Jump to content

Silva

Falando de Palmeiras - Proibido Off-topic

Recommended Posts

6 minutos atrás, Renan Sturaro disse:

Imagina devolver 2009 ?

Seria foda dms.. 

Pra reforçar nosso sonho, vou deixar aqui uma constatação..

2009, Palmeiras líder, briga de Mauricio e Obina.. Palmeiras ladeira abaixo dps dali.. CRF tira a diferença e foi campeão.

2019, Flamengo líder, discussão de Arão e Gabigol...

Já imaginou?HAHHA

Bem, aqui falou e sonhou meu lado torcedor.

Porém, meu lado racional acredita que o maior problema não é o Flamengo perder ritmo e tropeçar, mas o Palmeiras aproveitar e tirar essa diferença. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutos atrás, M.1914 disse:

Seria foda dms.. 

Pra reforçar nosso sonho, vou deixar aqui uma constatação..

2009, Palmeiras líder, briga de Mauricio e Obina.. Palmeiras ladeira abaixo dps dali.. CRF tira a diferença e foi campeão.

2019, Flamengo líder, discussão de Arão e Gabigol...

Já imaginou?HAHHA

Bem, aqui falou e sonhou meu lado torcedor.

Porém, meu lado racional acredita que o maior problema não é o Flamengo perder ritmo e tropeçar, mas o Palmeiras aproveitar e tirar essa diferença. 

Tomara, mas nessa briga aí o time já estava ladeira abaixo a um bom tempo, não era nem líder mais

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, gugu disse:

Só quero 2 jogadores no palmeiras ROny e Michael .

 

Meus amigos imaginem Dudu carregando no meio pra Michael na direita e Rony na esquerda e Luiz adriano de 9 , ninguem segura .

Quem sabe o boca leva o Fm e o Bh indo pra China , seria lindo.

Oh , Angulo fez um golaço no Sub 20 , Esteves e Renan são dois laterais esquerdo de nivel altissimo , tem Veron  , temos time .

O mattos precisa usar o Cadu e Veiga pr afazer negocio com esses dois jogadores.

 

 

Espero que Rony e Michael passem longe do Palmeiras. Arthur, Wesley, Yan tem muito mais chance de vingar no Palmeiras do que eles e já são do Palmeiras.

Share this post


Link to post
Share on other sites
44 minutos atrás, M.1914 disse:

Seria foda dms.. 

Pra reforçar nosso sonho, vou deixar aqui uma constatação..

2009, Palmeiras líder, briga de Mauricio e Obina.. Palmeiras ladeira abaixo dps dali.. CRF tira a diferença e foi campeão.

2019, Flamengo líder, discussão de Arão e Gabigol...

Já imaginou?HAHHA

Bem, aqui falou e sonhou meu lado torcedor.

Porém, meu lado racional acredita que o maior problema não é o Flamengo perder ritmo e tropeçar, mas o Palmeiras aproveitar e tirar essa diferença. 

O lado positivo é que estamos jogando ANTES do Flamengo, aí nossos jogadores entram em campo com "menos" pressão, e consequentemente mais leves.

Próximo jogo do Flamengo (sem Gabigol) será no domingo, e o nosso... no sábado! Chance de reduzir a diferença pra 6 (ou com um milagre... pra 5).

Torcendo MUITO pra conseguirmos devolver 2019 com juros e correção.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Michel nunca vi jogar,  mas o Rony já vi alguns jogos e é totalmente comum. Não precisamos de jogador de lado para aposta, se for apostar que seja no Verón e no Artur. Do Athetico que tragam o Bruno Guimarães, mas esse acho que sai para a Europa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, robertooculto disse:

Michael pode vir, pra compor elenco?

De início sim, mas a depender das opções, variaria titular com brevidade. Ele é muito bom jogador, muito mesmo, tem um ótimo controle de bola. Tem personalidade, não tem medo de errar, é incisivo demais. 

O maior defeito dele era a finalização, mas nesse segundo turno, pelo visto, treinou e melhorou esse fundamento. 

O único receio é que seja daqueles jogadores que são leões em times pequenos/médios, e pinscher em time grande. Porém, pela personalidade dela, acredito que não sentiria a pressão facilmente. 

Vale muito tentar trazê-lo, principalmente envolvendo jogadores com contrapartida. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, okocha disse:

Michel nunca vi jogar,  mas o Rony já vi alguns jogos e é totalmente comum. Não precisamos de jogador de lado para aposta, se for apostar que seja no Verón e no Artur. Do Athetico que tragam o Bruno Guimarães, mas esse acho que sai para a Europa.

Michael é muito bom jogador, e bem regular, sempre joga bem. Traria pra ontem, mas 20 kk de euros não dá, eu ofereceria 10 kk mais Raphael Veiga+ Hyoran+ Antonio Carlos.

Rony é muito inconstante, não traria.

Bruno Guimarães é uma espécie de novo Arthur  do Barcelona, joga fácil, recusou oferta absurda da China na última temporada. Esquece...

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, okocha disse:

Michel nunca vi jogar,  mas o Rony já vi alguns jogos e é totalmente comum. Não precisamos de jogador de lado para aposta, se for apostar que seja no Verón e no Artur. Do Athetico que tragam o Bruno Guimarães, mas esse acho que sai para a Europa.

Eu levo mais fé no Michael. Não gosto muito do Rony, apesar da boa temporada que vem fazendo. Talvez eu seja suspeito pois tenho pedido Michael nos últimos meses.

Acho Rony um jogador que não consegue aliar rapidez e raciocínio. Nos jogos que acompanhei, eu o via buscando sempre a opção mais difícil, segurando bola demais, sumido em campo e tendo lampejos.

EDIT:

Por fim, já ia esquecendo: Eu também prefiro dar chance aos garotos da base a trazer Rony, por exemplo. 

Edited by M.1914

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, M.1914 disse:

Eu levo mais fé no Michael. Não gosto muito do Rony, apesar da boa temporada que vem fazendo. Talvez eu seja suspeito pois tenho pedido Michael nos últimos meses.

Acho Rony um jogador que não consegue aliar rapidez e raciocínio. Nos jogos que acompanhei, eu o via buscando sempre a opção mais difícil, segurando bola demais, sumido em campo e tendo lampejos.

EDIT:

Por fim, já ia esquecendo: Eu também prefiro dar chance aos garotos da base a trazer Rony, por exemplo. 

Também penso assim, michael é muito bom, bem superior ao rony

Michael teve sérios problemas com drogas e superou ano passado, justamente o período que começou a se destacar. Mas não acho prudente gastar tanto dinheiro assim, acho que temos que tentar vi troca, cadu, a carlos, hyoran etc. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Fercas disse:

O Goiás conseguiu se livrar do Carlinhos, você realmente acha que eles vão querer essa tranqueira de volta? 😂

Veiga nem se fosse em definitivo, pode melhorar essa oferta aí.

É possível que queiram o CE, já ouvi um rumor aqui em Goiânia sobre esse interesse.  A conversa era no sentido de que o Hailé Pinheiro (quase dono do Goiás) queria ele aqui no início do ano. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse Rony ioga bem, assim como o Zé Rafael jogava, tem uns 3 iguais ele na base.... ja o.Michael embora o histórico de.contratações do Goias seja ruim acho ele diferenciado, apostaria nele.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, rafa_1994 disse:

Talvez, com tempo o Mano consiga implantar essa questão de trabalhar mais a bola para furar retrancas (que sofríamos bastante com Felipão)

Concordo com quase tudo, menos com isso, "o Mattos" pode fazer o time furar retrancas, o Mano não, ou seja, dependendo de quem seja o trio ou quarteto de ataque em 2020 o time pode ter menos dificuldade que hoje, pela individualidade dos jogadores, Mano pra mim  tem problemas sérios pra fazer um time se posicionar adequadamente e oferecer as opções de passe (Por também ser um técnico em que seu time ataca no improviso).

Ex:

5hOfhUi.jpg

Fazer isso acontecer naturalmente no jogo, não é do dia para a noite, sei, mas seus times não são assim ofensivamente organizados, o Cruzeiro dele sofria na criação e explorava o talento dos meias e atacantes, sua experiência, contra uma defesa desarrumada como a nossa na CDB eles deitaram, mas logo apelaram pro "defensivismo" e sofriam pra segurar o resultado explorando outra deficiência nossa, jogo vertical e rápido x defesa bem arrumada e recuada, aquele 3x3 só aconteceu no "abafa" gols em bate rebates na área, pq de outra forma o Palmeiras não criava espaços, nem no drible.

Fazer o time se movimentar, criar linhas de passe pra facilitar a criação contra defesas que não darão aqueles lotes de terreno dados pelo São Paulo por exemplo.

O que Mano fez até agora foi isso aqui:

GhBOtxX.jpg

Simples trocas de passe com time estático, rola pro lado e recua, espera no canto o coleguinha passar a bola pra ele que irá pensar pra quem está ainda tentando se desmarcar, isso é pelada, na várzea se faz isso, Fernando Diniz tbm o faz.

Porém... Um bom treinador irá trabalhar a formação constante de triângulos de passe que requer três aspectos táticos que misturados: a consciência tática, a movimentação e o balanceamento ofensivo. Uma vez que a consciência tática é o modo como cada jogador se comporta para que a proposta de jogo da equipe seja realizada, de que a movimentação é se deslocar do seu posicionamento inicial e que o balanceamento ofensivo é o movimento ofensivo de acordo com a movimentação da bola, um bom técnico percebe q todos esses aspectos colaborarão para a formação constante de triângulos de passe ou triangulações. Agora dá uma olhada na mesma sequência anterior, mas com a consciência tática, a movimentação e o balanceamento ofensivo acontecendo.

iY8pzGF.jpg

O time inteiro se move pra cobrir o buraco deixado pelo lateral mantendo uma formação homogênea, e volante + lateral + ponta formam as opções de passe futuro e seu triângulo pra receber e passar, treinador brasileiro apenas engatinha nisso, por isso não queria um 2020 começando com o atraso, a mesmice, sem balanço ofensivo nem defensivo, até pq outros times já acordaram pra realidade de que existe vida inteligente fora do Brasil.

A atual formação já rejeitou o sistema que Mano vinha treinando no decorrer de poucos jogos, não existe mais nada daquele time que enfrentou o CSA, não foi uma mudança específica pro jogo de ontem, não houve estratégia específica, houve o jogo que o time confia em jogar e quebra naturalmente aquela ideia que o treineiro vinha expondo, seria como tentar entortar uma vara verde de bambú e ela volta pro lugar mesmo depois de todo o esforço em modelar a forma.

Esse elenco não vai dar essa liga que esperam, tem muitas deficiências técnicas e vícios táticos aí e me vem a dúvida se ele vai saber selecionar o que precisa junto ao Mattos, se tem metodologia pra isso, quanto ao Mano eu sou cético, acredito que o futebol competitivo dele é aquele do Cruzeiro, resistir na defesa contra os bons times, "saber sofrer" e partir em contra-ataques, nada além daquilo, com esses laterais e esses volantes logicamente ele jamais fará aquilo e muito menos tentar algo fora do seu DNA.

Já tô me preparando pra mais um ano ancorado no talento individual da nova montagem que será feita, quem sabe os meias e atacantes deem uma dinâmica que falta a esse time, velocidade e entrosamento durante paulista.

Testar os jovens da base é um sonho distante, mas quem sabe né?

Edited by Tulio_SEP

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Bernardo Pires disse:

#Angulo e Valdivia 2020. Um para distribuir Empanada e outro para jogar bola.

2020 É Valdivia distribuindo bolas para o Angulo , e para o Veiga vai sobrar distribuir empanadas 🤣

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, luisbim disse:

 

 

Espero que Rony e Michael passem longe do Palmeiras. Arthur, Wesley, Yan tem muito mais chance de vingar no Palmeiras do que eles e já são do Palmeiras.

Luis, torcida do Vitória está doida para devolver o Wesley. 99% das decisões dele no campo são erradas. Quando eles falam comigo já tenho reposta pronta: calma gente, o menino era reserva do sub20 do Palmeiras. Ele ainda está aprendendo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra contratar jogador de time pequeno o cara tem q ser muito diferenciado. Pra contratar o tal do Rony, Carlos Eduardo, Felipe Pires... nossa base OBRIGATORIAMENTE tem q ter um cara no mínimo igual. 

Nossa campanha é a melhor do clube na história dos pontos corridos e msm assim estamos 8 pontos atrás do Flamengo, resumindo, fomos campeões da mediocridade nos anos passados (em 2017 os gambás foram campeões com pontuação de 2º ou 3º colocado), esse ano o Flamengo subiu o sarrafo e se não contratarmos jogadores jovens, de bom físico e feitos, ao menos uns 4 com nível de craques pro Brasil e q sejam protagonistas e chamem a responsabilidade, já era, chega de apostas, jogadores pra compor elenco, disso estamos cheios.

Edited by ticotonto

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Tulio_SEP disse:

Concordo com quase tudo, menos com isso, "o Mattos" pode fazer o time furar retrancas, o Mano não, ou seja, dependendo de quem seja o trio ou quarteto de ataque em 2020 o time pode ter menos dificuldade que hoje, pela individualidade dos jogadores, Mano pra mim é tem problemas sérios pra fazer um time se posicionar adequadamente e oferecer as opções de passe (Por também ser um técnico em que seu time ataca no improviso).

Ex:

5hOfhUi.jpg

Fazer isso acontecer naturalmente no jogo, não é do dia para a noite, sei, mas seus times não são assim ofensivamente organizados, o Cruzeiro dele sofria na criação e explorava o talento dos meias e atacantes, sua experiência, contra uma defesa desarrumada como a nossa na CDB eles deitaram, mas logo apelaram pro "defensivismo" e sofriam pra segurar o resultado explorando outra deficiência nossa, jogo vertical e rápido x defesa bem arrumada e recuada, aquele 3x3 só aconteceu no "abafa" gols em bate rebates na área, pq de outra forma o Palmeiras não criava espaços, nem no drible.

Fazer o time se movimentar, criar linhas de passe pra facilitar a criação contra defesas que não darão aqueles lotes de terreno dados pelo São Paulo por exemplo.

O que Mano fez até agora foi isso aqui:

GhBOtxX.jpg

Simples trocas de passe com time estático, rola pro lado e recua, espera no canto o coleguinha passar a bola pra ele que irá pensar pra quem está ainda tentando se desmarcar, isso é pelada, na várzea se faz isso, Fernando Diniz tbm o faz.

Porém... Um bom treinador irá trabalhar a formação constante de triângulos de passe que requer três aspectos táticos que misturados: a consciência tática, a movimentação e o balanceamento ofensivo. Uma vez que a consciência tática é o modo como cada jogador se comporta para que a proposta de jogo da equipe seja realizada, de que a movimentação é se deslocar do seu posicionamento inicial e que o balanceamento ofensivo é o movimento ofensivo de acordo com a movimentação da bola, um bom técnico percebe q todos esses aspectos colaborarão para a formação constante de triângulos de passe ou triangulações. Agora dá uma olhada na mesma sequência anterior, mas com a consciência tática, a movimentação e o balanceamento ofensivo acontecendo.

iY8pzGF.jpg

O time inteiro se move pra cobrir o buraco deixado pelo lateral mantendo uma formação homogênea, e volante + lateral + ponta formam as opções de passe futuro e seu triângulo pra receber e passar, treinador brasileiro apenas engatinha nisso, por isso não queria um 2020 começando com o atraso, a mesmice, sem balanço ofensivo nem defensivo, até pq outros times já acordaram pra realidade de que existe vida inteligente fora do Brasil.

A atual formação já rejeitou o sistema que Mano vinha treinando no decorrer de poucos jogos, não existe mais nada daquele time que enfrentou o CSA, não foi uma mudança específica pro jogo de ontem, não houve estratégia específica, houve o jogo que o time confia em jogar e quebra naturalmente aquela ideia que o treineiro vinha expondo, seria como tentar entortar uma vara verde de bambú e ela volta pro lugar mesmo depois de todo o esforço em modelar a forma.

Esse elenco não vai dar essa liga que esperam, tem muitas deficiências técnicas e vícios táticos aí e me vem a dúvida se ele vai saber selecionar o que precisa junto ao Mattos, se tem metodologia pra isso, quanto ao Mano eu sou cético, acredito que o futebol competitivo dele é aquele do Cruzeiro, resistir na defesa contra os bons times, "saber sofrer" e partir em contra-ataques, nada além daquilo, com esses laterais e esses volantes logicamente ele jamais fará aquilo e muito menos tentar algo fora do seu DNA.

Já tô me preparando pra mais um ano ancorado no talento individual da nova montagem que será feita, quem sabe os meias e atacantes deem uma dinâmica que falta a esse time, velocidade e entrosamento durante paulista.

Testar os jovens da base é um sonho distante, mas quem sabe né?

Acho que você tem razão quanto a isso. 

Não sei se o Mano será capaz de implementar um sistema com triangulações. Será que não dá para termos uma adequação conforme o time adversário? Alguns usando a fase defensiva e verticalidade e em outros quando propormos implementar esses balanços? Acho que também quanto mais individualidades mais fácil é encaixar qualquer sistema.

Ao menos espero que "o Mattos" nos contemple com mais peças individuais decisivas. Se o Mano não conseguir ao menos teremos os ovos. Aí, no segundo semestre vem o Jaquim e fala que não "dá para deixar o Frezzer desligado 12 horas" e espero que ao menos aí sim apostem em alguém como uma filosofia mais ofensiva fazendo uns bons omeletes. 

Se não testar a base no Paulista eu juro que desisto. Nunca esteve tão propício a isso. Nesse ano já esta, mas não o fizeram. Me parece bem racional constatar que usar o paulista para testar a base só terá benefícios tanto técnicos quanto econômicos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Tulio_SEP disse:

Concordo com quase tudo, menos com isso, "o Mattos" pode fazer o time furar retrancas, o Mano não, ou seja, dependendo de quem seja o trio ou quarteto de ataque em 2020 o time pode ter menos dificuldade que hoje, pela individualidade dos jogadores, Mano pra mim  tem problemas sérios pra fazer um time se posicionar adequadamente e oferecer as opções de passe (Por também ser um técnico em que seu time ataca no improviso).

Ex:

5hOfhUi.jpg

Fazer isso acontecer naturalmente no jogo, não é do dia para a noite, sei, mas seus times não são assim ofensivamente organizados, o Cruzeiro dele sofria na criação e explorava o talento dos meias e atacantes, sua experiência, contra uma defesa desarrumada como a nossa na CDB eles deitaram, mas logo apelaram pro "defensivismo" e sofriam pra segurar o resultado explorando outra deficiência nossa, jogo vertical e rápido x defesa bem arrumada e recuada, aquele 3x3 só aconteceu no "abafa" gols em bate rebates na área, pq de outra forma o Palmeiras não criava espaços, nem no drible.

Fazer o time se movimentar, criar linhas de passe pra facilitar a criação contra defesas que não darão aqueles lotes de terreno dados pelo São Paulo por exemplo.

O que Mano fez até agora foi isso aqui:

GhBOtxX.jpg

Simples trocas de passe com time estático, rola pro lado e recua, espera no canto o coleguinha passar a bola pra ele que irá pensar pra quem está ainda tentando se desmarcar, isso é pelada, na várzea se faz isso, Fernando Diniz tbm o faz.

Porém... Um bom treinador irá trabalhar a formação constante de triângulos de passe que requer três aspectos táticos que misturados: a consciência tática, a movimentação e o balanceamento ofensivo. Uma vez que a consciência tática é o modo como cada jogador se comporta para que a proposta de jogo da equipe seja realizada, de que a movimentação é se deslocar do seu posicionamento inicial e que o balanceamento ofensivo é o movimento ofensivo de acordo com a movimentação da bola, um bom técnico percebe q todos esses aspectos colaborarão para a formação constante de triângulos de passe ou triangulações. Agora dá uma olhada na mesma sequência anterior, mas com a consciência tática, a movimentação e o balanceamento ofensivo acontecendo.

iY8pzGF.jpg

O time inteiro se move pra cobrir o buraco deixado pelo lateral mantendo uma formação homogênea, e volante + lateral + ponta formam as opções de passe futuro e seu triângulo pra receber e passar, treinador brasileiro apenas engatinha nisso, por isso não queria um 2020 começando com o atraso, a mesmice, sem balanço ofensivo nem defensivo, até pq outros times já acordaram pra realidade de que existe vida inteligente fora do Brasil.

A atual formação já rejeitou o sistema que Mano vinha treinando no decorrer de poucos jogos, não existe mais nada daquele time que enfrentou o CSA, não foi uma mudança específica pro jogo de ontem, não houve estratégia específica, houve o jogo que o time confia em jogar e quebra naturalmente aquela ideia que o treineiro vinha expondo, seria como tentar entortar uma vara verde de bambú e ela volta pro lugar mesmo depois de todo o esforço em modelar a forma.

Esse elenco não vai dar essa liga que esperam, tem muitas deficiências técnicas e vícios táticos aí e me vem a dúvida se ele vai saber selecionar o que precisa junto ao Mattos, se tem metodologia pra isso, quanto ao Mano eu sou cético, acredito que o futebol competitivo dele é aquele do Cruzeiro, resistir na defesa contra os bons times, "saber sofrer" e partir em contra-ataques, nada além daquilo, com esses laterais e esses volantes logicamente ele jamais fará aquilo e muito menos tentar algo fora do seu DNA.

Já tô me preparando pra mais um ano ancorado no talento individual da nova montagem que será feita, quem sabe os meias e atacantes deem uma dinâmica que falta a esse time, velocidade e entrosamento durante paulista.

Testar os jovens da base é um sonho distante, mas quem sabe né?

Eu vejo o problema principal citado em 80% (ou mais) dos técnicos brasileiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.