dudu7

Palmeiras coloca a faca no pescoço da RGT.

79 posts neste tópico

Em negociação com a RGT, Palmeiras ameaça exibir jogos na internet

Um dos clubes que ainda não fecharam com a RGT a transmissão do Brasileiro de 2019 na TV aberta e no pay-per-view, o Palmeiras ameaça exibir suas partidas pela internet se a emissora não concordar em retirar os redutores dos valores dos contratos em negociação.

 

O clube acertou a transmissão de seus jogos com o Esporte Interativo na TV fechada e, por isso, recebeu proposta da RGT com descontos.
Uma eventual transmissão pela internet, no entanto, só poderia ser realizada se o adversário do clube concordar.

Na final do Paranaense deste ano, por exemplo, o Atlético-PR teve de encerrar a transmissão que fazia do jogo pela internet por esse motivo.
O Coritiba, adversário do time rubro-negro, havia fechado com a RGT a transmissão de seus jogos no Estadual e não autorizou a exibição da partida pelo rival. A TV RGT também não exibiu a partida por falta de acordo com o Atlético-PR.
Em 2017, no entanto, Atlético-PR e Coritiba decidiram juntos transmitir o clássico paranaense pelo Estadual no YouTube.
A federação vetou a transmissão pouco antes da partida começar e o jogo teve de ser remarcado.
Diante da repercussão negativa, a transmissão pela internet aconteceu. 

Em Bloco

Para ter mais poder de negociação, Atlético-PR, Coritiba, Bahia e Santos combinaram em 2017 que negociariam em conjunto acordo com a RGT.
O novo presidente do Santos, José Carlos Peres, mudou de ideia ao assumir o clube em janeiro. Ele rompeu o acordo do antecessor e assinou com a emissora carioca, o que irritou as outras equipes.

Peres manteve o relacionamento com a RGT na TV aberta e no PPV em troca de um adiantamento de 35% com juros abaixo do de mercado.
Nos contratos assinados entre clubes e Esporte Interativo há previsão de compensação quando a agremiação não fechar com a RGT na TV aberta. Os times e a emissora do Grupo Turner não revelam os valores previstos nesses casos.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Matéria completa e com gráficos , quem puder colocar na íntegra pra mim 

https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2018/04/com-fim-de-exclusividade-da-RGT-brasileiro-2019-tem-ameaca-de-apagao.shtml?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=twfolha

Além do Palmeiras ameaçando e com o Fim de exclusividade do Grupo RGT 

2019 poderá ter um "apagão " de jogos já que o Esporte Interativo / Turner não quer abrir mão dos seus negociados 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostei

Palmeiras segue firme, não podemos abaixar a cabeça. Vamos até as últimas conseguencias 

Borine, Verdeverdade e Londrinense curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

A folha mudou a reportagem e tirou os gráficos rs 

Colocou as ofertas da RGT para cada um das 3 plataformas 

STV 500 milhões 

40 - 30 - 30 

Aberta 600 milhões 

40 - 30 - 30 

Ppv 

38% do valor ao clube ( cada assinatura ) 

+ Bônus para clubes com mais assinantes 

-------

40 % divididos iguais

30% posicionamento 

30 % números de jogos / audiência 

Editado por Fabricio MG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não entendo quem chama o Galliote de "frouxo" ou coisas do tipo. Ele peitou a Adidas, peitou a RGT, peitou a FPF.

O cara pode ter outros defeitos, mas isso ele não é.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É isso aí! Se não enfrentar agora, estará condenado a ser cordeiro da RGT e seus sócios, a saber, CBF, FPF, lixos de SP e do RJ.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só não consegui entender o quão efetiva poderá ser essa ameaça. 

Se a legislação proíbe que o palmeiras transmita de forma independente imagens de outros clubes que já assinaram com a RGT, então, segundo consta, o palmeiras só poderia tomar essa atitude em partidas com os poucos clubes que estão em situação similar, mediante acordo recíproco (atlético paranaense, por exemplo).

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ou seja , não mudou nada, a RGT não cedeu e o Palmeiras menos ainda.

E sim, só poderemos exibir o jogo na NET com o aval dos clubes que não fecharam com a RGT.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Gerson SEP disse:

Não entendo quem chama o Galliote de "frouxo" ou coisas do tipo. Ele peitou a Adidas, peitou a RGT, peitou a FPF.

O cara pode ter outros defeitos, mas isso ele não é.

É a famosa crítica engavetada. Galliote é Frouxo, Moisés é lento, Felipe Melo é violento, Borja é mico, Prass acabou, Mattos só contrata...

Jiban, Alexddd, Wiiron e 5 outros curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Demoro pra isso acontecer.

Tem que bater de frente mesmo com esse cancer do futebol brasileiro!

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que entendi funciona mais ou menos assim:

O direito de arena, que compreende o direito de transmissão (art.42 da Lei Pelé), pertence ao clube (entidade de prática desportiva). Isso significa que o Palmeiras não pode transmitir pela internet partidas envolvendo outros clubes sem o aval destes. Por outro lado, pode-se chegar a um entendimento entre as partes para que haja tal transmissão. Isso, a princípio, a despeito da equipe adversária em questão ter ou não contrato com a rgt, uma vez que ela  paga diretamente para a equipe com quem negocia para ter o direito de transmitir seus jogos na tv (dividindo em pacotes, "tv aberta e ppv" e "tv fechada - que seria o stv"). 

A internet, entretanto, é plataforma diversa, que, a princípio, não seria abarcada no contrato da rgt. Todavia, não temos cópia desse contrato que é firmado entre emissora e os clubes, de modo que não sabemos se, eventualmente, há cláusula expressa que imponha um "não fazer" ao time, consistente em não poder negociar a transmissão pela internet. Particularmente, considerando o poderio da rgt, creio que dificilmente teriam cometido tamanho lapso numa contratação nesses moldes.

É bom salientar que uma previsão contratual em tal sentido inibiria, certamente, o time adversário de fazer algum acordo, pois sofreria ele alguma penalidade (desde que expressamente prevista no contrato), nada afetando, contudo, o Palmeiras, que como já visto, possui o direito de explorar a transmissão de seus jogos, da mesma forma que o adversário.

Em todo caso, se é certo dizer que o palmeiras ficaria obstado de transmitir as partidas de times que negociaram com a rgtv, por um suposto desinteresse deles, a depender do que se comprometeram em contrato, não é menos certo dizer que eles, definitivamente, não terão nossos jogos em tv aberta e ppv. Isso, por si, já dá uma bela quebrada na emissora que tem como bandeira do pfc a transmissão de "todos os jogos do brasileirão de seu time do coração". Se há uma união com atletico-pr, a situação fica ainda melhor. Pensem, num eventual confronto entre Palmeiras x Atletico-PR com transmissão pela internet, em parceria pontual, também, por exemplo, com a Rede Record, na tv aberta (a depender, também, de um ajuste - $$$ - com o Esporte Interativo). Enfim, são apenas conjecturas que devem ser mais trabalhadas.

É um início para, quem sabe, a modificação mais do que necessária sobre os direitos de transmissão do futebol br (deixar os direitos de transmissão a cargo do mandante, por ex, abriria franca concorrência e interesse das outras emissoras para negociarem com times específicos). Nós podemos (para mim, inclusive, DEVEMOS, sobretudo pelo ocorrido domingo passado) levar essa bandeira adiante porque somos Palmeiras. E não só por isso, mas também porque temos uma patrocinadora muito forte economicamente, que já anuncia massivamente na tv aberta, não tendo, por isso, maior prejuízo, afora a amizade que particularmente nutre pelo Presidente Galliote.

Aliás, quanto ao Galliote, desde semana passada vem me surpreendendo positivamente. Que continue com essa postura! Contra tudo e contra todos!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 Será uma briga ferrenha... tenha certeza que seremos muito mais prejudicados em campo e fora dele.

 A torcida tem que estar unida ao clube e não cair no papinho da imprensa maldita.

 E o Palmeiras, por enquanto, vai brigar sozinho, porque mesmo os outros clubes que assinaram com o IE como os sardinhas, necessitam da grana e vão aceitar qualquer trocado da RGT.

 

 Abs!!!

Borine, SEP_1914, PigFox e 2 outros curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, PigFox disse:

Pelo que entendi funciona mais ou menos assim:

O direito de arena, que compreende o direito de transmissão (art.42 da Lei Pelé), pertence ao clube (entidade de prática desportiva). Isso significa que o Palmeiras não pode transmitir pela internet partidas envolvendo outros clubes sem o aval destes. Por outro lado, pode-se chegar a um entendimento entre as partes para que haja tal transmissão. Isso, a princípio, a despeito da equipe adversária em questão ter ou não contrato com a rgt, uma vez que ela  paga diretamente para a equipe com quem negocia para ter o direito de transmitir seus jogos na tv (dividindo em pacotes, "tv aberta e ppv" e "tv fechada - que seria o stv"). 

A internet, entretanto, é plataforma diversa, que, a princípio, não seria abarcada no contrato da rgt. Todavia, não temos cópia desse contrato que é firmado entre emissora e os clubes, de modo que não sabemos se, eventualmente, há cláusula expressa que imponha um "não fazer" ao time, consistente em não poder negociar a transmissão pela internet. Particularmente, considerando o poderio da rgt, creio que dificilmente teriam cometido tamanho lapso numa contratação nesses moldes.

É bom salientar que uma previsão contratual em tal sentido inibiria, certamente, o time adversário de fazer algum acordo, pois sofreria ele alguma penalidade (desde que expressamente prevista no contrato), nada afetando, contudo, o Palmeiras, que como já visto, possui o direito de explorar a transmissão de seus jogos, da mesma forma que o adversário.

Em todo caso, se é certo dizer que o palmeiras ficaria obstado de transmitir as partidas de times que negociaram com a rgtv, por um suposto desinteresse deles, a depender do que se comprometeram em contrato, não é menos certo dizer que eles, definitivamente, não terão nossos jogos em tv aberta e ppv. Isso, por si, já dá uma bela quebrada na emissora que tem como bandeira do pfc a transmissão de "todos os jogos do brasileirão de seu time do coração". Se há uma união com atletico-pr, a situação fica ainda melhor. Pensem, num eventual confronto entre Palmeiras x Atletico-PR com transmissão pela internet, em parceria pontual, também, por exemplo, com a Rede Record, na tv aberta (a depender, também, de um ajuste - $$$ - com o Esporte Interativo). Enfim, são apenas conjecturas que devem ser mais trabalhadas.

É um início para, quem sabe, a modificação mais do que necessária sobre os direitos de transmissão do futebol br (deixar os direitos de transmissão a cargo do mandante, por ex, abriria franca concorrência e interesse das outras emissoras para negociarem com times específicos). Nós podemos (para mim, inclusive, DEVEMOS, sobretudo pelo ocorrido domingo passado) levar essa bandeira adiante porque somos Palmeiras. E não só por isso, mas também porque temos uma patrocinadora muito forte economicamente, que já anuncia massivamente na tv aberta, não tendo, por isso, maior prejuízo, afora a amizade que particularmente nutre pelo Presidente Galliote.

Aliás, quanto ao Galliote, desde semana passada vem me surpreendendo positivamente. Que continue com essa postura! Contra tudo e contra todos!

 

Na verdade a partir do momento que o time vende os direitos de transmissão, quem controla é a RGT, o clube não apita mais nada. Se a RGT quiser passar o jogo no gnt meia noite ela pode

Se o Palmeiras não fechasse com eles e quisesse transmitir um jogo contra o Flamengo na internet por exemplo nem precisaria ir ao clube carioca e sim direto com a emissora, se ela concordasse, já era

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, GuntherF disse:

Só não consegui entender o quão efetiva poderá ser essa ameaça. 

Se a legislação proíbe que o palmeiras transmita de forma independente imagens de outros clubes que já assinaram com a RGT, então, segundo consta, o palmeiras só poderia tomar essa atitude em partidas com os poucos clubes que estão em situação similar, mediante acordo recíproco (atlético paranaense, por exemplo).

 

Tem que começar de algum canto. Achar que no primeiro ano já terá 15, 20 clubes é utopia, tem que começar com 5 numa temporada, depois 6 na próxima, 7 na outra. É trabalho de formiga. Um monopólio de anos não se encerra facilmente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
51 minutos atrás, jfrancisco2012 disse:

Tem que começar de algum canto. Achar que no primeiro ano já terá 15, 20 clubes é utopia, tem que começar com 5 numa temporada, depois 6 na próxima, 7 na outra. É trabalho de formiga. Um monopólio de anos não se encerra facilmente

É por aí 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se cada jogo fosse decidido pelo MANDANTE acabaria com essa palhaçada. Fazer com q o direito pertença aos dois clubes cria essa dificuldade é facilita o monopolio da globosta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, jfrancisco2012 disse:

Tem que começar de algum canto. Achar que no primeiro ano já terá 15, 20 clubes é utopia, tem que começar com 5 numa temporada, depois 6 na próxima, 7 na outra. É trabalho de formiga. Um monopólio de anos não se encerra facilmente

Tbm vejo dessa maneira, tem que existir o primeiro para o resto ir junto, mas vários clubes tem medo de mudança outros simplesmente recebem uma grana por fora e fecha com a rgt, vejo q se conseguirmos 8 a 9 times fora do monopólio logo vão abrir uma nova fórmula de negociação. A rgt já está esperta com isso é caso o Palmeiras não acerte com eles vão tentar no modo sujo e aí precisamos ter sabedoria para filtrar as notícias, vai ser uma luta gigante e espero q os palmeirenses saiba lidar com esse luta (notícias falsas, time rachado, jogadores na noitada, treinador não fala com jogador tal, briga no vestiário, treinador perdeu o comando, AM vai ser demitido e tantas outras). 

O fato é que o primeiro sempre terá mais dificuldade, mas que chega primeiro bebe água limpa. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 minutos atrás, Buffon disse:

Se cada jogo fosse decidido pelo MANDANTE acabaria com essa palhaçada. Fazer com q o direito pertença aos dois clubes cria essa dificuldade é facilita o monopolio da globosta

Eu entendo os motivos para o pessoal querer a mudança da regra, mas eu não concordo. Para mim está certo exigir a autorização de ambos os times. Porque, suponhamos que os direitos fossem apenas dos mandantes, a RGT poderia mandar o Palmeiras pastar e mesmo assim transmitir 19 jogos da equipe na faixa, 0800, sem pagar nada. Isso é justo? Claro que o Palmeiras poderia transmitir os jogos no Allianz na TV Palmeiras, mas mesmo assim, acho errado. Aí gremio, cruzeiro, vasco aparecem na TV Palmeiras sem receberem nada também? Discordo.
Ou o Palmeiras vende seus jogos para o SBT e os caras transmitem um monte de times pagando 1 só. Bizarro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Siena disse:

 Será uma briga ferrenha... tenha certeza que seremos muito mais prejudicados em campo e fora dele.

 A torcida tem que estar unida ao clube e não cair no papinho da imprensa maldita.

 E o Palmeiras, por enquanto, vai brigar sozinho, porque mesmo os outros clubes que assinaram com o IE como os sardinhas, necessitam da grana e vão aceitar qualquer trocado da RGT.

 

 Abs!!!

Iremos estar sozinhos nessa , já que Bahia e Atlético PR só tem força em seus estados 

Siena curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Fabricio MG disse:

Iremos estar sozinhos nessa , já que Bahia e Atlético PR só tem força em seus estados 

Engano amigo, precisamos reunir força e no estado deles já é alguma coisa, depois vem atl-mg, inter, Vasco e de grão em grão que vamos conseguir, acho ilusão achar que vai ter 7 a 10 time esse ano, o trabalho e como o amigo falou: de formiguinha.

VâniaLovesTheGreen e Andespsan curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.