Paulo Adriano

Palmeiras não topa redução e segue sem acordo com a RGT para 2019

790 posts neste tópico

Ibope manobrando ?

A partir de 1º de janeiro, com base nas novas estimativas populacionais, a Kantar IBOPE Media atualizará a representatividade do ponto de audiência de televisão, na qual 1 ponto equivale a 1% do universo pesquisado em cada praça aferida.

Em 2019, 1 ponto de audiência nos 15 mercados aferidos regularmente pela empresa, por exemplo, representará 254.892 domicílios e 711.081 indivíduos. Abaixo, a lista de equivalência também para as demais praças aferidas pela empresa.

Tabela_-_equival%C3%AAncia_1_ponto_de_au

bastisdores da tv 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Fabricio MG disse:

2019 será um ano difícil pra RGT 

Valor chega a mais R$ 358 milhões. 

O presidente Jair Bolsonaro acionou a Receita Federal para iniciar a execução da dívida da Tv RGT por meio da justiça federal, referente aos impostos sonegados desde 2002. A emissora tem 30 dias para efetuar o pagamento sob pena de ter os bens penhorados para o pagamento da dívida e perder a licença de transmissão podendo sair do Ar. O ato foi publicado no Diário Oficial da União nesta terça-feira, dia 08.

A Receita Federal conclui que RGT usou onze empresas em paraísos fiscais para sonegar impostos pela compra de direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2002, 2006, 2010 e 2014. DARF, a ser recolhido por emissora de João Roberto Marinho e seus dois irmãos, é de R$ 358 milhões.
ENTENDA O CASO

As Organizações RGT montaram “uma intrincada engenharia”, que envolveu o uso de onze empresas abertas em paraísos fiscais, para sonegar impostos a ser recolhidos em razão da compra dos direitos da transmissão exclusiva da Copa do Mundo. A empresa de João Roberto Marinho e seus dois irmãos procurou “disfarçar” essa aquisição em investimentos em participações acionárias em companhias no exterior. A conclusão está no Termo de Verificação e de Constatação Fiscal, datado de 25 de julho de 2006 e assinado pelo auditor Alberto Sodré Zile. O documento da Receita Federal foi obtido com exclusividade pelo site O Cafezinho, do jornalista Miguel do Rosário, e divulgado nesta quarta-feira 8.

O auditor da Receita federal conclui que foram sonegados impostos a partir de uma base de cálculo de R$ 732,5 milhões. Os Darfs e multas correspondentes a nove operações, feitas desde junho de 2002, correspondem a R$ 358 milhões. O funcionário da Receita apurou que a RGT usou nada menos que 11 empresas em paraísos fiscais no exterior para “disfarçar” a compra dos direitos da transmissão da Copa em participações em companhias estrangeiras. A operação foi qualificada como “de intrincada engenharia” pelo auditor.

Fonte: conteudoms.com

É falso isso

https://piaui.folha.uol.com.br/lupa/2019/01/09/verificamos-divida-RGT/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 1/8/2019 em 21:05, luciano massari disse:

Por mais que o novo governo tenha a intenção de bater de frente contra a RGT, ainda assim ela continuará poderosa, afinal, se a principal emissora do país é uma porcaria,as principais concorrentes são de chorar.Eu por mim que fechem todas,tv aberta no Brasil é um esgoto mesmo.

Ela vai continuar poderosa pq sempre dá um jeito de pegar dinheiro, pode ter certeza, seja la de onde for e a legalidade

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, Fabricio MG disse:

2019 será um ano difícil pra RGT 

Valor chega a mais R$ 358 milhões. 

O presidente Jair Bolsonaro acionou a Receita Federal para iniciar a execução da dívida da Tv RGT por meio da justiça federal, referente aos impostos sonegados desde 2002. A emissora tem 30 dias para efetuar o pagamento sob pena de ter os bens penhorados para o pagamento da dívida e perder a licença de transmissão podendo sair do Ar. O ato foi publicado no Diário Oficial da União nesta terça-feira, dia 08.

A Receita Federal conclui que RGT usou onze empresas em paraísos fiscais para sonegar impostos pela compra de direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2002, 2006, 2010 e 2014. DARF, a ser recolhido por emissora de João Roberto Marinho e seus dois irmãos, é de R$ 358 milhões.
ENTENDA O CASO

As Organizações RGT montaram “uma intrincada engenharia”, que envolveu o uso de onze empresas abertas em paraísos fiscais, para sonegar impostos a ser recolhidos em razão da compra dos direitos da transmissão exclusiva da Copa do Mundo. A empresa de João Roberto Marinho e seus dois irmãos procurou “disfarçar” essa aquisição em investimentos em participações acionárias em companhias no exterior. A conclusão está no Termo de Verificação e de Constatação Fiscal, datado de 25 de julho de 2006 e assinado pelo auditor Alberto Sodré Zile. O documento da Receita Federal foi obtido com exclusividade pelo site O Cafezinho, do jornalista Miguel do Rosário, e divulgado nesta quarta-feira 8.

O auditor da Receita federal conclui que foram sonegados impostos a partir de uma base de cálculo de R$ 732,5 milhões. Os Darfs e multas correspondentes a nove operações, feitas desde junho de 2002, correspondem a R$ 358 milhões. O funcionário da Receita apurou que a RGT usou nada menos que 11 empresas em paraísos fiscais no exterior para “disfarçar” a compra dos direitos da transmissão da Copa em participações em companhias estrangeiras. A operação foi qualificada como “de intrincada engenharia” pelo auditor.

Fonte: conteudoms.com

Galera, vamos checar as fontes das notícias, né? Não é uma crítica ao Fabrício porque ele sempre trás informações relevantes em vários tópicos que acompanho por aqui, inclusove gasto várias curtidas com ele,  mas ultimamente no nosso país o esquema tá complicado.

Já chega toda a desinformação durante a época eleitoral, e isso tem se difundido em outros setores. Hoje é muito fácil inventar notícias pra caçar cliques e ganhar dinheiro com AdSense.

Quando vi a fonte do conteúdo, já achei que não era verídico e aí o outro florista confirmou logo abaixo. 

A gente filtra tanto os perrones e praetzels da vida, mas as vezes acaba esquecendo de filtrar os outros sites.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, williamfloriani disse:

Galera, vamos checar as fontes das notícias, né? Não é uma crítica ao Fabrício porque ele sempre trás informações relevantes em vários tópicos que acompanho por aqui, inclusove gasto várias curtidas com ele,  mas ultimamente no nosso país o esquema tá complicado.

Já chega toda a desinformação durante a época eleitoral, e isso tem se difundido em outros setores. Hoje é muito fácil inventar notícias pra caçar cliques e ganhar dinheiro com AdSense.

Quando vi a fonte do conteúdo, já achei que não era verídico e aí o outro florista confirmou logo abaixo. 

A gente filtra tanto os perrones e praetzels da vida, mas as vezes acaba esquecendo de filtrar os outros sites.

 

Fabrício é o rei das fake news aqui no fórum.

FelipeAyala curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, jfrancisco2012 disse:

Pessima notícia essa do Bahia. Mas o Palmeiras tem que seguir firme

Concordo. 

E vou além. Acho que o Palmeiras deveria botar no streaming seus jogos do Brasileiro, se a rede bobo se mostrar irredutível. Podem daí dizer: "Ah, mas nossa, que horror, vamos 'infringir a lei' e vai dar merda depois". Mas, qual merda? A rgt denunciar e o youtube tirar do ar ? Grande bost* !! Faz isso e aproveita para judicializar a questão e discutir de verdade essa palhaçada pela primeira vez na história. 

No mínimo vai dar dor de cabeça tremenda e trazer à tona, de fato, o problema. Reitero que, no meu ponto de vista, essa leitura do art.42 da Lei Pelé de que os dois times tenham que autorizar, ainda que a norma não faça tal imposição expressamente, diga-se, não se sustenta na nova realidade que vivemos, em que cada time sai atrás do seu interesse, negociando ""livremente"" (muitas aspas aqui) SEUS direitos.

Minha opinião? Hoje, até que realmente regulamentem essa joça de outra forma, e atento ao disposto no art.42, que cada time transmita a merda da sua partida sem qualquer exclusividade por parte de ninguém, em homenagem à liberdade negocial, livre concorrência e autonomia privada. Tem Palmeiras x Gambás? a gRobo que transmita essa merda, e o Palmeiras também, seja pela internet, seja pela Record, e fim de papo.

Ou se tem uma linha de pensamento nesse sentido, ou se mantém, então, essa espécie de temor reverencial que se tem ao poderio da rgt, que acaba tendo exclusividade não só dos times que ela possui contrato, mas também dos que não possui. E enquanto isso perdurar, creio que interesse político para qualquer mudança não haverá, já que a situação é por demais cômoda para esse lixo de emissora. 

Momento melhor, não há; que o Palmeiras "bata o pau na mesa".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 minutos atrás, PigFox disse:

Concordo. 

E vou além. Acho que o Palmeiras deveria botar no streaming seus jogos do Brasileiro, se a rede bobo se mostrar irredutível. Podem daí dizer: "Ah, mas nossa, que horror, vamos 'infringir a lei' e vai dar merda depois". Mas, qual merda? A rgt denunciar e o youtube tirar do ar ? Grande bost* !! Faz isso e aproveita para judicializar a questão e discutir de verdade essa palhaçada pela primeira vez na história. 

No mínimo vai dar dor de cabeça tremenda e trazer à tona, de fato, o problema. Reitero que, no meu ponto de vista, essa leitura do art.42 da Lei Pelé de que os dois times tenham que autorizar, ainda que a norma não faça tal imposição expressamente, diga-se, não se sustenta na nova realidade que vivemos, em que cada time sai atrás do seu interesse, negociando ""livremente"" (muitas aspas aqui) SEUS direitos.

Minha opinião? Hoje, até que realmente regulamentem essa joça de outra forma, e atento ao disposto no art.42, que cada time transmita a merda da sua partida sem qualquer exclusividade por parte de ninguém, em homenagem à liberdade negocial, livre concorrência e autonomia privada. Tem Palmeiras x Gambás? a gRobo que transmita essa merda, e o Palmeiras também, seja pela internet, seja pela Record, e fim de papo.

Ou se tem uma linha de pensamento nesse sentido, ou se mantém, então, essa espécie de temor reverencial que se tem ao poderio da rgt, que acaba tendo exclusividade não só dos times que ela possui contrato, mas também dos que não possui. E enquanto isso perdurar, creio que interesse político para qualquer mudança não haverá, já que a situação é por demais cômoda para esse lixo de emissora. 

Momento melhor, não há; que o Palmeiras "bata o pau na mesa".

Não se pode transmitir um jogo que se tenha direito de apenas um time, não existe isso de transmite e aguentar as consequências.

Para mim era claro, como já tinha dito, que Bahia e Athlético fechariam com a RGT, eles não tem um super patrocínio e que estaria disposto a deixar de aparecer em rede nacional na maior emissora do país. Não bastasse isso, a cota de TV normalmente é a maior fatia do orçamentos desses clubes, não dá pra abrir mão.

P.s. Acho que li em algum lugar que o athlético já fechou com a RGT para transmissão do paranaense...tenho nem dúvidas que em breve eles fecharão pelo BR. Só resta saber o que o palmeiras conseguirar tirar daí ou se ele realmente está disposto a não receber só pra plantar a semente nos outros clubes...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
40 minutos atrás, car4ng0 disse:

Não se pode transmitir um jogo que se tenha direito de apenas um time, não existe isso de transmite e aguentar as consequências.

Para mim era claro, como já tinha dito, que Bahia e Athlético fechariam com a RGT, eles não tem um super patrocínio e que estaria disposto a deixar de aparecer em rede nacional na maior emissora do país. Não bastasse isso, a cota de TV normalmente é a maior fatia do orçamentos desses clubes, não dá pra abrir mão.

P.s. Acho que li em algum lugar que o athlético já fechou com a RGT para transmissão do paranaense...tenho nem dúvidas que em breve eles fecharão pelo BR. Só resta saber o que o palmeiras conseguirar tirar daí ou se ele realmente está disposto a não receber só pra plantar a semente nos outros clubes...

Respeito, mas discordo, pelos motivos retro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

3 minutos atrás, PigFox disse:

Respeito, mas discordo, pelos motivos retro.

Nos nem conseguiríamos transmitir, seriamos impedidos mesmo antes da partida começar. Para se transmitir requer preparação e divulgação... obviamente que seriamos barrados antes disso.

No mais, tenho a opinião que deveria ser direito do mandante a transmissão ou não da partida, acho que é o mais justo. Fosse direito de cada clube transmitir seu jogo, aí sim vc teria espanholização maior ainda, ao meu ver, afinal só precisaria pagar por uns poucos clubes (urubu e gamba) e transmitir várias partidas do campeonato.

 

P.s. Essa segunda parte foi só um exercício de raciocínio, talvez alguem tenha um ponto diferente deste e que seja o correto.

Editado por car4ng0
Faltou complementar
PigFox curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado (editado)

Duvido que o Palmeiras consiga 18,5% de cota fixa no PPV quando sua cota sempre girou em torno de 6 a 7%......time era o oitavo ou nono no ranking de PPV segundo pesquisas Fake ou não Fakes Divulgadas.....isso vai se arrastar até próximo do inicio do BR....o que vai dar pra fazer é ja formar um grupo agora pra iniciar um possível boicote pra 2024 (Lockout) + alteração na lei de transmissões...as negociações do próximo contrato deve iniciar entre 2022 e 2023...se nao tiver adesão vai continuar a mesma coisa...acho que o clubes vão acordar na próxima renovação

O Palmeiras vai assinar não sei quando...espero que consiga pelo menos diminuir esse distancia pros 18,5%...vai ser complicado trabalhar com diferença de faturamento de TV de 100 a 150 milhões por ano por 5 anos...Serão 500 a 750 milhões de diferença no período para investimentos...sorte que os Gambás estão enterrados com italixão

Não da pra não assinar enquanto não tiver mudança na lei de transmissões

Editado por Luciano Borgognoni

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acredito que o Palmeiras vai assinar por 1 temporada só. E aí a RGT e o time vão falar que as % foram aceitas porque as luvas foram baixas (para os outros clubes com pires na mão).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante notar que Galiote briga por menos exibições na TV aberta... o que já vem ocorrendo com mulambos e gambás. Hoje ter seu jogo transmitido na tv aberta é bom para o torcedor e ruim para o clube. Quanto mais jogos passando, menos assinantes no PPV, que deve ser usado como base dos valores de PPV já ano que vem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu só não entendo porque esse assunto não e discutido na televisão.....No STV eu entendo não falar...mas nas concorrentes nunca ouvi nada a respeito.....parecem que têm um corporativismo ou um acordo de cavalheiros pra não se tocar no Assunto....nenhum programa concorrente Fala da diferença de cota de TV's e nem desse caso especifico de Palmeiras e CAP da não assinatura...só vejo o assunto sendo discutido em blogs esportivos e no UOL

PigFox e HeadShot curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.