Exagerado

User
  • Content count

    541
  • Joined

  • Last visited

About Exagerado

  • Rank
    Sub-14

Recent Profile Visitors

831 profile views
  1. Excelente. Dois pedidos por jogo. Se não pedir legítima o erro do árbitro. Não pode reclamar depois do jogo. Se pedir de bobeira e queimar as chances, a própria torcida ira massacrar o chorão. Se pedir um e não for, o time só vai na certeza para o último pedido. Tempo máximo de análise: 2 min. Se ultrapassar o juiz de vídeo fica fora de uma rodada. Se errar fica fora de três rodas. Se errar três vezes consecutivas ou 5 alternadas geladeira por 18 rodadas. Ou seja, punição pré definida para o árbitro também.
  2. Eu prefiro uma partida tranquila. 2 X 0 construído com naturalidade. O primeiro gol logo no começo, antes dos 5 min, se possível. O segundo quando o Bahia esboçar reação. Depois jogo sem sustos, podendo fazer testes táticos que serão importantes para o restante da temporada.
  3. Discussão sobre a base: teoria X prática / achismo X ponderação Evidente que, se todas as premissas dos defensores da base estivessem certas, seria a melhor opção subir e apostar nos jogadores. Eu mesmo estou louco para ver uma joia da base, identificada com o clube, estourando, vencendo campeonatos, sendo consagrado na seleção e quem sabe rendendo muito dinheiro ao Palmeiras. A ideia, em tese (teoria), é muito melhor ao clube do que apostas frustradas em X ou Y. Acontece que sempre existe um porém: não basta querer para acontecer. Dizer que precisam ser testados para saber se a teoria funciona não é razoável quando se tem um time competitivo e campeão em campo. Quem lança baciada de jogadores da base normalmente está em crise e servem no máximo para evitar a queda. Querer comparar A ou B com o garoto C ou D, a partir de amostras em cenários diferentes (campeonatos profissionais X campeonatos de base), é um erro. A ideia formada será mero achismo. Portanto, vale ponderar. Eu desejo ver mais jogadores da base sendo aproveitados (torço para acontecer), mas sem arriscar a disputa pelos títulos (três nacionais e um vice nos últimos quatro anos). Quero continuar nesse caminho vencedor que os atuais profissionais do futebol levaram o Palmeiras. Logo, me resta acreditar que eles possuem critérios melhores do que os meus. Isso fica claro com o avanço na formação da base, provada pelos títulos conquistados. Preciso esperar, já que são os profissionais do Palmeiras que possuem melhores informações sobre as condições dos jogadores.
  4. Não estão pagando um monte de coisa e pelas notícias, assim como outras construtoras, patinam para sobreviver. Dizem, eu não sei, que o Allianz está salvando as contas deles, ou, ao menos, permitindo o giro de caixa. Isso é ruim, mas no final a divida vai se tornará impagável e terão que nos devolver a administração do estádio muito antes. Em termos de rendimento, a correção de dívida judicial é bastante razoável, sendo muito interessante financeiramente quando o devedor é solvente. No caso da WTorres nos interessa o próprio contrato que temos com eles. A gambaza patinando para pagar os juros do estádio e nós antecipamos a devolução, sem ter gasto um centavo. Só a devolução de parte da arquibancada, já será rentável o suficiente para reparar o gramado quando necessário. Não sei dizer especificamente sobre o gramado. Deve ter sim, pois é algo de grande interesse para o Palmeiras. Porém, com certeza existe cláusula geral que obrigue a manutenção de todos os espaços sob a responsabilidade deles e por óbvio inclui o gramado que precisa estar apto para partidas de futebol.
  5. O tópico é para fechar com o Felipão né? Vou renovar, estou fechado com o Felipão! Sobre o Matheus Fernandes, na oportunidade que ele teve mostrou muito potencial. Foram poucos minutos, mas convincentes. Logo terá mais oportunidades.
  6. Também espero o rompimento com a TO e poderia já vir na nota. Nossa opinião. rs Porém, a coisa fica complexa quando sabemos que a TO possui várias facções e inclusive representantes no conselho do clube. Muitos ainda se interessam pelos cantos que eles fazem dentro do estádio e pensam que contribuem com o clube. Na minha visão, existe um custo muito alto para manter isso. Novamente, é a minha e talvez seja a sua visão. Contudo, imagina uma nota emitida e, posteriormente, com os esclarecimentos sobre os fatos fosse necessário voltar atrás. Por exemplo, membros da TO comprovam ter sido ato isolado de A e B e punem os responsáveis, entregando os nomes para a polícia e expulsando da TO. Sobre a dizer que foi crime e chamar de bandidos. Podemos livremente fazer isso aqui. O Palmeiras precisa ser responsável. Primeiro que existia um grupo de pessoas no local protestando por diversos motivos, alguns aqui até citaram que desejavam ver o time com mais raça, porém outros produziram, transportaram e exibiram as faixas. Portanto, alguns praticaram o crime, outros não. E se for para ser técnico, somente com o julgamento pela Justiça haverá a certeza do crime. Já pensou o TJ/SP considerando que as ameaças não tinha a seriedade suficiente para caracterizar o crime. Nessa remota hipótese, mas possível, seria o responsável pela nota o caluniador. Portanto, temos que exigir do Palmeiras condutas profissionais e isso implica ter cautela quando ela se faz necessária. Não vi problema com a nota emitida. Porém, as providências devem ser adotadas, o que demanda um pouquinho mais de tempo.
  7. Não prosseguirei em respeito a recente mensagem da moderação. Registro apenas que o momento não é oportuno para misturar os assuntos. Que se tomem as providências corretas sobre o caso da TO e seguiremos junto com o Palmeiras.
  8. Qual o conteúdo da nota que esperava ler na nota? O ato foi repudiado, inclusive com indicação sobre a real motivação, e o público comunicado que serão adotadas providências. Nos ajude a pensar quais as informações dariam um upgrade na nota para ela deixar de ser mixuruca? Deveriam ter jurado de ódio a torcida? A maior resposta no Paulista seria o título, mas não deu esse ano. Não acredito que jogar a molecada no fogo, podendo sofrer várias goleadas pudesse ser resposta. Além disso, retiraria o tempo necessário de entrosamento que nos possibilitou a arrancada nesse início de brasileiro. Sem contar os compromissos comerciais do clube, necessários para manter um elenco caro. Não é porque fizeram diferente do que você pensa que é uma vergonha. Existiam outras questões que impede a simples desfiliação da FPF. Quanto ao Andrés, concordo que ele não seja boa pessoa. Porém, o convite foi ao Corinthians, não ao Sanches, que resolveu comparecer para desfrutar de algo bom naquela vida insignificante dele. Ou o Palmeiras assume um comportamento diplomático, ou não assume e fomenta o divisionismo. Simples assim. Por fim, o que aconteceu ontem não foi responsabilidade do Palmeiras, mas de um TO específica. Nada a se envergonhar em relação ao Palmeiras. Pode ir zerado para mais 30 anos de torcida por este que é o melhor time do Brasil. Nada para se envergonhar, garanto.
  9. Atual campeão brasileiro, arrancando da 6ª posição ao título, ele se mantendo invicto. Invencibilidade que se estendeu por 33 partidas. Ajuste para se tornar a melhor defesa do país, resgatando jogadores como Luan, Diogo Barbosa etc. Acho engraçado o desrespeito a idade do Felipão. Se ele tem saúde que continue trabalhando. Se for no Palmeiras, com títulos, melhor ainda. E bom senso seria não trazer essas considerações nesse momento que deixou todos exaltados.
  10. Se fosse outro treinador daria como certa a saída. É o Felipão pô. Como disseram, ele nem precisava vir, veio com a vida resolvida e sabendo onde pisava. Ele veio pronto para enfrentar a imprensa, a torcida do rebaixamento, a torcida do 7X1 e a política palmeirense. Pode ter se abatido sim, mas levantará a cabeça e enfrentará. É isso que fez esse milionário voltar ao Brasil. Outra coisa, ele não vai largar o elenco nessa bucha por medo da torcida. Acho que as pessoas que vivem em grandes centros também tem medo da violência urbana e nem por isso deixam de sair de casa para trabalhar ou se divertir. A poeira vai baixar, o Palmeiras vai adotar as medidas cabíveis e talvez o Felipão fique para dar mais essa volta por cima.
  11. Agora eu fiquei confuso. O papo da entrevista serviu a qual motivação? Aproveitar a situação para criticar o Felipão em razão da birra contra ele? Se é contra o protesto, vem para esse lado da corda e num fala mais da entrevista, pois não tem cabimento. abs
  12. @Green não vamos misturar as coisas para não minimizar os protestos. O Palmeiras não aceitou passivamente os acontecimentos na final do campeonato paulista. Fizeram o possível para, nos meios adequados, reverter a situação. Além disso, as providências não foram em vão, pois ainda que a partida não tenha sido anulada, o Palmeiras foi capaz de provar que houve interferência externa. O fato ficou para história. O convite ao Andrés Sanchez não foi qualquer absurdo. Isso se chama diplomacia. Vamos parar com essa guerra entre torcidas. Os líderes devem dar exemplo. Acho chato os clássicos como hoje de torcida única. Tenho amigos corintianos e vários deles possuem caráter melhor do que muitos palmeirenses. Gostaria de verdade de ver um clássico no estádio na companhia deles para tirar sarro ou aguentar as brincadeiras. Não posso por causa desse divisionismo que, se não fomentado, conforme sua ponto de vista, é uma vergonha. Por fim, o Palmeiras já soltou nota informando que adotará providências. Temos que esperar essas providências para opinar se foram suficientes ou não. Não entendi aqueles que já esperavam algo mais, criticando o tom da mensagem. Queriam mais ódio sendo difundido. Queriam que o Galliote viesse a público jurar de morte da torcida? Calma, a uma forma correta de serem adotadas as providências e elas podem aguardar o dia de amanhã, sendo feitas com ponderação e maior eficácia do que ações precipitadas e no calor dos fatos. Vamos ter calma e esperar fatos novos sobre esse assunto para avaliar melhor.
  13. No seu ponto de vista, qual o motivo real para o protesto? Responder a entrevista do Felipão, devidamente alardeada pela imprensa gambá? Ou o desejo de ver o time mais aguerrido em campo? Caso fosse uma reação a entrevista, fizeram mal. Se houve ofensa, ela não se compensa com outra ofensa. Portanto, independente se foi ou não frase dirigida para a torcida, que se discutisse a questão nos meios adequados. Pedissem retratação, acionassem o clube para disciplinar o funcionário, buscasse reparação na justiça. Querer covardemente dar espetáculo não era opção e agiram mal nesse caso. Se a intenção era um time mais aguerrido, escolheram o pior momento possível. Que fosse logo após o resultado do Vasco ou num eventual derrota no clássico. Jamais posterior a classificação na libertadores com um 4X0. Aliás, não é essa torcida que nos estádios diz ser obsessão? Me parece que o Palmeiras está atendendo, priorizando a libertadores. Outra coisa, não esqueçam que em campo são 11 X 11. Acho que o protesto motiva mais os jogadores gambás, pois afinal de contas, a torcida do Palmeiras acha que basta mostrar vontade que vence e não é assim o esporte. Estendo a minha sugestão feita ao colega acima. Melhor que todos esperem as consequências dos atos de ontem para evitar ainda mais o acirramento do problema.
  14. Colega forista, todos entenderam seu ponto de vista. Eu sou um defensor da liberdade de expressão também. Acontece que se deve usar de sabedoria até para usufruir desse direito. Não é porque tenho que forçarei em qualquer lugar. O uso desse direito, defendendo o protesto já foi feito, mas disso é argumentum ad nauseam. Acredito que, por remota hipótese, caso o protesto se mostra-se aceitável (concordo com a maioria que não e logicamente é ato político), ficou óbvio ter sido errado o tom das críticas e ameaças. Muito errado mesmo, tanto que ultrapassou o limite para ser uma ação criminosa. Disso ninguém dúvida. Se parar para pensar, nem você. Sério, não vale a pena tentar justificar como fez agora. Nem vou discutir o mérito das entrevistas do Felipão, mas estou certo que não foram a motivação para as cenas ridículas de ontem. Como vi em sua mensagem e de outros foristas que apoiam o protesto, a expectativa era ver os jogadores com maior vontade na partida. Portanto, com o devido respeito, querer utilizar uma coisa pela a outra é argumento falacioso. Agora as coisas estão exaltadas demais. É o momento de silenciar e esperar os acontecimentos. Os participantes do "protesto" resolveram radicalizar e a resposta deverá ser proporcional. Portanto, sugiro que, apesar do seu direito a manifestação, faça o bom uso dele e espere as providências que serão tomadas. Os favoráveis ao protesto já pontuaram suas existências, foi o que bastou, não precisa se expor e chocar ainda mais a grande maioria que se demonstra sensíveis ao sofrimento do Felipão e jogadores. Pode ter certeza, concordo que tenha direito de opinião, mas ele jamais se sobreporá a dignidade humana do próximo.
  15. Não. É crime mesmo. Ótimo momento para romper novamente com a torcida. Ele deram a brecha, o Palmeiras precisa aproveitar para se livrar desse problema. Agora é reunir com a Secretaria de Segurança Pública (incentivar trabalho conjunto da polícia civil, militar e Ministério Público), aplicar o estatuto do torcedor, restringir o acesso ao estádio, tanto nas arquibancadas quanto nos arredores. Dinheiro da Crefisa também tem que cessar imediatamente. O caldo entornou para o jogo de amanhã. Se o trabalho for bem feito e o time vencer, vai ter delinquente justificando que jogaram por medo e que "o crime compensa". Pensar melhor aqui, acho que perdi o tesão do jogo de amanhã.