Jump to content

GuntherF

Falando de Palmeiras - Proibido off topic

Recommended Posts

Por enquanto, com um time em que tanto Veiga quanto Estêvão (e quem jogar pelo outro lado fechando para o meio) precisam de alguém com bastante disposição para abrir espaços na intermediária, o Rony é indiscutivelmente a melhor opção. Quando o time ficar mais técnico, o Flaco ganhará mais chances de titularidade.

Aliás, o Rony não abre espaços apenas na intermediária, quando ele bagunça a primeira linha, tanto Piquerez quanto Estêvão conseguem chegar com mais facilidade à linha de fundo, pois pegam 1x1. O Rony não tem qualidade técnica sofisticada, é muito ansioso ao executar as jogadas e é um erro que ele use a camisa 10, mas a utilidade tática e física que ele tem para o treinador é muito alta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
43 minutos atrás, SEPULTURA disse:

Cara um bom CA nao precisa ser necessariamente bom finalizador e goleador, ganhamos uma liberta e muitos dizem que o melhor Palmeiras de Abel era com o Rony e o pagode no ataque

Real acabou de ganhar uma champions sem um 9

Porque o Real Madrid é basicamente uma seleção e tem um dos melhores técnicos da história.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, maynard disse:

Opinião impopular: Gabriel Menino não tem entrado mal ultimamente. Não serve pra titular, mas não tem entrado mal.

Também acho que ele não está mal. O que irrita a torcida é a displicência em alguns momentos, mas não tem comprometido. Já foi dito que não haverá mais vendas neste ano, então ele tem sim a sua utilidade para o elenco. Nenhum time no país tem um quarteto de volantes com a qualidade de Aníbal Moreno, Zé Rafael, Gabriel Menino e Richard Ríos hoje, com jovens como Fabinho e Patrick (arrebentando no sub-20) à disposição. Aquela é uma faixa do campo indiscutível hoje.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, Monteiro disse:

Porque o Real Madrid é basicamente uma seleção e tem um dos melhores técnicos da história.

A única vez em que o Gilson Kleina armou bem o time do Palmeiras foi jogando sem atacantes centralizados, naquela fase de grupos da libertadores. Intensidade absurda, pressão, muito volume. Até parecia taticamente o Palmeiras contra o Galo.

Não acho loucura montar um quarteto ofensivo com Estêvão, Veiga, Maurício e Dudu, com intensidade pra caramba e troca de posição. Mas, nesse caso, o chutão pra frente teria que ser praticamente abolido. É passe no chão e jogo rápido.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, maynard disse:

Opinião impopular: Gabriel Menino não tem entrado mal ultimamente. Não serve pra titular, mas não tem entrado mal.

 

              Concordo. Eu particularmente lamento demais um jogador com tanto potencial não desempenhar nem 50% do que pode. Nossa sorte é que ele é muito novo, então ainda pode "cair a ficha" no tempo certo e aí vai decolar mesmo, porque futebol ele tem e muito. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
5 minutes ago, YuriPR said:

A única vez em que o Gilson Kleina armou bem o time do Palmeiras foi jogando sem atacantes centralizados, naquela fase de grupos da libertadores. Intensidade absurda, pressão, muito volume. Até parecia taticamente o Palmeiras contra o Galo.

Não acho loucura montar um quarteto ofensivo com Estêvão, Veiga, Maurício e Dudu, com intensidade pra caramba e troca de posição. Mas, nesse caso, o chutão pra frente teria que ser praticamente abolido. É passe no chão e jogo rápido.

Pior que eu estava pensando não faz nem 10 minutos, mas tava pensando no Felipe Anderson ao invés do Mauricio. Não é loucura ou somos dois loucos kkkk

Edited by do Verde

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, YuriPR disse:

A única vez em que o Gilson Kleina armou bem o time do Palmeiras foi jogando sem atacantes centralizados, naquela fase de grupos da libertadores. Intensidade absurda, pressão, muito volume. Até parecia taticamente o Palmeiras contra o Galo.

Não acho loucura montar um quarteto ofensivo com Estêvão, Veiga, Maurício e Dudu, com intensidade pra caramba e troca de posição. Mas, nesse caso, o chutão pra frente teria que ser praticamente abolido. É passe no chão e jogo rápido.

Nesta época pensei de verdade que tínhamos dado sorte e encontrado um bom técnico, pena que depois o Kleina acabou se rendendo a um trabalho mais comum  

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, YuriPR disse:

A única vez em que o Gilson Kleina armou bem o time do Palmeiras foi jogando sem atacantes centralizados, naquela fase de grupos da libertadores. Intensidade absurda, pressão, muito volume. Até parecia taticamente o Palmeiras contra o Galo.

Não acho loucura montar um quarteto ofensivo com Estêvão, Veiga, Maurício e Dudu, com intensidade pra caramba e troca de posição. Mas, nesse caso, o chutão pra frente teria que ser praticamente abolido. É passe no chão e jogo rápido.

Se falar em intensidade não pode colocar o Dudu no meio kkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, YuriPR disse:

A única vez em que o Gilson Kleina armou bem o time do Palmeiras foi jogando sem atacantes centralizados, naquela fase de grupos da libertadores. Intensidade absurda, pressão, muito volume. Até parecia taticamente o Palmeiras contra o Galo.

Não acho loucura montar um quarteto ofensivo com Estêvão, Veiga, Maurício e Dudu, com intensidade pra caramba e troca de posição. Mas, nesse caso, o chutão pra frente teria que ser praticamente abolido. É passe no chão e jogo rápido.

 

                   O Brasil de 70 e a Holanda de 74 tinham praticamente seleções de meio campistas talentosos em outras posições,  só para exemplo, no Brasil tinha até Piazza, um meio campista como zagueiro, na Holanda acho que era o Rijsbergen ou o Haan, zagueiros que na origem eram meio campistas, o centroavante Neskens era meia de origem, Cruiif relatou em seu livro que a maioria dos jogadores aceitaram jogar em outras posições e ainda por cima num esquema revolucionário nunca realizado por ninguém, isso é profissionalismo em seu mais alto grau. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, YuriPR disse:

A única vez em que o Gilson Kleina armou bem o time do Palmeiras foi jogando sem atacantes centralizados, naquela fase de grupos da libertadores. Intensidade absurda, pressão, muito volume. Até parecia taticamente o Palmeiras contra o Galo.

 

Mas vc quer mesmo comparar o Palmeiras atual com aquele do Gil? 

Um time que tem Vinícius, Patrik Vieira e Wesley, qualquer um vira guardiola. Aquele time era subestimado pq não tinha nenhum camarão, mas era repleto de cracks

images?q=tbn:ANd9GcRsb-STZA-rQbn5_68CsiX

Share this post


Link to post
Share on other sites

O melhor palmeiras de Abel, não tinha centroavante. Pior, tinha Rony improvisado. 

Mas, na minha opinião, esse time do vai pra frente quando tiver um 9 de respeito, algo que não temos desde Barcos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.