Sergio Verde

Debate PTD
  • Content count

    2,745
  • Joined

  • Last visited

About Sergio Verde

  • Rank
    Profissional
  • Birthday 12/09/1959

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    São Paulo - SP

Recent Profile Visitors

9,900 profile views
  1. Mas sem os "estaduais" como ficariam o Tricampeão Carille e os Urubus? Comemorariam o quê????? Estaduais eram importantes quando o mundo era menos globalizado e nada integrado. Com a globalização e o acesso imediato às informações, as ligas nacionais, regionais (continentais) e torneios mundiais, passaram a despertar muito mais interesse e patrocínio, ou seja, estaduais, hoje, são uma pré-temporada de luxo. Regionais deveriam limitar-se aos clubes do interior, dando acesso - por exemplo - à Copa do Brasil do ano seguinte aos 2 ou 3 primeiros colocados, e um "bônus" ao campeão de participação na Sul-Americana, de modo a manter o interesse e a atividade desses clubes. Os demais "grandes", se dedicariam à Copa do Brasil e Libertadores, com tempo suficiente para a disputa, sem "moer" os jogadores. A fórmula atual pune os times competentes... quanto mais torneios disputar, mais as chances de morrer na praia por absoluta falta de tempo/folga entre as partidas.
  2. Sou de São Paulo. Que papelão que eu fiz? É cada uma, viu! Alguns torcedores nossos, quando não têm o que cornetar, garimpam notícias para cornetar até geografia. Depois reclamamos dos comentaristas da Fox, da ESPN, do STV... muitos de nós somos iguais ou piores... Tá louco!
  3. Parabéns pelo trabalho, @Binho_1985! Sensacional! Incrível como o SPFW perdeu a grande vantagem que tinha sobre a gente. Salvo erro, da inauguração do Allianz pra cá, nossa vantagem sobre eles é exorbitante e ajudou a reverter uma das maiores freguesias que tínhamos! Elas estão experimentando hj, todos aqueles revezes que sofremos em anos e anos de administrações desastrosas!
  4. Sem medo de errar: seu tempo de bola era inigualável!!!! Não chegava em nenhuma!!! KKKKKKKKKKKK.... A gente ri hoje, mas na época...pelamor!!! Ainda hj me pergunto: onde íamos buscar tantas perebas por anos e anos!!! Comparado à ele, Darinta era praticamente um Luis Pereira...
  5. Zé Rafael, quando entrou no início do ano, já estava sendo "fritado" pela torcida. Numa das entrevistas do Felipão, disse que colocou-o aos poucos, até que ele se ambientasse com o elenco, com a nova situação e com a maneira do time jogar, além de se preparar fisicamente. Tudo isso resolvido, Zé Rafael está jogando o que estamos vendo. Borja, claramente jogou ontem contra um adversário da série C, para ver se consegue recuperar. Se não fosse no jogo de ontem esse ultimato, não seria num jogo com adversário mais difícil. Borja, ontem, deve ter feito sua despedida, pq ficou claro para a comissão técnica que não tem mais jeito mesmo. A.Cabral e M. Fernandes, estão sendo "amadurecidos" da mesma forma que foi o Zé Rafael. Felipão tem seus defeitos, mas não tem "só" defeitos.
  6. Pois é... achei um desrespeito aos espectadores do Cocagrande falar daquele jeito do Palmeiras. Principalmente levando-se em conta que o time dele foi multi-campeão a partir de 2011, jogando pior: escancaradamente com 11 atrás e por 1 bola para vencer (e quando não dava, juizada ajudava). Tite e Carille são adeptos do futebol arte? Pára!!! Sem falar nos bambis. 2006, 2007 e 2008 ganharam quase tudo com a tática de cavar faltas perto da área para: 1) se fosse pelas laterais, cruzamento do Jorge Wagner e cabeceio dos armários que tinham na defesa e no ataque, ou 2) se fosse de frente para o gol, com o RCeni batendo com perfeição. Ele "endeusou" o Gremio do RGaúcho dizendo que era o mais próximo daquilo que ele gosta no futebol, só que o Palmeiras de 2016, ou aquele que há poucos dias venceu o Santos por 4 a 0, está num patamar igual ou superior. O Felipão vai carregar a fama de "futebol por resultado" até morrer... mesmo que consiga a proeza de manter um time 100% equilibrado entre defesa, meio campo e ataque. O que já vem conseguindo. Aliás, Cheiragrande - enquanto falava - poderia dar uma olhada nos melhores momentos da partida, e ver todos os lances em que o Palmeiras chegou e fez gols com tabelas, bolas trabalhadas, passes precisos, de calcanhar, etc., num jogo "morno". Resultado, Cheiragrande falou 5 minutos e resolvi ir dormir, pq pior que ele, só alguns palmeirenses que pensam igual.
  7. Nem me fale, Pazina! E imagine eu que quando moleque via os times do Palmeiras dos anos 60 e 70 ganhar tudo o que disputava, passar caminhão por cima de Santos, Gambás, Bambis, etc. Enfrentar a fila dos 16 anos... Uma grande fase entre 1993 e 2000... e mais fila... Mas nada - ABSOLUTAMENTE NADA - se compara com essa fase de 2002 a 2014. Sim, já sofremos demais! Entre 2002 e 2014, brigava com Deus e o mundo por dizerem que viraríamos a Portuguesinha da Turiassú, mas no fundo, no fundo, eu acreditava que ia acontecer mesmo (e caminhávamos à passos largos para isso)...
  8. E o Estevam Soares, que à época era um treinador que buscava seu espaço nos times grandes, simplesmente caiu no ostracismo... Foi de uma imbecilidade e falta de sensibilidade inadmissíveis até para um Gilson Kleina... Olha, se jutarmos as "alegrias" que tivemos entre 2002 e 2014, não dá uma semana... que faaaaaaaaaasssssssseeeee!!!
  9. A solução seria emprestar o CE ao Botafogo, que no ano seguinte os mesmos críticos vão pedí-lo de volta ao Palmeiras... Coisa chata, tá loco!!! Como disse o colega acima: o elenco é esse e pronto. Se rendeu esse ano, fica. Se não rendeu, tchau! Se pagou "n" milhões e não valeu a pena, paciência. O que foi não tem volta. Se deu errado, deu, ué. Poderia ter dado certo, como em 80% das outras apostas, mas não deu. Simples assim. Eu parei com essa paranoia de cornetar sistematicamente jogador do elenco no caso do Jaílson: o cara tinha idade avançada e era RESERVA do time do Ceará. Fiquei inconformado (assim como a maioria de nós). Daí fez o que fez em 2016, e garantiu resultados em vários jogos na campanha vitoriosa daquele ano.
  10. Timaço, heim?????? sqn!! Meu Deus!!! Olha do que nos livramos junto com Tirones da vida... Quanto à "enquete"... Rivaldo Fake merecia todas as cornetas do planeta!!
  11. Tive o privilégio de ver Luis Edmundo Pereira; um zagueiro à frente de seu tempo. E dentre tantos outros fora-de-série que vi, o Gustavo Gomes é o que mais impressiona pela regularidade, senso de colocação, "timing" no bote, por cima, por baixo... o cara é muuuuuuuuito acima da média e jovem ainda por cima. Na minha lista de zagueiros que vi jogar, vem logo após o Luisão Pereira...sem demérito algum à maioria dos que foram citados aqui...
  12. Bostafogo entrou com pedido de anulação para chamar a atenção da midia, e para um eventual favorecimento das arbitragens daqui pra frente. Sabem que não vai dar em nada. Uma tática muito usada por muitos clubes, principalmente aqueles que estão numa draga técnica e econômica, e já são considerados irrelevantes por todos.
  13. Junto com o Falcão Garcia...
  14. Faço apenas um apelo aos moderadores: tranquem esse tópico na página 200 por favor!!!! KKKKKKKKKKKKKK
  15. Concordo. E se não testarmos de vez alguns jogadores para ver se "reagem" ou se não conseguem render mais diante de um time da série C, colocamos quando? Num clássico? O jogo de ontem (e a escalação) foi exatamente o que eu esperava. Assim como o Felipão e comissão técnica devem ter tirado conclusões definitivas muito parecidas às nossas (por exemplo, CE e FP vai ser difícil, e o LL precisa substituir a água oxigenada por 25 litros de enrgéticos antes das partidas).