Jump to content

Marcelo Daniel

User
  • Content Count

    4,634
  • Joined

  • Last visited

About Marcelo Daniel

  • Rank
    Profissional
  • Birthday 01/01/1987

Profile Information

  • Gender
    Male

Recent Profile Visitors

15,156 profile views
  1. O futebol voltara em algum momento não muito distante, a torcida para as arquibancadas não. Aqui vai um achismo, mas acho bem improvavel termos estadios aberto ainda esse ano, provavelmetne sera uma medida possivel apenas quando tivermos uma vacina para essa peste que nos assola, o que nao deve ocorrem em menos de 12 meses. e ja vemos sinais de que isso realmente pode acontecer ( https://veja.abril.com.br/placar/exclusivo-oms-sugere-paralisacao-do-futebol-europeu-ate-o-final-de-2021/ ) Sem publico os clubes serão brutalmente atingidos em duas fontes de receitas cada vez mais importantes, bilheteria e socio torcedor. Se os clubes não se mexerem isso simplemsnte vai aniquilar o futebol brasileiro, pois as despesas estao todas dimensionadas para um cenario normal, e as receitas estao todas condicionadas a uma pandemia, fluxo de caixa sera comprometido, o endividamento bancario vai explodir e quem esta saudavel financeiramente vai voltar a ficar doente e quem ja esta critico é possivel que va a falencia. A unica saida que vejo para diminuir esse rombo é uma articulação para a mudança da legislação, permitindo que o clube mandante seja o responsável pelos direitos televisivos e assim possam transmistir os jogos em suas redes sociais. Isso estimularia o torcedor a se manter socio, aumenta arrecadação com patrocinios, etc... Essas lives sertanejas mostram o poder do streaming e como esse é o caminho natural do entretenimento num futuro proximo. Parece simples, mas não é, e por tanto os clubes precisam se mobilizar JÁ. Sem união eles não chegaram a lugar nenhum.
  2. https://www.terra.com.br/esportes/lance/palmeiras-tenta-levar-30-mil-pessoas-ao-allianz-pela-1-vez-desde-outubro,69b7d8e5e37320167f3d443bd898d1dar7h4gyi1.html Não é posivel a diretoria não se incomodar com esse cenario. O que era certeza de casa cheia, receita e retorno tecnico, esta virando mais um caso de estadio subaproveitado que num curto tempo pode começar a dar prejuizo ao inves de lucros vultuosos. Pior é não ver a diretoria mexer um dedo para tentar mudar o que esta em curso.
  3. Vou na contramao da maioria. Essa é a hora de testar, de fazer mudança, de inventar e, a partir dai, ir ajustando. De que serve a primeira fase do paulista? Qual o medo de vcs em mudar o time contra um adversario tao fraco quanto esse tigres? A cabeça tem que ser voltada para os momentos decisivos da temporada. Agora é momento de ajustes. Tivemos inumeras falhas ontem, mas foi um conceito totalmente novo, um 4-2-4. Problemas vao surgir e temos tempo para arruma-los.
  4. É aquela coisa, o modelo ideal precisa ser desenvolvido atraves de um estudo mais amplo de mercado. Ideias vao surgir aos montes. Caberia ao Palmeiras ter a sensibilidade de querer sair do lugar comum e fazer algo a mais que possa aumentar a taxa de ocupação e ainda mais nossa arrecadação. Ja estamos bem fora da curva no padrão nacional, mas precisamos sempre estar na vanguarda.
  5. sinceramente ainda não tentei, mas espero que não façam a burrada de mudar isso no jogo da libertadores. Alias seria bom fazer logo esa mudança aproveitando os jogos que restam da fase de grupos do paulista que tem baixa demanda e é um teste melhor do que um treino aberto Dito isso vale duas considerações 1) futebolcard era horrivel e precisavamos mudar de plataforma. Toda mudança gera desconfort no começo mas é uma decisão acertada da diretoria. 2) Estou vendo muita ativação novamente do avanti, com treinos aberto, sorteio de camisa, ir na apresentação de jogador, etc.. que continue assim pois um pograma desse porte não sobrevive baseado somente na compra e venda de ingressos
  6. Cuzzato, obrigado por participar do debate. Penso que isso seria um "falso" problema Explico. No jogos de baixa procura quase a totalidade dos torcedores sao socios avanti ou proprietarios do passaporte da WTorre. Os que nao sao, a maior parte, ainda compra meia entrada. Ou seja, um quantidade infima paga o preço cheio para ver um jogo de pouco interesse. Tudo isso pode ser facilmente comprovado pelo boletim financeiro das partidas. Para se ter uma ideia, no jogo contra o Guarani quando tivemos 19.086 torcedores presentes, apenas 820 torcedores pagaram inteiro somando os setores Gol Sul, Central Leste e Central Oeste onde vende-se o passaporte da WTorre onde funcionaria a sugestão do post. Ou seja, estamos falando em um sistema que pode atrair mais torcedores ao estadio, barateando o custo sem correr o risco de diminuir o ticket medio e assim o repasse da Wtorre. Tudo isso correndo um risco de vender 820 ingressos a menos. Jogos de maior procura a oferta nesse sistema seria menor, pois o dono do passaporte provavelmente vai querer ir no jogo, ou seja, sobrara demanda para os ingressos da bilheteria.
  7. 1) Não acreidto que tenha problema o clube oferecer uma plataforma e ele estipular um preço maximo baseado no valor de bilheteria. A ideia não é virar algo lucrativo para o dono, mas sim estimular o cara que nao for usar a cadeira a mante-la ocupada em todos os jogos. 2) EM relação ao rating não teria problema pois o movimento aqui é com o passaporte da wtorre. N avanti o torcedor precisa ativamente reservar o lugar e se nao o fizer o ingresso vai normalmente para a bilheteria ser vendido pelo clube. No esquema da WTorre a cadeira é do proprietario e o lugar nao pode ser revendido nos termos atuais.
  8. Fui ontem no jogo de gol sul e me chamou a atenção a quantidade de cadeiras vazias daquele passaporte da WTorre. Oras o sujeito tem uma cadeira reservada no próprio nome, podendo repassar para quem ele quiser e mesmo assim o lugar fica vazio? Não faz muito sentido né? Quer dizer, se olhar individualmente até faz. Tenho a cadeira, estou com meu cartão de acesso e não posso ir. Ofereço para amigos proximos, mas pelo horario e apelo do jogo os mesmo não se interessam, e no final a cadeira fica vazia e o "ingresso sobrando". Mas se olharmos o macro vemos uma demanda reprimida pelos altos preços, pessoas que gostariam de conhecer o allianz mas não conseguem nem se comprometer a pagar um fixo mensal atraves do avanti, nem ingresso cheio. Pois pq não criar um facilitador, no modelo ganha-ganha? Tenho passaporte e não vou no jogo. Através de um site oficial coloco meu lugar a venda e eu mesmo estipulo o preço de R$ 0,00 ate o preço do ingresso cheio, não podendo superar o valor de bilheteria. Se o meu lugar for vendido Palmeiras/W|Torre ficam com 30% do valor e o resto o dono embolsa. Assim teriamos preços flutuantes e variaveis em quase todos os setores. Num jogo de baixissima demanda como ontem o torcedor provavelmente compraria o ingresso por preços bem mais módicos d que os R$ 90,00 do gol norte, mesmo ficando em lugares melhores. Assim o dono do passaporte ganha uma recompensa mesmo quando nao vai no jogo, Palmeiras/Wtorre ganhariam 2x pelo mesmo lugar (venda do passaporte + 30% do ingresso), e o torcedor teria uma possibilidade mais barata de ir ao allianz.
  9. Isso é gravissimo. Num pais sério a multa é pesada. Vamos ver o desenrolar.
  10. Nossa eu tenho uma percepção completamente difernte da maioria. Quanto mais jogos passam, mais vejo Rony como imprescidivel. Willian vai muito melhor jogando centralizado, como vimos hoje, do que pela pontas acompanhando lateral. Veron é muito novo, tem potencial, mas 2020 não é o ano dele. Wesley esta mais pronto, mas acho que falta para ser titular, acho que pode agregar demais no elenco, mas não da para confiar em te-lo como titular. Angulo é jogador da colombia que ganha salario do Palmeiras.
  11. Sou um péssimo negociador, dentre os muitos motivos, o principal, é minha inabilidade de saber blefar. Sou transparente demais e isso acaba com meu poder de negociação. Nosso presuntinho parece ter o mesmo problema, a diferença é que ele vive disso, eu não. Atlhetico pediu 6mi, palmeiras cobriu. Da um prazo e fim de papo. Deixa o clube e o jogador se matarem até la. Ficar nesse compasso de espera só favorece a outra parte, nós só temos a perder. Negocia com o Keno em paralelo, pressiona os caras, joga na midia interesse em outros jogadores, tira os caras da zona de conforto. Se o plano A é o tal Rony que se trabalhe para fechar o negocio de todas as formas possiveis. Usa a merda do whatsapp uma vez na vida e faz o negocio acontecer.
  12. Hummm depois de atrasar a colocação da grama por causa de escolinha do PSG, agora vao interromper o processo para evento gospel. Ta certo.... Não lembro do Palmeiras sair do allianz, desde a inauguração, por causa de evento corporativo. Mas de dezembro/19 para ca parece que virou rotina.
  13. Onde esta o trouxa? Se for isso mesmo, o jogador ia pros gambas de qualquer jeito, só inflacionamos e fizemos eles pagarem mais.
  14. Primeira fase do Paulista n"ao serve para merda nenhuma. Ja sabemos que Luan e Vitor Hugo na zaga ao lado do GGomez rendem. Felipe Melo apresentou trocentas falhas como zagueiro até aqui. Agora vale mais a pena desistir da ideia ou dar minutagem para ele pegar ritmo na nova função? Veiga na ponta, fora de posição esta rendendo pouco (ISTO É OBVIO ), agora, vale a pena descartar o cara e colocar o willian ou tentar arrumar um meio de colocar ele junto do LL para o time ter mais posse e construir as jogadas deixando de ser aquele time reativo? Esse trocentos jogos que nao servem para nada sao para isso cazzo. Ramires a mesma coisa, esta 2 anos sem jogar, mas é um belo jogador. Vamos desistir do cara que custa um milhao por mes ou dar rodagem para ele pegar ritmo e voltar a jogar o que sabe.? Antes de ofender os outros alguns foristas deveriam refletir sobre suas proprias opinioes, pq querem um planejamento, um time ofensivo, bla bla bla, mas no fundo só se preocupam com o jogo seguinte.
  15. Quanta bobagem. Tivemos um jogo oficial no ano e o camarada ja fala que nao rende em nenhuma posição, que luxembuga caiu numa arapuca. Vão se tratar.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.