Caiser Soze

Membro
  • Total de itens

    519
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Caiser Soze

  • Rank
    Categoria Craque

Últimos Visitantes

1.346 visualizações
  1. Eu tinha esperança no Juninho, mas parece que não vai virar nada.
  2. Perfeito. Valentim "comigo ninguém tem paciência". Engraçado que o que eu mais ouvi nesses dois anos era que o Cuca era teimoso e só tinha um sistema de jogo. E que tal o Valentim que ouve do técnico do curintia, do técnico do Vitória, do técnico do Sport, do técnico do Avaí que vão explorar a linha alta e continua jogando assim? Ele é teimoso, burro ou os dois?
  3. Esse time sub17 é uma alegria de ver, saem da defesa tocando e tocando bem, só achei a parte de finalização meio fraca, senti falta de jogadas mais agudas, parecia que os atacantes estavam sem confiança ou se poupando, mas deram um vareio de posse de bola e toques bonitos, e na defesa muita segurança, gostei também do lateral esquerdo, muito seguro e apóia bem. A verdade é que o time do Palmeiras é muito superior tecnicamente, e isso é mérito dos "captadores" , eles tem encontrado moleques muito bons pelo Brasil afora, a tendencia daqui pra frente é o Palmeiras montar grandes times todo ano em todas as categorias.
  4. Discordo. Foi ruim porque o time não tinha dinheiro nenhum, muito diferente de agora, as receitas do clube terminaram em abril, nunca vi isso em organização nenhuma, sem é claro, a falencia e encerramento de atividades.
  5. Olha, estou pensando exatamente o mesmo, porque sinceramente, não lembro de nenhum time do Renato Gaucho que tenha jogado desse jeito, e como os colegas disseram, ele já é treinador faz tempo.
  6. É nosso, então tem todo o meu apoio. O Gremio com ele jogava bem e bonito, espero que ele tenha estudado e corrigido o problema das bolas altas, pelo chão a defesa do Gremio era boa, o meio e ataque idem. Uma alternativa muito melhor do que Valentim, porque já trabalhou em dois grandes, foi bem e foi mal, se lascou um pouco e ganhou experiência, toda sorte do mundo a ele.
  7. Kkkkk, pois é, logo quem? O Keno, que tava cagando e andando pro Valentim em Itaquera.
  8. Contra o Avaí foi falta de vontade sim, o primeiro tempo foi horroroso, parecia que todo mundo tinha comido uma feijuca com copo americano de caipirinha, no segundo tempo aquela tragédia anunciada da linha alta. Se gostavam tanto do chefe, porque não ralaram no primeiro tempo e meteram uns 3 x 0 pelo menos, o Avaí é medonho, dava pra golear fácil, mas eles não estavam muito afim, então o chefe sifú e eles ficaram tristinhos, time de frouxos, vai ver choraram também.
  9. Ah, coitadinhos, na hora de correr pra livrar o fiofó do chefe ficaram enrolando, agora vão chorar na cama, frouxos.
  10. O problema é esse, as opções são horríveis.
  11. Ei, amigos, esse negócio de Roth, Levir e Dorival é só zueira, né? Pelo amor, hein?
  12. Minha esperança estava no Valentim, eu também não queria a volta dos dinossauros. Quando o Valentim fez sua estreia como técnico em 2014 ele foi bem, o time era um lixo mas jogou bem varios jogos, ele não inventou nada e fez o que era possível com o que tinha. Não entendo porque não fez o mesmo agora, era tão simples e o cargo seria dele tranquilamente. Não consigo entender porque diabos ele tentou dar um passo maior que as pernas, deixasse pra fazer experiência no paulistinha, po! Agora já era.
  13. Seu texto é muito mais realista do que o do início do tópico. Também não acredito em identidade dos gambás, eles fazem tudo do mesmo jeito que todos os outros, apenas atrás de resultados. E outra coisa que notei no texto do Conrado, ele diz que Valentim tem em sua defesa o fato de não ter tido tempo pra implantar sua linha burra. Poha! Se não tem tempo porque vai inventar? Espera pelo menos a pré temporada ou coisa que o valha, arriscando desse jeito o único resultado só podia ser esse, seu nome sendo riscado.
  14. Por mais que o Prass tenha falhado, não podemos colocar a culpa das derrotas sobre ele, goleiro não pode ficar tendo que encarar atacante sozinho, mesmo que sejam só duas vezes por jogo, simplesmente não pode acontecer. Uma defesa minimamente decente não permite uma coisa dessas, e a do Palmeiras consegue facilitar até mais do que isso por jogo.
  15. É um filme conhecido. Está em cartaz desde o jogo com o Grêmio em PA, mas o Valentim disse que está sem tempo pra assistir.