Luiz Gonzaga

Debate PTD
  • Total de itens

    2.765
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Luiz Gonzaga

  • Rank
    Campeão 2014

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Últimos Visitantes

5.263 visualizações
  1. Não se deve cornetar os jovens. Eu tava quieto. Só torcendo... Mas, quando o Leo Passos isolou aquele gol-feito nos 43 minutos do segundo tempo, após uma tremenda jogada, eu explodi "Filhodaputa! Nunca mais pode jogar no Palmeiras!!" rs Luiz Gonzaga.
  2. A reportagem é grande e está na capa do portal da RGT. Agora é assim. Todo dia. Jucilei, do São Paulo, sobre poder financeiro do Palmeiras: "Lá (no campo) não entra dinheiro" Veja o que mais o volante falou do rival e também do Tricolor no Paulistão Por Marcelo Hazan, São Paulo 19/01/2018 15h13 Atualizado há 2 horas Jucilei confia na base que o São Paulo manteve do ano passado e nas contratações que foram feitas para esta temporada. Mas o volante do Tricolor é claro quando o assunto é o rival Palmeiras: não dá para competir com o poder financeiro do clube alviverde. De qualquer forma, o jogador afirma que o dinheiro do adversário não vai entrar em campo Veja o que ele disse: "
  3. Não devemos engolir um texto tão bélico quanto esse. Ele está colocando as pessoas contra o clube deliberadamente, com o pretexto de uma análise psicológica e social. Ele está induzindo as pessoas. E a atribuição é só aporte financeiro. Expliquem, então, por que o time da RGT não consegue vender o naming rights do estádio? Quando a mafia russa apoiava o time da casa e montou um esquadrão (2005) a RGT estava clamando por justiça social? Ou, ao menos, justiça policial, afinal todos poderiam estar na cadeia? Eram todos Robin Hood? Ou Sherlock Holmes? É por essa e muitas outras que não vejo a hora da Justiça dos Estados Unidos acelerar o processo do caso Fifa. Junto com Marin, J Hawila, Del Nero, Ricardo Teixeira, têm mais gente que deve receber o destino dos bandidos corruptos - a cadeia. Aí, sim, o Brasil inteiro vai torcer por uma corrente, A corrente nos tornozelos de alguns donos de TVs. Luiz Gonzaga.
  4. Inacreditável é o Palmeiras e sua torcida não reagirem à coluna do RGT. 1) Sem muita sutileza o colunista impõe uma luta de classes contra o Palmeiras. Arregimenta e unifica todas as torcidas contra nós. Determina que temos uma "sina", a de ser secado. E muito mais. 2) Fingindo uma análise humorada, ele descaradamente "dá uma ideia" para todos os torcedores do Brasil - contra nós. 3) Ele lembra 2012, somente, e no único título que obtivemos. Não diz das milhares de derrotas que a falta de dinheiro trouxe. Da dívida que o clube fez (e muitos outros fazem) ao adiantar receita da própria RGT - que é dar a corda para se enforcar. E a RGT sempre fez isso. Exatamente isso. 4) Ele omite a nossa dor, a nossa luta, o nosso sacrifício de anos. Não temos o mérito de atrair um investidor rico porque pagamos nossas dívidas com o sacrifício de atuar com muitos elencos ruins (que permitiram triunfos de times protegidíssimos da RGT). Só o "mecenas" ou o investidor rico fez tudo. 5) A coluna da RGT não relata sequer a mudança de patamar econômico e esportivo na construção do novo estádio. Foi feito com sacrifício esportivo e econômico. Ou não?! 6) E a contrapartida que recebemos ao fazer um novo estádio com nossas forças, com nosso capital, que empenhamos por décadas...em nosso antigo estádio, nossa propriedade. Não vamos lembrar a ajuda que um governo corrupto e uma empresa fraudulenta deram ao fornecer um estádio novo ao rival. E o quanto essa organização jornalística se aproveitou disso. 7) Por que os torcedores brasileiros são chamados de "antis" pelos torcedores daqueles dois times (sempre eles)? Não é porque os torcedores tem inveja do poderio financeiro dos dois clubes. É porque tem uma maldita organização jornalística bancando ambos. Em tudo e por tudo. 8) Não. Não dá para aceitar isso calado. O palmeirense que não reagir a essa peça de arregimentação, panfletária, perde o direito de reclamar depois. É ilusão acreditar, como disseram muitos, que bastava montar bons times, ser bem administrado, ganhar partidas e títulos, que seríamos respeitados pela imprensa. Por essa corrupta e maldita imprensa. Nunca seremos tratados de acordo com nossos méritos. Essa, sim, é a nossa sina. Luiz Gonzaga
  5. Torcida única porque só nós vamos torcer. Eles vão lamentar. Luiz Gonzaga.
  6. Fala Fabricio MG! Tudo bom?! O que tem o Herick? Ele confundiu também?! Abs, Luiz Gonzaga.
  7. Oi T-R3X! 1) Eu não sou o Belluzzo. :) Esse mal entendido já rendeu momentos inacreditáveis no PTD e fora dele... 2) Agora, eu mesmo, forista do PTD, torço pela união do Galliote e do Nobre. O clube não pode se dar ao luxo de ver dois bons homens em oposição. Luiz Gonzaga.
  8. Sempre que posso eu leio. É por onde me informo do clube - e com precisão. Abs.
  9. Ele foi uma invenção do Leão. Não tinha intimidade alguma com a bola. Por isso, era chamado pela torcida de "Douglas, Porteiro de Boate". Luiz Gonzaga.
  10. Já curti umas postagens nesse tópico. Mas, é justo registrar o apoio ao trabalho dele. Luiz Gonzaga.
  11. Nos tornamos corneteiros de patrocinadores ricos. Ela faz política. Todo mundo faz política. Inclusive, cada torcedor e internauta. Ela muda de opinião. Nós mudamos de opinião aqui no fórum. E rapidamente. Querem saber? Até Grêmio e Corinthians gostariam de ter nossas: infraestrutura física, condições econômicas e elenco. E estamos melhorando! Vamos adotar, cada um de nós, a serenidade e o equilíbrio para trilhar firme o caminho do sucesso. 2018 há de ser melhor para cada um de nós. Luiz Gonzaga.
  12. Filme sobre o Palmeiras é eleito melhor Longa-Metragem de SP 7 DEZ2017 O Palmeiras foi laureado pela CINEfoot - Festival Internacional de Cinema de Futebol - na última terça-feira por ter produzido o melhor documentário na categoria Longa-Metragem dentre filmes que abordam o tema "Futebol" em 2017. Com o nome de "SEGUNDO TEMPO", a obra cinematográfica faz parte de uma trilogia que conta a história do estádio palmeirense (é a última da série) e a previsão é de que o DVD esteja disponível nas principais lojas em 2018. Em 90 minutos, a película narra a trajetória do Estádio Palestra Italia, com foco na transformação de seu clássico formato "Jardim Suspenso" para uma moderna arena. A história é contada através de imagens inéditas de poderosas de máquinas, aço e concreto, usadas no período da demolição da casa palmeirense a partir de 2010, misturadas com lembranças afetivas de ex-jogadores, funcionários e torcedores, que viram nascer o Allianz Parque, em 2014. Ídolos como Ademir da Guia, César Maluco, Evair e Marcos, além do saudoso Oberdan Cattani, são alguns dos principais artífices da história, e relatam com grande emoção o sentimento de verem o velho Palestra em ruínas, além do orgulho e afeto de quando voltam e encontram o estádio em sua atual forma física. O primeiro Longa-Metragem da série, denominado "PRIMEIRO TEMPO", foi lançado em 2011 e conta a história do estádio alviverde desde o início do Século XX até a última partida em jogos válidos por competições oficiais antes da grande reforma, em 2010, pelo Brasileirão - uma vitória por 4 a 2 sobre o Grêmio. O mais novo documentário do Verdão foi editado pela Oka Comunicações, empresa especializada em produção, co-produção, captação, edição e finalização de conteúdos audiovisuais para todas as mídias digitais, licenciada pelo Verdão desde 2011. "Foi a realização de uma ideia e de uma necessidade que a gente tinha de documentar a transformação. Não é a primeira transformação do estádio e nem vai ser a última. Por isso, perder este registro seria uma pena, então pensamos em materializar essa ideia em um documentário", disse Rogério Zagallo, responsável por dirigir e roteirizar a obra, sobre ter concebido o projeto. "O advento do Allianz Parque foi um momento importante no futebol da atualidade, um verdadeiro marco. Foi uma etapa fundamental e que tinha que ser feita pelo clube, mas é claro que a saudade do antigo Palestra será eterna", concluiu.
  13. ...que é quem a gente solicita quando as coisas não estão bem. Os profissionais de mídias sociais do Palmeiras souberam explicar bem o Roger Machado. Bom trabalho. Particularmente, acredito que pode dar certo. Pode haver sinergia de trabalho com a base do clube. Luiz Gonzaga.
  14. Obrigado, Silvio Osório! É um gol raro de acontecer. E que explicita a superioridade de um time sobre o adversário. Como é possível mostrar um gol de 24 passes consecutivos em apenas 14 segundos? Até o longo, e plástico, lançamento final foi escondido no UOL. Isso não é jornalismo esportivo, não atende ao jornalismo factual, sequer retrata a informação de maneira fidedigna. Luiz Gonzaga.