Jump to content

Silva

Falando de Palmeiras - Proibido off topic

Recommended Posts

8 horas atrás, herick1987 disse:

Espero que todos os anos o Palmeiras coloque os garotos das categorias de base pra jogar o Paulista, se ficar pela primeira fase não há problema algum. Porém tem de deixar esses jogadores terem chance como reservas, parar de contratar jogadores comuns, se for pra contratar que sejam bons jogadores, acima da media.

Na teoria é muito bonito, mas na prática não serviu pra nada. Que jogador da base que já não estava no time teve oportunidades com o Abel depois? Nem o Giovani, que chegou a fazer partidas boas e demonstrar potencial. 

Colocar a base pra jogar por colocar, pra depois não dar chance a nenhum garoto de jogar com o time de cima, não faz sentido. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutes ago, Porco da Massa said:

Na teoria é muito bonito, mas na prática não serviu pra nada. Que jogador da base que já não estava no time teve oportunidades com o Abel depois? Nem o Giovani, que chegou a fazer partidas boas e demonstrar potencial. 

Colocar a base pra jogar por colocar, pra depois não dar chance a nenhum garoto de jogar com o time de cima, não faz sentido. 

 

Não é assim que funciona… usaram o Paulistinha como laboratório para as garotadas, ano que vem vai ser a mesma coisa…

Não é pq o Palmeiras usou o paulista como laboratório que vai usar a mulekada o ano todo.

certeza que no Paulista do ano que vem Gionavi, Gabriel Silva e cia estarão presentes novamente 

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, Porco da Massa disse:

Na teoria é muito bonito, mas na prática não serviu pra nada. Que jogador da base que já não estava no time teve oportunidades com o Abel depois? Nem o Giovani, que chegou a fazer partidas boas e demonstrar potencial. 

Colocar a base pra jogar por colocar, pra depois não dar chance a nenhum garoto de jogar com o time de cima, não faz sentido. 

 

Se não me engano o Renan foi testado no Paulista e ficou no time principal. Me corrijam, se estiver errado. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutes ago, Renan Duarte said:

Se não me engano o Renan foi testado no Paulista e ficou no time principal. Me corrijam, se estiver errado. 

Ele tinha sido usado em poucos jogos de 2020, mas a partir do Paulista que ele ganhou cancha e espaço pra ser efetivado no elenco.

No próximo paulista deve ser o mesmo cenário pra Giovani, Fabinho e Garcia.. Pessoal esquece  que mesmo jogando no sub20 eles eram sub17.

Se não me engano, todos eram sub17 no paulista. E o Gabriel Silva tem feito na base pra merecer pelo menos mais uma oportunidade no paulista 2022.

Fora que o Paulistão 2021 foi uma zona.

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Jean.Pazim disse:

E não foi por culpa dele diga-se de passagem

              Com certeza, ele foi até bem na minha opinião. O curioso é o pé frio nesse início, espero que isso mude e ele passe a ser um talismã com a sequencia. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, FabioHenrique disse:

Se não me engano Vinishow estreou pelo principal com 16 anos.

Endrick poderia ser inscrito no Paulistinha né 

Eu teria mais paciência com ele, por mais que pra um mlk de 15 anos estar já no sub-20 e se destacando seja algo fora da curva, acho que quanto melhor lapidarmos esses proximos 2 anos, mais frutos ele dará pro Palestra. Sejam eles em futuras vendas ou dentro de campo no profissional. Xô zica,  que nao seja um romarinho!

Edited by Piauzera
Escrevi errado

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em relação ao Endrick tem que ter muita calma, uma coisa é marcar gols na base, outra é manter o mesmo desempenho entre os profissionais.

Gabriel Silva também marca muitos gols nos torneios da base, é muito elogiado, mas quando teve sua chance no time principal, não manteve o mesmo nível (o que é absolutamente normal) e muito foristas aqui começou cravar que o jogador não presta, é isso, é aquilo.

Mesma coisa ocorre com o Veron, que destruía na base, inclusive sendo eleito melhor jogador do Mundial Sub-17 mas uma galera aqui vive criticando ele, já cansei de ler aqui forista pedindo pra ele ser negociado pois só quer saber de tik tok.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Caiser Soze disse:

              Com certeza, ele foi até bem na minha opinião. O curioso é o pé frio nesse início, espero que isso mude e ele passe a ser um talismã com a sequencia. 

É que ele chegou com o time um lixo... FodA

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, FabioHenrique disse:

Se não me engano Vinishow estreou pelo principal com 16 anos.

Endrick poderia ser inscrito no Paulistinha né 

Tempos de trevas e desespero meu caro... Kkkk

 

Acho melhor esperar uns 17 pelo menos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
44 minutos atrás, Renan Duarte disse:

Se não me engano o Renan foi testado no Paulista e ficou no time principal. Me corrijam, se estiver errado. 

Antes do Paulista o Renan já havia feito 10 jogos como titular do Palmeiras, já se sabia do potencial dele. Tanto que começou a temporada como titular, tanto no Paulista (antes da paralisação, quando não eram apenas os garotos) como na Libertadores. 

Eu não incluo ele nessa leva. 

Ps: Com o time de garotos o Renan fez 2 jogos no Paulista. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um ano após 1º gol, Gabriel Menino some no Palmeiras e seleção; veja dados

Gabriel Menino, do Palmeiras, durante treino na Academia de Futebol - Cesar Greco/Palmeiras

Completou aniversário de um ano, na quinta-feira (16), o primeiro gol de Gabriel Menino como jogador profissional do Palmeiras. O tento anotado em La Paz, contra o Bolívar, pela Libertadores —fase de grupos—, poderia ter sido o prenúncio de um ano excelente na carreira do jogador. E até foi, por um bom tempo. Mas a verdade é que, por uma série de fatores, Gabriel chegou à data comemorativa com menos espaço e prestígio do que tinha quando o anotou —tanto no Palmeiras quanto na seleção brasileira.

Em especial nos últimos quatro meses, a importância de Gabriel no clube encolheu. Por conta de contusões e convocações para a seleção brasileira, o meia tem poucos jogos pelo clube na temporada e, desse modo, números modestos em termos de contribuição.

Em 19 rodadas de Brasileiro, Gabriel só esteve presente em dez jogos, sendo titular em apenas cinco. A última partida que começou jogando foi contra o Atlético-MG, pelo Brasileiro, em 14 de agosto —derrota por 2 a 0. No Mineirão, ele atuou como lateral-direito, no lugar de Marcos Rocha, poupado.

Na temporada 2020, ele jogou 61 vezes, deu 62 passes para finalização e dez assistências, liderando o fundamento no elenco —além de fazer quatro gols. Neste ano, ele tem zero assistência no Brasileiro, nove passes para chutes de companheiros —que não se tornaram gols— e uma bola na rede apenas, contra o Grêmio, em 7 de julho.

Ainda que jogue todos os jogos do Palmeiras até o fim do ano, ele não terá nem 80% do número de partidas que fez na temporada anterior. Somando todas as competições, Gabriel fez 24 jogos na temporada 2021. Esse é o mesmo número de jogos que o Palmeiras terá até o fim do ano, caso vença a Libertadores.

Muito da ausência de Gabriel em jogos do Palmeiras se deveu à sua convocação para a seleção olímpica. Mas, por lá, ele também perdeu espaço. Menino era o dono da lateral-direita da equipe, mesma função que Tite, técnico da seleção principal, o convocou para desempenhar nas Eliminatórias para a Copa de 2022 em outubro do ano passado.

Mas o técnico olímpico André Jardine tirou da cartola, na última hora, a convocação de Daniel Alves para os Jogos de Tóquio. E assim, Menino atuou um total de 14 minutos no torneio —8 na final—, do qual saiu com a medalha de ouro.

Estafe crê que o jogador está preparado para o mercado externo

Das revelações do Palmeiras atualmente no elenco profissional, Gabriel Menino é o mais bem acabado como "produto" para o mercado externo. "Se aparecesse hoje uma proposta interessante para o Palmeiras e para ele, o Gabriel estaria 100% preparado" disse seu agente, Nick Arcuri, em entrevista ao UOL, pouco antes da ida dele aos Jogos de Tóquio.

Menino tem contrato com o Palmeiras até dezembro de 2024, com multa em torno de 60 milhões de euros, o que hoje significa quase R$ 393 milhões. Mas entende-se no clube que seu valor de mercado oscile em torno de 20 milhões de euros, aproximadamente R$ 122 milhões. Uma venda seria um enorme alívio no caixa do clube e era até esperada, de certo modo.

Entre os times que já sondaram o Palmeiras e seu agente por Gabriel, estão Atlético de Madri (ESP), Dínamo de Kiev (UCR) e o Grupo City, que entre outros clubes, comanda o Manchester City (ING). Mas não chegaram propostas concretas e oficiais pelo jogador, que embora mais maduro, está menos em evidência.

Jogo ruim de Rocha e ausências podem jogar a favor de Menino

Após a partida ruim de Marcos Rocha contra o Flamengo —1 a 3—, no último domingo (12), cresce a expectativa de que Menino possa retomar a lateral direita do time. Abel, no entanto, tem em seu camisa 2 um homem de total confiança

Rocha é um dos seis jogadores do atual elenco que disputaram as três finais da temporada 2020 —Paulista, Libertadores e Copa do Brasil. Também atuou na Recopa Sul-Americana, na Supercopa do Brasil e na semifinal do Mundial de Clubes. Só não esteve na final do Paulista deste ano porque se lesionou nas quartas de final, contra o Red Bull Bragantino, em 14 de maio, ficando fora de combate até 6 de junho.

Já no meio, Abel encontrou em Danilo, Zé Rafael e Veiga seu trio ideal. Menino até poderia ganhar uma chance no setor contra a Chapecoense, no domingo (19), já que Zé está suspenso. Mas Patrick de Paula é o reserva imediato do setor, muito em decorrência do espaço perdido por Menino. Mas como Danilo não terminou o treino de quinta-feira (16), aumenta a chance de Gabriel ganhar uma vaga.

O fato é que Gabriel já demonstrou em campo que pode ser muito mais útil ao Palmeiras do que foi até agora na atual temporada. Quem não se lembra de sua atuação na ida da semifinal contra o River Plate (ARG) na Libertadores de 2020?

No momento em que o time parece oscilar negativamente, quem sabe, devolver a Gabriel o espaço por ele já conquistado não pode ser um dos movimentos de Abel Ferreira para o Palmeiras também recuperar seus melhores momentos.

https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/09/17/um-ano-apos-1-gol-gabriel-menino-perde-espaco-no-palmeiras-veja-numeros.htm

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, Alex (EUA) disse:

O Soteldo resolveria as deficiencias atuais? Os lados do ataque me parece um dos setores de menos necessidade....

Considerando que no último jogo a estratégia consistia em levantar bola na área pro Rony, com 1,67 m, tentar ganhar de cabeça, acho que os 1,60 m do Soteldo não iam resolver muita coisa não.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia galera verde, acho que chegou a hora de virar a página e apoiar está chegando os 2 jogos mais importantes e sabemos que o palmeiras é o time da virada! Que supera as adversidades e a soberba de imprensa e dirigentes de rivais... eu ainda creio num título em cima dos urubus quebrando esse tabu de derrotas de forma épica!! 💚🐷🐽

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.