Fritz

Membro
  • Total de itens

    437
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Fritz

  • Rank
    Categoria Profissional

Profile Information

  • Gênero
    Masculino

Últimos Visitantes

1.753 visualizações
  1. Antes, se classificava apenas o campeão da copa do brasil sub-20. Isso mudou, agora quem se classifica é o campeão da supercopa do brasil, entre o campeão da copa do brasil e o campeão do brasileirão sub-20. Tá com duas vagas esse ano porque ano passado o SP foi campeão da Libertadores, originalmente o Brasil só tem 1 vaga, assim como todos os outros países da conmebol. Ficam 12 participantes por que se classificam os 10 de cada membro + o campeão da libertadores do ano anterior + 1 representante do país sede (no caso desse ano, o Uruguai também tem 2 participantes)
  2. É emocionante e trágico ao mesmo tempo ver esses times. Lembro que até 2015, apesar de ser algo infantil, eu achava que era um fardo que tinha que carregar, já que nasci em 1999 e perdi os maiores momentos do Palmeiras enquanto meu irmão que nasceu 1992, apesar de criança, lembra com clareza da libertadores de 99. O primeiro jogo que eu vi na TV (que eu me lembre) foi contra o São Paulo na Liberta de 2005, mas quando o Cicinho fez o gol minha mãe me pôs para dormir. Primeira vez que acompanhei alguns jogos em seguida foi na reta final do brasileiro de 2007 junto com meu irmão, lembro muito bem do Caio Junior. Em 2008, lembro do meu irmão pegando uma câmera estilo TekPix e tirando muitas fotos da TV mostrando o Palmeiras campeão, foi muito legal ver pela primeira vez. Em 2009, com 10 anos, foi quando comecei a me tornar meio apaixonado, comprava todos os dias o Lance e ficava lendo as noticias de como o Palmeiras estava se preparando para enfrentar o Real Potosí na altitude e eu tinha o Keirrison como primeiro ídolo, antes mesmo do Marcos. Até mesmo minha primeira camisa do Palmeiras é uma verde limão que eu fiz questão da minha mãe pagar um pouco a mais para colocar o 9 e o nome Keirrison. No jogo contra o Colo-Colo, lembro de acordar no meio da noite com meu irmão gritando muito e ouvindo os fogos do lado de fora, sem entender nada, eu quase não vi nenhum jogo do Palmeiras naquela Liberta pq minha mãe me botava pra dormir antes hahaha. No meio tempo entre 2010 e 2012 meu irmão foi estudar em um outro país e ai eu perdi meu companheiro de jogos, não tinha mais graça para mim, então eu quase não acompanhava mais o time. Só voltei com tudo na final de 2012 da copa do brasil, onde eu ficava vendo os vídeos do Anderson Brunelli (https://www.youtube.com/watch?v=Zax8avUkFJg) e quando percebi que o Palmeiras estava prestes a cair e comecei a ver os jogos. Ao final do jogo contra o Flamengo, com gol do Vagner Love, eu chorei muito, só tinha chorado uma vez antes, que foi quando o Brasil saiu da Copa de 2006. No dia seguinte, na minha escola, eu fiz questão de vir com a camisa do Palmeiras e mostrar que, apesar do rebaixamento, eu ainda tinha orgulho de ser palmeirense e do Palmeiras. 2013 foi um ano bem confuso para mim, não tinha esperança nenhuma no time, mas, quando eu vi a raça daquele time na Liberta, eu fiquei muito esperançoso, e me dava muita motivação até para o meu dia a dia, já que tinha acontecidos alguns acontecimento muito negativos na minha vida e o Palmeiras de 2013 se tornou como uma luz para mim. O único jogo da Liberta que eu não vi foi o jogo de volta contra o Tijuana, e quando eu vi como tínhamos perdido aquele jogo, me desanimei de vez, porque senti que foi minha culpa, já que eu não vi o jogo hahaha. Segundo semestre daquele ano eu quase não vi os jogos porque já sabia que o Palmeiras ia ser campeão, então não tinha graça. 2014 foi o primeiro ano que eu realmente me torneio palmeirense roxo, via tudo quanto era notícia, via todos os jogos e tentava interagir com o máximo de grupos relacionados ao Palmeiras possível. E mesmo com as derrotas, uma atrás da outra, eu continuava vendo, continuava acompanhando. Acompanhei ainda mais quando vi que aquele Anderson Brunelli disse que se o Palmeiras não caísse, Paulo Nobre faria de tudo para que o time de 2015 fosse o mais forte possível, então todo final de jogo eu pedia só que a gente não fosse rebaixado para que finalmente eu pudesse curtir títulos em paz. Mas vendo Bruno, Deola e Fábio falhando um jogo atrás do outro, vendo jogadores decadentes e vendo que o Palmeiras só conseguia fazer alguma coisa quando o Valdivia tava no meio me deixaram com muita raiva, fazendo com que eu gritasse, xingasse, as vezes até chutasse ou batesse em coisas da casa, assustando todo mundo. Quando o jogo contra o Atlético-PR em 2014 acabou, e o Palmeiras não foi rebaixado, eu chorei muito, acho que nunca tinha chorado tanto para uma coisa que não tivesse me machucado fisicamente. E ai chega 2015, 2016, 2017 e hoje em dia. Eu não estou mais tão presente assim, lendo e vendo tudo quanto é coisa relacionada do Palmeiras, mas ainda faço questão de ver todos os jogos. Vendo hoje em dia, apesar disso tudo, vejo que se o Palmeiras tivesse ganhado tudo durante todo esse período, dificilmente eu seria tão apaixonado assim. Então vacas magras para mim tem mais baixos que altos, mas fazem com que os verdadeiros torcedores permaneçam com o time, e isso é algo muito melhor que qualquer título.
  3. Copa do Brasil para mim precisa ser a prioridade. Mais emoção, caminho bem curto se comparado aos outros, premiação recorde ao vencedor, enfim, uma grande competição que não pode ser ignorada. Brasileirão em segundo e Libertadores por último, ô competição fdp, que só tem time "raçudo" (em outras palavras, que não tem nenhuma técnica e só vence batendo e provocando), árbitros caseiros e torcidas que fazem de tudo para brigar com a outra. Claro, ficaria feliz com uma vitória, mas sendo bem sincero, não faço nenhuma questão de ser chamado de "sem mundial" a vida inteira se o Palmeiras ganhar uma competição nacional a cada 5 anos.
  4. Saiu o resto: 5 - 12,13 ou 14/05 - Corinthians - Fora 6 - 19,20 ou 21/05 - Bahia - Casa 7 - 26,27 ou 28/05 - Sport - Casa 8 - 30 ou 31/05 (primeiro jogo no meio de semana) - Cruzeiro - Fora 9 - 02,03 ou 04/06 - São Paulo - Casa 10 - 06 ou 07/06 - Grêmio - Fora 11 - 09,10 ou 11/06 - Ceará - Fora 12 - 13 ou 14/06 - Flamengo - Casa -------------------------------------------------------------------PARADA COPA DO MUNDO-------------------------------------------------------- 13 - 18 ou 19/07 - Santos - Fora 14 - 21,22 ou 23/07 - Atlético-MG - Casa 15 - 25 ou 26/07 - Fluminense - Fora 16 - 28,29 ou 30/07 - Paraná - Casa 17 - 04,05 ou 06/08 - América-MG - Fora 18 - 11,12 ou 13/08 - Vasco - Casa 19 - 18, 19 ou 20/08 - Vitória - Fora Minha opinião - temos tudo para deslanchar no final de cada turno, tendo em vista que temos 5 jogos contra times muito mais fracos ou com dificuldades financeiras.
  5. Datas especificas ainda não definidas, apenas os finais de semanas: Botafogo x Palmeiras - 14/04, 15/04 ou 16/04 Palmeiras x Internacional - 21/04,22/04 ou 23/04 Palmeiras x Chapecoense - 28/04,29/04 ou 30/04 Atlético-PR x Palmeiras - 05/05, 06/05 ou 07/05 Lembrando que temos jogo contro o Boca aqui no dia 11/04 e na Bombonera no dia 25/04. Temos ainda contra o Allianza Lima em Lima no dia 03/05
  6. Time já entendeu o jeito Roger de jogar, o que me agrada. O que não me agrada nenhum um pouco é a demora para fazer substituição, time cansa e é hora de colocar jogador para por um animo, principalmente no ataque, mas ele demora muito tempo, chegando ao limite. Enfim, é algo pequeno, mas que acho que alguma hora pode prejudicar. De qualquer forma, um 8 para ele por implementar suas ideias em tão pouco tempo de treino.
  7. LL, Dudu e William mals hoje. Borja fez gol, mas fez menos pressão. Sistema defensivo perfeito, só falhou por falha do juiz. Resto ok
  8. Ok, vamos lá, o vídeo que eu postei falou de quatro Tchê-Tchê's: o tchê que consegue facilitar a saída de bola, o tchê que ajuda os nossos meias e atacantes, ao tomar o lugar deles para parar possíveis ataques do adversário ou dando liberdade total para nossos contra-ataques, o tchê que espera possíveis rebotes fora da área de bolas paradas e o tchê que ocupa ambos os lados do campo, tanto para auxiliar o ataque ou para ajudar os defensores. Então, em nenhum momento ele fala que o tchê desarma, ele fala que ele consegue parar o ataque dos adversários em várias partes do campo, e isso pode ser feitas de diversas maneiras, entre elas: o desarme. No lance do gol, eu realmente não achei um vídeo sequer que tivesse pelo menos 10 segundos antes do cruzamento pro gol do red bull, mas me pareceu que o erro estava com o thiago santos, em que o tche tche já estava marcando um jogador e tentando fazer a pressão em cima da bola. Não dá para tirar muitas conclusões, mas ta aqui, minuto 2:15
  9. Poderia provar isso que está afirmando, por favor?
  10. Venho vendo muito no twitter e aqui no fórum que durantes essas 4 partidas iniciais há muitas critícas em cima do jogador Tchê Tchê. O Rodrigo Fragoso, setorista nosso na EI fez um excelente vídeo no jogo contra o Red Bull mostrando o importante papel que o Tchê (x2) faz no time, mesmo não aparecendo tanto quanto antes. Criticas para mim injustas.
  11. Fico preocupado, sinceramente, seria um belo tapa na cara se algo acontecesse com o elenco estilo "pós-parmalat", espero que a gente ainda se beneficie com as novas regras e que o Palmeiras jamais fique dependente de uma patrocinadora, ou pior, se acomode.
  12. Sei que critiquei o Dudu da última vez, mas eu juro: não to pegando no pé. Jogou o suficiente hoje, mas no final, tentou fazer graça driblando o goleiro. Se não me engano, em um treino antes dos jogos, apareceu uma situação semelhante, em que o Dudu não fez isso, fez um golaço encobrindo o goleiro e o Roger perguntou: se você fizer isso no jogo, eu aceito. Você faz Dudu? e ele concordou. Pelo visto, não se lembrou disso. Enfim, não estou pegando no pé, só quero que ele demonstre todo seu potencial. De resto, todos muito bem e Jailson, pelo amor, o cara não perde, que permaneça assim para sempre kk
  13. Mostrou que quem tem nome não se mantém: sem dudu, sem Prass, sem tche tche. Não vou falar nada pois são somente 10 DIAS
  14. Dudu jogando nada, que ele se mate de esforço por que senão vai ser deixado para trás, com ou sem idolatria.
  15. iria destruir