Leo Basile

Membro
  • Total de itens

    2.383
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Leo Basile

  • Rank
    Categoria Estrela
  • Data de Nascimento 02-05-1977

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gênero
    Male
  • Localização
    S. Bernardo do Campo/SP

Últimos Visitantes

2.750 visualizações
  1. Foi bem no geral. É aquela coisa, o passionalismo, que é inerente ao torcedor, combinado com grande dose de imediatismo, que é uma forma insana de pensar, levam muitas vezes a opiniões extremas e sem fundamento. Particularmente eu acredito que o Roger ainda precisa melhorar alguns aspectos, precisa tomar algumas opções com mais cuidado e mudar um pouco a postura. Fora isso, vai sim mostrando evolução. O que irá acontecer em termos de resultados? Impossível prever. A única coisa que tenho para mim é que querer limar um treinador que não seja um EB ou um Kleina da vida com 5 meses de trabalho deveria ser algo fora de cogitação.
  2. Exatamente! Nem vale a pena entrar em detalhes sobre isso. Também conheço a história.
  3. Podem me apedrejar, mas Marcos nunca foi meu ídolo e jamais aprovei muitas de suas declarações, pelo contrário.
  4. Primeiramente, não me referi especificamente a você, nem mesmo a um de seus posts, mas sim a pedidos que vejo por aqui. Segundo, no mesmo ano desse vídeo postado, Luxemburgo foi comentar o próprio time na TV, dispensou Valdívia para ficar com o "Evandro seleça" e perdeu um BR talvez mais fácil até do que o de 2009. Terceiro, realmente não acredito em motivação, leia-se treinador berrando palavrões, quando o atleta joga num time grande, ganha muito bem e em dia e possui toda a estrutura do mundo para poder trabalhar. Acredito, no caso específico do contexto atual do Palmeiras, em comando, hierarquia e cobranças na medida certa que passam por várias instâncias do clube, além do treinador.
  5. Toda vez que eu vejo aqui pedidos por Luxemburgo e Felipão, imediatamente penso: "preciso me afastar pelo menos por alguns dias, não dá para ficar perdendo tempo com tanta insanidade".
  6. Só para saber mesmo, porque tem torcedor que afirma que não podemos criticar o diretor de futebol, pois não sabemos da missa metade que se passa nos bastidores do clube..., mas na hora em que é necessário marcar uma posição de maneira clara, seja para um tipo de medida ou para outra, em prol de proteger a instituição, ninguém sabe, ninguém viu...
  7. Alexandre Mattos já deu alguma declaração em meio ao turbilhão? Não? Blz.
  8. Exato, gaba-se de profissionalismo, mas a administração do futebol mantém uma série de problemas incompatíveis com um clube que quer ser de ponta no séc. XXI. Parecem pensar que basta ter dinheiro, contratar uns jogadores a esmo, só por oportunidade de mercado e/ou dar supostos chapéus em rivais, sem pensar em uma filosofia e como os mesmos podem se encaixar nela, tampouco equilibrar todos os setores. Contrata, põe para jogar e pronto. Não observamos claramente as cobranças devidas nem trabalho psicológico. Diante disso tem torcedor que afirma que não podemos criticar ninguém no alto escalão, principalmente o Mattos, porque não vemos o que se passa no cotidiano de bastidores do clube. Pelo contrário, estamos vendo o que deixa de acontecer não nos bastidores, mas explicitamente fora dele.
  9. Por mais que o Roger tenha defeitos (e não são poucos - esquema engessado, más escalações, erros nas substituições, perfil leniente), ele não treina o time tão mal a ponto de se verificar tamanha apatia em momentos importantes (isso já vem desde 2017). Palmeiras tem problemas relativos à falta de cobrança sobre o elenco/acomodação de inúmeros jogadores, aspecto que passa por várias instâncias do depto. de futebol e do presidente, ausência de trabalho psicológico a fim de reverter o ciclo de fracassos que se abate sobre o grupo desde o Paulista do ano passado, algumas contratações equivocadas e péssimo aproveitamento da base. Creio que a partir do rol de problemas, já seja possível vislumbrar soluções.
  10. Exceto pela parte do VL, que considero um jogador absolutamente comum e ineficiente, concordo com todo o restante.
  11. Se você observar alguns posts que escrevi nas últimas horas vai ver justamente que critiquei muito a bundamolice do time. Mas na minha opinião essa bundamolice vem de muito antes do episódio Romeiro e o remédio para ela seria algo bem mais amplo do que entrar no meio do adversário depois de ficar vendo passivamente o outro time jogar desde que tomou o gol no primeiro tempo. Isso sem falar em outros jogos recentes contra eles, inclusive com FM em campo.
  12. Também acredito que Roger carregue boa dose de culpa, sobretudo em relação a essa falta de variação. É que penso haver fatores graves que prejudicam o time e que vão além da figura do treinador.
  13. "E entrar no meio do fulano" é discurso de forista exaltadinho. Jogar bola e derrotar o adversário na supremacia tática e técnica não nada de politicamente correto. Ademais, qualquer um que se importasse com o clube não teria feito uma partida tão apática desde muito antes da gracinha do paraguaio, ao invés de esperar uma oportunidade no fim da partida de jogar para a torcida e tirar o foco do péssimo futebol.
  14. O Romero só teve a chance de fazer aquilo já no final do jogo exatamente porque o Palmeiras se apresentou da forma que foi. Se tivesse sido um adversário de respeito, nem se estaria falando sobre isso.