Titi_Verdão

Membro
  • Total de itens

    2.307
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Titi_Verdão

  • Rank
    Categoria: Eneacampeão

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Localização
    Tangamandápio
  1. Se o Felipe Mello voltar a atuar pelo Palmeiras, será, no mínimo, estranho. Que ano esquisito está sendo esse...
  2. Não questiono a capacidade do Cuca. O que questiono são alguns pontos do seu trabalho, como as longas perseguições individuais, por exemplo. Mas é um grande técnico, sem dúvida. O que eu disse foi que acho ingenuidade alguém querer isentar totalmente o Cuca e colocar tudo na conta dos jogadores. O inverso também é verdade. Cada um tem a sua parcela de culpa.
  3. O difícil é que esses caras nunca falam o que acontece mesmo. Tem laranja podre no elenco, é por isso que o nosso sistema defensivo é risível, é isso? É por isso que os centroavantes pararam de fazer gol desde agosto do ano passado? Sei lá, dispensar pessoas desagregadoras é sempre oportuno. Mas colocar toda a culpa do nosso atual momento somente nisso eu já acho ingenuidade.
  4. Harrisson, porque o Cuca estaria puto com "os chefes"? Eu estou lendo e ouvindo isso já faz uns dias na mídia palestrina, mas ninguém fala o motivo. Na rádio webverdão e no blog do globoesporte os caras estão falando em "guerra particular do Cuca contra a direção"... Afinal, o Cuca tá reclamando de quê? Ele pediu um caneludo de 18 milhões de reais e o Mattos foi lá buscar. Tá querendo mais o quê?
  5. Sempre quis a vinda do Potker. Um jogador muito bom, com qualidades difíceis de achar em um 9. Mas por algum motivo nunca sequer foi cogitado pelo Mattos, mesmo sendo relativamente barato. Quanto ao Sassá, vamos combinar: a maioria era contra sua vinda quando ele tava se recusando a jogar pelo Botafogo, quando falou mal do ex-clube e quando postou foto segurando 2 maços de dinheiro. Agora que ele tá fazendo gols pelas marias é fácil falar. Mas que era um baita risco essa contratação, isso era.
  6. Nem 8 nem 80. A culpa não é só do Cuca. A culpa não é só do Galiotte. A culpa não é só dos jogadores A culpa não é só do Mattos. Todos tem sua parte nessa decepção que está sendo 2017. O que vejo aqui é que nós temos a tendência de culpar somente um lado da história e eximir completamente o outro. Isso é errado. A função do técnico não é apenas escalar. Treinamento é fundamental. Após 1 semana livre pra treinos, o time voltou pior do que antes. O que está acontecendo? Por que nosso sistema defensivo é tão falho? Por que determinados jogadores ficam tão sobrecarregados na marcação? Isso é trabalho do técnico. O jogadores devem ser cobrados pela sua postura. Devem deixar tudo no campo. Estão correndo tudo que podem ou não? Estão treinando e se dedicando ao máximo? Isso deve ser avaliado. O Galliote tem o dever de blindar o grupo de jogadores e comissão técnica. Deve dar respaldo total a quem ele confia. Isso tem acontecido? O departamento de futebol tem paz pra trabalhar? É responsabilidade do presidente garantir isso e deve ser cobrado por tal coisa. O Mattos deve ser cobrado pelo planejamento. Os jogadores contratados tem qualidade suficiente para estar no Palmeiras? O elenco é balanceado para todas as posições? O perfil de jogadores é adequado à filosofia de jogo que se quer implantar no clube? o TÉCNICO é adequado para filosofia de jogo que se quer implantar no clube e ao grupo de jogadores contratados? Essas, dentre outras, são as responsabilidades do Mattos. Que cada um responda pela parcela que lhe cabe nesse fracasso. Mas o clube deveria pensar seriamente no que quer pra 2018, pois o rumo está errado. Não se trata apenas de resultados, mas do desempenho obtido nos jogos desse ano. O protagonismo no futebol virá muito fácil quando a equipe jogar um bom futebol, competitivo e eficiente. Isso está MUITO longe de acontecer. Que tipo de futebol o clube quer jogar? Como atingiremos o nível de protagonismo desejado? Essas respostas tem que ser dadas o mais rápido possível.
  7. Incondicionalmente mesmo, eu apoio somente o Palmeiras. O Cuca tem até o final do ano pra mostrar alguma evolução em seu trabalho. Antes, não tínhamos tempo pra treinar e estávamos envolvidos em 3 competições (fato!). Agora, temos somente 1 única competição a participar, cuja único objetivo plausível é chegar entre os 4 primeiros - o que vier além disso é lucro. Diante desse cenário, com tempo pra treinar e sem a pressão de ser campeão, é dever do Cuca mostrar, ao menos, um time robusto e eficiente até o final do ano. Caso isso não aconteça, acho absolutamente normal que o Palmeiras pense em trocar de treinador.
  8. Vamos ver como o time se comporta com uma semana livre pra treinar. Por falar nisso, quantos dias de folga esse elenco terá? Vai começar a treinar só na quarta??? Tomara que não, pois tá comçando a ficar difícil de defender essa situação. Tenho algumas restrições com os métodos do Cuca. Isso não quer dizer que o Cuca seja ruim, muito pelo contrário. Mas ele precisa começar a dar resultados. Não de pontos ganhos, mas de DESEMPENHO dentro de campo. Porra, os caras não conseguem trocar 2 passes e colocar a bola no chão! Desculpem, isso não é falta de qualidade, isso é treino e, principalmente, orientação. O que nos resta é apoiá-lo. Não dá pra ficar trocando de técnico toda hora, sendo que temos o caméão brasileiro "treinando" o time. Outra coisa, o que deu na cabeça dele pra fazer aquilo com o Borja??? Vai perder o elenco numa dessas. Fora que o colombiano não merecia aquilo. Com o Felipe Melo, que demonstrou ser FDP, ele não fez isso...
  9. Concordo em partes. De que adianta a marcação ser mista, se as perseguições individuais são longas? E, no meu entender, tem jogos que nem mista é. Seja por orientação ou falta de treino, tem jogo que é no estilo "cada um pega o seu" das nossas peladas de domingo. Mas que muita gente da imprensa faz questão de exaltar os defeitos e diminuir os méritos do Cuca é verdade. Verdade mesmo. Ele enxerga o jogo de forma diferenciada, é inquieto e não tem medo de mexer no time. Treina a bola parada e jogadas ensaiadas à exaustão. Gosto muito dele, mesmo. Mas não dá pra deixar de dizer que ele ficou engessado nesse esquema. Também não é exagero destacar que esse tipo de marcação que ele adota não nos levou a lugar algum esse ano. E também desgasta muito os atletas, prejudicando um time que quer brigar em várias frentes. Enfim, não é só questão de se basear nas declarações da imprensa.
  10. É ídolo e está marcado na nossa história. Tem que renovar e aposentar no Palmeiras com todas as honras. Isso não significa que deva ser titular em todos os jogos. Mas o Palmeiras deve valorizar e respeitar os ídolos que forma e o Fernando Prass atingiu esse patamar.
  11. Eu sou muito crítico do Galliote, inclusive tendo diversas dúvidas a respeito do pagamento adiantado das "dívidas" do Palmeiras. Porém, nesse caso em específico, concordo com o Menon acima, não podemos tirar a frase dele de contexto. Na entrevista apresentada achei que ele se portou muito bem. Vocês queriam que ele dissesse o que? "Vou mandar essa porra toda embora!!!" ou "vai se #@#%#, Egídio!!"... Ele disse que o Palmeiras fatalmente vai ganhar a Libertadores e o caminho pra isso é estar disputando a competição todos os anos. E que vamos buscar o maior número de pontos possíveis no Brasileiro. A única derrapada foi essa história de "melhorar um pouquinho" em ralação ao ano passado. Sinceramente, não dava pra esperar nada muito diferente disso. O Galliote tem, em minha opinião, muitos motivos pra ser criticado. tem muitas ações que cheiram a politicagem. Mas essa entrevista dele não teve nada demais...
  12. Gente, eu perdi o final do jogo... qual a situação do Moisés? Vi que ele sentiu o joelho. É grave???
  13. Tudo que eles querem é esse joguinho aí.... Pra cima deles, [email protected]!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
  14. O jogo não pode esfriar. O Cuca tem que arriscar e fazer a última substituição. Guerra no lugar do Keno!
  15. Esse Moisés é o cara! É fora de série. Vcs viram o drible que ele deu no zagueiro? pqp!!!!! Fora a a consciência de jogo que tem. Um único jogador mudou o time do Palmeiras.