mayke, Egídio e etc jogam alguma coisa. Deyverson, infelizmente, foi pego para ser o culpado de tudo (devido ao amor platônico pelo Borja); trata-se do Muralha do Palmeiras. Aliás as únicas contratações que, até então, se mostraram razoavelmente decentes foram Bigode e ele. Os dois garantiram uns pontinhos pelo menos, já em relação as outras, o saldo está negativo.
  6. Nota 5 para o Prass e Dudu. O resto um belo ZERO representa muito bem. Destaque para o Guerra que conseguiu fazer uma partida nota - 1 (esse adora entregar em clássico). O Deyverson fez uma partido nível Borja hoje.
  7. Esse papinho de 3 reforços bastam e vamos ficar assistindo tudo de novo.
  8. A na única sequência de vitórias do time no ano ele estava fazendo o que ? Num jogo decisivo desses quer sair jogando perto da área ? Esse cara nunca mais pode pisar em campo com a camisa do Palmeiras.
  9. Bora criticar o Deyverson e bater palmas para a duplinha do Atlético Nacional. Boa parte da temporada vergonhosa passa pelos dois.
  10. PQP esse Guerra é muito burro. O cara sabe que é um merda fisicamente e fica segurando a bola perto da área ??
  11. O melhor é fazer 45 pontos e, se receber proposta, vender ou trocar, nada de cagar sangue para segurar jogadores descompromissados e medianos. O melhor jogador da libertadores não sabe matar uma bola e não mostra o mínimo interesse de tentar melhorar; o melhor jogador da libertadores é bonzinho; o campeão olímpico é bonzinho também; a cacetada de destaque foi destaque pelo que fez ano passado, apresentando muita disposição e dando 200% em campo, coisa que não farão mais com a camisa do palmeiras.
  12. OO, MO, EB, Cuca; ninguém deu certo. O problema é técnico e não o elenco. Tá certo.
  13. Aí ano que vem vamos de Dracena, Jean, Tchê Tchê, Roger Guedes, Bigode, Borja, Deyverson, Egídio, Thiago Santos, Michel Bastos e etc. Acham que vão ser campeões de alguma coisa ? O elenco é fraco. Gabriel Jesus não está mais aí para salvar esse time.
  14. Não sou defensor do Cuca, nem fazia questão que ele voltasse. Mas os maiores culpados dessa VERGONHA são os jogadores e Alexandre Mattos. Confio mais que o Cuca possa vir a fazer um bom trabalho na próxima temporada do que os jogadores desse elenco possam voltar a render algo. Tem que fazer uma limpa completa, e me perdoe, sou extremamente favorável a profissionalização no futebol, mas tem que mandar o Mattos pro espaço. Gastamos 20 milhões em dois zagueiros, sendo que o elenco tem carência nítidas em outras posições. O primeiro reforço para 2018 é um zagueiro que tomou um vareio da ponte preta hoje, pagando 5 milhões de luvas. Não tem como aceitar.
  15. Impressionante como tudo recai sobre o treinador. Como avaliar o trabalho do elenco e do Alexandre Mattos ? Se o Cuca só está fazendo merda, o que dizer do Mattos ?