Jump to content

Porco da Massa

User
  • Content Count

    1,665
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Porco da Massa last won the day on June 3

Porco da Massa had the most liked content!

About Porco da Massa

  • Rank
    Profissional

Profile Information

  • Gender
    Masculino

Recent Profile Visitors

1,676 profile views
  1. Na verdade essa figura do meia não existe mais, não só no Brasil mas como em qualquer lugar do mundo. Lógico que por aqui, por conta do abismo abissal existente entre o futebol praticado em relação ao europeu, ainda se insiste nisso e você uns poucos jogadores nessa posição, a maioria fazendo nada. O meia era um cara que, em tese, deveria jogar mais de costas pra defesa adversário, já que recebe a bola dos volantes. Hoje isso é impossível devido não só a compactação do espaço em que se joga futebol (ficam 22 jogadores em 40 metros de campo, como um cara vai receber a bola de costas, dominar, girar, pensar e tocar em alguém com dois, três no cangote?), como também por conta da evolução física dos atletas. E é justamente por isso que a criação é um processo coletivo, de movimentação e aproximação. Ou o time joga dessa forma, ou joga em contra ataque. E é por isso que hoje na Europa um goleiro tem que jogar com os pés, porque o processo de criação já começa lá atrás. Mas aqui ainda vemos falaram que "o time precisa de uma meia pra criar mais". Balela, isso não vai acontecer, é só uma muleta que se apegam ou por ignorância, ou pra usar de desculpa pela incompetência. Tanto é que, pergunto, quem são os jogadores mais criativos hoje no mundo? Ou são os "pontas", que na verdade costumam ser meias rápidos que jogam abertos, ou são os meio campistas, pra nós volantes.
  2. Normalmente quando o trabalho do treinador é fraco, em sequência começa a se questionar a qualidade do elenco, isso também aconteceu nós últimos anos. Mas aí eu pergunto a vocês: fizemos 10 jogos no Brasileiro. Em qual deles pegamos um time mais forte que o nosso?
  3. Mas convenhamos também que Sampaoli nunca dirigiu uma time com condições reais de ganhar algo, né? Teve destaque na LaU, onde lá sim, ganhou tudo, incluindo Sulamericana, o que pra realidade do time é excelente. Depois foi pro Chile e ainda conseguiu o feito de levar uma Copa América. Foi pro Sevilla, ficou em 4º no Campeonato, atrás das 3 potências, considero uma boa campanha. Saiu pra assumir um rabo de foguete que era a Argentina e foi um fiasco. No Santos, apesar de eliminado nas competições (acho bom ponderar que todas no primeiro semestre, o time engrenou mais a frente), fez um bom Brasileiro, terminando em 2º, era um trabalho promissor. Agora vamos ver no Galo, levou um Mineiro que tinha por obrigação levar, tem o Brasileiro a jogar...
  4. Tava pensando aqui: Fizemos 10 jogos no Brasileiro, e nos 10 jogos pegamos times inferiores ao nosso. Sim, os dois de nível semelhante (Inter e Grêmio) jogaram sem meio time titular. Vencemos 4 dos 10. 4 vitórias em 10 jogos contra times mais fracos. Acham isso bom?
  5. Nos prejudicou ao não dar o pênalti claro pro Guarani, fazendo Luxemburgo se apoiar mais uma vez na bengala da "invencibilidade" mentirosa.
  6. E digo mais, defender esse ex técnico é torcer contra o Palmeiras.
  7. Fora covarde! Entra em campo pra não jogar, tem que treinar time pequeno!
  8. Eu não tenho nem convicção de que caso Klopp ou Guardiola viessem ao Brasil seriam sucesso, existem inúmeras variáveis pra um treinador dar certo num clube. Contudo, qualquer contratação de treinador passa por uma análise do retrospecto recente dele e do que pode entregar ao clube. O tal do Ramirez poderia vir e ser um fiasco, digno de risos dos rivais aqui, mas seria uma aposta com fundamento. Não vejo o mesmo fundamento pra contratar Vanderlei Luxemburgo, que passou os últimos 15 anos de carreira acumulando fracassos e sendo motivo de piada, como personagem folclórico, inclusive de nós Palmeirense. O que o faz pensar que aqui será diferente? Não vejo base alguma... E sim, mesmo depois de tomar de 4 eu traria o espanhol pra ontem.
  9. Não conheço o elenco do River a fundo pra saber que opções ele tinha, a priori também achei a entrada do Pratto desastrosa. Mas convenhamos que do outro lado não era um time qualquer, que o River cansou e que ele esteve a 5 minutos de ser campeão, acontece. É bom lembrar, que já havia sido campeão no ano anterior e três anos antes também. Se o técnico do meu time levasse ele a três finais de Libertadores em cinco anos e ganhasse duas, eu certamente acharia ele "top". Salvo engano, em 30 anos de carreira Luxemburgo sequer jogou uma final.
  10. Eu não consegui ver que "ele não é tudo isso" com base em um jogo. Até porque se pegar UM jogo de retrato chegaremos a conclusão de que nem o Klopp é tudo isso. Mas bom mesmo é o Luxa que escala o Menino porque ele pode tocar duas antes do jogo que não vai sentir - palavras do mesmo.
  11. Curioso que a carreira de todos depois daqui foi só ladeira abaixo, será que a culpa é da torcida, ou de quem insiste em mais do mesmo?
  12. É aí que você se engana. Mano Menezes foi demitido do Palmeiras com 63% de aproveitamento no Brasileiro. Disputou 20 jogos, ganhou 11, empatou 5 e perdeu 4, total de 38 pontos. O aproveitamento do Luxa hoje é inferior, está em 60%. Disputou 10 jogos, ganhou 4, empatou 6 e ainda não perdeu, total de 18 pontos. É bom lembrar também que um time que ganha 2 jogos e perde 4 fica a frente na tabela de um time que empata 6.
  13. Discordo plenamente. Erros acontecem, são assim que saem os gols. A partir do momento que você chama o adversário pro seu campo, ou melhor, abdica de jogar, o time obviamente fica mais sujeito a isso. Ou então, no mesmo sentido de que Luxa não tem culpa pois foram erros individuais, podemos dizer que ele não teve mérito no gol. É bom lembrar que o Palmeiras não faz nada a mais que o Grêmio pra merecer a vitória, não foi como se tivéssemos criado e perdido diversas oportunidades. Salvo engano o Palmeiras deu um chute a gol, justamente o lance do gol. Ou seja, nosso gol foi num caso fortuito, um lance do acaso em que Vina acertou o cruzamento e Rafael Veiga desmarcado (erro do Grêmio) apenas finalizou. Num time que produz pouquíssimo, a tendência é que erros individuais sejam maximizados mesmo. Ontem o Palmeiras completou o 10º jogo no Brasileiro. Em 10 jogos, ao final de algum deles conseguimos falar "porra, hoje o time jogou muito! Ganhou e convenceu!" ? Talvez contra o Corinthians, num jogo bastante atípico. É muito pouco.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.