Jump to content

FStranieri

User
  • Content Count

    3,128
  • Joined

  • Last visited

About FStranieri

  • Rank
    Profissional
  • Birthday 03/28/1977

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Santo André - SP

Recent Profile Visitors

14,491 profile views
  1. Sim, o sistema de jogo posicional depende e automatização e inteligência dos jogadores de perceberem os espaços vazios e se moverem conforme treinado. No sistema por zona é mais simples, cada um atua dentro de sua faixa e função atribuída no campo.
  2. Eu sabia desse fato mas existe mesmo muita desinformação. De qualquer modo, chegar com aquele time à 6a colocação com a 1a temporada completa, com um futebol vistoso feito por jogadores sem qualquer envergadura, foi algo digno de nota. Acho que se vier e tiver respaldo (acredito em muita turbulência), vamos curtir ver o Palmeiras jogar.
  3. Pra mim parece o padrão de sempre, joga pra torcida pra ver quem eles aprovam. Galliote não é gestor, administrador ou qualquer coisa assim, ele é cartola old school, é só político, faz média com conselheiros, imprensa, federação, rivais, torcida, patrocinadora...negócio é deixar todo mundo feliz, se der merda, joga pra torcida de novo. Looping infinito de incompetência.
  4. Pra mim Luxemburgo foi o maior técnico que tivemos e o melhor técnico brasileiro de todos os tempos, acima de Tele/90 e os dos primórdios do futebol. Ficou acima de todos por cerca de 20 anos, desde o Bragantino, passando por Palmeiras, Gambás, Cruzeiro...empilhou títulos por 9nde passou com um futebol envolvente. HOJE quero ele MUITO longe do Palmeiras, mas isso não apaga tudo que ele construiu aqui, os fantásticos times que vimos jogar, desde o fim da fila ao time dos 100 gols. Tanto ele quanto o Bigode merecem ser reverenciados pelo clube pelos serviços prestados.
  5. Bom acho que então discordamos, pois dentro desse texto me parece mais uma impressão emocional geral do que a análise mesmo. Mattos sempre trabalhou dentro das políticas do clube, que foram inicialmente: oportunidades de negócio (bons jogadores com bom preço ou sem contrato), jovens jogadores com potencial futuro de retorno esportivo e/ou financeiro. Nesse grupo entram vários nomes: Moisés, Tche Tche, Mina, Victor Hugo, Dudu, Arouca, Aranha, Hyoran, Veiga, Lucas Lima, Scarpa, Zé Rafael, Marcos Rocha, Egídio Em 2015/2016 foi o que estamos vivendo, reformulação de elenco, daí vieram vários jogadores dentro do perfil citado, a famosa "baciada", de onde veio o "vou te contratei". Daí veio a fase "jogar pra torcida", onde claramente foram jogadores caros, com baixa chance de potencial esportivo ou financeiro, e jogadores meramente pra agradar técnico, vide Borja, Guerra, Deyverson....mais isso foi mais a fase final dele, quando foi demitido, e pra mim é evidente que são políticas e decisões de diretoria. No Atlético/MG a política inicial é bem parecida com a nossa, mas o foco principal parece ser quase que 100% a contratação de jovens com potencial esportivo e financeiro, também em uma severa reformulação de elenco. Antes do Palmeiras, no América/MG já tinha feito um trabalho excepcional porém sem caixa, buscando mesmo perfil de prospecto de nossa fase inicial, mas sem grana. Pra mim Mattos é a melhor "arma" disponível no mercado, mas sua atuação sempre depende do "atirador", a.k.a. presidente (e as vezes os abutres que o rodeiam). Lembrando que ele é o diretor de futebol e não o presidente, logo não pode se insurgir quanto a decisoes políticas do clube, mas apenas compartilhar sua visão, sugerindo o caminho a seguir. Por isso pra mim, Nobre + Mattos foi a combinação perfeita.
  6. Sim, concordo contigo, eu geralmente agrego outras informações ou tento observar fatores que ele traz por outro prisma (como a dificuldade dele em lidar com cartolas e jogadores de grande renome, que parece ser o motivo das suas saídas anteriores, interrompendo um trabalho).
  7. Acho que isso nem está em questão. FM, BH, Ramires, LL, Scarpa, MR, estão apenas esperando a hora de dizer adeus, acho que ninguém da torcida conta com eles. PP é MUITO bom, acho junto com o Wesley, o melhor talento da base até agora, MAS está claramente com salto alto, especialmente por não ter concorrência. Um banco pra baixar a bola e trazer ele de volta vale a pena. Na parte tática, concordo com o colega que ele não é um exímio marcador, vejo ele como inteligente (pensa rápido e escolhe a melhor jogada), bom domínio de bola, bom passe e bom arremate de fora da área. Acho que Danilo e PP tem que jogar juntos, mas no momento, com ele no salto alto, concordo com o Cebola em ser Danilo e Zé Rafael. Acho que HOJE, o time do cebola sem FM e Veron (muito fraco até agora, nenhum bom jogo, pior que o Rony), com Luan ou Emerson e Rony, o ideal. Veron talvez precise de mais tempo pra mostrar seu futebol, diferente do Wesley que simplesmente chegou e ganhou a posição.
  8. Acho que a temporada 2020 já era, mesmo com técnico novo, até reformular o elenco (dispensar jogadores lentos e/ou desmotivados e contratar novos) e automatizar movimentos em todo o elenco, vai levar 1-2 meses, pelo menos. Minha esperança é que tenhamos uma boa reformulação, com um bom técnico e bons novos jogadores, para um 2021 cheio de esperança e real briga por títulos daí em diante.
  9. Cara, o Mattos sob controle é disparado o melhor diretor possível. Problema foi pegar um presidente frouxo, que foge de exposição e decisões difíceis, para controlá-lo.
  10. Eu acho que o Zé Roberto se sairia melhor que o Barros como diretor de futebol.
  11. Verdade, acho que da America do Sul, apenas o Gallardo me emocionaria. E de fato ninguém segura a bronca no Palmeiras
  12. until

    Hoje até do Rony
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.