Jump to content

Silva

Falando de Palmeiras - Proibido off topic

Recommended Posts

6 minutos atrás, gustavo_p disse:

Considerando que no último jogo a estratégia consistia em levantar bola na área pro Rony, com 1,67 m, tentar ganhar de cabeça, acho que os 1,60 m do Soteldo não iam resolver muita coisa não.

Foi a mesma coisa que eu falei, imagina só o time na chuveirada para Rony, Dudu e Soteldo... pqp

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, T-R3X disse:

Foi a mesma coisa que eu falei, imagina só o time na chuveirada para Rony, Dudu e Soteldo... pqp

Sem falar na saída de bola, só chutão para esses gigantes levarem vantagem sobre os zagueiros na bola aérea 🤡

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutos atrás, T-R3X disse:

Foi a mesma coisa que eu falei, imagina só o time na chuveirada para Rony, Dudu e Soteldo... pqp

Marcos Rocha cobrando lateral na área pros nossos gigantes!

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Porco da Massa disse:

Na teoria é muito bonito, mas na prática não serviu pra nada. Que jogador da base que já não estava no time teve oportunidades com o Abel depois? Nem o Giovani, que chegou a fazer partidas boas e demonstrar potencial. 

Colocar a base pra jogar por colocar, pra depois não dar chance a nenhum garoto de jogar com o time de cima, não faz sentido. 

 

O fato de valerem milhões e milhões de euros tbm é meio teórico, essas multas contratuais mtas vezes ficam só no papel...

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, heart green disse:

Ele tinha sido usado em poucos jogos de 2020, mas a partir do Paulista que ele ganhou cancha e espaço pra ser efetivado no elenco.

No próximo paulista deve ser o mesmo cenário pra Giovani, Fabinho e Garcia.. Pessoal esquece  que mesmo jogando no sub20 eles eram sub17.

Se não me engano, todos eram sub17 no paulista. E o Gabriel Silva tem feito na base pra merecer pelo menos mais uma oportunidade no paulista 2022.

Fora que o Paulistão 2021 foi uma zona.

Na temporada 2020 ele fez 11 jogos, segundo o site oficial do Palmeiras. Em 2021 já fez 31.

https://www.palmeiras.com.br/pt-br/jogador/?jogador=22954

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, T-R3X disse:

Foi a mesma coisa que eu falei, imagina só o time na chuveirada para Rony, Dudu e Soteldo... pqp

Mas aquela bola que o Weverton mandou direto pro Ronyvaldo no final do primeiro tempo, em que ele saiu nas costas da defesa e ficou sozinho com o goleiro, errando o gol... Acho que o Anão não perderia hein 

O abelão tá devendo taticamente. Precisa melhorar muito e ler melhor esse elenco.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, heart green disse:

Ele tinha sido usado em poucos jogos de 2020, mas a partir do Paulista que ele ganhou cancha e espaço pra ser efetivado no elenco.

No próximo paulista deve ser o mesmo cenário pra Giovani, Fabinho e Garcia.. Pessoal esquece  que mesmo jogando no sub20 eles eram sub17.

Se não me engano, todos eram sub17 no paulista. E o Gabriel Silva tem feito na base pra merecer pelo menos mais uma oportunidade no paulista 2022.

Fora que o Paulistão 2021 foi uma zona.

Tomara que todos eles tenham espaço no Paulistão 2022. Por mim jogava 1 jogo o sub-17/20, 1 jogo o profissional alternando.

 

Os meninos de 17 anos infelizmente não vão ter espaço para evoluir no time de cima. Não podemos nos dar ao luxo de deixar um garoto pegar rodagem no time profissional e colocar em risco nosso desempenho em campo. Pra subir direto tem que ser extra classe... Como foi o Veron e todos criticam. Deixa rodarem mais 1 ou 2 anos pela base jogando toda semana e evoluindo, quando tiverem 19/20 chegam no time de cima mais desenvolvidos e brigam pela posição no treino.

Share this post


Link to post
Share on other sites
42 minutos atrás, T-R3X disse:

Um ano após 1º gol, Gabriel Menino some no Palmeiras e seleção; veja dados

Gabriel Menino, do Palmeiras, durante treino na Academia de Futebol - Cesar Greco/Palmeiras

Completou aniversário de um ano, na quinta-feira (16), o primeiro gol de Gabriel Menino como jogador profissional do Palmeiras. O tento anotado em La Paz, contra o Bolívar, pela Libertadores —fase de grupos—, poderia ter sido o prenúncio de um ano excelente na carreira do jogador. E até foi, por um bom tempo. Mas a verdade é que, por uma série de fatores, Gabriel chegou à data comemorativa com menos espaço e prestígio do que tinha quando o anotou —tanto no Palmeiras quanto na seleção brasileira.

Em especial nos últimos quatro meses, a importância de Gabriel no clube encolheu. Por conta de contusões e convocações para a seleção brasileira, o meia tem poucos jogos pelo clube na temporada e, desse modo, números modestos em termos de contribuição.

Em 19 rodadas de Brasileiro, Gabriel só esteve presente em dez jogos, sendo titular em apenas cinco. A última partida que começou jogando foi contra o Atlético-MG, pelo Brasileiro, em 14 de agosto —derrota por 2 a 0. No Mineirão, ele atuou como lateral-direito, no lugar de Marcos Rocha, poupado.

Na temporada 2020, ele jogou 61 vezes, deu 62 passes para finalização e dez assistências, liderando o fundamento no elenco —além de fazer quatro gols. Neste ano, ele tem zero assistência no Brasileiro, nove passes para chutes de companheiros —que não se tornaram gols— e uma bola na rede apenas, contra o Grêmio, em 7 de julho.

Ainda que jogue todos os jogos do Palmeiras até o fim do ano, ele não terá nem 80% do número de partidas que fez na temporada anterior. Somando todas as competições, Gabriel fez 24 jogos na temporada 2021. Esse é o mesmo número de jogos que o Palmeiras terá até o fim do ano, caso vença a Libertadores.

Muito da ausência de Gabriel em jogos do Palmeiras se deveu à sua convocação para a seleção olímpica. Mas, por lá, ele também perdeu espaço. Menino era o dono da lateral-direita da equipe, mesma função que Tite, técnico da seleção principal, o convocou para desempenhar nas Eliminatórias para a Copa de 2022 em outubro do ano passado.

Mas o técnico olímpico André Jardine tirou da cartola, na última hora, a convocação de Daniel Alves para os Jogos de Tóquio. E assim, Menino atuou um total de 14 minutos no torneio —8 na final—, do qual saiu com a medalha de ouro.

Estafe crê que o jogador está preparado para o mercado externo

Das revelações do Palmeiras atualmente no elenco profissional, Gabriel Menino é o mais bem acabado como "produto" para o mercado externo. "Se aparecesse hoje uma proposta interessante para o Palmeiras e para ele, o Gabriel estaria 100% preparado" disse seu agente, Nick Arcuri, em entrevista ao UOL, pouco antes da ida dele aos Jogos de Tóquio.

Menino tem contrato com o Palmeiras até dezembro de 2024, com multa em torno de 60 milhões de euros, o que hoje significa quase R$ 393 milhões. Mas entende-se no clube que seu valor de mercado oscile em torno de 20 milhões de euros, aproximadamente R$ 122 milhões. Uma venda seria um enorme alívio no caixa do clube e era até esperada, de certo modo.

Entre os times que já sondaram o Palmeiras e seu agente por Gabriel, estão Atlético de Madri (ESP), Dínamo de Kiev (UCR) e o Grupo City, que entre outros clubes, comanda o Manchester City (ING). Mas não chegaram propostas concretas e oficiais pelo jogador, que embora mais maduro, está menos em evidência.

Jogo ruim de Rocha e ausências podem jogar a favor de Menino

Após a partida ruim de Marcos Rocha contra o Flamengo —1 a 3—, no último domingo (12), cresce a expectativa de que Menino possa retomar a lateral direita do time. Abel, no entanto, tem em seu camisa 2 um homem de total confiança

Rocha é um dos seis jogadores do atual elenco que disputaram as três finais da temporada 2020 —Paulista, Libertadores e Copa do Brasil. Também atuou na Recopa Sul-Americana, na Supercopa do Brasil e na semifinal do Mundial de Clubes. Só não esteve na final do Paulista deste ano porque se lesionou nas quartas de final, contra o Red Bull Bragantino, em 14 de maio, ficando fora de combate até 6 de junho.

Já no meio, Abel encontrou em Danilo, Zé Rafael e Veiga seu trio ideal. Menino até poderia ganhar uma chance no setor contra a Chapecoense, no domingo (19), já que Zé está suspenso. Mas Patrick de Paula é o reserva imediato do setor, muito em decorrência do espaço perdido por Menino. Mas como Danilo não terminou o treino de quinta-feira (16), aumenta a chance de Gabriel ganhar uma vaga.

O fato é que Gabriel já demonstrou em campo que pode ser muito mais útil ao Palmeiras do que foi até agora na atual temporada. Quem não se lembra de sua atuação na ida da semifinal contra o River Plate (ARG) na Libertadores de 2020?

No momento em que o time parece oscilar negativamente, quem sabe, devolver a Gabriel o espaço por ele já conquistado não pode ser um dos movimentos de Abel Ferreira para o Palmeiras também recuperar seus melhores momentos.

https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/09/17/um-ano-apos-1-gol-gabriel-menino-perde-espaco-no-palmeiras-veja-numeros.htm

Na boa, ele pode ter perdido um pouco o foco, mas, não pode ser avaliado, pois, não joga na sua posição que é segundo volante,  e tem todas condições de jogar no lugar do Zé Rafael e ter uma sequência nesta posição

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, LuisSEP9 disse:

Gabriel Menino e PK com uma sequencia tomam lugar do Zé Rafael facil facil

Também acho, em especial o Menino. O PK junto com o Danilo na marcação acaba deixando muito espaço. Os 3 juntos jogam tranquilo, mas só os 2, com Veiga, Dudu e mais um ponta, acho que a marcação fica fraca

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, Neto palestra disse:

Na boa, ele pode ter perdido um pouco o foco, mas, não pode ser avaliado, pois, não joga na sua posição que é segundo volante,  e tem todas condições de jogar no lugar do Zé Rafael e ter uma sequência nesta posição

Exatamente, tem sido massacrado o garoto porém não joga na sua posição, portanto qualquer avaliação não é justa.

Mas ficou "mascaradinho" depois que foi para a seleção e isso prejudicou-o mais ainda!

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutes ago, bruno.marmos said:

Também acho, em especial o Menino. O PK junto com o Danilo na marcação acaba deixando muito espaço. Os 3 juntos jogam tranquilo, mas só os 2, com Veiga, Dudu e mais um ponta, acho que a marcação fica fraca

Realmente um time num 4-3-3 com um meio campo mais dinâmico seria muito interessante, fico entre três escalações como ideais: 

Wewerton, Menino, Gomez, Renan, Pirquerez (Jorge), Danilo, Patrick, Veiga, Scarpa, Dudu e Rony (LA)

Wewerton, Rocha, Gomez, Renan, Pirquerez (Jorge), Danilo, Patrick, Menino (Matheus F), Veiga (Scarpa), Dudu e Rony (LA)

Wewerton, Menino, Gomez, Renan, Pirquerez (Jorge), Danilo, Patrick, Veiga (Scarpa), Dudu, Wesley e Rony (LA)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, LuisSEP9 disse:

Gabriel Menino e PK com uma sequencia tomam lugar do Zé Rafael facil facil

Menino, PK e Danilo com a intensidade, velocidade e principalmente personalidade foram o diferencial da temporada 2020, tem que repetir esta fórmula e dar sequência de jogos

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, Neto palestra disse:

Menino, PK e Danilo com a intensidade, velocidade e principalmente personalidade foram o diferencial da temporada 2020, tem que repetir esta fórmula e dar sequência de jogos

 

Porque repetir o que deu certo se posso colocar a panela pra jogar?

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Animal disse:

Não foi só a crefisa mas sem ela provavelmente o Avant não teria chegado onde chegou, a torcida não tería lotado os estádio e não teríamos ganhado tantos títulos neste período. 

Também penso assim. Uma coisa que espero da Leila  é que ela volte a impulsionar o Avanti, pois é uma fonte importante. Com o retorno aos estádios, voltamos a ter a renda dos estadios.

Alias, sobre Avanti e público nos estádios, esses últimos anos ensinou que time forte e nomes badalados alavancam ambos, além das premiações pelos restados esportivos.

Com a pandemia, segurar gastos acho que até fez sentido porque o público não voltaria de nenhuma forma, mas voltando ao normal, a parte esportiva (elenco) não pode ser sucaetada, temos que ter time claramente no mesmo nível dos melhores do continente ou melhor (se possível) a fim de não entrar em um círculo vicioso (corta custo de elenco --> piora colocao --> recebe menos premiação, avanti, torcida --> corta custo de elenco....).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.