Tongue

Membro
  • Total de itens

    8.211
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Tongue

  • Rank
    Categoria Master
  • Data de Nascimento Novembro 13

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gênero
    Male

Últimos Visitantes

11.343 visualizações
  1. Dudu continuar é o maior reforço possível desse período. Ótimo para o clube e engrandece mais o nome dele na nossa história.
  2. O que salvou aquele time foi Valdívia e Prass retornarem e a imensa, gigantesca e absurda incompetência alheia, a troca de treinador influenciou muito pouco.
  3. Gareca veio em um momento péssimo e ainda não teve respaldo da diretoria (que trouxe as últimas opções pedidas por ele, se recusou a contratar outro goleiro e - como sempre - cagou pra promessa do técnico "estar prestigiado"). Duvido muito que retorne pela forma como trabalho dele se desenvolveu por aqui, mas claramente é alguém competente demais pra função.
  4. Ou seja característico desde 2015 o time começar a temporada com algum treinador que não consegue acertar o time e consequentemente o coletivo ruim faz o desempenho individual despencar e isso fica ainda mais evidente nos jogadores que são melhores tecnicamente pois a queda de nível fica mais acentuada.
  5. Acho que ficou um tanto quanto claro que a questão não é criticar o atleta, mas sim desrespeitar o mesmo. Existe uma diferença enorme entre falar que a fase do cara é péssima e deveria ser negociado e falar que tem que aproveitar e dispensar um inválido.
  6. Sim. Pode ser inscrito nas vagas ainda em aberto (o que até deve acontecer, duvido que Felipão vá entrar em campeonato só com três volantes como opções), assim como pode ser escanteado e o clube repetir a cagada que fez com Emerson ano passado. Como tudo está em aberto, qualquer tipo de opinião a respeito do pouco que se sabe até agora passa a ter alguma validade.
  7. Mas estou falando exatamente dessa primeira lista, oras.
  8. Não entendo FMelo dentro e MFernandes fora. O primeiro sente demais fisicamente os jogos e já sabemos muito bem o que esperar e o que não esperar, imagino que fosse mais produtivo dar sequência de jogo ao segundo que acabou de chegar e tem tudo pra ter participação importante ao longo da temporada (especialmente pensando em alguém pra substituir BHenrique).
  9. Único LLima que jogou mais que o Moisés é o que atuava no Santos e ainda não desembarcou por aqui.
  10. Camisa 10 é pra quem faz por merecer moral dentro do elenco e clube. Moisés terminou o ano em péssima fase, mas já decidiu campeonato nacional, clássico e quase classificou o time em mata-mata de Libertadores com uma perna. Qual sentido faria tirar a dez dele e dar pra um Lucas Lima que acabou de chegar e não mostrou quase nada?! Até porque foi a época que clube respeitava numeração por posição na hora de distribuir camisa.
  11. Tópico pra retratar bem que a roda do futebol brasileiro gira muito e muito rápido.
  12. Aliás, Moisés ainda acaba sendo expoente de outro comportamento comum da torcida: não pode ter má fase. Comum jogador que claramente tem futebol e já jogou muito em passado recente por aqui ser considerado dispensável por conta de má fase. Precisa nem procurar muito pra ver exemplos disso, Dudu mesmo faz temporadas que "acabou o ciclo" por conta de fases irregulares. Em futebol como o brasileiro que os clubes tem que lidar com as sobras de mercado você ter um jogador que tem talento já é uma avanço enorme e quanto menos precisar ficar procurando novos atletas melhor (já que a chance de errar ou gastar uma fortuna pra suprir o que você já tinha é enorme) e faz-se extremamente necessário você conseguir recuperar jogadores. Caso contrário é ficar remontando 80% do plantel toda temporada porque quem está em boa fase vai ser vendido e quem está em momento ruim vai ser dispensado.
  13. Outra questão que em nada tem relação com a costumeira postura descrita da torcida com atletas que tiveram papel relevante por aqui. Além disso, apesar de lamentável ambas as posturas (críticas podem e devem existir sem ser necessário rótulos ou nomenclaturas pejorativas) ainda faz infinitamente menos sentido torcedor ser extremamente positivo com atletas que pouco representam ao clube enquanto tem facilidade imensa para ficar tratando jogadores importantes com escárnio.
  14. Gratidão não significa vaga cativa em elenco ou time titular, muito menos anos e anos no mesmo clube. Contudo, espera-se ao menos que quando forem se referir ao atleta em questão que teve bons serviços prestados ao clube o façam com mínimo de respeito e não tratando como um encosto que está assombrando a instituição. Não precisa forçar a memória pra lembrar como boa parte da torcida do Palmeiras foi escrota (e sim, essa é a palavra) com uma porrada de atleta que honrou a camisa e foi fundamental no clube. Pra piorar, ainda fica mais ridículo quando lembramos de tantos outros jogadores que sabe-se lá porque motivo gozavam de absoluta simpatia dos torcedores sendo absolutamente nada no clube. Ou seja, era facinho mandar VHugo embora, chamar Prass de Matrix ou dizer que o Moisés é um inválido pós-lesão, mas babava ovo pra uns recém-chegados com FMelo ou LLima como se estivessem apresentando muito futebol ou tivessem alguma relevância na história do clube. Aí sempre volto no exemplo: a mesma torcida que foi defecada na cabeça por uma porrada de atleta e ficava (com razão) insana de raiva com isso muitas vezes ameniza ser "grato" com atletas e ex-atletas. Em suma, quando é descartada dá chilique, mas na primeira oportunidade faz o mesmo.
  15. Exato, podemos acabar caindo em uma lógica que temos que segurar críticas atuais porque três, quatro temporadas atrás estávamos atolados na merda. Ou seja, no lugar de buscar sempre melhorar acaba achando positivo somente estar melhor do que algum tempo atrás. Seria como não poder questionar titularidade do Weverton ou opção pela continuidade do FMelo porque não faz muito tempo tínhamos que aguentar Bruno e MAraujo. ------------- Em tempo: discordo muito de quem questiona essa fase "calma" do Mattos dessa janela de transferência. O mais importante é a manutenção das peças essenciais e contratações pontuais. Posso não me animar com um ou outro nome ou os valores/forme de negócio deles, contudo em termos de características basicamente todas as lacunas do elenco foram preenchidas. Foi uma janela certeira até aqui. Por fim, apesar de tudo não deixa de ser curioso ver esses tópicos antigos, seja pelas mensagens, discussões e até foristas que já vazaram hahaha.