Gabriel Palestra

Membro
  • Total de itens

    675
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Gabriel Palestra

  • Rank
    Categoria Craque
  • Data de Nascimento 25-08-1992

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gênero
    Male

Últimos Visitantes

1.579 visualizações
  1. 40 milhões de reais por um jogador que nem pisou no time principal. Pra mim, ótima venda. A título de exemplo, o Jorge do cheirinho, também lateral esquerdo, era destaque na base e inclusive no time principal, e saiu por 30 milhões de reais. Chegou na Europa e "flopou", logo deve voltar ao Brasil por empréstimo para algum time. Então considero sim uma ótima venda.
  2. Perder pelo menos um gol ridiculamente fácil por jogo não é culpa de esquema.
  3. Eu concordo com seu ponto de vista, depois que já está contratado não adianta dizer que era melhor ter deixado o Artur. Porém, sobre a parte destacada, o Artur jogou muito pouco ano passado para dizer que não se destacou. Também porquê infelizmente ele teve algumas lesões que o afastaram, mas lembro que quando o Felipão chegou, no primeiro jogo ainda com o Paulo Turra comandando, o Artur fez um jogo muito bom, mas depois não teve mais oportunidades. De fato, com a lesão do Willian, jogar a responsabilidade da nossa ponta direita nas costas do Artur, sem muitos testes, era uma aposta de muito risco e certamente o Alexandre Mattos também seria criticado se tivesse feito isso, a não ser que o Artur voasse logo nos primeiros jogos. Então ele preferiu gastar uma grana em novas contratações, e aí independente do valor, rendeu bem, o diretor é elogiado, não rendeu, vai ser criticado. São coisas da função, temos que sempre ter o discernimento de colocar na balança os erros e acertos quando for julgar o trabalho do Mattos. No meu ver, hoje, ele ainda tem muito mais acertos do que erros, por mais que eu também esteja muito decepcionado com o Carlos Eduardo e o valor que custou.
  4. Infelizmente é difícil discordar. No brasileirão até acho que ficaremos ali na briga com facilidade, mas por dois fatores: elenco muito mais forte que a maioria, e péssima qualidade de jogo dos adversários. É aquele ditado que diz que "em terra de cego quem tem um olho é rei". Ninguém joga nada no futebol brasileiro, então por ter um elenco que sobra, o Palmeiras sai na frente. Mas longe de ser pelo futebol apresentado. Agora, nos mata-matas, difícil ganhar título jogando assim, o time está previsível e sem repertório. Qualquer retranca ou marcação dupla no Dudu e já quebra nosso esquema
  5. Eu já acho que é falta de qualidade mesmo, era reserva no Egito, camisa sem nenhum peso. Já vi jogador sem confiança no Palmeiras, mas errar todos os domínios, escorregar sem marcação, não tomar UMA decisão certa, cruzar todas as bolas na marcação... de verdade, eu até falei que ia esperar um tempo pra falar desse cara, mas tá muito difícil defender. Até queria evitar pra não ficar aquela coisa tóxica, mas tá osso, passando raiva vendo esse cara jogar.
  6. Pontos positivos de hoje: Goulart, mesmo que ainda sem ritmo, já mostra ser diferenciado, pensa muito rápido, várias jogadas toca de primeira e já parte, se posiciona muito bem e com isso está sempre na hora e lugar certo. A cabeçada do segundo gol mostra sua qualidade técnica, cabeceou como todo centroavante devia fazer (e ele nem é centroavante). BH voltando a fazer um bom jogo, importante que recupere a forma de 2018. Por fim destaco o Diogo Barbosa, questiono muito que ele não consegue repetir o futebol do Cruzeiro e o porquê do Vítor Luís não ganhar a titularidade se demonstra mais qualidade, mas hoje gostei do DB, apesar de ter largado a marcação e falhado no segundo gol do Ituano. De negativo, mais uma vez o Carlos Eduardo, não consegue acertar nada. Antônio Carlos, ontem li por aqui que ele é um zagueiro muito seguro (pasmem). Consegue falhar várias vezes contra o ITUANO. Nosso elenco é bem forte, o melhor do Brasil, mas tem uns jogadores que tá ficando difícil de ver jogar.
  7. até

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
  8. até

    O próprio, aos 38 anos.
  9. até

    Chega desse Carlos Eduardo, esse cara não vai acrescentar ao time, não por agora, não domina um passe, toma SEMPRE a decisão errada... hora de dar chance pro Zé Rafael jogar.
  10. Pela primeira vez em anos eu não fico ansioso pela hora do jogo do Palmeiras. Geralmente em dia de jogo a hora não passa, uma hora antes do jogo já estou em frente à TV esperando começar. Nesse estadual de agora não tenho criado a mínima expectativa pelos jogos, nem mesmo o rendimento fraco do time tem me perturbado ou tirado o sono como acontece geralmente. Sem saco nenhum pra esse campeonato, óbvio que em caso de título eu vou comemorar, mas não vejo a hora dele terminar e começarem as competições de verdade do ano.
  11. Não tem nada a ver com isso, a fase dele por aqui já passou, fez um ótimo primeiro semestre em 2016, um segundo semestre ok, e mais nada. Está longe, mas muuuito longe de ser solução pra algum problema por aqui, capaz é de criar mais, inclusive.Nesse elenco atual não há espaços para apostar, aposta por aposta que ficasse com o Artur. Ou você acha o Roger Guedes uma realidade ao nível de Dudu, Goulart, etc...? Porquê se for o caso, aí eu nem continuo a conversa hehehe.
  12. Que memória curta é essa? Roger Guedes saiu daqui execrado, fazia um jogo péssimo atrás do outro, só sabia abaixar a cabeça e sair correndo pela ponta direita até perder a bola. No próprio Galo, antes de engrenar aquela boa fase, chegou perto de ser devolvido, só não veio de volta porquê o próprio Palmeiras não aceitou a devolução. Pra ver a que nível de prestígio esse cara estava. Aí passa uns meses longe e todo mundo esquece. E não venham dizer "ah mas ele é melhor que o Carlos Eduardo" porquê isso não pode ser parâmetro pra contratações.
  13. Thiago Santos e Gómez jogaram MUITO hoje, monstros mesmo. Victor Luís por mais que não tenha feito jogo brilhante, já me agrada mais só pela consciência tática e raça que tem e que tem faltado ao Diogo Barbosa. Dos demais não consigo destacar ninguém, falar mal do Borja é chover no molhado, nem vou me dar ao trabalho de dizer o quanto esse cara tem irritado.
  14. Um dos pilares do time, junto com Dudu e Bruno Henrique. Pouca gente lembra, mas embalamos no brasileirão ano passado com o time "reserva", do qual ele fazia parte por ser recém contratado. Felipão pegou o time em 5º e foi ganhando, ganhando, até pegar a liderança. O Gómez hoje faz parte do time "A", mas na época era recém chegado e era do time "B", que jogava o brasileiro. Chegou como se estivesse no clube há anos, se firmou com naturalidade e ainda fez crescer o rendimento do Luan, seu companheiro de zaga, até então esquecido e quase dispensável. Zagueiraço!
  15. Não sou da cidade mas fica minha torcida por melhoras!