Gabriel.SRamos

Membro
  • Total de itens

    3.584
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Gabriel.SRamos

  • Rank
    Categoria Estrela
  • Data de Nascimento 04-11-1989

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gênero
    Male

Últimos Visitantes

4.159 visualizações
  1. Ah tá! hahaha tô zuando
  2. Eu acho que, para os padrões brasileiros, ele é excelente, assim como o Ramires. São dois nomes que poderiam ser considerados, embora tenham salários muito altos.
  3. De forma alguma, também não acho que seja o caso de se livrar dele. Mas acho que não podemos ficar a mercê dessa evolução. Vai que ela não chega?! Então precisamos nos preparar. Também digo isso desde o ano passado, que era/é necessário um jogador para essa função. O time com BH e FM, hoje, é muito engessado. E quando o Moisés entra, tem sido pior ainda.
  4. Pra ser sincero, eu penso nisso desde o ano passado. Em 2017, pra mim já faltava esse jogador. Esse meio campista mais completo, que saiba marcar e saiba sair jogando; que tenha qualidade no passe; saiba recompor... Enfim, também acho que falta uma peça para esse setor. O Moisés é muito querido pela torcida, com certeza ele vai ter um pouco mais de tempo para voltar ao ritmo, mas o Palmeiras não pode parar e ficar esperando por essa evolução que pode não vir. Então eu correria atrás de um jogador nessa posição sim. Minha indicação seria o Charles Aránguiz, do Leverkusen. Acho que seria o meio campista ideal para esse time.
  5. Há algum tempo tenho pensado nisso, mas estive um pouco reticente em comentar, até para esperar um pouco mais, mas acho que chegou a hora de falarmos do Moisés. Em 2016, foi um dos melhores jogadores do país, inclusive cotado para a assumir um lugar na seleção. Tinha vigor físico, resistência, bom passe, recompunha bem, atacava com qualidade... Enfim, dava pra dizer que era um meio campista completo, com chances reais de seleção. Começou 2017 e ele se machucou. Retornou na Libertadores, no sacrifício, foi o melhor homem em campo na desclassificação contra o Barcelona mas já dava mostras de "não ser mais o mesmo". 2018 começou e ele teve todo um preparo especial. Pré temporada alongada, um cuidado absurdo, preservação do atleta e foi sendo lançado ao time devagar. Do dia que estreou até agora, eu, particularmente, não consegui notar diferença alguma em seu preparo. Me parece fora de forma, fora de ritmo, "travado" e não tem mais 1/3 da dinâmica que tinha há em 2016, além de parecer ter voltado muito pior do que no ano passado. Sinceramente, estou muito preocupado com esse jogador, e o medo dele não voltar a ser mais o mesmo é real. Mais alguém tem essa sensação?
  6. É que nesse jogo em específico, às circunstâncias causaram isso. Eu estava assistindo ao jogo na casa de uns amigos. Antes da partida começar, estávamos todos tranquilos, sorrindo, conversando e tal. Começou o jogo e logo saiu o gol, todo mundo "morreu", não se ouvia mais um pio no ambiente. O clima ficou tenso, pesado. Fui conseguir tomar uma cerveja no intervalo só, mas cigarro era um atrás do outro. Esse jogo foi "diferente", mexeu demais com a torcida. A tensão e o silêncio foram naturais. E conversando com outros amigos Palmeirenses, a reação foi igual em vários outros lugares.
  7. Eu fiz questão de ressaltar isso. Ele tomou iniciativa sim, inclusive, acho que foi o jogador mais acionado na partida. Mas isso não muda o fato de que ele errou tudo o que tentou. Concordo com você com relação aos demais jogadores, poderiam ter dado mais opção, se apresentado mais, chamado o jogo pra si... Tudo isso, eu nem discuto, porque realmente concordo. Só que não muda o fato de, apesar de ter sido o jogador que mais teve a bola na partida, não conseguiu acertar um drible sequer no fraquíssimo Sidcley.
  8. Isso é uma boa questão mesmo. Aí tem que entrar todo um trabalho de planejamento. Vai vender o Dudu? Ok! Mas quem vai ser a reposição? Quais jogadores conseguimos contratar com essa quantia? Quais jogadores têm realmente o perfil semelhante ao Dudu? Tudo isso tem que ser avaliado antes de tomar alguma atitude. Um cara que não tem o peso do Dudu, mas que eu gostaria de ver no Palmeiras, é o Bruno Henrique, do Santos. Imagino que BH em um ponta e o Keno na outra, seria infernal para os adversários.
  9. Eu gosto muito do Dudu, de verdade. Acho que ele é um jogador raro, um jogador que é 100% coração além de ser um jogador bastante técnico. Mas é um valor que não pode ser descartado, 67 milhões é um boa grana, é o dobro do que pagamos nele. Sem contar que, do meio do ano passado pra cá, o futebol dele caiu drasticamente na parte técnica. Ainda é muito vibrante, muito coração, mas não tem se mostrado capaz de sequer quebrar as linhas adversários com dribles simples, coisa que ele fazia com naturalidade em 2016, por exemplo. No jogo contra os gambás (usando apenas esse como exemplo), o Sidcley, que é mais meia do que lateral e que demonstrou a vida toda problemas de fundamento na marcação, jantou o Dudu com farofa. O Dudu não conseguiu dar UM drible sequer nele, todas as jogadas ele era desarmado e olha que foi o jogador mais acionado da partida. Talvez eu esteja me precipitando no julgamento, de repente ele embala de novo e aí eu serei contra a venda, mas na atual circunstância, é de se pensar sim. Porém, duvido muito que o jogador vá querer ir pro México, é um local "inexpressivo" em termos de futebol.
  10. Por esse valor, eu levo ele na garupa da bike se precisar.
  11. Pode acreditar, infelizmente.
  12. Guerra está com uma inflação de quadril.
  13. Se o Roger for jogar no 4-1-4-1, faz sentido ele colocar o Moisés na do Lucas Lima sim.
  14. Sinceramente, não confio no Dracena da mesma forma que vocês. Mas espero estar errado.
  15. Que falta fazem Scarpa e Arthur nesse momento.