Jump to content

Silva

Falando de Palmeiras - Proibido Off-topic

Recommended Posts

1 hora atrás, ApCoelho72 disse:

Incrível mas verdade, mesmo com esse time, muitas vezes perdemos merecendo ganhar! 

O time era ruim, mas o Fábio era terrível, até gol contra fez!!! 

Perfeito. Aquele elenco era bizarro, mas com o Gareca ainda dava gosto de assistir porque ele realmente fazia o time jogar bem. Pena que o Fábio fazia 1 milagre e tomava 2 frangos por jogo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falando em técnicos. 

Engraçado que ninguém mais fala do Fernando Diniz. O lobby era tão grande que suportou a estadia do Athético na zona do rebaixamento,  mas a estadia com o Fluminense abaixou a poeira de quem implorava por Fernando Diniz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Bruno_Palestra disse:

Falando em técnicos. 

Engraçado que ninguém mais fala do Fernando Diniz. O lobby era tão grande que suportou a estadia do Athético na zona do rebaixamento,  mas a estadia com o Fluminense abaixou a poeira de quem implorava por Fernando Diniz.

Eu assisti alguns jogos recentes do Fluminense e o time é sim bem treinado. É uma equipe que sabe o que fazer com a bola, em 3 ou 4 toques já estão praticamente na cara do gol, o grande problema é que algumas peças são muito ruins e o time carece de experiência, é composto basicamente por molecada, inclusive, acho que as contratações do Nenê e do Guilherme são para dar um pouco mais de equilíbrio e experiência ao elenco.

Acho que com um elenco melhor, ele poderia se sair melhor.

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, Bruno_Palestra disse:

Falando em técnicos. 

Engraçado que ninguém mais fala do Fernando Diniz. O lobby era tão grande que suportou a estadia do Athético na zona do rebaixamento,  mas a estadia com o Fluminense abaixou a poeira de quem implorava por Fernando Diniz.

Dos técnicos novos Brasileiro era o único que aceitaria numa boa aqui um dia, muito por gostar do estilo de jogo que ele quer implementar, se nunca vai funcionar ai nem eu nem vc sabemos pq ninguém aqui é Deus hehe, o Sampaoli quando teve o melhor elenco em mãos que era da seleção Argentina foi um fiasco, com o elenco mais humilde e obediente do Santos esta dando muito certo com um elenco pobre que tem, estar entre os 6 ja é façanha para esse elenco do Santos, estar em primeiro HOJE independente de como termine o campeonato e com salários atrasando é de dar os parabéns.

Todos os técnicos tem boas e más passagens pelos clubes o Dinis teve bons momentos e varias más passagens, mas é um técnico de poucos trabalhos, o Cuca era um técnico azarado, que brincavam que ele era aquele do desenho ó ceus ó vida, e sempre com cara de chorão e derrotado, mudou isso na passagem pelo Galo ai te pergunto quantos anos de carreira o Cuca tinha ? E quantos fracassos tinha ?? Minha resposta era inúmeros fracasso e passagens ruins, ai no Galo / Palmeiras ele se tornou um cara de outro patamar e vitorioso.

Mas antes de apostar no Dinis eu apostaria em um gringo sim, mas ai a torcida teria que ter em mente de aceitar 1 ano em branco de adaptação haha coisa que ja não aceita 1 resultado ruim imagina 1 ano..

Gosto do estilo ofensivo o Dinis tem isso mas alguns gringos tb, mas os gringos parecem ter mais jogadas ensaiadas, de faltas etc... parecem ter mais repertório, gosto muito disso e das variações.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutos atrás, Gabriel Palestra disse:

Perfeito. Aquele elenco era bizarro, mas com o Gareca ainda dava gosto de assistir porque ele realmente fazia o time jogar bem. Pena que o Fábio fazia 1 milagre e tomava 2 frangos por jogo.

Fábio é o único goleiro que vi que conseguia isso. Cara, ele fazia umas defesas muito impossíveis. 5 minutos depois num escanteio socava a bola errado e fazia gol contra. Goleiro ou é bom ou é ruim. Ele era bom e muito ruim ao mesmo tempo ahahahah

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, Vini.Palestra disse:

Fábio é o único goleiro que vi que conseguia isso. Cara, ele fazia umas defesas muito impossíveis. 5 minutos depois num escanteio socava a bola errado e fazia gol contra. Goleiro ou é bom ou é ruim. Ele era bom e muito ruim ao mesmo tempo ahahahah

Hahahaha era exatamente isso, ele fazia uma defesa dificílima, coisa linda de defesa... e em questão de 5 minutos tomava um frango muito bizarro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Emanuel Godoy
1 hora atrás, Tongue disse:

Gareca pediu a contratação de um goleiro mais experiente, mas a diretoria se recusou.

E um pouco depois, quando chegou o Dorival, contrataram o Jaílson do Ceará, que se não me falha estava na serie C.

E o Jailsão está no Palmeiras até hoje, campeão brasileiro 2016 invicto!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vendo toda essa discussão sobre técnico aqui hoje, só faz eu ter certeza de uma coisa: se o badalado Sampaoli estivesse aqui certamente já estaria sendo criticado e apedrejado tal como fazem com o Felipão. É fato.

A única vez que vi uma unanimidade em relação a técnico aqui no ptd foi no 1º semestre de 2017, quando ninguém mais aguentava o EB e todo mundo comemorou a volta do Cuca, mas essa unanimidade durou pouco, depois de 3 meses metade do forum já queria dar um pé na bunda dele e a outra metade queria queimar a calça roxa.... ahahahahah

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, ™ Gustavo said:

Lembro que o Prass se machucou e um goleiro reserva da base assumiu a posição, o cara errava todo jogo, até gol contra deu conta de fazer.

Enfim, o Gareca foi mto prejudicado por coisas que não dependiam diretamente dele naquela época (fora o material humano que tinha em mãos), independente disso, é um cara sério e um ótimo treinador, na minha opinião.

PS: não acho que ele teria indicado exatamente aqueles 4 argentinos (Tobio, Mouche, Allione e Cristaldo) se o clube estivesse em uma situação melhor naquela época, acho que ele indicou pq era o máximo que o clube poderia alcançar naquele momento específico.

Ele indicou o Pratto também, más não tínhamos a grana necessária. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Gabriel Palestra disse:

Aquele elenco era bizarro, mas com o Gareca ainda dava gosto de assistir porque ele realmente fazia o time jogar bem.

Dava gosto?

Foi o pior Palmeiras de todos os tempos, cara...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, Emil disse:

Dava gosto?

Foi o pior Palmeiras de todos os tempos, cara...

 

Na questão de elenco sim, mas existiram times melhores que eram muito piores de se assistir, entendo o que o amigo quis dizer com "dava gosto".

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, Allianz Victor disse:

O dia que algum técnico estrangeiro ganhar algum titulo no Brasil, vou começar a olhar com outros olhos.

Já ouviu falar de Filpo Nuñez ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, Allianz Victor disse:

O dia que algum técnico estrangeiro ganhar algum titulo no Brasil, vou começar a olhar com outros olhos.

carlos volante. Inclusive a gente chama volante de volante por causa dele.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Revista inglesa diz que o Palmeiras de 94 foi o time brasileiro mais forte desde o Flamengo de Zico:

https://esportes.estadao.com.br/noticias/futebol,revista-inglesa-elogia-palmeiras-de-1994-time-brasileiro-mais-forte-desde-o-flamengo-de-zico,70002949195

Essa foi a minha maior decepção futebolística da vida: aquele super-time, que poderia ter sido Campeão Mundial com sobras, ter sido eliminado da Libertadores pelos bambis, por culpa da ganância estúpida e inteligência limitada do Mustaphá.

Enquanto os bambis treinavam forte aqui, focados na decisão que viria logo após a Copa do Mundo, Mumu pos o time para arrecadar trocados com amistosos na Rússia e, depois, no Japão !!!!!!!!!! Chegaram aqui exaustos, com jet-lag e foram para o jogo decisivo !

NUNCA vou me esquecer disso. Mustaphá merecia ter sido expulso do clube por isso.

Edited by WAGA

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gustavo Fogaça: O que aconteceu com o Palmeiras?

 
Palmeiras x Vasco em partida pelo Campeonato Brasileiro - Alan Morici/AGIF
 
Palmeiras x Vasco em partida pelo Campeonato BrasileiroImagem: Alan Morici/AGIF

01/08/2019 13h31

Um Brasileirão que parecia bem encaminhado e uma liderança tranquila davam a impressão de que ninguém conseguiria abalar o time de Felipão. Mas o aproveitamento de 22% dos pontos, a perda da liderança para o Santos e o mau desempenho pós-Copa América surpreenderam e deixaram uma dúvida: o que aconteceu com o Palmeiras?

Podemos traçar um diagnóstico pela leitura dos dados de desempenho, comparando a performance do time no Brasileirão nas nove partidas antes da parada com as três posteriores. E acreditem: os números são bastante curiosos.

Deixa eu combinar um negócio com vocês: o time prévio à pausa vamos chamar de Palmeiras A (9 jogos, 92% aproveitamento) e o posterior, Palmeiras B (3 jogos, 22%). Ok?

Por alguma razão que desconheço, o Palmeiras B resolveu ser um time propositivo e que quer criar chances através da posse. Bem diferente às características do Palmeiras A, um time reativo e que brigava por uma bola na frente.

A média de posse de bola do Palmeiras A era de 46%, e a do Palmeiras B é de 58%. Com isso, o time passou de realizar 666 ações por partida para fazer 755, na média. Também acerta mais passes agora: 85% contra 80%. Mais posse, mais passes certos e mais ações, fizeram o time saltar de 53 para 65 ataques posicionais por jogo.

Ou seja, o Palmeiras B tem mais a bola, trabalha mais ela em campo e cria mais ataques com a bola rolando do que o Palmeiras A.

O Palmeiras A encaixava 3 finalizações de contra-ataques por partida. Já o Palmeiras B, menos afeito aos contra-ataques, encaixa 1,6 finalização desse tipo de jogada, em média. Caiu pela METADE o poderio de contra atacar do Verdão.

Em termos de Chances Criadas, o Palmeiras A tinha 8 por partida (com 30% de conversão em gols), e o Palmeiras B consegue somente 5 por jogo (com 18% de conversão em gols). A média de finalizações não mudou: 16 por jogo para ambos times.

Mudou sim a QUALIDADE dessas chances e finalizações. Utilizando a métrica dos Gols Esperados (Expected Goals/xG), o Palmeiras A tinha 2xG por partida, o que dá uma média de 0,13xG por finalização. Isso quer dizer que cada chute do Palmeiras A tinha 13% de chance de gol, na média.

O Palmeiras B tem média de 1,6xG, com 0,1xG por finalização. Na lógica, cada finalização tem 10% de chance de gol, na média. É uma diferença leve, pequena, mas significativa: o Palmeiras A tinha MELHORES chances de gol que o B.

Então, temos um time em transformação? Será que Felipão está querendo mudar seu modelo de jogo para algo mais propositivo? Os números indicam que sim, nem que seja só por um momento. Mas os resultados - e o desempenho - mostram que não tem sido uma escolha muito feliz do treinador.

"Em time que está vencendo não se mexe" não é uma máxima do futebol por acaso.

Os números são da plataforma InStat.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, T-R3X disse:

Gustavo Fogaça: O que aconteceu com o Palmeiras?

 
Palmeiras x Vasco em partida pelo Campeonato Brasileiro - Alan Morici/AGIF
 
Palmeiras x Vasco em partida pelo Campeonato BrasileiroImagem: Alan Morici/AGIF

Quem é este ZAGUEIRAÇO, disputando tão bem a bola com o atacante vascaíno no gol do Vasco ?

Um picolé de chuchu para quem acertar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.