Renan Duarte

Membro
  • Total de itens

    277
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Renan Duarte

  • Rank
    Categoria Profissional
  • Data de Nascimento 12-08-1987

Contact Methods

  • Website URL
    http://tampassagens.net/

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Interesses
    Palmeiras
  1. Tão falando que o Boca pode levar o Mina por emprestimo e com preço fixado para compra. Vai pagar uma boa grana pra pegar emprestado e depois teria a opção de comprar desembolsando mais uma boa grana. Olha, dependendo do valor, eu acho que seria uma boa o Palmeiras atravessar e tentar isso. O Mina já mostrou aqui que sabe jogar bola, e não seria nem de perto uma aposta. É uma posição que estamos carentes. Seria aquele zagueiro pra chegar e vestir a camisa, que estamos precisando. Podemos até ter que pagar caro, mas compraríamos sem ter aquele acordo de vender por preço baixo para o Barcelona. Tenho certeza que quando formos vender ele novamente seria por um preço muito maior do que estaríamos comprando agora do Barcelona. A diretoria não quer fazer loucuras nas contratações, e eu acho isso correto. Mas nesse caso, eu aceitaria uma pequena loucurinha pra trazer esse cara. Claro, isso se os rumores forem verdade e se essa contratação realmente for possível. Há quem ache impossível ele sair da Europa agora.
  2. Desde quando o Galiotte trocou as dívidas? Ele quitou uma dívida, e a outra acabou se tornando dívida por conta de denúncia de terceiros. Ou você acha que foi o Galiotte que fez aquela denúncia que obrigou a modificação no contrato com a Crefisa? Galera as vezes fica cega nas críticas. Igual ao caso do novo zagueiro, que estavam criticando o cara postando video do time ex-time dele em 2016 e o cara só chegou no time em 2017. Não to aqui defendendo Galiotte e nem ninguém. Todos tem erros e acertos. Mas vamos pelo menos falar coisas certas quando criticar e não ficar inventando e forçando motivos.
  3. Abel não! Deixa o Roger então.
  4. Esse Hyoran eu lembro de ter visto uma reportagem da RBS SC, acho que lá por 2009 ou 2010, com as principais promessas de cada um dos principais times do Camp. Catarinense daquele ano. O Hyoran era a principal promessa da Chape. Confesso que na hora eu pensei ser mais um daqueles garotos mais ou menos que surge aqui em SC e que nunca vingam. Nunca imaginei que o guri fosse vingar justamente no Palmeiras.
  5. Quando o JP surgiu eu cravei que ele seria o novo Cafú. Aquele lateral que atravessaria gerações sendo titular da seleção brasileira. Ele é muito bom no ataque, e se ele se desenvolver lá na Europa, e aprender a marcar certinho, ainda dá tempo. Dani Alves daqui a pouco se aposenta.
  6. Nesse caso então, o Criciúma continuaria tendo a porcentagem dele, mas com o jogador jogando na Europa?
  7. Quem deve estar sorrindo com isso tudo é o Criciúma. Que tem a fatia maior do passe dele, e é um time de orçamento baixo. Uma grana boa pode entrar e se bobear daqui a pouco temos Criciúma dando um oi na primeira divisão novamente.
  8. Sobre os comentários dos últimos posts: Acho o Marcos Rocha melhor que o Mayke. Acho o Marcos Rocha parecido com o JP, os dois são bons no ataque e ruins na defesa, mas o JP é melhor que o MR no ataque, e o MR é melhor que o JP na defesa. Sobre aproveitar os jogadores da base, eu lia todo ano aqui que tinha que dar oportunidade pro Thiago Martins, que ele sempre tava voando nos times onde ele era emprestado e tal. Deram oportunidade e agora a torcida não quer ver ele nem pintado de ouro. Esse negócio de jogador da base ser usado no profissional é bem relativo, pois salvo os craques, ele podem parece que darão certo e depois não dão. Podem parecer que não darão certo, e depois dão certo. Quem garante que daqui há uns 5 anos o Thiago Martins não estoure em um outro time? Tipo o Geromel que depois de velho que começou a jogar em nível top. Daí a galera vai cornetar dizendo que ela jogador nosso, da nossa base, e Palmeiras não dá oportunidade pra base. É fácil pra gente na frente do computador avaliar e dizer quem deve e quem não deve jogar. Se a gente errar não tem consequência nenhuma.
  9. Se você pegar um jogo recente nosso (acho que foi contra o Bahia), em um dos gols a bola tava com o FM e a marcação apertou pra cima dele, numa jogada em que 99% dos jogadores atuando no Brasil iriam perder a bola e armar contra ataque pro adversário, ele achou um cara livre de marcação e mandou um passe improvável que na sequência da jogada resultou em gol. Já vi várias vezes ele dar esses passes de achar cara livre que nem a gente assistindo pela câmera de cima sabia que o cara tava livre. O foda é que o cara livre que ele acha é um meio campo que tem que depois passar pro atacante fazer o gol, e a maioria das jogadas morre depois desse passe que o FM dá. Mas o cara tem visão de jogo e precisão no passe diferenciadas sim.
  10. Não, mas o é o tipo de oscilação que a gente passaria mesmo se tivesse o Guardiola de treinador. Daí iria pedir a saída do Guardiola depois de 5 meses de trabalho também?
  11. Aí vem pra cá, vai insistir em escalar fulano, não vai armar a defesa do jeito que o torcedor quer, vai usar o esquema tático que o torcedor não quer, e depois da primeira derrota vai ter um tópico "Fora Abel". Já vi esse filme várias vezes. Eu apóio a continuidade do trabalho do Roger. Deixa o homem trabalhar, ele tá aqui há nem meio ano e já querem padrão de jogo igual o que o Real Madrid tem.
  12. Então pra vc, felicidade é somente ganhar dos gambas? Disputar (e de vez em quando ganhar) títulos não vale tanto quanto ganhar um jogo deles?
  13. Detalhe que também citaram o fato da RGT saber antes do próprio Palmeiras sobre o despacho do TJD. No mínimo estranho isso.
  14. Jogar contra o adversario e o juiz é complicado.
  15. Moro em SC. Meu cunhado de 8 anos de idade ontem ficou o jogo inteiro me mandando audio no whats comentando os lances do jogo. Cada jogada com perigo de gol que o Palmeiras fazia, ele me mandava audio pra contar. Quando ganhamos o brasileiro em 2016 eu levei ele junto pra assistir o jogo do titulo contra a chape num bar lotado de palmeirenses, e depois fomos fazer carreata pela cidade. Essas coisas marcam nas crianças, e a paixão pega de uma maneira que vai durar a vida inteira. Igual aconteceu com a gente.