Jump to content

GuntherF

Falando de Palmeiras - Proibido off topic

Recommended Posts

23 horas atrás, dehzaum disse:

Hoje , eu particularmente acho fraco . Eu (opinião completamente pessoal ) acho que o Michael “consagrado “ entregou menos que o Veron promessa . E aí , pra pegar um cara com salário de consagrado , mas que vai só compor elenco , acho muito mais vantajoso dar minutagem ao Giovani , por exemplo. 

Sem dúvida, eu também.

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, FStranieri disse:

Caramba, ótimos pontos seu e do Hadz123, não havia parado para pensar sobre isso, realmente o equilíbrio de forças na mesa de negociação vai mudar drasticamente e a legislação atual (lei pelé) é complemente defasada para encarar esse cenário.

Me parece que devemos ter uma explosão de SAFs, clubes endividados e um mercado com muito espaço para lucro dos investidores.

Será que conseguimos competir sem mudanças?

Pelo menos por enquanto eu não acho que devemos virar SAF... se estivéssemos em 2013, 2014, seria a favor, depende do cenário kkkk 

Apesar do futebol ser negócio, ainda me sentiria estranho por torcer por algo que pertence literalmente a alguém... eu estaria me sentindo esquisito se fosse cruzeirense... o que é o Cruzeiro hoje ? Sei lá, se tornaram mera parcela do portfólio financeiro do CPF Ronaldo Nazário.... entendo que era isso ou o clube se dissolver até virar pequeno... ( como beirávamos em 2013... considerando que eles não teriam nem a esperança da inauguração de uma Arena do porte do Allianz, no lugar economicamente mais privilegiado do país...) Mesmo assim não deixa de ser estranho. 

Também não compararia uma SAF nossa, com algo como o City ou o PSG.  Eles são o objetivo final do investidor. O cara traz Neymar e Messi para jogarem até o fim lá, para o clube ser poderoso, para arrecadar e dominar ali... Já nós seríamos uma ponte para estagiar garotos e fazer o test drive antes de enviarem para o clube principal deles, ou vender a bom preço... 

Porém, precisamos de alguma forma de arrecadar. 
Quando um clube no país tem o dobro da nossa receita, com o decorrer do tempo não bateremos de frente...

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Londrinense disse:

Falaram a mesma coisa do Textor no Botinha.

Isso aí é tudo papo de investidor, óbvio.

Mas na real, nenhum investidor inteligente, sobretudo o grupo CIty, investiria tão pesado em um time como Bahia de pouquíssima torcida e sem mínima possibilidade de chegar nas cinco maiores torcidas nos próximo 50 anos.

Esses investidores pegam esse clubes menores para servir de escolinha de futebol, visando comprar ou lapidar jogadores jovens e promessas para assim que atingir um bom nível já vender logo, retirando lucro.

Se duvidar, derrepente surge um novo neymar lá e antes mesmo de ganharem algum título já estarão vendendo...

Infelizmente eles acabam enganando os pobres torcedores com promessas do tipo "maior investimento", "time competitivo" e blablabla... mas no fim só visam o lucro.

O pior é que os diretores desse clube são alavancas para esse tipo de engajamento, são iludidos por esses investidores e aumentam isso para a torcida.

O investimento que eles pretendem fazer não é pelo Bahia mas sim para captar jovens talentos brasileiros e vender a preço de ouro kkkk não tem benfeitoria, quando alguém compra um clube não tá nem aí pra torcedor em teoria, visam lucro e é isso aí... No caso do Bahia eu digo, na minha cabeça vai ficar única e exclusivamente lucro, igual é o RB Bragantino, ótima administração, porém o objetivo número 1 não é fazer o bragantino campeão, se acontecer é só uma consequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre as SAF, li que o Ronaldo injetou R$ 400 milhões no Cruzeiro. E que nunca mais vai injetar nada. A partir de agora ele só vai chupar, vendendo os talentos que aparecerem. E que o Ronaldo hoje é um empresário, homem de negócios, e só visa lucros. Ele sabe que vai recuperar esse investimento em médio prazo. Num primeiro momento, parece muito dinheiro (principalmente na situação em que estava o Cruzeiro, quase falido). Mas, não entrando mais nada, seria muito pouco. 
Para um clube estruturado como o Palmeiras isso seria totalmente indesejável.

Ter alguém à frente do clube que não age por amor de torcedor, mas apenas como pessoa de negócios, acho perigoso. 🤔🤔🤔
 

 

Espera, ….

Edited by WAGA

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Jean.Pazim disse:

E o Bahia hein... Povo do grupo City informaram que vai ser o segundo clube do grupo City com maior investimento, cabuloso hein...

Contratem o fenômeno navarro 

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Eduardo SEP 1914 disse:

Sobre esse ponto, vai ser interessante ver a disputa pela igualdade, ou melhor, pelo equilíbrio nas cotas de TV. 

Inclusive estou postando aqui pq acho que esse tema envolve o Palmeiras e mais que isso : é crucial. 
Venho batendo na tecla, que se a gente seguir com receitas anuais de 500 a 600 milhões e eles na casa do bilhão, em 2 ou 3 anos vamos estar distantes. Não tem milagre. 
Superamos os bambis e mais ainda o Santos, principalmente quando após nos organizarmos, aumentamos nossas receitas e nosso nível de investimento. E ano a ano essa diferença entre os clubes aumentou... 

Não vejo o Palmeiras entrar nessa briga e é um erro grosseiro. No MÍNIMO deveria ser proporcional às vendas. E nesse cenário, nós recebemos os mesmos 32 milhões, Flamengo 78 e gambás 48 ( Hj recebem 170 e 110 ). 
Red Bull, o Textor, o 777, o grupo City... precisam aceitar migalhas ? Vão aceitar seus clubes recebendo em PPV de 5 a 20, enquanto o Flamengo recebe 170 ? 
Acho difícil. A mentalidade e visão empresarial deles rejeitará completamente isso. 

Somado a dois outros fatores : Não faz falta em seus orçamentos esses valores oferecidos e eles não precisam da mídia expondo seus jogadores, pois ( infelizmente para seus torcedores ) esses clubes SAF´s são como categorias de base para gigantes europeus.  
O Bahia para o grupo City e os demais casos SAF´s, é como se o Palmeiras tivesse investindo 300 mil em um pequeno clube no campeonato do Piauí... não seria um valor significativo e não precisaríamos de mídia, pois a prospecção é " nossa para nós mesmos ". 

Acho difícil a RGT conseguir a longo prazo continuar manipulando nosso futebol em beneficio de suas duas crias. 

Desconheço. Alguém sabe se há, de fato, alguma discussão sobre o equilíbrio nas cotas da TV ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Eduardo SEP 1914 disse:

Sobre esse ponto, vai ser interessante ver a disputa pela igualdade, ou melhor, pelo equilíbrio nas cotas de TV. 

Inclusive estou postando aqui pq acho que esse tema envolve o Palmeiras e mais que isso : é crucial. 
Venho batendo na tecla, que se a gente seguir com receitas anuais de 500 a 600 milhões e eles na casa do bilhão, em 2 ou 3 anos vamos estar distantes. Não tem milagre. 
Superamos os bambis e mais ainda o Santos, principalmente quando após nos organizarmos, aumentamos nossas receitas e nosso nível de investimento. E ano a ano essa diferença entre os clubes aumentou... 

Não vejo o Palmeiras entrar nessa briga e é um erro grosseiro. No MÍNIMO deveria ser proporcional às vendas. E nesse cenário, nós recebemos os mesmos 32 milhões, Flamengo 78 e gambás 48 ( Hj recebem 170 e 110 ). 
Red Bull, o Textor, o 777, o grupo City... precisam aceitar migalhas ? Vão aceitar seus clubes recebendo em PPV de 5 a 20, enquanto o Flamengo recebe 170 ? 
Acho difícil. A mentalidade e visão empresarial deles rejeitará completamente isso. 

Somado a dois outros fatores : Não faz falta em seus orçamentos esses valores oferecidos e eles não precisam da mídia expondo seus jogadores, pois ( infelizmente para seus torcedores ) esses clubes SAF´s são como categorias de base para gigantes europeus.  
O Bahia para o grupo City e os demais casos SAF´s, é como se o Palmeiras tivesse investindo 300 mil em um pequeno clube no campeonato do Piauí... não seria um valor significativo e não precisaríamos de mídia, pois a prospecção é " nossa para nós mesmos ". 

Acho difícil a RGT conseguir a longo prazo continuar manipulando nosso futebol em beneficio de suas duas crias. 

Acho interessante como a nossa torcida desconhece COMPLETAMENTE as nossas receitas, e estuda a fundo as receitas dos mulambos. 

Ano Passado faltaram 50 milhões para nós faturamos 1 bilhão...

Em 2021 faturamos 910 milhões, em 2022 faturamos 950 milhões.... O que você quer dizer com esses 500, 600 aí?

Haverá sim umas disparidade na cota de televisão, mas em compensação nossa folha salarial está em 240 milhões.... enquanto a folha salarial deles é de aproximadamente meio BILHÃO.

Operamos com total saúde financeira, enquanto eles estão terrivelmente alavancados. Um ano que por ventura tenham maus resultados em campo pode ser devastador. Passamos 2017 e 2019 em branco e não tivemos nenhum impacto financeiro.

Na minha visão estaremos sempre brigando na ponta. Essa responsabilidade financeira e o modelo atual de negócios vai nos fazer nos perpetuar no poder. Flamídia, gambás, Bambis seguem no mesmo modus operandi Brasileiro de sempre, atirando pra tudo quanto é lado, repatriando medalhões a peso de ouro, sem planejamento algum só torcendo pra dar certo.

A outra questão, temos uma base de OURO. O que podemo render jogadores como Danilo, Endrick, Giovani etc. não só podem como devem super e muito a diferença que recebemos a menos nos direitos televisivos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, GuntherF disse:

Pessoal, futebol nacional é na arquibancada.

Tá difícil...... falar só do SEP....... cada escorregada 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Palmeiras SAF? Eu acho que não é momento, sigo a opinião dos colegas; se fosse noutro momento sim; Nesse, não.
Palmeiras um dia vai precisar virar SAF? Acho que não.
O que levou o Palmeiras as grandes crises foram gestões amadoras.
Se o Palmeiras continuar com transparências, e gestões sólidas, o demais (Mercado onde está SP, quarta maior torcida do país, torcida consumista), não errando muito se mantém.

Sobre outros times serem SAF's.
Acho ótimo mais competição.
Quanto mais gente com poder de investimento, menos poder para aquele que arrecada mais.

E ao contrário da maioria, não temo em momento algum eles.
E nunca precisamos ser o primeiros em torcida, ter patrocínio estatal, e dinheiro de emissora, para termos a história que temos. 

Pra mim.
O cenário está ficando cada vez e cada vez melhor num todo.

E o Palmeiras ali, competindo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre a questão de SAFs como grupo City, Red Bull ou similares, eu pergunto a vocês quantos clubes desses fazem sucesso pelo mundo afora. Por exemplo, o grupo City possui um time na Espanha, um na França e um no Uruguai, fora tantos outros. Alguém aqui sabe quais são esses clubes? Dica: Não viraram clubes grandes. Não entendo quem acha que o Bahia, Bragantino ou Botafogo vão virar potências no Brasil, quando na verdade eles assinaram um contrato para vender qualquer jogador bom a preço de banana para os clubes "pais".

Sobre a questão dos direitos televisivos, sou a favor de equilibrar o modelo de forma similar ao campeonato inglês. Porém, eu não acredito nessa história de que o Flamengo e Corinthians ganham 200 milhões de TV enquanto a gente só ganha 30 milhões. Muito provavelmente existe apenas alguma manobra contábil aí, porque os clubes anteciparam receita no período da pandemia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Prutton disse:

Não entendo quem acha que o Bahia, Bragantino ou Botafogo vão virar potências no Brasil

Potência nenhum dos três.
Mas entendo o Bahia como o time de mais potencial.
Todos os times do Grupo City estão em mercados pequenos (exceto os americanos) e o próprio inglês que é o chefe.

O Bahia não. 
Está no maior mercado fora da Europa.
No maior mercado nacional fora (Inglaterra e Espanha).
Tem muita torcida, a cidade é um atrativo, esse time diferente dos citados, será como um Athlético PR, só que com um pouco mais de recurso.

E EU, acho o maior barato.

Voltando ao Palmeiras.
Se não me falha a memória, o orçado para esse ano era algo em torno de 630 milhões.
Se não engano o Palmeiras superou em (bilheteria, vendas e premiações), o orçado, logo, deve bater na casa de 700 milhões. 
 

Sendo que 630 milhões já ficava no bônus "acho que 14 milhões".
Se chegar a 700, esse montante de lucro a mais, seria algo em torno 84 milhões.
E com jogadores jovens como ativo, Lopez, Tabata, e outros com 25 anos, mais alguns da base que podem ser vendidos.

O Palmeiras mantendo a competitividade investindo em 2/3 nomes.
Mantendo o Abel Ferreira esse time; tem tudo para 2023/2024 ainda estar muito forte, arrecadando muito; quem sabe ser o primeiro grande times com dívidas equalizadas.

Pra fechar.
O Palmeiras poderia ser na minha visão (aqui mais torcida, que informação ou previsão).
Uma espécie de Bayern; não tem o dinheiro de Madrid, Barcelona e os ingleses... mais se mantém competitivo. 

Não precisamos ser o primeiro em grana. 
Mas, podemos estar entre os 04/05 do país, o resto a torcida e o escudo contam a história...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só a Crefisa já injetou cerca de R$ 1 bilhão no Palmeiras em todo seu tempo de contrato aqui.

Se fizer bem feito, a gente alcança R$ 2 bi de patrocínio geral nos próximos 10 anos…

O clube não precisa ser vendido!

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, WAGA disse:

Você parece ser da área. Só curiosidade: anabolizante pode ser administrado (em dose baixa) sem risco, por exemplo, de câncer ? Qual seria essa dose ?

Todo o que for supra-fisiológico vai dar merda.

Não sou da área não, só vejo muito conteúdo sobre o assunto. O que tem menos potencial de dar merda são as doses de TRT, que são indicadas pra quem tem pouca testo. Mas essas doses fazem com que a pessoa fique com um nível ainda considerado "normal". Depois disso aí algum problema, mesmo que leve, vai dar.

Tem inúmeros problemas prováveis, mas low doses você vai ter no mínimo inibição do eixo, o que fará com que seus níveis hormonais vão para o chão no pós ciclo. E demora pra normalizar.

Eu li, assisti, vi coisas demais sobre o assunto. Pra mim, não compensa. Me parece que é algo que você meio que vira dependente, pq ninguém quer retroceder depois de certo ponto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.