Jump to content

Tongue

User
  • Content Count

    8,867
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    36

Tongue last won the day on June 30

Tongue had the most liked content!

About Tongue

  • Rank
    Craque
  • Birthday November 13

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gender
    Male

Recent Profile Visitors

12,215 profile views
  1. Não apelei para espantalho algum, basta ler com calma. Apenas ressaltei que quaisquer modos de jogo podem resultar em títulos, desde "retranca" até "ofensivismo barato" e estendi minha crítica que essa tentativa de cravar que modelos/propostas X ou Y são "ultrapassadas" é algo superficial. Inclusive esse tipo de discurso é recorrente na imprensa daqui (especialmente na que se diz "estudiosa"). Posso ter citado sua mensagem, mas minha opinião não se resumiu a ela. Curioso que esses mesmos três treinadores citados - que estavam longe de ser iguais ou apelarem para "retranca" (mas muito longe mesmo) no fim das contas foram campeões aqui hahahahaha. Tentando deixar claro (já que pelo jeito não ficou), não estou defendendo retranca como uma possibilidade de jogo que permite de variações (?) ou que se opor a ela especificamente seria uma reduçao homogênea de maneira de jogar (seria apenas opção pessoal), mas sim que ela é uma das tantas maneiras de se jogar e - repetindo - que a partir do momento que existe a "certeza" de que modo X ou Y "não serve", é "fato indiscutível" e "ultrapassado" se caminha para redução de variedades de propostas de jogo. Por fim, o que torna o restante do continente tão superior em termos táticos ao Brasil é exatamente saber adaptar conceitos externos a realidade deles em vez de ficar com brincando de tikitaka porque leu Guardiola Confidencial e se tornou assinante da editora Grande Área. Enquanto se resumirem aqui a socar em campo a disposição tática mais comum que acontece lá ficaremos nessa de correr atrás do próprio rabo limitando o que poderia ser feito em termos qualitativos.
  2. Até aí, nada anormal na realidade dos clubes daqui. A questão é quais atletas terão propostas e quais serão vendidos. Espero que não venda ninguém da base, do elenco principal só Dudu não pode sair em nenhuma hipótese.
  3. Se Sampaoli não for para nenhum time europeu/seleção, é um erro absurdo da direção não negociar e trazer ele. Mano já está demitido desde que assumiu, questão é só quando ele vai. Pode ser no final do ano pra ter um andamento decente, pode ser no final do Paulista pra fazer tudo nas coxas de novo.
  4. Claro que dá pra ganhar. Dá pra ganhar de inúmeras formas e o modelo "ultrapassado" de hoje vai deixar de ser assim que com algumas adaptações voltar a ser vencedor. A pior coisa desses tempos modernosos de futebol é tornar homogênea formas, padrões e discursos, como se existissem um, dois, três modelos capazes de entregar vitórias e todos os demais são errados ou ruins. Inclusive isso é tão considerado aqui no Brasil que ano após ano vemos profissionais daqui somente tentando emular fórmulas importadas sem considerar contextos e tornando tudo "igual" e muito abaixo do que poderia ser em termos qualitativos. Na hora de criticar - de maneira acertada - os treinadores daqui acabam esquecendo especialmente disso, que fundo o que eles fazem é ficar transpondo os modismo (com atraso temporal ainda) do que da certo nas ligas assistidas.
  5. Não sei se tem para o time profissional, mas no clube provavelmente tem pois salvo engano é obrigatório para apoio ao trabalho das categorias de base.
  6. Felipão desde anos 90 busca apoio de profissional de psicologia nos trabalhos que teve. Até hoje Vampeta e Sampaio por exemplo contam as histórias dos psicólogos nas concentrações hahaha
  7. Tenho sérias dúvidas se o time vai sair poupando e lançando jogador, na cabeça de quem está lá (direção, técnico, etc), isso aumentaria chance de resultados negativos e o time perderia a muleta de "tivemos 70% de aproveitamento com atual treinador, seríamos campeões em 6545 temporadas, demos azar do Flamengo ter sido muito acima do normal", que inclusive parte da torcida já comprou.
  8. Eu sou meio do contra, acho que Oswaldo foi útil na transição do Gabriel. Mesmo nas entrevistas sempre achei as falas dele muito mais pra tirarem peso do atleta e da situação em si do que transmitir algo que ele realmente achava. Aliás, ele e Mendonça devem ser os que melhor trabalharam com base por aqui nos últimos anos. Que fase... Hahaha
  9. Vamos ver pelo lado bom, pelo menos isso vai resultar em aproveitar a base e não sair vendendo por qualquer proposta pra compensar investimentos péssimos hahahaha
  10. Mas que ele não é burro mesmo, só ver como ele sempre alinhou o discurso dele com aquilo que mais repercute entre os torcedores. Daí a isso se transformar em prática...
  11. No caso dele pode ter, em outros tantos casos de base (especialmente categorias mais novas) isso nem sempre coincide, mas isso é indiferente pro clube que escala jogador por pressão de narrativas (imprensa, torcida, empresários) muito mais do que por bola ou "projeto".
  12. Vai pelo status, Palmeiras caga pra potencial, no máximo usa isso pra descolar uma venda.
  13. Veron vai ser aproveitado porque tem status e não porque tem potencial (assim como foi com Jesus). Dependesse só de bola, potencial e desenvolvimento, mesmo sendo claramente um jóia em termos de futebol, iria pra algum limbo como boa parte da base do Palmeiras .
  14. Se não levar o Londrina pra série A nem deve passar perto do principal pra disputar espaço com alguma revelação do Coxa.
  15. Bom porque virou jogo na bacia das almas contra Goiás e goleou o CSA (" mas já é outro time bem melhor em relação ao anterior").
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.