Jump to content

Silva

Falando de Palmeiras - Proibido off topic

Recommended Posts

8 minutos atrás, Porkoloko disse:

Tia Leila disse dias atrás que o Palmeiras na sua gestão seria um time vencedor não só participante.

Conversa de candidato. Pode ser.

Mas uma coisa é fato não se tem um time vencedor com elenco barato. 

O mercado mudou Palmeiras não nada mais de braçadas mas a administração parece estar estagnada, 

Têm no mínimo dois concorrentes fortes, Flamengo e Atlético MG.

Com este papo de austeridade o Palmeiras disputou vários campeonatos e não ganhou nenhum

fora a eliminação da copa do Brasil e distanciamento da ponta da tabela do Brasileirão.

e ainda temos o desprazer de ver Deyverson vestir novamente a camisa do Palmeiras.

Não precisa vir um Cavani, mas pelo menos um jogador que corra e saiba chutar e cabecear a bola.

 

Nós nadamos muito de braçada, hoje, no Brasil. O único time que bate de frente conosco (está à frente em alguns aspectos), por si só, hoje, é o Flamengo. A parte financeira é infalível, vai ter um ou outro que no curto prazo vai ganhar da gente, mas no longo, não existe escapatória. O Atlético, por exemplo, tem as finanças destruídas hoje. Pode aliviar se sair ganhando campeonato, mas se o Atlético sair ganhando campeonato, significa também que Flamengo, São Paulo, Corinthians, que estão investindo, também não estão ganhando. Nós temos sim a falta de um centroavante, mas isso é um problema muito menor do que ter finanças destruídas.

Pega o São Paulo. A verdade é que o São Paulo montou um bom time esse ano, não seria absurdo eles terem passado da gente. Não passaram pq futebol não é assim, não se contrata 8 jogadores e fala "tá tudo certo, vamos ganhar". Assim como, se contratássemos centroavante, a gente não chegaria contra o Atlético MG e falaria "agora passamos", os caras tem Zaracho, Vargas, Hulk, Savarino, Diego Costa, Alonso. Eles têm um bom time, não existe uma peça que venha pro Palmeiras (a menos que seja um craque mundial) que nos dê certeza de que vamos ganhar, assim como ter todos esses jogadores no Atlético também não dão certeza nenhuma de que vão ganhar.

No final do dia, o que a gente mede, e é o pouco que a gente pode medir, é: (1) estamos bem financeiramente? (2) temos boas perspectivas financeiras no longo prazo? (3) nosso time é competitivo?

Para essas três perguntas:

(1) Comparativamente, estamos muito bem, mas em termos absolutos, existe uma dívida de curto prazo alta que dificulta investimento. No curto prazo, Grêmio (gastando a gordura) e Athletico-PR estão bem, no longo, nós e Flamengo estamos bem

(2) Temos ótimas perspectivas futuras. Não é exagero imaginar 60, 80 milhões de euros em venda de jogador, se quisermos. Temos o maior patrocínio, hoje, na América do Sul, garantido por três anos. E temos uma tendência a ter gente que entende de finanças gerindo o clube, que é algo bom. Se vão saber gerir a parte desportiva, é outra questão.

(3) Temos um time competitivo. Provavelmente, hoje, é o terceiro melhor no Brasil, mas que com ajustes finos, pode se tornar o primeiro.

Agora, olha a concorrência, e vê os times que vocês estão preocupados:

(a) Corinthians: dívida quase em 980 milhões, eles, com toda a austeridade, reduziram apenas 5 milhões no endividamento, sem falar nos possíveis processos que vão ocorrer com a demissão em massa que teve por lá. Esse efeito ainda não aparece no balanço. Eles também não contabilizaram as três contratações. Se pegar só o Roger Guedes, do lado de lá, se diz em 1 milhão/mês, 5 anos de contrato. Outras pessoas especulam mais. No fim do dia, endividamento deles a essa altura já bateu muito provavelmente mais que 1 bilhão. Não têm a maior receita no Brasil (embora tenham capacidade para chegar perto), vão continuar sem público integral por algum tempo, e qualquer reestruturação vai demorar anos. Podem ter um time competitivo agora, mas é um time competitivo que é baseado em Giuliano (velho), Gil (velho), Jô (velho), Renato Augusto (velho), Roger Guedes (que um monte de gente aqui fala mal, embora eu ache bom jogador), e talvez Willian (velho). No fim do dia o time deles, em valor de mercado, não vale porra nenhuma, e eles vão estar com uma das maiores folhas de pagamento e maiores dívidas. Não tem nem jogador pra vender, tanto que até aqui, não conseguiu bater a meta de vendas, que, surpresa, foi aumentada comparada ao orçado.

(b) Atlético MG - dívida na casa de 1 bilhão, endividamento de curto prazo estava acima de 2x receita da última vez que vi, folha de pagamento também estava acima da receita. Pode ganhar a porra toda e diminuir a dívida? Pode, mas não vai ganhar todo ano. E se ganhar, os outros que se alavancaram na mesma estratégia estão fodidos.

(c) São Paulo - investiu pra baralho, em jogador que era rejeitado por questões físicas (Éder, Luciano, Benitez, etc), agora ficam de piti pq acham que é culpa do departamento médico deles que todos os caras (que sempre tiveram problema de lesão) vivem lesionados, perdeu e Libertadores pra um time que investiu menos em 2021 (nós), e se sair da Copa do Brasil, o que não é impossível, pode ficar fora até da Libertadores. Dívida alta, receita não é capaz de bancar a dívida, embora estejam subindo as receitas com patrocínio, tem provavelmente a estrutura mais defasada entre os três times da capital, e como alívio, tem os meio campistas que podem ser vendidos por algum valor para o exterior. Quem você acha que vai pagar a conta por lá?

O único time, fora o Flamengo, que está de fato competindo no longo prazo conosco é o Grêmio, que fez umas duas boas contratações (Campaz, e Villasanti, embora tenha minhas dúvidas sobre o último), e está em péssimo momento técnico. Na minha opinião, Red Bull me preocupa mais que esses outros.

 Futebol no curto prazo é fácil de fazer, você promete pagar qualquer coisa a qualquer um, a questão é sempre no longo prazo, se o projeto é sustentável, se os jogadores têm valor de revenda. Quando você aposta em velharia, a única coisa que você pode receber é (1) aumento de renda com torcida, que na minha opinião é relativamente inelástico (mas nunca analisei os números pra falar isso), e (2) aumento de renda com premiações, que é pouco previsível (vide SP e Cruzeiro, em magnitudes diferentes)

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Porkoloko disse:

Qual a fonte. Tony Vegas????????

Quando o Palmeiras contratou um medalhão (camarão)  destes???

DvHFcKKW0AA22fU.jpg

Certeza que esqueceu dessa época? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Berg disse:

Não é possível que vocês estão cogitando CAVANI no Palmeiras. 
 

Perfil de contratação do time é DIAMETRALMENTE OPOSTO, comparando uma possível vinda do Cavani.

Vamos voltar à realidade porque tem jogo amanhã já...

Os caras jogam do nada o nome de algum jogador aqui, na maioria das vezes jogador midiático, daí ficam várias páginas discutindo sobre o dito cujo e no final a frustração pela "não vinda do craque" acaba sobrando para Galiotte e Barros que não tiveram competência para enxergar essa grande oportunidade de mercado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se a Leila mantiver seu perfil de gestora,  vamos ter muito investimento na base, como já ocorre, talvez de forma mais agressiva.

Tenho minhas dúvidas se teremos contratações milionárias. Imagino  caixa sob controle e equilibrado. Mas nao significa que não se possa ter uma equipe competitiva.

Se realmente proceder que o gerente do Red Bull esta na lista, é sinal que Leila montará sua equipe  com perfil diferente do que estamos habituados, com maior profissionalismo, menor risco

Share this post


Link to post
Share on other sites

KKKK

O Palmeiras contratou o meia Lucas Lima, de 16 anos, na manhã desta sexta-feira (27). Ex-Chapecoense, o atleta chega por empréstimo no Verdão e será integrado ao elenco sub-17 treinado por Orlando Ribeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Paulo Falcone disse:

Os caras jogam do nada o nome de algum jogador aqui, na maioria das vezes jogador midiático, daí ficam várias páginas discutindo sobre o dito cujo e no final a frustração pela "não vinda do craque" acaba sobrando para Galiotte e Barros que não tiveram competência para enxergar essa grande oportunidade de mercado.

Isso mesmo kkkk povo doido

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
4 horas atrás, HADZ123 disse:

Nós nadamos muito de braçada, hoje, no Brasil. O único time que bate de frente conosco (está à frente em alguns aspectos), por si só, hoje, é o Flamengo. A parte financeira é infalível, vai ter um ou outro que no curto prazo vai ganhar da gente, mas no longo, não existe escapatória. O Atlético, por exemplo, tem as finanças destruídas hoje. Pode aliviar se sair ganhando campeonato, mas se o Atlético sair ganhando campeonato, significa também que Flamengo, São Paulo, Corinthians, que estão investindo, também não estão ganhando. Nós temos sim a falta de um centroavante, mas isso é um problema muito menor do que ter finanças destruídas.

Pega o São Paulo. A verdade é que o São Paulo montou um bom time esse ano, não seria absurdo eles terem passado da gente. Não passaram pq futebol não é assim, não se contrata 8 jogadores e fala "tá tudo certo, vamos ganhar". Assim como, se contratássemos centroavante, a gente não chegaria contra o Atlético MG e falaria "agora passamos", os caras tem Zaracho, Vargas, Hulk, Savarino, Diego Costa, Alonso. Eles têm um bom time, não existe uma peça que venha pro Palmeiras (a menos que seja um craque mundial) que nos dê certeza de que vamos ganhar, assim como ter todos esses jogadores no Atlético também não dão certeza nenhuma de que vão ganhar.

No final do dia, o que a gente mede, e é o pouco que a gente pode medir, é: (1) estamos bem financeiramente? (2) temos boas perspectivas financeiras no longo prazo? (3) nosso time é competitivo?

Para essas três perguntas:

(1) Comparativamente, estamos muito bem, mas em termos absolutos, existe uma dívida de curto prazo alta que dificulta investimento. No curto prazo, Grêmio (gastando a gordura) e Athletico-PR estão bem, no longo, nós e Flamengo estamos bem

(2) Temos ótimas perspectivas futuras. Não é exagero imaginar 60, 80 milhões de euros em venda de jogador, se quisermos. Temos o maior patrocínio, hoje, na América do Sul, garantido por três anos. E temos uma tendência a ter gente que entende de finanças gerindo o clube, que é algo bom. Se vão saber gerir a parte desportiva, é outra questão.

(3) Temos um time competitivo. Provavelmente, hoje, é o terceiro melhor no Brasil, mas que com ajustes finos, pode se tornar o primeiro.

Agora, olha a concorrência, e vê os times que vocês estão preocupados:

(a) Corinthians: dívida quase em 980 milhões, eles, com toda a austeridade, reduziram apenas 5 milhões no endividamento, sem falar nos possíveis processos que vão ocorrer com a demissão em massa que teve por lá. Esse efeito ainda não aparece no balanço. Eles também não contabilizaram as três contratações. Se pegar só o Roger Guedes, do lado de lá, se diz em 1 milhão/mês, 5 anos de contrato. Outras pessoas especulam mais. No fim do dia, endividamento deles a essa altura já bateu muito provavelmente mais que 1 bilhão. Não têm a maior receita no Brasil (embora tenham capacidade para chegar perto), vão continuar sem público integral por algum tempo, e qualquer reestruturação vai demorar anos. Podem ter um time competitivo agora, mas é um time competitivo que é baseado em Giuliano (velho), Gil (velho), Jô (velho), Renato Augusto (velho), Roger Guedes (que um monte de gente aqui fala mal, embora eu ache bom jogador), e talvez Willian (velho). No fim do dia o time deles, em valor de mercado, não vale porra nenhuma, e eles vão estar com uma das maiores folhas de pagamento e maiores dívidas. Não tem nem jogador pra vender, tanto que até aqui, não conseguiu bater a meta de vendas, que, surpresa, foi aumentada comparada ao orçado.

(b) Atlético MG - dívida na casa de 1 bilhão, endividamento de curto prazo estava acima de 2x receita da última vez que vi, folha de pagamento também estava acima da receita. Pode ganhar a porra toda e diminuir a dívida? Pode, mas não vai ganhar todo ano. E se ganhar, os outros que se alavancaram na mesma estratégia estão fodidos.

(c) São Paulo - investiu pra baralho, em jogador que era rejeitado por questões físicas (Éder, Luciano, Benitez, etc), agora ficam de piti pq acham que é culpa do departamento médico deles que todos os caras (que sempre tiveram problema de lesão) vivem lesionados, perdeu e Libertadores pra um time que investiu menos em 2021 (nós), e se sair da Copa do Brasil, o que não é impossível, pode ficar fora até da Libertadores. Dívida alta, receita não é capaz de bancar a dívida, embora estejam subindo as receitas com patrocínio, tem provavelmente a estrutura mais defasada entre os três times da capital, e como alívio, tem os meio campistas que podem ser vendidos por algum valor para o exterior. Quem você acha que vai pagar a conta por lá?

O único time, fora o Flamengo, que está de fato competindo no longo prazo conosco é o Grêmio, que fez umas duas boas contratações (Campaz, e Villasanti, embora tenha minhas dúvidas sobre o último), e está em péssimo momento técnico. Na minha opinião, Red Bull me preocupa mais que esses outros.

 Futebol no curto prazo é fácil de fazer, você promete pagar qualquer coisa a qualquer um, a questão é sempre no longo prazo, se o projeto é sustentável, se os jogadores têm valor de revenda. Quando você aposta em velharia, a única coisa que você pode receber é (1) aumento de renda com torcida, que na minha opinião é relativamente inelástico (mas nunca analisei os números pra falar isso), e (2) aumento de renda com premiações, que é pouco previsível (vide SP e Cruzeiro, em magnitudes diferentes)

Não tenho dúvida que os Palmeiras está no geral em um momento equilibrado e se continuar assim vai disputar títulos com frequência.

Mas o Palmeiras passou pela Era Parmalat e pelos investimentos e estrutura da época o Palmeiras deveria ter vencido muito mais campeonatos. 

Administrativamente a gestão Galiotte é de altos e baixos em vários aspectos.

Em relação a ter um time competitivo é questionável já que o Palmeiras venceu a Libertadores mas nos últimos confrontos contra os principais rivais Flamengo e AtléticoMG perdeu jogos seguidos. É nítido que o elenco precisa de mudanças e que no momento é desiquilibrado. Atualmente para as disputas que tem, acho que um bom centroavante razoável ajudaria muito e não destruiria os cofres do clube já que desde o ano passado o clube vem apertando o cinto. Um novo centroavante não é garantia de vitória mas é uma possibilidade já jogar como Deyverson è nenhuma.

Adversários:

O Galo tem problemas financeiros mas tem os seus messias  e estão construindo uma Arena que parece ter uma  boa perspectiva financeira para o clube. A longo prazo pode se tornar um concorrente frequente.

O Grêmio é aquele time chato como o Santos que está sempre incomodando. A diferença é que o Santos não soube aproveitar o dinheiro da venda das estrelas do elenco para o exterior  e parece se afundar em dividas cada vez mais.

Flamengo indiscutivelmente tem a maior torcida do pais conseguiu se equilibrar financeiramente antes da pandemia resta saber como vai ser em longo prazo já que historicamente sua administração sempre foi precária.

São Paulo não me preocupa, caiu num buraco e não consegue sair. Com a diminuição dos Show e jogos dos adversários no Morumbi perdeu muita renda. Se perdeu.

Curintia é sempre um mistério afinal quando se acha que o clube vai se afundar de vez caindo para 5 divisão o clube contrata uma baciada de reforços. De onde vem o dinheiro ninguém sabe. E poucos da imprensa questionam. O que se sabe é que o clube ganhou uma arena de presente. E se o ex-presidente sem dedo voltar ....  melhor nem tocar no assunto.

RedBull Braga tem boas perspectivas mas ainda falta muito para se tornar um time de ponta. 

 

Edited by Porkoloko

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até os rivais falidos com mais ambição... bom e barato voltou, duvido nada essa Leila já estar de amizade com o Mustafá... o clube entregue: a organizada é comprada pela Leila há anos, Galiotte ficou esse segundo mandato inteiro com medo de fazer qualquer coisa por causa da Leila, conselheiros deixaram a Leila dar golpe no estatuto (como Nobre avisou) e já se meter na presidência do clube - duvido nada deixarem já já ela ampliar número de mandatos também -, a mulher agora já se envolveu de forma ardilosa até com os ídolos do clube! Aumentar o patrocínio já pra mostrar que vai vir com ambição e montar o time que o palmeirense merece pra jogarmos pra frente, como Palmeiras, isso ela não fez. Deus nos livre e me faça queimar a língua, que eu esteja MUITO errado, mas minha sensação é das piores possíveis com a Leila na presidência, que não viremos apenas uma pedra de suporte para ela ganhar mais dinheiro e fama. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Eduardo SEP 1914 disse:

Não virão contratações. 

Inclusive nada indica que a Leila fará algo muito diferente em seu mandato. 
O que rola no clube é que a vaga de diretor está entre a permanência do Barros, ou o Scuro do RB Bragantino, ambos com perfil mais conservador de lapidar o mercado. 

Não adianta criarmos expectativas por conta próprias e fakes do Twitter e depois descontarmos nossas frustrações conforme rivais vão se fortalecendo enquanto nosso nível cai. 

Só creio nisso se Leila mudar completamente, tipo uma lavagem cerebral, ela há pouco falava em trazer Neymar pro Palmeiras, destilando riqueza pelos poros, a única ideia q me vem é de uma moderação dela até a volta do público e as receitas voltarem a correr normalmente, mas até pra alavancar o Avanti ela terá que criar um fato novo e concreto, tipo um nome decente pra camisa 9, lateral pro lugar dos odiosos Mayke e M. Rocha

Um meia que a torcida possa ao menos criar uma expectativa boa mesmo q não seja caro e bombástico

Assim ela vai elevar receitas e ganhar uma tranquilidade por uns meses, e isso também dependerá do desfecho dessa temporada, se for temporada de mais eliminações e zero taça a pressão já será o dobro no 1° dia do mandato

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Leivinha-73 disse:

Só creio nisso se Leila mudar completamente, tipo uma lavagem cerebral, ela há pouco falava em trazer Neymar pro Palmeiras, destilando riqueza pelos poros, a única ideia q me vem é de uma moderação dela até a volta do público e as receitas voltarem a correr normalmente, mas até pra alavancar o Avanti ela terá que criar um fato novo e concreto, tipo um nome decente pra camisa 9, lateral pro lugar dos odiosos Mayke e M. Rocha

Um meia que a torcida possa ao menos criar uma expectativa boa mesmo q não seja caro e bombástico

Assim ela vai elevar receitas e ganhar uma tranquilidade por uns meses, e isso também dependerá do desfecho dessa temporada, se for temporada de mais eliminações e zero taça a pressão já será o dobro no 1° dia do mandato

 

 

 

 

Deixa comigo 😏😈

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, rodrigocavallaro disse:

Gostaria de me desculpar com todos amigos foristas pelos adjetivos que usei, onde poderia ser até expulso daqui, pois passei dos limites.
Junto com o Felipão,o Abel é o único treinador/torcedor na beira do campo. Me perdoe Abel, o único burro aqui sou eu, que na maioria das vezes não pensa antes de falar, sinto muito!
Não sei se é certo relatar problemas pessoas num fórum de futebol, mas creio que outras pessoas possam passar pelo menos que eu e talvez ajude.
Tenho 34 anos, mas desde crinça sabia que algo não estava certo, sou filho único e vivencei coisas que nenhuma criança merece vivenciar, mas estou aprendendo que certas coisas só estão no entendimento de Deus e não posso mais questionar.
Palmeirense desde a barriga da minha mãe, comecei a assistir aos jogos com 5 anos de idade, amor, paixão e carinho pelo Palmeiras que só crescem no meu coração até hoje.
Em 2012 resolvi fazer minha primeira tatuagem do Palmeiras.
É uma luta diária contra pensamentos suicidas, negativos e crise existencial.
As poucas pessoas em qual confiei na vida, me passaram a rasteira. Me sinto culpado por ficar dando murro em ponta de faca, sabia que não acabaria bem.
Todas as minhas emoções ficaram focadas no Palmeiras, o que é errado, descontar em algo que nada tem a ver, onde outras pessoas são obrigadas a lerem coisas desagradáveis, sinto muito galera!
Não apareci antes, pois fui suspenso até o dia de hoje. Não pude compartilhar a alegria que senti no jogo da Libertadores, chorei feito criança, me lembrando dos jogos de 2005 e 2006 onde eu estava presente e foi uma dor muito grande!
Já andei torto na vida, descontando em bebidas e drogas recreativas, ao mesmo tempo em que tomava remédios controlados, sou total responsável por isso, não sou incapaz, só sinto muito por sentir demais!

 

Cara, eu participo do fórum mais como observador, mas tem vezes que é difícil lidar com a vida as vezes, se precisar eu sou psicólogo e se precisar me manda uma DM, eu passo meu contato e podemos marcar um horário de maneira gratuita, estou a disposição para ajudar, que como um colega falou, ser palmeiras é ter uma família de milhões 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.